Partilhar

Doenças em galinhas e seus sintomas

Doenças em galinhas e seus sintomas

Existe um grande número de doenças e parasitas que podem afetar as galinhas. É fundamental aprender a reconhecer seus sintomas para detectar prontamente seu aparecimento. Você verá que muitas doenças vão se manifestar através de sinais clínicos muito parecidos, por isso é importante contar com um veterinário especialista para poder chegar a um diagnóstico correto. Também será este profissional o ideal para te informar sobre as melhores medidas preventivas.

Descubra neste artigo do PeritoAnimal as doenças em galinhas e seus sintomas. Você vai descobrir quais são as que afetam com maior frequência os pintinhos, as aves adultas e quais podem ser transmitidas para o ser humano e vice-versa. Continue lendo para descobrir tudo isso.

Também lhe pode interessar: Doença de Addison em cães

Como saber se uma galinha está doente?

Antes de começar, será fundamental fazer uma revisão dos sintomas das doenças em galinhas, assim, as manifestações mais comuns que indicam que você está diante de uma possível doença são as seguintes:

  • Anorexia, ou seja, a galinha não come nem bebe, embora outra sinal de doença seja beber em excesso;
  • Liberação de secreções pelo nariz e pelos olhos;
  • Respirar fazendo barulho;
  • Tosse;
  • Ausência ou diminuição da postura de ovos, ou ovos com aparência deformada e a casca enfraquecida;
  • Diarreia com mal cheiro;
  • A galinha doente não se movimenta como de costume, fica letárgica;
  • Alterações na pele;
  • Mal aspecto das plumas;
  • A galinha não reage a estímulos que deveriam interessá-la;
  • Se esconde;
  • Emagrecimento;
  • Dificuldade para se manter em pé.

Finalmente, uma situação muito comum é encontrar galinhas depenadas e perguntar de que doença elas estão sofrendo. Bem, isso pode ser devido a uma alimentação inadequada, às bicadas entre si quando as galinhas vivem em comunidade, a mudanças fisiológicas, ao estresse ou a algumas doenças. Ou seja, a falta de penas é um sintoma, e não uma doença em si.

Doenças em galinhas e seus sintomas - Como saber se uma galinha está doente?

Doenças de galinhas caipiras

A primeira coisa que precisamos saber é que as doenças mais comuns das galinhas, que veremos a seguir, apresentam sintomas muito semelhantes, o que torna fácil confundi-las. É por isso que é importante poder contar com a ajuda e o diagnóstico de um especialista. Além disso, essas doenças geralmente são muito contagiosas, por isso é aconselhável isolar as galinhas que parecem suspeitas.

Portanto, nas doenças das galinhas caipiras ou de criação, é essencial prevenir antes de curar, e ea prevenção pode ser realizada com bons cuidados, acomodação adequada e dieta equilibrada. Nas seções seguintes, revisamos as doenças em galinhas e seus sintomas.

Doenças dos pintinhos

A seguir, mencionaremos algumas das doenças que afetam os pintinhos com maior frequência:

Doença de Marek

Antes de revisar as doenças das galinhas e seus sintomas, vamos abordar as doenças dos pintinhos, pois existem algumas doenças que são mais comuns durante essa fase, como a doença de Marek, que agrupa várias doenças virais muito contagiosas que causam tumores e paralisia. Há uma vacina, mas ela nem sempre é eficaz, portanto, considera-se que a melhor prevenção é uma boa higiene e condições de vida adequadas. Essa doença não tem tratamento, mas os pequenos podem sobreviver se continuarem comendo e se mantivermos, na medida do possível, seu sistema imunológico.

Coccidiose

A coccidiose é a principal causa de morte de pintinhos. É uma doença parasitária muito contagiosa do trato digestivo, que faz as fezes apresentarem sangue. Outro distúrbio que envolve o sistema digestivo é a obstrução, que pode impedir a defecação da ave. Ocorre devido ao estresse, mudanças de temperatura, manejo incorreto, etc. Nesses casos, é necessário reajustar a dieta e fazer a limpeza da cloaca.

Os pintinhos também podem ter torcicolo, de modo que ficam incapazes de manter sua cabeça erguida. Além disso, caminharão para trás. Isso pode ocorrer devido a uma deficiência de vitamina B, que deve ser aumentada na dieta. É necessário vigiar se o pintinho está conseguindo comer para que não seja pisoteado pelos demais, se vive em comunidade.

Doenças hereditárias

Você também pode notar doenças das galinhas que afetam o bico. São deformidades que parecem ser genéticas e pioram com o crescimento. Podem resultar em dificuldades para se alimentar, por isso é necessário garantir que o animal consegue comer, oferecer comidas macias, elevar o comedouro, etc. As alterações também podem aparecer nas pernas. Por exemplo, elas podem deslizar para as laterais, de modo que a ave não consegue andar nem ficar em pé. Isso pode ocorrer devido a erros na temperatura da incubadora ou a um déficit de vitaminas. Um solo antiderrapante e uma atadura para manter as perninhas unidas fazem parte do tratamento.

Doenças respiratórias

Por fim, outras doenças dos pintinhos que se destacam são os problemas respiratórios, aos quais os filhotes são muito suscetíveis, e podem manifestar um quadro de maior ou menor gravidade. Corrimento ocular e nasal, tosse e espirros são os sintomas mais comuns dessas condições. É imprescindível manter a higiene.

Lembre-se de que os pintinhos são mais delicados, o que significa que as doenças podem se apresentar de maneira mais grave. Por exemplo, os ácaros podem até matar um pintinho devido à anemia que causam.

Doenças em galinhas e seus sintomas - Doenças dos pintinhos

Doenças oculares em galinhas

Os olhos das galinhas podem ficar irritados e inflamados quando elas vivem em meio a altos níveis de amônia. Isso também pode afetar os seios nasais e a traquéia e, se a situação não for resolvida, a ave pode ficar cega. A amônia vem da união do ácido úrico no estrume das aves com a água, que forma um ambiente propício ao crescimento bacteriano, produtor da amônia.

A doença de Marek também pode afetar os olhos se os tumores se desenvolverem na íris. Outras doenças, como a bouba aviária, também têm repercussões a nível ocular quando as lesões ocorrem perto dos olhos. As infecções bacterianas ou fúngicas também são responsáveis pela conjuntivite, assim como as deficiências nutricionais. Além disso, nas seções a seguir, veremos que em muitas doenças das galinhas incluem sintomas oculares.

Bouba aviária

Entre as doenças das galinhas que afetam as patas, destaca-se a bouba aviária. Esta doença das galinhas e seus sintomas são comuns e são caracterizados por bolhas nas barbelas, pernas ou até em todo o corpo. Essas bolhas formam crostas que acabam caindo posteriormente. Com pouca frequência, pode afetar também a boca e a garganta, prejudicando a respiração e até causando a morte da ave. Existe uma vacina para a bouba aviária.

Doenças em galinhas e seus sintomas - Bouba aviária
Imagem: https://hablemosdeaves.com

Ácaros em galinhas: dermanyssus gallinae e outros

Parasitas externos, como os ácaros das aves, podem passar despercebidos e causar danos consideráveis, como diminuição da postura de ovos, desaceleração do crescimento, anemia, enfraquecimento do sistema imunológico, emagrecimento, penas sujas de excremento dos parasitas e até a morte. Isso ocorre porque os ácaros das galinhas se alimentam de sangue.

Além disso, como alguns podem viver no ambiente, o tratamento também deve incluir esse ambiente. É uma das doenças dos galos que podem afetar sua capacidade de acasalar, porque os ácaros tendem a se agrupar em torno da área genital. Eles são tratados com acaricidas encontrados em diferentes apresentações, após o diagnóstico do ácaro. Podem ser evitados mantendo a higiene adequada.

Tipos de ácaros que afetam as galinhas

O ácaros mais comuns são os ácaros vermelhos, da espécie Dermanyssus galinae. Os sintomas dessa doença das galinhas são mais importantes em climas quentes. Os ácaros Knemidocoptes mutans também podem aparecer nas pernas dessas aves. Eles engrossam a pele, a fazem descamar, formam crostas, podem formar exsudatos e manchas vermelhas. Além disso, as pernas podem parecer deformadas. Esse ácaro se espalha por contato direto e é mais comum em aves mais velhas. Existem vários tratamentos. As pernas podem ficar danificadas.

Doenças em galinhas e seus sintomas - Ácaros em galinhas: dermanyssus gallinae e outros
Imagem: Reprodução/http://www.granjaonline.es

Gota visceral ou urolitíase aviária

A parasitose que mencionamos na seção anterior às vezes é confundida com outra doença das pernas, um tipo de artrite chamada gota, causada por insuficiência renal grave. Ela é produzida pelo acúmulo de uratos nas articulações, o que causa inflamação das articulações dos jarretes e dos pés e provoca uma coxeira que dificulta os movimentos. Geralmente afeta as duas pernas.

Esses acúmulos deformam o membro e fazem aparecer feridas, sintomas que podem fazer a gota ser confundida com uma doença causada por ácaros. Pode ocorrer devido a um problema genético ou a uma dieta com proteínas em excesso. É mais comum em galos e a partir dos quatro meses de idade. Não tem cura, mas é possível melhorar as condições da ave para tornar sua vida mais confortável, incentivá-la a beber mais água, modificar a dieta incluindo frutas e legumes, etc.

Piolhos em galinhas

As infestações por parasitas externos podem fazer parte das doenças em galinhas com sintomas difíceis de detectar, mas podem ser responsáveis por uma diminuição na postura dos ovos, afetar o crescimento, causar desnutrição e até a morte. O animal afetado emagrece, arranha e bica a pele e possui várias áreas com perda de coloração. Esses parasitas podem ser evitados observando regularmente o corpo da galinha para detectá-los. Os piolhos, ao contrário dos ácaros, só conseguem viver no hospedeiro. Eles são menos resistentes aos tratamentos do que os ácaros.

Doenças em galinhas e seus sintomas - Piolhos em galinhas
Imagem: Reprodução/https://blog.gardencenterejea.com

Bronquite infecciosa

Entre as doenças das galinhas, os sintomas da bronquite infecciosa são relativamente comuns. Pode se manifestar de maneira leve mas, em outros casos, é grave. As galinhas afetadas param de comer e beber, apresentam secreções nasais e oculares, tossem, ofegam e, em geral, apresentam dificuldades para respirar. Além disso, as galinhas param de botar ovos ou botam ovos deformados. Esta é uma doença para a qual existe uma vacina, embora ela não previna a infecção. É tratada com antibióticos e a ave deve ser mantida em um ambiente quente.

Doenças em galinhas e seus sintomas - Bronquite infecciosa
Imagem: Reprodução/VanessaQuintero, Estudante na UFPSO, Linkedin.

Doença de Newcastle

A doença de Newcastle é uma doença viral que desencadeia sintomas respiratórios e nervosos e pode se apresentar com diferentes níveis de gravidade e sintomas como morte súbita, espirros, problemas respiratórios, secreção nasal, tosse, diarreia esverdeada e aquosa, letargia, tremores, torcicolo, caminhada em círculos, rigidez ou inchaço dos olhos e do pescoço. Esta doença das galinhas é muito contagiosa, assim como seus sintomas, por isso o melhor é investir na prevenção. Há uma vacina para a doença de Newcastle.

Doenças em galinhas e seus sintomas - Doença de Newcastle
Imagem: Reprodução/https://www.elsiglodetorreon.com.mx

Cólera aviar

Trata-se de uma doença desencadeada pela bactéria Pastereulla multocida e pode se apresentar de maneira aguda ou crônica. No primeiro caso, pode significar a morte súbita da ave. Ocorrem danos vasculares, pneumonia, anorexia, secreção nasal, coloração azulada e diarreia. Esta doença das galinhas e seus sintomas afetam principalmente indivíduos mais velhos ou ainda em crescimento.

Por outro lado, a apresentação crônica é caracterizada pelo aparecimento de inflamações nas quais a pele pode se tornar gangrenosa. Sintomas neurológicos como o torcicolo também podem ser observados. Existem vacinas disponíveis para esta doença. O tratamento é baseado na administração de antibióticos.

Doenças em galinhas e seus sintomas - Cólera aviar
Imagem: Reprodução/https://hablemosdeaves.com

Gripe aviária ou influenza aviária

Esta doença das galinhas e seus sintomas podem causar a morte em questão de dias. O quadro clínico é semelhante ao da gripe. É transmitida entre aves de diferentes espécies por contato com membranas mucosas e fezes infectadas, e também pode ser transportada através de insetos, roedores ou de nossas roupas.

Os sintomas incluem morte súbita, coloração púrpura nas pernas e cristas, ovos com casca mole ou deformados. Além disso, as galinhas com gripe botam menos ou param de botar, perdem apetite, ficam letárgicas, produzem fezes mucosas, apresentam tosse, secreção ocular e nasal, espirros e andar vacilante. O tratamento consiste em fortalecer o sistema imunológico da ave com uma boa dieta, pois esta é uma doença viral.

Doenças em galinhas e seus sintomas - Gripe aviária ou influenza aviária
Imagem: Reprodução/http://www.ckmperu.com

Coriza infecciosa

Mais uma entre as doenças em galinha é a coriza infecciosa, também chamada de resfriado ou crup. Os sintomas são inchaço da cara, secreção nasal, ocular, espirros, tosse, dificuldades respiratórias com sibilos e roncos, anorexia, alteração na cor das cristas ou ausência da postura de ovos. Esta doença das galinhas e seus sintomas podem ser tratados com antibióticos, pois é uma doença de origem bacteriana, mas nem sempre é possível curá-la.

Doenças em galinhas e seus sintomas - Coriza infecciosa

Sinusite infecciosa em galinhas

Também chamada de micoplasmose, esta doença das galinhas e seus sintomas afetam todas as aves de criação. É caracterizada por espirros, secreção nasal e algumas vezes ocular, tosse, problemas respiratórios e inchaço nos olhos e seios nasais. É tratada com antibióticos, pois é uma doença bacteriana.

Doenças em galinhas e seus sintomas - Sinusite infecciosa em galinhas
Imagem: Reprodução/https://seleccionesavicolas.com

Doenças transmitidas por galinhas aos humanos

Algumas doenças das galinhas e seus sintomas podem ser transmitidos aos seres humanos e vice-versa através do contato com fezes, por via aérea ou, se for o caso, por ingestão. Estamos falando de doenças zoonóticas. A famosa gripe aviária raramente contamina as pessoas, mas é verdade que isso pode acontecer. Serão pessoas que estiveram em contato com as aves, com superfícies contaminadas ou que ingeriram carne ou ovos mal cozidos. A doença pode ser leve ou grave, e tem sintomas semelhantes aos da gripe. Correm maiores riscos as mulheres grávidas, idosos ou pessoas com um sistema imunológico comprometido.

A doença de Newcastle também pode atingir os seres humanos, causando uma conjuntivite leve. Além disso, a salmonelose, uma doença bacteriana, pode ser adquirida pelo consumo de ovos contaminados. Ela provoca uma gastroenterite. Há outras bactérias, como a Pastereulla multocida, que podem causar lesões dermatológicas nas pessoas que são bicadas ou arranhadas pelas aves. Existem também outras doenças que as aves podem transmitir, mas sua incidência é baixa. Em todo caso, é aconselhável manter a higiene e, se as galinhas apresentarem sintomas de doenças ou se você sofrer de qualquer condição sem outra causa aparente, é necessário procurar um veterinário, ou seja, o profissional de saúde desses animais.

Doenças em galinhas e seus sintomas - Doenças transmitidas por galinhas aos humanos

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Doenças em galinhas e seus sintomas, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Bibliografia
  • Gaskin, J., Wilson, H., Mather, F., Jacob, J., & GARCIA, J. (2001). Enfermedades de las Aves Transmisibles a los Humanos. Red EDIS.

Vídeos relacionados com Doenças em galinhas e seus sintomas

1 de 3
Vídeos relacionados com Doenças em galinhas e seus sintomas

Escrever comentário sobre Doenças em galinhas e seus sintomas

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
A sua avaliação:
Marineia Nascimento
Estou criando 26 pintinhos de raças diferentes, Caipirão, 9 sussex e 5 hrodes , foram adquiridos e locais diferentes, os sussex vieram de um criadora de aves ornamentais e no segundo dia começaram a sentir uma espécie de câimbra que os deixa com membros inferiores paralisados temporariamente, mas com o passar de alguns minutos e até hora eles voltam ao normal, parece com câimbra porque ficam pianfo como se tivessem.com dor e.sem poder mover as perninhas, e com uns 3 dias os outros que comprei de outro criadora tb começaram a sentirem o mesmo, por favor o que poderia ser, estou preocupada pois tenho em meu sítio várias outras aves, separadas e adultas que poderão se contaminar dependendo.do que seja, mas eu os separei menos levei pra casa na cidade, e estou com medo de retorna-los ao sítio.
Se alguém poder me ajudar com alguma informação ,fico externamente grata.
Administrador PeritoAnimal
Oi! Apenas um veterinário pode fazer um exame físico do seu pet para chegar a um diagnóstico e recomendar o tratamento adequado para o caso. Recomendamos que você consulte um profissional o quanto antes.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
marcos
minhas galinhas fazem fezes com o odor muito forte e mole com muita água como pato como tratar
Nídia do Carmo (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi! Apenas um veterinário pode fazer um exame físico do seu pet para chegar a um diagnóstico e recomendar o tratamento adequado para o caso. Recomendamos que você consulte um profissional o quanto antes.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!

Doenças em galinhas e seus sintomas
Imagem: https://hablemosdeaves.com
Imagem: Reprodução/http://www.granjaonline.es
Imagem: Reprodução/https://blog.gardencenterejea.com
Imagem: Reprodução/VanessaQuintero, Estudante na UFPSO, Linkedin.
Imagem: Reprodução/https://www.elsiglodetorreon.com.mx
Imagem: Reprodução/https://hablemosdeaves.com
Imagem: Reprodução/http://www.ckmperu.com
Imagem: Reprodução/https://seleccionesavicolas.com
1 de 13
Doenças em galinhas e seus sintomas

Voltar ao topo da página