menu
Partilhar

Alteração da cor do pelo do gato: causas e exemplos

 
Por Laura García Ortiz, Veterinária especializada em medicina felina. 23 abril 2021
Alteração da cor do pelo do gato: causas e exemplos

Ver fichas de  Gatos

Os gatos mudam de cor quando crescem? Em geral, quando um gato nasce de uma cor, vai ficar assim para sempre. É algo que está em seus genes, assim como a cor dos olhos, a estrutura corporal e, em certa medida, sua personalidade. No entanto, várias situações, como idade, raça, doenças ou momentos específicos podem provocar a alteração da cor do pelo do gato.

Se você se pergunta coisas como: por que meu gato preto está ficando laranja? Por que meu gato muda de cor quando cresce? Por que o pelo do meu gato está ficando mais claro ou fosco? Então continue lendo este artigo do PeritoAnimal, no qual explicaremos todas as razões que podem fazer com que o pelo do seu gato tenha mudado. Boa leitura.

Também lhe pode interessar: Tipos de corais: características e exemplos

A cor de um gato pode mudar?

O pelo dos gatos, embora a genética determine sua cor ou cores, se a textura é lisa, ondulada ou longa, se é curto, escasso ou abundante, pode sofrer alterações que modificarão um pouco sua aparência externa, embora internamente nada tenha mudado.

Vários motivos podem provocar a alteração da cor do pelo do gato. De distúrbios ambientais a doenças orgânicas.

A cor do pelo do seu gato pode mudar devido aos seguintes fatores:

A mudança do pelo de um gato filhote ao virar adulto

Como saber que cor o gato vai ficar? Embora dependa da raça, em geral os gatos não mudam de cor quando crescem, apenas o tom se intensifica ou o pelo de filhote muda para o de adulto, mas mantendo a cor que herdou geneticamente.

Em certas raças, há, sim, uma alteração da cor da pele do gato à medida que envelhecem, como por exemplo:

Gatos Himalaios e Siameses

As raças Siamês e do Himalaia têm um gene que produz melanina (o pigmento que dá cor ao pelo) com base na temperatura corporal. Assim, quando nascem esses gatos são muito claros ou quase brancos, pois durante a gravidez todo o corpo apresentou a mesma temperatura corporal do interior da mãe.

A partir do nascimento, o gene é ativado e começa a colorir as áreas que geralmente são mais frias do que a temperatura normal do corpo. Essas áreas são as orelhas, a cauda, ​​o rosto e as patinhas e, portanto, aí observamos a alteração da cor do pelo do gato.

Gatos que se encontram em altas temperaturas durante o verão em algumas regiões ou países podem apresentar albinismo parcial no corpo, pois a temperatura aumenta e o gene deixa de colorir essas áreas quando a temperatura média do corpo aumenta (39 ºC).

Do contrário, quando as temperaturas são muito baixas, a queda na temperatura corporal pode tornar o felino muito escuro.

Os gatos Siameses também podem desenvolver um processo chamado leucotriquia periocular, quando os pelos ao redor dos olhos ficam brancos, despigmentando. Essa alteração pode ocorrer quando o felino está mal alimentado, em uma fêmea grávida, em gatinhos que crescem muito rápido ou quando estão com uma doença sistêmica.

Não deixe de conferir este outro artigo em que explicamos por que alguns gatos têm olhos de cores diferentes.

Alteração da cor do pelo do gato: causas e exemplos - A mudança do pelo de um gato filhote ao virar adulto

Gatos Khao Manee

Quando nascem, os gatos Khao Manee têm uma mancha escura na cabeça, mas depois de alguns meses, essa mancha desaparece e todos os espécimes adultos ficam totalmente brancos.

Gatos Ural Rex

Outro exemplo em que é a alteração da cor do pelo do gato é bastante nítida são os gatos Ural Rex, que nascem acinzentados e após a primeira muda vão adquirindo sua cor definitiva. Além disso, aos 3-4 meses, começam a crescer os pelos ondulados que caracterizam a raça, mas só aos 2 anos de idade a mudança se completa e eles adquirem o fenótipo de um Ural Rex adulto.

Neste outro artigo falamos sobre a personalidade dos gatos segundo a sua cor.

Gatos idosos

Conforme os gatos vão ficando mais velhos, com o processo natural de envelhecimento, o pelo pode passar por uma ligeira mudança de tom e podem aparecer pelos grisalhos. isso é mais perceptível nos gatos pretos, que adquirem uma tonalidade mais acinzentada, e nos laranjas, que ganham um tom cor de areia ou amarelado. É comum termos essa alteração da cor do pelo do gato com os primeiros fios de pelos grisalhos a partir dos 10 anos.

Alteração da cor do pelo do gato devido a estresse

Gatos são animais especialmente sensíveis ao estresse, e qualquer mudança em seu ambiente ou comportamental de pessoas próximas pode ser muito estressante para eles.

Um episódio de estresse mais ou menos severo em um gato pode causar o que é conhecido como eflúvio telógeno, que consiste em que mais folículos capilares do que o normal passem da fase anágena, de crescimento, para a fase telógena, de queda. Além de uma maior queda de pelo, a cor da pelagem pode variar, e em certa medida, costuma se tornar mais pálida ou cinza. O que quer dizer que um gato estressado pode sofrer com queda de pelo e até mudança da cor de sua pelagem.

No vídeo a seguir falamos mais um gato soltando muito pelo - causas e o que fazer:

Alteração da cor do pelo do gato devido ao sol

A radiação dos raios solares afeta a aparência externa dos pelos de nossos gatos, mais especificamente, afetam sua coloração e estrutura. Os gatos adoram tomar sol e não hesitarão em ficarem expostos ao sol se puderem, durante algum tempo e todos os dias. Isso faz com que o pelo do gato diminua o tom, ou seja, ficando mais claro. Assim, os gatos pretos ficam acastanhados e os laranjas, um pouco amarelados. Se tomarem muito sol, o pelo pode ficar quebradiço e seco.

Além de mudanças na cor do pelo, o excesso de raios ultravioletas pode predispor a formação de um tumor, o carcinoma espinocelular, nos gatos brancos ou quase brancos.

Mudança da cor do pelo do gato devido à má nutrição

Os gatos são animais carnívoros, precisam consumir diariamente tecido animal que lhes ofereça as quantidades de proteínas necessárias e todos os nutrientes essenciais que só podem obter dessa fonte. Um exemplo são os aminoácidos essenciais fenilalanina e tirosina. Esses aminoácidos são responsáveis ​​pela síntese da melanina, o pigmento que dá a cor escura aos pelos.

Quando um gato tem uma dieta deficiente ou pobre em proteína animal, ele desenvolve deficiências nutricionais. Entre elas, a deficiência de fenilalanina ou tirosina e a alteração da cor do pelo do gato. Isso é bem observado em gatos pretos, cujos mudanças no pelo são notas pois a pelagem fica avermelhada pela falta desses nutrientes e a consequente redução na produção de melanina.

Esta mudança de cor laranja-avermelhada em gatos pretos pode ser observada também em outras deficiências nutricionais, como a deficiência de zinco e cobre.

Alteração da cor do pelo do gato devido a doenças

Quando um gato escuro bem alimentado e que come bastante proteína animal começa a ficar laranja, é necessário descartar a possibilidade de problemas no nível de absorção intestinal que explicam a falta do aminoácido tirosina ou fenilalanina. Esses problemas podem ser causados ​​por má absorção intestinal, como tumores intestinais, doença inflamatória intestinal e enterite infecciosa.

Distúrbios na secreção e produção de ácidos biliares do fígado ou enzimas no pâncreas também dificultam a digestão e a absorção de nutrientes. Às vezes, esses processos, juntamente com uma doença inflamatória intestinal, podem aparecer conjuntamente no gato, passando a ser chamados de triadíte felina.

Outras doenças que causam alterações na cor do pelo, aparência ou estado da pele de nossos gatos são as seguintes:

  • Doenças renais: na insuficiência renal crônica, o pelo do gato costuma se tornar fosco, mais pálido, seco e sem vida.
  • Doenças hepáticas: o fígado é a chave na transformação do aminoácido essencial fenilalanina, obtido da dieta, em tirosina. Por isso, uma doença hepática como lipidose, hepatite ou um tumor pode afetar a boa funcionalidade dessa transformação e assim, o felino preto ficará laranja.
  • Icterícia: a coloração amarela da pele e membranas mucosas do nosso felino pode ocorrer devido a um problema de fígado ou anemia hemolítica, e isso às vezes pode se refletir no pelo, que vai se tornar amarelado em certa medida, especialmente se o felino for claro.
  • Doenças endócrinas: como o hiperadrenocorticismo (síndrome de Cushing) ou hipotireoidismo, menos frequentes em gatos do que em cachorros, podem alterar a pele e o pelo de nosso gatos. Nestes casos a pele escurece, afina, e os pelos caem (alopecia) ou se tornam muito quebradiços.
  • Dermatite atópica: esta doença alérgica torna a pele do nosso gato vermelha e a coceira e excesso de lambidas podem causar alopecia. Também pode ser consequência de uma micose ou de parasitas externos.
  • Vitiligo: consiste em uma mudança súbita ou progressiva na pigmentação da pele e do pelo de pequenos felinos. Nesse caso, o pelo se despigmenta, ficando completamente branco. É um distúrbio raro, afetando menos de dois em cada 1.000 gatos, e pode ser causado pela presença de anticorpos antimelanócitos, que têm como alvo os melanócitos e inibem a produção de melanina e o consequente escurecimento do pelo. Esse distúrbio faz com que o pelo do seu gato fique quase totalmente branco.

Agora que você já sabe tudo sobre a alteração da cor do pelo dos gatos, talvez esse artigo sobre por que o nariz o gato muda de cor pode te interessar.

Alteração da cor do pelo do gato: causas e exemplos - Alteração da cor do pelo do gato devido a doenças

Se deseja ler mais artigos parecidos a Alteração da cor do pelo do gato: causas e exemplos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • DUNNER, S. Genética de la coloración de capas y mucosas en el perro y en el gato. Disponível em: <https://www.ucm.es/data/cont/docs/345-2019-04-08-capas_perros_gatos.pdf>. Acesso em 22 de abril de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Alteração da cor do pelo do gato: causas e exemplos
1 de 6
Alteração da cor do pelo do gato: causas e exemplos

Voltar ao topo da página