Partilhar

Pelado Mexicano

Atualizado: 24 fevereiro 2020
Pelado Mexicano

Milernário e peculiar é o cachorro Pelado Mexicano, também conhecido como Xoloitzcuintle, Cão Asteca Mexicano ou Xolo. É originário do México, onde é altamente valorizado e é considerado uma jóia arqueológica viva, já que esta raça canina já era companheira dos astecas há mais de 7000 anos. Sua aparência é única, pois não possui pelos e, por isso, é conhecido também como Cão Pelado Mexicano. Aprenda tudo isso e muito mais neste artigo do PeritoAnimal sobre as características do cachorro Pelado Mexicano, sua história, personalidade e cuidados.

Origem
  • América
  • México
Classificação FCI
  • Grupo V
Características físicas
Altura
  • 15-35
  • 35-45
  • 45-55
  • 55-70
  • 70-80
  • Mais de 80
Peso adulto
  • 1-3
  • 3-10
  • 10-25
  • 25-45
  • 45-100
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-12
  • 12-14
  • 15-20
Atividade física recomendada
  • Baixa
  • Média
  • Alta
Clima recomendado
Tipo de pelo

Pelado Mexicano: origem

O cachorro mexicano Xoloitzcuintle esteve presente na vida dos antigos astecas, algo que é corroborado por várias descobertas arqueológicas, como estatuetas feitas com terracota ou representações pictóricas feitas por essa incrível cultura, e que adornavam edifícios de vários tipos, bem como muitos lugares sagrados.

Essa raça canina era reverenciada pelos astecas, que a consideravam uma representação viva de seu deus Xototl, o deus asteca da morte, que tinha a aparência de um homem com cabeça de cachorro. Apesar de ser o deus da morte, Xototl não era mau, e era encarregado de guardar o submundo. Os astecas acreditavam que os Xoloitzcuintles haviam sido criados por esse deus a partir de uma lasca do osso da vida, para guiar os mortos em sua jornada para a vida futura, e é por isso que quando alguém morria, o cachorro era sacrificado e enterrado junto com o falecido. Mas os benefícios desses animais eram muitos mais, porque acreditava-se que o contato com eles paliava as dores, e que o consumo de sua carne trazia vários benefícios, tanto em níveis de rituais quanto nutricionais.

Após a colonização da América, a raça Xoloitzcuintle sofreu um acentuado declínio, chegando perto da extinção, mas nos anos 50 do século XIX, graças a vários criadores que procuraram preservar essa raça, a FCI decidiu tomar medidas e procurar espécimes que permaneceram puros, para assim, cruzá-los e garantir que não desaparecessem.

Pelado Mexicano: características

Os Pelados Mexicanos são classificados em três subtipos, de acordo com sua altura e tamanho:

  • A variedade padrão, que pesa entre 11 e 18 quilos e mede entre 51 e 76 centímetros de altura.
  • A mediana, com entre 7 e 14 kg e 38 a 51 cm.
  • Por último, a menor, que seria a toy, com uma variação entre 2 e 7 kg e 23 e 26 cm.

Observando as características físicas do Xoloitzcuintle em todas as suas versões, vemos que seu corpo é compacto e musculoso, sua cabeça é fina, com um focinho reto e sem pelos, ou com poucos pelos, e os olhos são amendoados e geralmente castanhos. O nariz pode ter cores diferentes, dependendo da cor da pelagem, variando de preto a marrom, dourado, rosa ou manchado. Suas orelhas são eretas e triangulares.

Sobre a pelagem, pode-se notar que eles normalmente não possuem pelos, mas existem exemplares que podem apresentar algum. Nesses casos, será um pelo curto e denso, e mais abundante na cabeça e cauda. Além disso, deve-se notar que há uma variedade de Xoloitzcuintles com pelos por todo o corpo, curtos, retos e sem subcamada. Quanto às cores, a gama de tonalidades que podem aparecer, como marrom, preto, cinza, bronze, loiro, avermelhado ou manchado, é ampla, mas em geral, tendem a ser cores sólidas e bastante escuras, tanto na variedade sem pelos como na com pelos.

Pelado Mexicano: personalidade

Focando agora na personalidade e no temperamento do Xoloitzcuintle, enfatizamos que é uma raça ideal para famílias, pois é um cachorro obediente, inteligente, leal e muito amigável. Ele também é um excelente cão de guarda, graças à sua capacidade de permanecer alerta e atento, bem como por sua coragem.

Se você quer que um Xoloitzcuintle faça parte da sua família, precisa saber que é um companheiro ideal de brincadeira para as crianças da casa, pois é brincalhão e muito paciente, jamais se mostrando agressivo. Além disso, esses momentos de brincadeira permitirão que ele libere sua energia e assim permaneça tranquilo e equilibrado.

Em geral, os cachorros Xoloitzcuintle são animais afetuosos, que adoram receber atenção e querem ter muito tempo e amor dedicados a si. É por isso que, se você passar muitas horas fora de casa, essa raça pode não ser a mais adequada para você. Nesses casos, o Xoclo pode ficar travesso e causar danos aos móveis, além de ficar muito triste por essa solidão, e desenvolver ansiedade por separação.

Os Xoclos são incrivelmente inteligentes e atentos, por isso seu adestramento é muito simples e agradável, e em pouco tempo você verá os frutos de seu trabalho.

Pelado Mexicano: cuidados

Devido à ausência de pelos, os Xoloitzcuintles estão mais expostos a feridas, queimaduras, alergias e escoriações na pele, por isso, devemos prestar especial atenção a fatores como a luz solar ou os alérgenos que podem entrar em contato com sua pele. Mesmo assim, sua pele tem uma capacidade incrível de se regenerar de feridas ou queimaduras. Por isso, se o seu animal for ficar exposto aos raios solares, será necessário aplicar cremes protetores para evitar queimaduras.

Por outro lado, como sua pele está exposta, também é necessário banhá-lo com frequência, uma vez que o cachorro Xoloitzcuintle tem uma tendência a acumular sujeira nos poros da pele, o que causa espinhas e pode levar a infecções mais ou menos graves. Para o banho, devem ser utilizados produtos específicos para peles sensíveis e uma esponja adequada que não irrite a pele, a fim de fornecer os melhores cuidados para o Xoloitzcuintle. Depois do banho, é aconselhável aplicar produtos hidratantes. Você pode perguntar ao veterinário as opções mais recomendadas, como óleos ou cremes para uso em animais. Por fim, para os cuidados dos Xoloitzcuintle com pelos, será necessário acrescentar duas ou três escovações semanais para retirar os pelos mortos.

A falta de pelos os torna cachorros ideais para pessoas que são alérgicas aos pelos de cachorro, sendo considerada uma raça hipoalergênica. Além dessas considerações especiais para a raça, devem ser tomadas as medidas preventivas próprias de qualquer raça canina, como desparasitação interna e externa, vacinação, alimentação balanceada, exercício, higiene bucal e exames oftalmológicos e auditivos para garantir os cuidados do cachorro Xoloitzcuintle.

Pelado Mexicano: educação

Como já mencionamos, a educação de cachorros da raça Xoloitzcuintle não será complicada, de modo que, seguindo com consistência algumas diretrizes básicas, obteremos excelentes resultados em um período razoavelmente curto. Recomenda-se iniciar o treinamento o mais cedo possível, pois será mais fácil gravar as regras básicas em nosso animal enquanto ele ainda for filhote. Apesar disso, mesmo quando adulto, o Xoloitzcuintle pode ser educado sem grandes problemas, porque é uma raça com alta capacidade de adaptação e aprendizagem em qualquer estágio do seu desenvolvimento.

Uma boa socialização é necessária para que o animal seja equilibrado e possa se relacionar corretamente com outros animais, bem como com crianças ou humanos em geral, caso contrário, pode se tornar mal-humorado e desconfiado de estranhos.

O adestramento deve ser realizado com medidas específicas, como evitar coleiras que possam danificar sua pele delicada. Por exemplo, coleiras de nylon ou fibras naturais que não irritam ou causam atrito geralmente são as recomendadas. Da mesma forma, sempre devem ser utilizadas as técnicas de adestramento positivo, como os prêmios e nunca a punição ou violência física.

Pelado Mexicano: saúde

Apesar de ser uma raça saudável em geral, os Pelados Mexicanos podem, como outras raças de características semelhantes, apresentar algumas condições com maior incidência, como a displasia de quadril. Por isso, é necessário fazer visitas regulares ao veterinário para diagnosticá-la o mais rápido possível, e assim evitar que se agrave e apareçam complicações mais graves. Além disso, eles podem apresentar outros problemas articulares, como a luxação rótula.

Algo para analisar nesta seção sobre a saúde do Xoloitzcuintle é sua propensão a sofrer de problemas bucais, como a perda ou ausência de dentes, ou malformações dos dentes e da mandíbula. É por isso que devemos estar atentos aos cuidados de sua dentição, limpando os dentes com produtos adequados e visitando regularmente o veterinário.

Por outro lado, também parecem ser mais propensos a sofrer com transtornos hepáticos, mas acima de tudo, os problemas que a raça apresenta com maior frequência são aqueles associados à ausência de pelagem, ou seja, transtornos dermatológicos como a dermatite, alergias ou maior sensibilidade térmica por não possuir uma capa de pelo protegendo a pele.

Considerando tudo isso e fazendo as consultas e exames veterinários pertinentes, seguindo o calendário de vacinas e desparasitações, bem como mantendo limpos seus olhos, boca e orelhas, estaremos diante de um animal saudável e forte para desfrutar de momentos maravilhosos.

Fotos de Pelado Mexicano

Vídeos relacionados com Pelado Mexicano

1 de 3
Vídeos relacionados com Pelado Mexicano
Artigos relacionados

Suba a sua foto de Pelado Mexicano

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário sobre Pelado Mexicano

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?

Pelado Mexicano
1 de 8
Pelado Mexicano

Voltar ao topo da página