menu
Partilhar

Cachorro pode comer cereais?

 
Por Equipe editorial do PeritoAnimal. 28 outubro 2021
Cachorro pode comer cereais?

Ver fichas de  Cachorros

Nos últimos anos temos visto o surgimento de cada vez mais opções de rações para cães que não incluem nenhum cereal, ao contrário do que era costume até então. Esta composição é baseada na ideia de que os cães são animais carnívoros e, portanto, precisam de uma dieta baseada em proteínas de origem animal a partir de carne ou peixe. A receita pode ser complementada com frutas e legumes, mas não com cereais, pois diz-se que os cães não conseguem digeri-los e, além disso, são alimentos que podem causar intolerâncias alimentares ou alergias. Mas esta afirmação é verdadeira? Devemos escolher uma ração com ou sem cereais?

Neste artigo do PeritoAnimal, explicamos se cachorro pode comer cereais e se fazem bem ou mal para os cães. Boa leitura.

Também lhe pode interessar: Cachorro pode comer pipoca?

Cachorro pode comer cereais?

Sim, os cães podem comer e digerir cereais, mas isso não significa que isso deva ser a base de sua dieta. Como carnívoros, o primeiro ingrediente em um cardápio apropriado de cães deve ser proteína animal, ou seja, carne ou peixe, nunca cereais. A ideia por trás da remoção de cereais da dieta canina é que os cachorros são incapazes de digerir amidos, mas isto não é verdade. Os cães, como as pessoas, podem digerir os amidos porque têm amilase, uma enzima que faz isso. Eles não são lobos e se adaptaram às particularidades da dieta humana durante o curso de sua domesticação. Na verdade, as rações sem cereais também contém amido, que é necessário para fazer os grãos. A diferença é que ela vem de outras fontes, como tubérculos ou leguminosas, como batatas, batata doce, ervilhas, lentilhas, feijão, tapioca, etc.

A exceção ao consumo de cereais, logicamente, serão os cães com intolerância ou alergia a esses alimentos. Mas o fato de alguns cães não poderem consumi-los não significa que os cereais sejam ruins para eles. Da mesma forma que nós não achamos que, por exemplo, a carne bovina seja ruim para eles, mesmo que alguns cães sejam alérgicos a essas proteínas e não possam consumi-las. De fato, é muito mais comum que as alergias dos cachorros sejam a produtos lácteos, bem como à carne, do que a cereais como o trigo.

Neste artigo falamos sobre a alergia em cachorros - sintomas e tratamentos.

Benefícios dos cereais para os cachorros

Para os cachorros sem intolerâncias ou alergias, a inclusão de cereais em sua dieta, sempre respeitando o equilíbrio entre estes ingredientes, proteínas animais, vegetais, frutas e legumes, pode trazer a eles benefícios como os seguintes:

  • Os cereais são uma fonte de carboidratos, que fornecem energia essencial para o correto funcionamento do organismo. Também aportam energia sem a necessidade de incluir uma quantidade excessiva de gordura na receita.
  • Adicionam fibra à dieta, que é necessária para o bom funcionamento do sistema digestivo, à manutenção da flora intestinal e à evacuação adequada das fezes. A fibra também proporciona um efeito saciante, que pode ajudar na dieta dos cães com problemas de peso ou com tendência a engordar.
  • Naturalmente, os cereais contêm nutrientes considerados essenciais, tais como ácidos graxos, aminoácidos, vitaminas e minerais.

Cereais adequados para cachorros

Cachorros sem intolerâncias ou alergias a estes alimentos podem se beneficiar do consumo de cereais como o arroz, que também é altamente recomendado para cães com problemas digestivos que precisam de uma dieta suave.

Cachorro pode comer aveia?

A aveia proporciona uma série de benefícios aos cãese, por isso, sim, cachorro pode comer aveia. Além de ser rica em vitamina B, fibras e em ácido linoléico, a aveia é boa para cicatrização de feridas na pele, auxilia o sistema digestivo e reduz níveis de colesterol. No entanto, nem todos os tipos de aveia são boas para os cachorros. Não ofereça aveia crua e nem as opções aromatizadas, que podem ser tóxicas.

Cachorro pode comer cevada?

Sim, cachorro pode comer cevada, já que ela é rica em nutrientes e fibras que também são bastante importantes para a saúde intestinal.

Cachorro pode comer amaranto?

Sim, é outro dos cereais recomendados para cachorros. O amaranto é um cereal que não possui glúten e é rico em vitaminas, fibras e proteínas que também auxiliam na redução do colesterol.

Cachorro pode comer quinoa?

Sim, cachorro pode comer quinoa pois é uma importante fonte de proteína e todos os aminoácidos essenciais necessários para uma boa saúde. Ela deve ser cozida antes de ser oferecida ao seu amigo peludo.

Cachorro pode comer linhaça?

Sim, cachorro pode comer linhaça. Esta semente em particular se destaca por possuir um alto teor de ômega 3. Recomenda-se seu uso na versão integral. De todas as formas, recomendamos que, se for oferecer cereais ao cachorro, observe se ocorrem ou não reações adversas antes de dar mais a ele.

Como dar cereais para um cachorro?

Você pode oferecer cereais ao cachorro por meio da ração que você dá a ele ou por meio de receitas caseiras. Neste último caso, aconselhamos que você consulte um veterinário especializado em nutrição canina para recomendações e para ajudá-lo a estabelecer receitas que atendam às necessidades particulares do pet. Também é indicado começar com uma pequena porção para verificar se não há reação alérgica.

Em ambos os casos, a ingestão de cereais não deve exceder 10% do total da dieta diária do cachorro[1].

Cachorro pode comer cereais? - Cereais adequados para cachorros

Cereais proibidos para cachorros

Se o cachorro reagir de alguma forma negativa após o consumo de cereais, teremos logicamente que eliminá-los de sua dieta. Por exemplo, embora não seja algo muito comum neles, os cães também podem sofrer, como os humanos, de intolerância ao glúten ou doença celíaca, que nada mais é do que uma hipersensibilidade a este ingrediente. Raças como o setter irlandês e o samoieda são consideradas como predispostas a esta doença. O glúten é um componente da proteína vegetal encontrada em cereais como o trigo, a cevada e o centeio. Os cães com intolerância ao glúten sofrerão de problemas digestivos se comerem glúten, daí a necessidade de eliminar os cereais que contêm glúten de sua dieta.

Os cachorros com alergia a glúten geralmente manifestam isso com problemas de pele, como prurido, queda de pelos, etc. Mas evitar o glúten não significa que os cereais sejam proibidos para eles, pois eles podem consumir cereais sem glúten, como arroz ou milho.

Cachorro pode comer granola?

A princípio, é melhor não oferecer granola para o cachorro. Apesar da maioria das granolas terem como ingrediente principal a aveia, que é benéfica para os cachorros, elas também levam uma série de outros ingredientes como cereais, frutas e sementes, além de açúcares e adoçantes.

A uva-passa, por exemplo, é bastante tóxica para cães e nunca deve ser oferecida a eles. No entanto, é um dos ingredientes quase sempre presentes na granola. Há outras fórmulas de granola que também levam chocolate, outro alimento tóxico para cães. Por isso, a recomendação do PeritoAnimal é que não, cachorro não pode comer granola.

Cachorro pode comer sucrilhos?

Não, cachorro não deve comer sucrilhos porque são cereais considerados inadequados para cães, pois geralmente contêm açúcares e outros ingredientes que não são recomendados para eles e, entre outros fatores, podem ser um dos fatores a desencadear a obesidade canina.

Agora que você já sabe que cachorro pode comer cereais e quais são adequados e os cuidados necessários para inserir esses alimentos em sua dieta, também recomendamos o seguinte vídeo em que falamos se cachorro pode comer pipoca:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cachorro pode comer cereais?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Dietas equilibradas.

Referências
  1. Knwoles, G. Cocina sana para tu perro. ¡No más piensos! Con recetas caseras y fáciles. 2016. La Esfera de los Libros, S. L.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Cachorro pode comer cereais?
1 de 2
Cachorro pode comer cereais?

Voltar ao topo da página