Partilhar

Doenças mais comuns em iguanas

 
Por Mariana Castanheira, Médica Veterinária. Atualizado: 4 dezembro 2017
Doenças mais comuns em iguanas

A popularidade dos répteis no Brasil tem crescido exponencialmente. Um destes "novos pets" preferidos é a iguana verde (Iguana Iguana). Como consequência da vida em cativeiro surgem diversos problemas, principalmente quando os tutores destes animais não possuem informação suficiente sobre os cuidados básicos desta espécie.

Para garantir que a sua iguana se encontra bem e que não padece de nenhum problema, para além de todos os cuidados básicos essenciais, você deve fazer visitas periódicas ao seu médico veterinário especialista em animais exóticos ! É importante que desde pequena a sua iguana tenha o devido acompanhamento veterinário para garantir que cresce e se desenvolve sem problemas.

Neste artigo do PeritoAnimal resumimos as informações mais importantes que você deve conhecer sobre as doenças mais comuns em iguanas. Continue lendo!

Também lhe pode interessar: Doenças mais comuns nos cachorros

Doenças de iguana verde

Como em qualquer espécie animal, incluindo a humana, uma correta alimentação é a base para a prevenção de qualquer doença. A iguana não é uma excepção! Este réptil, herbívoro estrito, deve ter uma dieta adequada em cativeiro que a permita crescer sem problemas e que fortaleça o sistema imunitário dela.

As iguanas podem sofrer de todo o tipo de doenças dos diversos sistemas, respiratório, reprodutivo, gastrointestinal, etc. Porém, existem alguns problemas que vemos com mais regularidade na prática clínica e é desses que vamos falar para você!

Doença óssea metabólica em répteis

A doença metabólica óssea é um dos problemas mais comuns em iguanas verdes mantidas em cativeiro.

As principais causas deste problema são consequentes de um maneio inadequado dos tutores. Leia o nosso guia completo dos cuidados da iguana para evitar cometer esse tipo de erros. Esta doença é originada devido principalmente a:

  • Dieta inadequada: Alimentos pobres em cálcio e vitamina D3 e com uma incorreta proporção de cálcio e fósforo.
  • Exposição inadequada à luz ultravioleta B: Ausência de luz ultravioleta do tipo B, tanto natural como artificial.

Os sinais clínicos mais comuns desta doença são:

  • Mandíbula mole e deformada
  • Fracturas espontâneas
  • Ossos e coluna deformados

Para evitar este problema você deve garantir que a sua iguana tem uma alimentação equilibrada à base de folhas verdes. Relativamente à luz ultravioleta B, sempre que você tiver essa possibilidade, deve fornecer luz solar direta para a sua iguana. Se isso for de todo impossível, você deve colocar no terrário uma lâmpada artificial de luz ultravioleta do espectro B, expondo a iguana a um período de 12 horas de luz e 12 horas de escuridão. Você deve garantir que tanto no caso da luz solar direta, como no caso do uso de lâmpada para luz artificial, não existem plásticos nem vidros entre a luz e o animal, caso contrário, a radiação ultravioleta B será absorvida por eles e não pela iguana.

Doenças mais comuns em iguanas - Doença óssea metabólica em répteis
Fonte: hkeating01.wordpress.com

Parasitas em iguanas

As plantas e troncos utilizados nos terrários para enriquecer o ambiente da iguana e o aproximar mais do habitat natural delas, por vezes trazem alguns parasitas. Os parasitas mais comuns são os do gênero Hirstiella e geralmente podem ser vistos a olho nu na pele do animal (pintinhas vermelhas), como você pode observar na imagem.

Se você detectou recentemente estas marcas vermelhas na sua iguana, visite o seu médico veterinário de exóticos para que ele diagnostique o problema e inicie o tratamento adequado. Caso se confirme serem os ácaros de que lhe falamos, poderá ser utilizado um tratamento à base de ivermectina ou outro acaricida que o seu veterinário considere mais adequado.

Outros parasitas comuns em iguanas são os internos. Se fizer visitas regulares ao seu médico veterinário ele irá observar as fezes da iguana ao microscópio e descartar a presença de parasitas ou, caso detecte alguns, fazer a desparasitação adequada!

Doenças mais comuns em iguanas - Parasitas em iguanas
Fonte: unzooencasa.com

Abscessos em iguanas

Os abscessos são problemas muito comuns em iguanas, principalmente nas que estão alojadas em grupos e se agridem por motivos territoriais.

Para tratar um abscesso será necessária a prescrição de antibiótico e pode ser até necessária uma intervenção cirúrgica! Se você detectar algum inchaço na sua iguana, visite o mais rapidamente possível o seu médico veterinário! Jamais tente drenar você mesmo um abscesso do seu pet! A contaminação e abertura de uma ferida pode ser muito perigosa para o animal.

Doenças mais comuns em iguanas - Abscessos em iguanas
Fonte: yil.jp

Problemas reprodutivos em iguanas

Um dos problemas reprodutivos mais comuns em iguanas fêmeas mantidas em cativeiro é a distocia. Basicamente, o que acontece é que os ovos ficam presos no oviduto e a iguana não os consegue expulsar.

As principais causas para este problema são:

  • Ausência de lugar adequado para fazer a postura
  • Substrato demasiado duro
  • Falta de exposição à luz solar
  • Dieta inadequada
  • Estresse
  • Fêmeas demasiado jovens (primíparas)
  • Fêmeas demasiado velhas
  • Problemas dos ovos: ovos rotos, em maior número do que o habitual, demasiado duros, etc.

Também este problema, como quase todos os outros, tem como principal origem um maneio inadequado por parte dos tutores. Se você tiver todas as condições adequadas para a sua iguana e fizer visitas regulares ao seu médico veterinário, mais difícil é surgir qualquer tipo de problema. Porém, como você pode verificar na lista de causas, existem algumas internas e que você não pode controlar.

Por esse motivo, é importante que esteja atento a estes sinais clínicos:

  • Abdômen inchado
  • Anorexia
  • Aumento da frequência da urina
  • Mudanças comportamentais: a iguana procura constantemente lugares para desovar.

Se você desconfia que a sua iguana sofre deste problema, visite de imediato um médico veterinário. O tratamento consiste, habitualmente, na administração de cálcio e oxitocina. Casos mais graves com obstrução podem requerer intervenção cirúrgica.

Problemas de comportamento em iguanas

Os problemas comportamentais são um dos principais motivos de abandono destes animais. Especialmente no caso das iguanas macho, ao chegarem à puberdade, podem começar a demonstrar comportamentos mais agressivos por questões territoriais.

Alguns veterinários podem sugerir a castração para diminuir os problemas agressivos, porém, é importante aceitar que este é um comportamento natural desta espécie e que na maior parte das vezes pode ser evitado se for fornecido um espaço e enriquecimento ambiental adequados.

Você deve pegar na sua iguana sempre por baixo, como se o seu braço fosse o tronco de uma árvore e ela se possa agarrar em você. Nunca peque ela por cima, a sua iguana pode se sentir ameaçada o que vai provocar um comportamento agressivo por medo.

Doenças mais comuns em iguanas - Problemas de comportamento em iguanas

Como saber se a iguana está doente?

A melhor forma de saber e a iguana está doente é observar todos os dias o comportamento dela, atentamente. Se por algum motivo o comportamento dela mudou, deixou de comer, beber, urinar ou defecar: estes são os primeiros sinais de que algo errado está passando com ela!

Mesmo quando tudo aparentemente está normal, isso não é sinônimo de que a sua iguana esteja bem internamente. Por esse motivo as visitas regulares ao seu médico veterinário são tão importantes. Pequenas alterações podem não ser visíveis aos seus olhos mas não irão passar despercebidas ao olhar clínico de um profissional especialista nestes animais. Os répteis são animais muito resistentes e por vezes é difícil perceber que algo não está bem e quando percebemos já é tarde demais.

Todos os cuidados em casa, alimentação correta e visitas ao médico médico veterinário são a chave da prevenção de qualquer problema do seu pet. Invista na prevenção!

Você adotou recentemente um destes animais? Veja o nosso artigo com nomes para iguana verde!

Doenças mais comuns em iguanas - Como saber se a iguana está doente?

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Doenças mais comuns em iguanas, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Bibliografia
  • Silvestre, A. M. (2003) Enfermedades de los reptiles. Reptilia ediciones
  • Mader, D. M. Reptile Medicine and Surgery. Elsevier. 2nd Edition

Escrever comentário sobre Doenças mais comuns em iguanas

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Doenças mais comuns em iguanas
Fonte: hkeating01.wordpress.com
Fonte: unzooencasa.com
Fonte: yil.jp
1 de 6
Doenças mais comuns em iguanas

Voltar ao topo da página