Partilhar
Partilhar em:

Cuidar de um Malamute do Alasca no verão

Cuidar de um Malamute do Alasca no verão

Ficha do animal: Malamute do Alasca

Sabia que o Malamute do Alasca é uma das raças mais antigas de cães de trenó? Esta raça é originária da zona ártica e dela se destacam principalmente a sua grande beleza, a sua grande força e capacidade de trabalho, por isso é que este tipo de cachorro foi escolhido para realizar expedições ao círculo polar e resgaste de feridos durante a Segunda Guerra Mundial.

Apesar de se tratar de um cachorro muito próximo do lobo e quase não tenha sido modificado desde as suas origines, o seu temperamento é muito equilibrado, sendo um cachorro leal, carinhoso, brincalhão e com um forte instinto de proteção com as crianças.

É um cachorro normalmente identificado pelo seu denso e volumoso pelo, um pelo que faz com que este animal precise de cuidados específicos. Por isso, neste artigo do PeritoAnimal vamos lhe explicar como cuidar de um Malamute do Alasca no verão.

Também lhe pode interessar: Cuidados com os gatos no verão

O pelo do Malamute do Alasca

O Malamute do Alasca acompanhou desde as suas origens as tribos esquimós, em condições meteorológicas verdadeiramente adversas, mas para as quais este tipo de cachorro estava especificamente preparado. Como? Além da sua estrutura robusta, o seu maior aliado neste clima gélido sempre foi o seu pelo.

Outro cachorro que apresenta estas caraterísticas é o Husky Siberiano, que apesar de ser idêntico ao Malamute do Alasca, apresenta diversas diferenças em relação a este.

O Malamute do Alasca conta com duas camadas de pelo:

  • Externa: Carateriza-se por ser uma camada muito espessa e de textura áspera.
  • Interna: Esta camada é menos densa e possui um tato oleoso e uma textura idêntica à lã.

O seu pelo alcança um maior comprimento no pescoço, ombros, cauda e no lombo. Outra caraterística genuína do pelo do Malamute do Alasca é quando se molha, não reduz o seu tamanho.

O Malamute do Alasca e o verão

Durante o verão podem-se chegar a alcançar temperaturas que rondam aproximadamente os 38ºC, algo que por vezes é muito para nós, agora imagine o que pode ser para um cachorro ártico. Mas isto significa que não o pode ter?

Pode ter sim, mas deve saber que não vai ser agradável para o seu cachorro. Mas se lhe proporcionar os cuidados necessários durante esta época do ano, conseguirá que mantenha um ótimo estado de saúde e bem-estar, embora o ambiente seja completamente diferente ao habitat originário da raça. Por este motivo é que é tão importante saber cuidar de um Malamute do Alasca no verão.

Cuidados que o Malamute do Alasca precisa no verão

Como cuidar de um Malamute do Alasca no verão para que as temperaturas quentes sejam o mais leves possível para ele? De seguida, mostramos-lhe tudo o que deve ter em conta para oferecer a melhor atenção ao seu cachorro:

  • Deve evitar ter o cachorro ao ar livre durante o dia, deve permanecer dentro de casa nas horas de maior calor do dia, mas isto não é suficiente. Um Malamute do Alasca precisa de um sistema que lhe proporcione uma boa temperatura, como um ventilador ou ar condicionado. Para conseguir esta diminuição de temperatura dentro de casa tente ventilar à noite e manter as persianas para baixo durante o dia.
  • O seu cachorro precisa de água fresca constantemente. Este é um cuidado óbvio para qualquer cachorro, mas especialmente importante para um Malamute do Alasca durante o verão. A água deve ser um meio principal para permitir que o seu organismo não albergue mais temperatura do que aquela que costuma suportar. Mude-lhe a água várias vezes por dia e se possível sirva-lhe água muito fresca, misturando por exemplo água à temperatura ambiente com água da geladeira.
  • A escovação do cachorro deve ser diária, pois será muito importante eliminar todo o pelo morto assim como qualquer resíduo que se possa encontrar no pelo.
  • Um cachorro destas caraterísticas precisa de exercício físico diário, mas como dono responsável, deve saber quando deve levá-lo para se exercitar. No verão escolha as horas de menos calor, logo de manhã e ao final do dia.

Estando consciente do seu cachorro durante o verão e tentando oferecer-lhe todos os cuidados que referimos, poderá garantir a saúde do seu pet, embora esta raça seja ártica e o clima seja muito quente.

Permaneça atento a um possível golpe de calor

Um Malamute do Alasca é muito suscetível a sofrer de um golpe de calor, por isso é muito importante permanecer atento ao seu cachorro durante o verão e que possa verificar quais são os sintomas que caraterizam esta condição:

  • Temperatura corporal muito elevada
  • Coloração azulada nas mucosas
  • Dificuldade respiratória, ritmo cardíaco acelerado e ofegar
  • Salivação abundante
  • Falta de coordenação muscular, fraqueza

Se observar estes sintomas no seu cachorro, é importante que aplique os primeiros socorros para um golpe de calor e vá ao veterinário de imediato se não melhorar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cuidar de um Malamute do Alasca no verão, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Cuidados extra.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre Cuidar de um Malamute do Alasca no verão

O que lhe pareceu o artigo?

Cuidar de um Malamute do Alasca no verão
1 de 3
Cuidar de um Malamute do Alasca no verão