Partilhar

Bronquite infecciosa das galinhas: sintomas e tratamento

 
Por Manuel F. Faneite P.. 3 fevereiro 2020
Bronquite infecciosa das galinhas: sintomas e tratamento

Neste artigo do PeritoAnimal vamos explicar sobre a bronquite infecciosa aviária, uma doença que, embora tenha sido descoberta em 1930, continua sendo causa de inúmeras mortes em aves infectadas. De fato, é uma das doenças mais comuns em galinhas e em galos, embora o vírus que a causa não afete apenas essa espécie animal.

Ainda hoje se pesquisa o desenvolvimento de uma vacina que ofereça maior imunidade contra essa doença, pois além de mortal, ela é altamente contagiosa, como você vai ver a seguir. Portanto, se você convive com aves e notou sintomas respiratórios que te fizeram suspeitar desse problema, continue lendo para saber tudo sobre a bronquite infecciosa das galinhas, seus sintomas clínicos e tratamento.

O que é a bronquite infecciosa aviária?

A bronquite infecciosa das galinhas (BIG) é uma doença viral aguda e altamente contagiosa, causada por um coronavírus pertencente à ordem dos nidovirales. Embora seu nome esteja associado ao sistema respiratório, não é o único que esta doença afeta. A BIG é capaz de causar danos nos intestinos, rins e sistema reprodutivo.

Está distribuída mundialmente, podendo contagiar aves de qualquer idade e não é específica de galinhas e galos, uma vez que também já foi descrita em perus, codornas e perdizes. Por esse motivo, embora muitas pessoas conheçam a doença como bronquite infecciosa das galinhas, a verdade é que é uma doença que afeta diferentes espécies.

Como a bronquite infecciosa das galinhas é transmitida?

As vias de contágio mais importantes são os aerossóis e fezes de animais infectados. Essa é uma doença muito contagiosa, que pode passar de uma ave para outra muito rapidamente se vários desses animais conviverem na mesma casa. Da mesma forma, a taxa de mortalidade por BIG é extremamente alta, motivo pelo qual é tão importante tomar precauções e isolar o animal infectado para evitar o contágio do restante dos animais.

A bronquite infecciosa das galinhas é zoonótica?

O BIG é uma doença altamente contagiosa, mas felizmente ocorre apenas em aves (e não em todas as espécies). Felizmente, esse vírus é inviável em seres humanos, portanto a BIG não é considerado uma doença zoonótica. De toda forma, é conveniente desinfetar as áreas que tiveram contato com o animal doente, pois os seres humanos podem transportar o vírus de um lugar para outro e espalhá-lo sem querer, fazendo com que outras aves fiquem doentes.

Sintomas da bronquite infecciosa das galinhas

Os sintomas mais fáceis de identificar são aqueles que tem relação com o nome da doença, ou seja, os respiratórios. Você também poderá notar sinais reprodutivos, no caso de fêmeas, e sinais renais. Os sintomas a seguir constituem evidências importantes para diagnosticar essa doença, portanto, esses são os sinais clínicos mais comuns de bronquite infecciosa das galinhas:

  • Tosse;
  • Secreção nasal;
  • Suspiros;
  • Chiados;
  • Agrupamento das aves em fontes de calor;
  • Depressão, mal estar, camas molhadas;
  • Diminuição da qualidade externa e interna dos ovos, resultando em ovos deformados ou sem casca;
  • Fezes aquosas e aumento do consumo de água.

Como vimos, alguns dos sintomas que podem ser confundidos com os de outras doenças, como a cólera aviária ou a varíola aviária, por isso é necessário consultar o veterinário com urgência.

Diagnóstico da bronquite infecciosa das galinhas

O diagnóstico dessa doença não é realizado com facilidade nas clínicas, uma vez que apresenta sintomas que também ocorrem em outras doenças. Nesses tipos de casos, deve-se contar com o laboratório para chegar a um diagnóstico preciso e confiável. Em alguns casos, é possível fazer o diagnóstico por isolamento e identificação do vírus da bronquite infecciosa aviária por meio de testes sorológicos. No entanto, este vírus possui certas alterações antigênicas que prejudicam a especificidade do teste, ou seja, os resultados não são 100% confiáveis.

Alguns autores descreveram outras técnicas de diagnóstico utilizadas nos últimos tempos, como a RCP (reação em cadeia da polimerase). Usando este tipo de técnicas de genética molecular, o teste tem alta especificidade e alta sensibilidade, obtendo resultados muito mais confiáveis.

Deve-se notar que esses tipos de testes de laboratório geralmente são caros. No entanto, faz parte dos cuidados necessários ir à clínica veterinária para encontrar o problema que está causando os sintomas e tratá-lo.

Tratamento para a bronquite infecciosa das galinhas

Não existe um tratamento específico contra a bronquite infecciosa aviária. Qualquer um dos medicamentos usados serve para aliviar sinais e sintomas, mas não são capazes de eliminar o vírus. Em alguns casos, o controle dos sintomas, geralmente realizado com antibióticos, pode reduzir a mortalidade, principalmente quando a doença é diagnosticada a tempo. Antibióticos nunca são prescritos para doenças virais mas às vezes podem ajudar evitando infecções secundárias associadas à bactérias oportunistas. Naturalmente, deve ser o especialista quem prescreve os antibióticos para bronquite infecciosa das galinhas. Você nunca deve automedicar suas aves, isso pode piorar consideravelmente o quadro clínico.

A prevenção e o controle desta doença são realizados através da vacinação e medidas sanitárias.

Vacina para bronquite infecciosa das galinhas

A base para a prevenção e controle de muitas doenças é a vacinação. Existem dois tipos de vacinas que são usadas para a BIG e os protocolos podem variar dependendo da área onde serão implementados e de acordo com os critérios de cada veterinário. Geralmente, utilizam-se esses tipos de vacina contra a bronquite infecciosa aviaria:

  • Vacinas vivas (vírus atenuado);
  • Vacinas inativadas (vírus morto).

É importante lembrar que o sorotipo Massachusetts é considerado o tipo clássico de bronquite infecciosa das galinhas e as vacinas baseadas neste tipo de sorotipo oferecem certo grau de proteção também contra outros sorotipos. Atualmente, continuam sendo feitas pesquisas para trazer ao mercado uma vacina que possa garantir proteção para qualquer sorotipo da doença.

Bronquite infecciosa das galinhas: sintomas e tratamento - Vacina para bronquite infecciosa das galinhas

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Bronquite infecciosa das galinhas: sintomas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Doenças virais.

Vídeos relacionados com Bronquite infecciosa das galinhas: sintomas e tratamento

1 de 3
Vídeos relacionados com Bronquite infecciosa das galinhas: sintomas e tratamento

Escrever comentário sobre Bronquite infecciosa das galinhas: sintomas e tratamento

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Bronquite infecciosa das galinhas: sintomas e tratamento
1 de 2
Bronquite infecciosa das galinhas: sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página