menu
Partilhar

Lentigo em gatos - Tipos, sintomas e tratamento

 
Por Laura García Ortiz, Veterinária especializada em medicina felina. 13 abril 2021
Lentigo em gatos - Tipos, sintomas e tratamento

Ver fichas de  Gatos

O lentigo felino é uma doença cutânea que consiste no acúmulo de melanócitos na camada basal da epiderme. Os melanócitos são células que contêm um pigmento chamado melanina, que é de cor escura. Devido a esse acúmulo, nossos gatos apresentam manchas pretas em locais como nariz, pálpebras, gengivas, lábios ou orelhas.

Embora o lentigo seja um processo totalmente inofensivo, benigno e assintomático, é sempre necessário diferenciá-lo de um processo tumoral maligno e agressivo denominado melanoma. O diagnóstico é feito com a realização de biópsias e estudo histopatológico. O lentigo não tem tratamento, é simplesmente uma característica estética e não causa problemas para os gatos. Continue lendo este artigo do PeritoAnimal para saber todos os detalhes do lentigo em gatos - tipos, sintomas e tratamento. Assim, você saber o que pode ser a casquinha preta no nariz do gato. Também vamos falar de seus sintomas e diagnóstico. Boa leitura.

O que é o lentigo em gatos?

O lentigo (lentigo simplex) é um processo dermatológico assintomático, caracterizado pela formação de uma ou várias manchas ou máculas pretas ou escuras na junção dermoepidérmica da pele. Essas lesões consistem em um acúmulo de melanócitos (hiperplasia melanocítica), células que acumulam o pigmento chamado melanina na camada basal cutânea, sem elevação ou espessamento da pele nesses locais de acúmulo.

Se você observar uma casquinha preta no nariz do gato, as chances de ser lentigo são muito grantes. Isso porque as áreas mais comumente afetadas são as seguintes:

  • Nariz.
  • Gengivas.
  • Pálpebras.
  • Orelhas.
  • Lábios.

Trata-se de um processo totalmente benigno que só representa uma questão estética para os cuidadores felinos, no entanto, seu gato não vai sequer percebê-lo e continuará sendo feliz.

O que causa o lentigo em gatos

Se aquela casquinha preta no nariz do gato te deixa com alguma preocupação, sabia que o lentigo é um transtorno genético com herança autossômica recessiva. Embora tenha-se pensado que um papilomavírus pode estar envolvido no lentigo canino e uma relação bioquímica tenha sido encontrada entre a hiperpigmentação pós-inflamatória e as reações inflamatórias que podem causar lentigo, essas na verdade são apenas hipóteses.

Quando ocorre entre os gatos, geralmente o lentigo é visto em gatos de pelagem vermelha, laranja ou creme, embora a patogênese exata não tenha sido estabelecida, além da herança genética.

No que diz respeito à idade, costuma aparecer em gatos mais jovens ou mais velhos.

O lentigo em gatos é contagioso?

Não, não é uma doença contagiosa, pois não é causada por nenhum microrganismo. É um processo totalmente individualizado que aparece ou não de acordo com a herança do felino. Por isso, se a casquinha preta no nariz do gato for, de fato, lentigo, não há porque ter nenhum tipo de preocupação.

Sintomas do lentigo em gatos

Quando você se pergunta "por que meu gato tem coisas pretas na boca?", a já falada casquinha preta no nariz do gato ou você observa manchas pretas no queixo ou no nariz do felino, assim como em outros locais como as orelhas ou pálpebras, não se preocupe, provavelmente se trata de lentigo, especialmente se o seu gato for avermelhado ou alaranjado, em maior ou menor intensidade. Manchas pretas no queixo, se acompanhadas de feridas, crostas e bordas espessas podem ser indicativas de acne felina, não de lentigo.

No lentigo felino, os gatos têm manchas pretas, marrons ou acinzentadas que podem se espalhar ou crescer com o tempo. Elas não são pruriginosas ou malignas, pois não proliferam em tecidos próximos ou camadas internas, nem têm a capacidade de metástase para outros locais do corpo do felino.

Essas lesões, embora possam aparecer a qualquer momento, geralmente começam antes de o gato completar um ano de idade ou em uma idade avançada.

Lentigo em gatos - Tipos, sintomas e tratamento - Sintomas do lentigo em gatos

Diagnóstico do lentigo em gatos

Se você quer saber se, de fato, a casquinha preta no nariz do gato é lentigo, destacamos que o diagnóstico do lentigo em gatos é simples, com a observação de pequenas manchas pretas no nariz, orelhas, pálpebras, gengivas ou lábios. Porém, deve ser sempre diferenciado de outras doenças que podem ser confundidas com esse processo, como por exemplo:

  • Melanoma.
  • Piodermite superficial.
  • Demodicose.
  • Acne felina.

O diagnóstico definitivo se baseia na coleta de amostras de biópsia e no envio ao laboratório para análise histopatológica. Esta análise mostrará abundância de células com pigmento melanina (melanócitos).

Deve-se levar em consideração que, se essas lesões forem modificadas em relação à extensão, circunscrição das bordas, espessamento ou aparecimento de manchas em áreas diferentes das indicadas, deve-se considerar a possibilidade de um melanoma, processo maligno com prognóstico muito pior. Também nesse caso, a histopatologia mostrará o diagnóstico definitivo.

Neste outro artigo do PeritoAnimal falamos tudo sobre os tipos, sintomas e tratamento de câncer em gatos.

Tratamento do lentigo felino

O lentigo em gatos não tem tratamento, não é necessário e não altera em nada a qualidade de vida do felino. Enquanto na medicina humana a abrasão térmica tem sido usada para eliminar essas lesões, isso não é realizado na medicina veterinária felina.

Isso ocorre porque qualquer ação contra o lentigo causa estresse e sofrimento desnecessários para o nosso gatinho. Ele continuará sendo lindo, feliz, saudável e com a mesma qualidade de vida, seja com ou sem manchas. Por isso, se existir uma casquinha preta no nariz do gato, descarte qualquer outra possibilidade de problemas e aproveite a companhia do seu amigo felino o máximo que puder.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Lentigo em gatos - Tipos, sintomas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas da pele.

Bibliografia
  • NGUYEN, Jannett, et al. Melanoma in patients with GATA 2 deficiency. Disponível em: <https://doi.org/10.1111/pcmr.12671>. Acesso em 13 de abril de 2021.
  • PUERARI, Greice. Melanoma extra cutâneo em região orbital em gato submetido à enucleação prévia: relato de caso. 2019. Disponível em: <https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/200177>, Acessi en 13 de abril de 2021.
  • G. Machicote. (2011). Dermatología canina y felina. Servet.
  • R. G. Harvey, P. J. Mckeever. (2001). Manual ilustrado de enfermedades de la piel en perro y gato. Grass edicions.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Lentigo em gatos - Tipos, sintomas e tratamento
1 de 2
Lentigo em gatos - Tipos, sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página