Partilhar

Intoxicação por maconha em cachorros - sintomas e tratamento

 
Por Mariana Castanheira, Médica Veterinária. Atualizado: 29 janeiro 2019
Intoxicação por maconha em cachorros - sintomas e tratamento

Ver fichas de  Cachorros

A intoxicação por haxixe ou marijuana nos cachorros nem sempre é letal. Porém, a ingestão desta planta ou dos seus derivados pode provocar efeitos secundários graves que colocam a saúde do cachorro em risco.

Neste artigo do PeritoAnimal falamos da intoxicação por maconha em cachorros assim como dos sintomas e tratamento para poder realizar uma intervenção de primeiros socorros em caso de sobredose. Você deve recordar que a exposição prolongada ao fumo da marijuana também é prejudicial para o cachorro. Vamos explicar-lhe tudo, continue lendo!

Também lhe pode interessar: Cachorro intoxicado, o que fazer?

Os efeitos da maconha

A marijuana e os seus derivados, como o haxixe ou os óleos, são potentes psicoativos que se obtêm a partir do cânhamo. O ácido tetraidrocanabinol converte-se em THC depois do processo de secagem, um composto psicotrópico que atua diretamente sobre o sistema nervoso central e o cérebro.

Geralmente, provoca euforia, relaxamento muscular e aumento do apetite. Apesar disso, também pode causar alguns efeitos secundários como: ansiedade, boca seca, redução da capacidade motora e debilidade.

Também existem outros efeitos da marijuana nos cachorros:

  • A exposição por inalação crônica de marijuana pode provocar bronquiolite (infeção respiratória) e enfisema pulmonar.
  • Diminui moderadamente a frequência do pulso do cachorro.
  • Uma dose demasiado elevada por via oral pode provocar a morte do cachorro por hemorragia intestinal.
  • Uma dose excessiva por via intravenosa pode provocar a morte por edema pulmonar.
Intoxicação por maconha em cachorros - sintomas e tratamento - Os efeitos da maconha

Sintomas da intoxicação por haxixe ou marijuana nos cachorros

A maconha costuma atuar 30 minutos depois da sua ingestão mas, em alguns casos, pode fazer efeito uma hora e meia depois e perdurar por mais do que um dia. Os efeitos no corpo do cachorro podem chegar a ser graves e, embora a maconha em si não provoque a morte, os sinais clínicos podem provocar.

Sinais clínicos que podemos observar em caso de intoxicação:

  • Tremores
  • Diarreia
  • Dificuldade para coordenar o movimento
  • Hipotermia
  • Salivação excessiva
  • Dilatação anormal das pupilas
  • Desorientação
  • Vômitos
  • Olhos vidrados
  • Sonolência

O ritmo cardíaco numa intoxicação por cannabis pode ficar mais lento. Por isso, é importante relembrar que a frequência cardíaca normal do cachorro está entre as 80 e as 120 pulsações por minuto e que as raças pequenas têm esta frequência um pouco mais altas, enquanto as raças grandes mais baixas.

Para além destes sinais, o cachorro pode ficar deprimido e até alternar estados de depressão com excitação.

Tratamento da intoxicação por haxixe ou marijuana em cachorros

Leia atentamente a nossa explicação dos primeiros socorros passo a passo que pode aplicar para tratar a intoxicação por maconha no seu cachorro:

  1. Ligue para o seu médico veterinário de confiança, explique a situação e siga os conselhos dele.
  2. Faça o cachorro vomitar se ainda não passaram 1 ou 2 horas desde o consumo de cannabis.
  3. Tente relaxar o cachorro e observe todos os sinais clínicos durante este processo.
  4. Observe as mucosas do cachorro e tente medir a temperatura dele. Garanta que ele respira e tem uma frequência cardíaca normal.
  5. Peça ajuda a um familiar para ir à farmácia comprar carvão ativado, um produto absorvente e poroso que previne a absorção do tóxico no estômago.
  6. Vá para clínica veterinária.

Se, desde o princípio, você observar que o cachorro diminuiu drasticamente a temperatura ou que os efeitos estão provocando mal estar excessivo, corra para o médico veterinário. O seu cachorro pode precisar de uma lavagem gástrica e inclusive hospitalização para manter os sinais vitais estáveis.

Intoxicação por maconha em cachorros - sintomas e tratamento - Tratamento da intoxicação por haxixe ou marijuana em cachorros

Bibliografia

  • Roy P., Magnan-Lapointe F., Huy ND., Boutet M. Chronic inhalation of marijuana and tobacco in dogs: pulmonary pathology Research Communications in Chemical Pathology and Pharmacology Jun 1976
  • Loewe S. Studies on the pharmacology and acute toxicity of compunds with Marihuana activity Journal of Pharmacology and Experimental Therapeutics Oct 1946
  • Thompson G., Rosenkrantz H., Schaeppi U., Braude M., Comparison of acute oral toxicity of cannabinoids in rats, dogs and monkeys Toxicology and Applied Pharmacology Volume 25 Issue 3 Jul 1973

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Intoxicação por maconha em cachorros - sintomas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Primeiros socorros.

Escrever comentário sobre Intoxicação por maconha em cachorros - sintomas e tratamento

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Intoxicação por maconha em cachorros - sintomas e tratamento
1 de 3
Intoxicação por maconha em cachorros - sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página