menu
Partilhar

Cachorro pode comer coco?

 
Por Cristina Pascual, Veterinária. 2 abril 2022
Cachorro pode comer coco?

Ver fichas de  Cachorros

O coco é o fruto do coqueiro, uma árvore da família das palmeiras originária das ilhas do Pacífico. Seus muitos benefícios nutricionais e sabor agradável fizeram dele um ingrediente comum em muitas sobremesas e bebidas. Os cães também podem se beneficiar de seu sabor e composição nutricional, entretanto, o fato de ser a fruta com grande valor calórico significa que deve ser incluída na dieta de nossos cães com moderação.

Se você está se perguntando se um cachorro pode comer coco? Então não perca o seguinte artigo do PeritoAnimal, no qual explicamos tudo o que você precisa saber sobre coco para cães.

Também lhe pode interessar: Cachorro pode comer maçã?

Coco faz bem ou mal para o cachorro?

O coco é uma fruta rica em fibras, minerais e vitaminas e não contém nenhum componente que seja tóxico para cães. Estes fatores tornam o coco uma fruta adequada para os cachorros então, sim, cachorro pode comer coco. Prova disso é a existência de muitas rações e petiscos para cães que contam com o coco em sua lista de ingredientes.

Entretanto, é importante ter em mente que o coco possui um alto teor calórico devido ao fato de que a gordura é seu principal componente, depois da água. Além disso, a Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (ASPCA) afirma que a polpa desta fruta contém óleos que, em grandes quantidades, podem causar transtornos estomacais, fezes soltas ou diarreia em cães. Portanto, embora seja uma fruta adequada para os caninos, o cachorro só pode comer coco ocasionalmente.

Por outro lado, deve-se notar que, embora o coco cru seja um alimento adequado para cães, nem todos os produtos que incluem esta fruta serão adequados para nossos companheiros peludos. Não é raro que produtos de coco ralados ou secos contenham açúcares e outros ingredientes impróprios para cães. Portanto, é melhor manter estes produtos fora do alcance do seu cão.

Cachorro pode beber água de coco?

A água de coco é considerada uma bebida isotônica natural, rica em eletrólitos, que é particularmente popular nos países tropicais. No entanto, não é um produto adequado para cães. Também de acordo com a ASPCA, a água de coco não deve ser incluída na dieta dos cães devido ao seu alto teor de potássio. Níveis elevados deste eletrólito podem levar a um distúrbio do equilíbrio eletrolítico em cães, especialmente quando eles têm doenças renais.

Por outro lado, temos também o óleo de coco, que pode ser usado em diferentes situações. Falamos sobre isso neste outro artigo: "Óleo de coco para cachorro faz bem ou mal?".

Benefícios do coco para o cachorro

Você já viu que cachorro pode comer coco. Além de seu sabor, que certamente vai agradar a maioria dos cães, o coco oferece uma série de benefícios nutricionais quando incluído na dieta de um cão:

  • O coco é uma das frutas que contém os mais altos níveis de fibra. Embora a fibra não possa ser digerida pelo sistema digestivo do cachorro, ela é um nutriente essencial na dieta canina. Entre outras coisas, a fibra cria uma sensação de saciedade, contribui para a manutenção da microbiota intestinal, regula o trânsito intestinal e a consistência das fezes.
  • É uma fruta rica em minerais tais como selênio, ferro, magnésio, fósforo e potássio. O selênio está envolvido no metabolismo hormonal e é necessário para um funcionamento ideal do sistema imunológico. O ferro é um componente indispensável da molécula de hemoglobina e mioglobina. O magnésio suporta o funcionamento adequado do intestino, nervos e músculos, faz parte dos ossos e dentes e melhora o sistema imunológico. O fósforo também está envolvido na formação de ossos e dentes. O potássio, por outro lado, é necessário para o correto funcionamento do sistema nervoso, atividade muscular normal e está envolvido na manutenção do equilíbrio hídrico e eletrolítico.
  • Se destaca por seu conteúdo de vitamina E, que está envolvida no metabolismo das gorduras, na formação de membranas celulares e atua como antioxidante, protegendo as células contra os radicais livres.
  • Ele também contém níveis consideráveis de ácido fólico e outras vitaminas B solúveis em água.

Como dar coco para o cachorro

Como explicamos ao longo deste artigo, o coco é uma fruta adequada para cães. Entretanto, não deve ser um alimento que faça parte da dieta regular de nossos animais de estimação. Devido a seu alto valor energético e alto percentual de gordura, é preferível alimentar esta fruta com moderação e ocasionalmente. Uma boa opção é dá-lo esporadicamente como um prêmio.

Quando decidir dar coco para o cachorro, você deve ter em mente as seguintes recomendações para evitar qualquer efeito indesejável sobre sua saúde. Especificamente, recomendamos que você siga os seguintes passos ao prepará-lo:

  • Primeiro, você deve remover a casca externa.
  • Em seguida, corte o coco em pequenos pedaços. Dependendo do tamanho do cachorro, estes pedaços podem ser menores ou maiores.
  • Finalmente, remova a casca marrom que envolve a polpa. Isto evitará que a casca de coco áspera e fibrosa prejudique a mucosa oral ou gastrintestinal de seu cão. Portanto, se você estiver se perguntando se as cascas de coco são boas para os cães, a resposta é não.

Contraindicações do coco para cachorro

Embora já tenhamos visto que cães podem comer coco ocasionalmente, existem certas situações em que seu consumo pode ser contraindicado:

  • Cachorro obeso: como é a fruta mais calórica, é aconselhável mantê-la longe de cães obesos ou com excesso de peso. Nestes casos, você pode optar por frutas com menor conteúdo energético, como amoras ou framboesas. Descubra como dar amoras a um cachorro neste outro post.
  • Cães que requerem dietas com baixo teor de gordura: em cães com diabetes, problemas hepáticos, pancreáticos ou digestivos, é necessário restringir a quantidade de gordura na dieta. É preferível, portanto, evitar o coco nestes animais, pois a gordura é seu principal componente nutricional.
  • Hipercalemia: é uma elevação dos níveis de potássio no sangue. Pode ser observado em doenças renais (como insuficiência renal aguda) ou em casos de hipoadrenocorticismo ou síndrome de Addison. Nesses casos, é aconselhável evitar o coco, pois ele contém altos níveis de potássio.

Se você quiser continuar aprendendo, não perca este vídeo onde falamos sobre as melhores frutas para os cães:

Já neste outro vídeo, te contamos 10 frutas e legumes que você nunca deve oferecer a um cachorro:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cachorro pode comer coco?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Dietas caseiras.

Bibliografia
  • American Society for the Prevention of Cruelty to Animals (ASPCA). People foods to avoid feeding your pets.Disponível em: <https://www.aspca.org/pet-care/animal-poison-control/people-foods-avoid-feeding-your-pets>. Acesso em 23 de março de 2022.
  • Ministerio de Agricultura, Pesca y Alimentación (MAPA). Frutas: coco. Disponível em: <https://www.mapa.gob.es/es/ministerio/servicios/informacion/coco_tcm30-102445.pdf>. Acesso em 23 de março de 2022.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Cachorro pode comer coco?
Cachorro pode comer coco?

Voltar ao topo da página