Partilhar

Por que os gatos somem?

Por que os gatos somem?

Ver fichas de  Gatos

Os gatos são animais extremamente curiosos e independentes que gostam de explorar o seu território ao máximo, seja apenas para marcar sua presença e comunicar aos outros animais que é ele quem manda por ali, seja em busca de algum interesse amoroso.

É comum ouvirmos histórias de famílias que se mudam e, de um dia para o outro, o bichano some e retorna à antiga casa em que moravam. Isso acontece porque essa espécie de animal é muito atrelada ao seu espaço e, por vezes, é mais difícil para ele assimilar uma mudança do que para você. Mas, por que os gatos somem? E, quando fogem, eles voltam?

Confira algumas curiosidades sobre esse hábito peculiar dos felinos nesse artigo do PeritoAnimal.

Também lhe pode interessar: Por que os gatos ronronam?

Por que os gatos fogem?

Antes de mais nada, é preciso entender como funciona a cabeça de um gato: para eles, o seu território não se resume apenas a casa que divide com sua família humana, na qual estão seus brinquedinhos e alimento. Esse seu domínio pode se estender em um raio de 8 km de distância, o que torna tudo bem mais amplo, não é?

Na cabeça dele, ele continua em casa mesmo que esteja à algumas quadras de distância e, por isso, é essencial que o dono do animal não se desespere caso ele não retorne após um passeio. É sempre bom verificar pela região e conhecer os locais que seu gato gosta de ficar quando está andando pela vizinhança, isso pode ajudar a entender o porque os gatos somem e o que fazer quando acontecer.

Porque os gatos somem antes de morrer

Muitas pessoas acreditam que os gatos fogem antes de morrer pois não querem ver seus donos sofrendo. Essa ideia provavelmente se originou de um hábito anterior à domesticação, desenvolvido por puro instinto de sobrevivência.

Assim como muitas espécies de animais, os gatos machucados tendiam a se esconder na natureza para que os predadores não os achassem e não os vissem como presas fáceis. Ou seja: é, na verdade, o instinto de sobrevivência do animal que o leva a disfarçar a dor e a sumir quando está machucado ou doente.

Nessas situações, é comum encontrar o bichano em lugares mais escuros e isolados, como de baixo do seu carro ou no alto de uma estante escondida na garagem.

Entretanto, não é porque o seu gatinho sumiu que está doente ou prestes a morrer. Fique atento a outros sinais que possam te ajudar a distinguir uma simples escapulida de algo mais grave, que necessite de atendimento veterinário. Quando estão doentes, os bichos costumam ficar apáticos, se preocupam menos com a limpeza do seu pelo e perdem a fome. Leia o nosso artigo completo sobre como saber se o gato está doente.

Gatos castrados fogem?

Se o seu gato costuma escapulir todas as noites, procurando outros felinos na vizinhança, a castração pode ajudar a resolver o problema. Com a queda dos hormônios, diminui a procura por um parceiro, o que deixa o bichano mais calmo. Esse é apenas um dos vários benefícios de castrar um gato. Entretanto, se for parte da personalidade do animal, o gato pode continuar fugindo, mesmo castrado, por isso, é importante conhecer o seu animal, entendendo seus hábitos, necessidades e cuidados.

Por que os gatos somem? - Gatos castrados fogem?

Gatos quando fogem voltam?

Os gatos são animais que possuem memória olfativa e visual bastante aguçadas, devido ao seu instinto de caça e sobrevivência. No geral, os gatos quando fogem voltam para casa após algumas horas, encontrando o caminho sozinhos.

Eles são capazes de memorizar um ambiente a partir de elementos simples, como árvores, bancos de praça ou determinados prédios. Assim, mesmo durante à noite, ele pode observar detalhes do caminho que está percorrendo para refazê-lo depois.

Que o olfato dos animais é mais potente do que o dos seres humanos nós já sabemos, mas, no caso dos gatos, essa característica se torna ainda mais evidente. Os bichanos vão registrando diversos cheiros em sua memória olfativa e, quando desejam voltar para casa, acionam essas lembranças, procurando por registros familiares.

Vale lembrar que o vento é capaz de mudar o rumo de um odor ou extingui-lo de vez e, por isso, pode influenciar no tempo que um gatinho demora para encontrar o caminho de casa. Dependendo da direção do vento, o animal pode acabar seguindo para um outro caminho, mas, com o tempo, irá notar uma sequência de odores e imagens desconhecidas, sendo capaz de retornar a sua trilha original.

Se o seu gato está acostumado a caminhar pela vizinhança, então ele tem um arsenal de cheiros e imagens familiares bem amplo, o que torna mais tranquilo o seu caminho de volta para casa. Agora, se o animal não está acostumado a sair de casa e sumiu, é essencial tentar refazer seus passos e conversar com vizinhos que possam tê-lo visto.

O que fazer quando o gato foge

Caso o seu bichano tenha sumido há algum tempo e ainda não retornou, tente manter-se calmo para procurá-lo. Repasse a rotina dele e analise se houve alguma mudança significativa que ele possa não ter gostado, como uma mudança de casa, um novo membro na família ou um novo bichinho. Nesses casos, o animal costuma dar sinais de sua insatisfação e é possível que tenha "adotado" mais uma casa como sua. Fique atento para saber se essas ausências não são recorrentes.

Caminhe pela vizinhança e veja se o seu gato não está no alto de alguma árvore ou em algum cantinho escondido do bairro pelo qual você passou sem prestar atenção. Vá de casa em casa, se possível, e pergunte pelo animal. É bem provável que alguém o tenha visto andando por aí.

Converse com os seus vizinhos que também tenham gatos e se certifique de que ele não passou por lá, nem ao menos para comer ou beber uma água. Em alguns casos, gatos se sentem mais à vontade próximos de sua própria espécie e podem procurar abrigo em casas que também tenham bichanos.

Se você tiver feito tudo isso e, mesmo assim, não sabe onde seu animal pode estar, faça anúncios com as fotos dele e espalhe pela região. Quanto mais gente de olho, melhor, certo? Veja o nosso artigo com todas as dicas para encontrar um gato perdido.

Manter a casa segura e cobrir os vãos por onde ele passar sem ser percebido também é uma boa medida de segurança.

Acima de tudo o mais importante é colocar um microchip. Este é o único método seguro para identificar o seu gato e que permite que rapidamente ele seja identificado em qualquer médico veterinário. Uma coleira com chapa de identificação pode ser perigosa. Existem diversos casos registados de estrangulamento e graves ferimentos nos felinos devido ao seu uso.

Por que os gatos somem? - O que fazer quando o gato foge

Se deseja ler mais artigos parecidos a Por que os gatos somem?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre Por que os gatos somem?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
40 comentários
A sua avaliação:
EDITE NUNES DE SOUZA
Adotei dois gatinhos machos mandei castrar, depois de 6 meses adotei mais duas gatinhas, também mas eu castrar -las , durante um anos mil maravilhas todos si dava muito bem, conforme foi crescendo um dos gatos começou rosnar para as gatinhas nao aceitar mais perto, aquele amor, parece ter acabado, ele só aceitava o irmão dele , passou a ficar o dia inteiro fora, so parecia de manhã para comer, dá as uma semana que mudei se casa, consegui trazer os 4 gatos, deixei trancados por 2 dias na nova casa depois deixei sair para o quintal, durante uma semana todos queria ficar mais dentro de casa do explorar o ambiente, sempre eles dorme dentro de casa, de manhã abri a porta para eles sair para o quintal ficar livre, o gato, aproveitou deu seu passeio e voltou ficou no telhado do vizinho miando, durante um dia e uma noite eu jogava comida para ele ele comia, e ficava miando, fui pegar, me arranjou todo meu braço, trouxe para casa ele ficou comeu deitou no no quintal depois entrou comeu e deitou na minha cama fiz carinho dormiu a noite inteira fiquei super feliz, abri a casa , e depois de. uma hora cadê meu gato sumiu, o dia inteiro, de noite voltou de novo no telhado da vizinha, e fica miando ele consegue pular para minha casa porque ja fez, mas parece que ele nao quer, fico chacoalhando a ração e chamando para ele vir, mas ele só mia e nao quer vir, talvez ele quer que jogo de novo ração como fazia antes, resolvi nao jogar deixar com fome quem sabe ele vem comer, hoje ele ficou miando incomodam o vizinho para ele parar joguei um pouco de água nele, meu coração doeu por ter que fazer isso, parou de miar e saiu andado pelos telhados do vizinho. fico pensando será que um dia ele vai voltar para mim, junto com o irmão dele , deixo ração e agua no quintal quem sabe ele vem só para comer! Dói mas decidi deixar ele livre para vir para casa ou não .



A sua avaliação:
Davi
Minha gata castrada sumiu há 1 dia, ela saiu só umas 4x de casa em 2 anos de vida, tou com saudades dela, já chamei ela pelo quintal e nada, divulguei foto na internet e até agora nada, procurei em volta das estradas pra ver se ela não tinha sido atropelada e graças a Deus não, agora só me resta saber se ela foi roubada ou envenenada 💔
A sua avaliação:
Tatiane
Apareceu dois gatinhos recém nascidos aqui em casa, como não tinha mãe começamos a cuidar deles. Dávamos comida, água e eles moravam no nosso quintal. Agora já estão com 4 meses.
Só que hoje o fat8nho macho sumiu, eu estou desesperada, será que ele volta? Ele é apegado a irmã dele que ficou aqui, sempre estavam juntos. Será que aconteceu algo com ele?
A sua avaliação:
Katarina
meu gatinho foi atropelado ontem ,não sabemos quem fez isso,ele chegou em casa meio estranho e notei que n conseguia andar ,tava sentindo muita dor e eu coloquei ele na cama, mas ele não ficava. Descobri depois que ele queria sair da cama pq queria fazer xixi, ele urinou sangue mas ainda sentindo tanta dor,ele ainda se importava com as regras que a gente ensinou. Chamei o veterinário desesperada, ele disse que era algo interno e precisava de exames ,mas que pra passar a noite ele ia dar uns comprimidos. Isso aconteceu de umas sete horas,de umas duas meu gatinho que eu tinha deixado deitadinho na cama dele perto do meu quarto,chega se arrastando e gritando de dor ,provavelmente agoniado com tudo .peguei ele no colo,dei outro comprimido e ele dormiu. De três horas, quando fui dormir ele estava completamente dopado. De sete quando acordei,ele tinha sumido,simplesmente sumiu, procurei a casa toda e não achei ,mas ontem ele n conseguia nem se arrastar pelo chão que gritava de dor,n entendo como conseguiu chegar até a porta da sala,que é relativamente longe de onde ele estava. Ele é um bichano extremamente inteligente e ainda não entendo muito bem a situação. (Outro detalhe, antes de dormir eu tranquei tudo)
A sua avaliação:
mauricio
Nossa que saudade meu pai saiu pra trabalhar e falou que uma gata aparece e meu gato foi seguir mais ele era castrado saiu dia 8 e não voltou procurei na redondezas nada fiquei triste ele era um gato amigão mais tenho esperança de ver novamente ele tem 2 ano de vida
Mauricio
Graças a Deus hoje dia 11 do nada ele passou no telhado chegou na porta e pra minha supressa ele estava muito alegre e feliz agora tomar cuidado para ele não sair e fugir com amor e carinho com seu gato ele não esquecer da sua casa e nunca desisti de procurar mais estou muito alegre
A sua avaliação:
Luana
Minha gata é castrada cuidamos muito bem adotamos ela porque apareceu aqui em casa com muita fome e machucada. após algum tempo ela ficou gravida de 5 filhotes doamos 4 e ficamos com um. Enfim faz uns 4 anos que ela está com nós e sempre se deu bem com o filho dela. Mas ela sumiu na terça de manhã de 28/04 e não apareceu mais estou mal e triste é bem dificíl. A unica vez que ficou mais tempo fora foi de 24 horas. Mas de uns tempo pra cá apareceu um gato macho aqui em casa e estamos acolhendo ele e ela não gostava muito porém ele não tem acesso dentro de casa fica sempre na áreas mas sei lá. Não sei mais o que fazer só queria ela de volta.
MARINA
Oi, ela voltou?
A sua avaliação:
Loya
Em 2015 eu adotei uma gatinha sem saber como se cuidava de um gato. Não sabia nada sobre os ciclos de cio, castração, as doenças, os comportamentos, nada. Fui aprendendo isso com o tempo. Só que pela falta de informações, eu criei essa minha gatinha de uma forma mais "liberal", ela saia e voltava depois de algumas horas já que eu não impedia deixando a casa toda aberta. No cio ela ficava mais de 24h fora, e já até cheguei a divulgar o sumiço dela nas redes sociais, isso em 2016. Depois de 2 ninhadas, eu consegui a castração para ela, e da primeira ninhada fiquei com 2 gatinhos e doando todos da segunda. Bom, eles cresceram e hoje mãe e filhos tem comportamentos de amor e ódio, o que causa muito estresse para a mãe. Eu venho percebendo o comportamento dela e já vi que ela se estressa muito rápido e isso acaba gerando alguns problemas nela. Depois de um certo tempo, ela criou uma rotina de sair de casa de manhã, ficar o dia todo fora e voltar pela tarde ou noite, e tinha vezes que ela ficava a tarde, saia pela parte da noite e voltada sempre pela manhã, nunca passava de 24h. Essa rotina era certa dela, virou costume, mesmo aqui em casa tentando prende-lá, ela sempre conseguia fugir de alguma forma. Os outros 2 gatos já são mas fáceis de prender, mas ela não. Enfim, segunda-feira ela passou toda a tarde em casa, debaixo da cama, onde é um lugar bem tranquilo para eles, estava com o comportamento um pouco estressado e quando foi a noite, ela brincou com a filha dela e depois saiu. Na hora de colocar a ração para prende-los (fazemos isso para que eles passem a noite em casa), só ela que não apareceu, o que é normal acontecer também. Só que pela amanhã de terça ela não apareceu como de costume e está até agora, uma tarde de quarta sem aparecer. Eu sinto que pelas saídas dela, ela pode ter se adaptado em outro ambiente aqui pelo bairro, mas também bate a angustia de ter alguma maldade humana no meio. Ela é uma gata muito arisca, não é de chegar perto de quem ela não conhece, tem bastante medo inclusive. Vou me agarrar a essa minha hipótese e se ela não aparecer, irei procurar pelo bairro :(
Raquel
Vc achou?
A sua avaliação:
Ingrid
Meu gatinho castrado não tem o hábito de ficar longe de casa, passa no máximo 1 hora pela vizinhança. Notei que ele estava urinando vermelho há 2 dias, comprei a medicação recomendada pela veterinária e comecei o tratamento ontem mesmo. Até hoje de manhã ele continuava ativo, brincalhão e comendo normalmente. Mas hj a tarde quando retornei do trabalho ele não me recebeu como sempre e até agora às 20:29 não voltou pra casa. Fase de isolamento pela pandemia, moro sozinha e tô surtando com a ausência dele. :'(
MARINA
Ele apareceu? Ja ta bem?
Ingrid Machado
Sim! Na mesma noite, por volta das 22:30.
Menina... quase morri. Foi um comportamento atípico dele mas voltou e está bem.
Obrigada.
A sua avaliação:
eliane dos santos
minha gata sumiu a 3 dias. tem aproximadamente 9 anos de idade.
estou desesperada, ela se alimentava com ração natural.
será que seria a idade de se esconder para morrer?
Eliane Carvalho
Sua gatinha retornou? A minha tem 13 anos e tb sumiu há três dias, ninguém nos arredores a viu.
A sua avaliação:
Maria eduarda
Minha gatinha sumiu a 2 dias e isso me ajudou a ficar mais calma
MARINA
Ela voltou?

Por que os gatos somem?
1 de 3
Por que os gatos somem?

Voltar ao topo da página