menu
Partilhar

Animais da China

 
Por Nick A. Romero H., Biólogo e educador ambiental. 8 dezembro 2021
Animais da China

A China possui uma importante biodiversidade animal, o que confere a este país uma posição privilegiada no mundo. Existem muitos aspectos relacionados a este fato: por um lado, a China possui vários animais endêmicos. Por outro, existem diversos animais sagrados na China, de acordo com sua tradição.

Neste artigo do PeritoAnimal, vamos apresentar informações sobre os animais da China, e por isso, convidamos você a continuar lendo para aprender mais sobre a fauna deste país asiático.

Também lhe pode interessar: Animais da Ásia

Panda-gigante

Sem dúvida alguma, o urso-panda-gigante (Ailuropoda melanoleuca) é um dos animais da China mais emblemáticos do país. É endêmico da região, pertence à família dos ursídeos e, embora esteja incluso dentro dos carnívoros, sua dieta tem como base principalmente o bambu, que come durante cerca de 14 horas por dia para satisfazer seus requerimentos nutricionais.

O panda-gigante geralmente habita florestas montanhosas temperadas em altitudes entre 1.300 e 3.000 metros. É um dos animais típicos da China que está classificado como vulnerável devido à fragmentação e perda de seu habitat, o que tem consequências importantes para a espécie.

Animais da China - Panda-gigante

Urso-negro-asiático

Embora também esteja distribuído em outras regiões asiáticas, é na China que se encontra mais da metade da área de distribuição dessa espécie de urso, classificada como vulnerável. Essa classificação se deve ao impacto populacional sofrido pela espécie devido à perda de seu habitat, mas também pela caça para comercializar partes de seu corpo, como pele, pés e vesícula biliar. O urso-negro-asiático (Ursus thibetanus) habita vários tipos de florestas, desde úmidas a coníferas, bem como em diferentes níveis de altitude, que vão do nível do mar a 4.300 metros.

Animais da China - Urso-negro-asiático

Jacaré-da-china

É mais um dos animais endêmicos da fauna da China que está em perigo crítico de extinção devido à sua distribuição restrita e ao pequeno número de adultos existentes, afetados principalmente pela ação antrópica.

O jacaré-da-china (Alligator sinensis) não é grande em comparação aos outros, e mede no máximo cerca de 2 metros. Habita zonas úmidas de vales com presença de cultivos de arroz, cursos de rios e lagoas situadas em cultivos, locais onde passa longos períodos de estivação.

Se você gosta desses animais, aprenda mais sobre eles consultando este outro artigo onde falamos sobre as diferenças entre jacaré e crocodilo.

Animais da China - Jacaré-da-china

Baiji

Também conhecido como golfinho-lacustre-chinês, o baiji (Lipotes vexillifer) é uma espécie de cetáceo que habita os ecossistemas aquáticos de água doce da China, sendo endêmico do rio Yangtze, embora já tenha sido observado em outros rios e até lagos. O baiji foi considerado por um tempo como provavelmente extinto. Contudo, posteriormente sua presença foi comprovada, mas com uma população muito reduzida pela ação humana, que a afetou terrivelmente. Atualmente este é um dos animais chineses classificado como criticamente ameaçado de extinção.

Animais da China - Baiji

Macaco-preto-de-nariz-arrebitado

Este macaco é mais um dos animais típicos da China, pois é nativo deste país. É uma espécie que habita florestas perenes, com rios e a altitudes de 3.000 a 4.700 metros, que são os valores mais altos conhecidos para um primata.

O macaco-preto-de-nariz-arrebitado (Rhinopithecus bieti) considerado em perigo de extinção principalmente devido à caça e à quantidade de mortes adicionais que ocorrem quando é capturado em armadilhas usadas para cervos almiscarados. A extração de madeira e mudanças drásticas em seu habitat também são causas que colocam em risco o macaco-preto-de-nariz-arrebitado, uma das belas espécies da fauna da China.

Animais da China - Macaco-preto-de-nariz-arrebitado

Faisão-dourado

O faisão-dourado (Chrysolophus pictus) é uma ave do grupo Gallinaceae que se alimenta no solo. Neste caso, o faisão-chinês, como também é chamado, é nativo deste país. Habita florestas e matagais com uma ampla distribuição na China e, atualmente, também foi introduzido em muitas outras regiões. Esta espécie apresenta dimorfismo sexual. O macho, que mede pouco mais de 100 cm, tem uma coloração chamativa e bonita, enquanto a fêmea tem dimensões menores e é menos colorida. É um dos animais da China mais bonitos que há.

Animais da China - Faisão-dourado

Pika-de-ili

O pika-de-ili (Ochotona iliensis) é um mamífero do grupo dos lagomorfos, um curioso tipo de pika que é endêmico da China. Este herbívoro vive em áreas rochosas, formadas por falésias, onde permanece ativo principalmente durante o dia e, menos frequentemente, à noite.

Este é, infezlimente, um dos animais chineses que estão em perigo de extinção. Baixas taxas reprodutivas, baixos níveis populacionais e limitações em sua dispersão fazem dele muito vulnerável às mudanças em seu habitat e aos efeitos das mudanças climáticas na área onde vive.

Animais da China - Pika-de-ili
Imagem: nationalgeographic.com

Grou-da-manchúria

Também chamada de grou-japonês, o grou-da-manchúria (Grus japonensis) é uma bela e elegante ave que pertence à família Gruidae. Embora seja nativa da China, também é do Japão, e está distribuída em outras regiões asiáticas. Trata-se de mais uma espécie nativa da China considerada em perigo de extinção devido à perda de seu habitat.

No caso da China, este grou é encontrado em pastagens, canaviais e também em pântanos, por isso está associado a corpos d'água. Além disso, está presente em certas áreas de cultivo e tem comportamento migratório.

Animais da China - Grou-da-manchúria

Naja atra

A naja artra (Naja atra) é uma serpente que vive principalmente no sudoeste da China, embora também habite certas regiões próximas. Está incluída no grupo das serpentes verdadeiras, por isso é venenosa e já causou vários acidentes fatais devido ao seu efeito neuro e cardiotóxico.

É considerada vulnerável devido aos danos ao seu habitat e à contaminação por agroquímicos a que é suscetível. Desenvolve-se principalmente em planícies, colinas e terras baixas. Além disso, este que é um dos animais da China está presente em áreas de cultivo, próxima a estradas e lagoas.

Descubra neste outro artigo quais são as serpentes mais venenosas do mundo.

Animais da China - Naja atra

Salamandra-gigante-da-china

A salamandra gigante (Andrias davidianus) é um dos animais mais peculiares que vivem na China, já que é considerada um dos maiores anfíbios do mundo. Em geral, podem medir pouco mais de um metro e pesar cerca de 30 kg, mas há registros de indivíduos maiores.

Esta espécie endêmica da fauna da China está sofrendo graves impactos, a ponto de ser considerada criticamente ameaçada de extinção devido à superexploração para consumo humano e a alterações em seu habitat, que são riachos presentes em colinas de áreas florestadas.

Animais da China - Salamandra-gigante-da-china

Outros animais da China

Os animais da China mencionados anteriormente são os mais típicos e representativos, porém, neste país encontramos uma grande variedade de outras espécies endêmicas. A seguir, mencionamos mais alguns dos animais chineses:

  • Faisão-da-manchúria (Crossoptilon mantchuricum).
  • Panda-vermelho (Ailurus fulgens).
  • Pangolim-chinês (Manis pentadactyla).
  • Macaco-dourado (Rhinopithecus roxellana).
  • Camelo-bactriano (Camelus bactrianus).
  • Lagarto-crocodilo-chinês (Shinisaurus crocodilurus).
  • Gibão-negro-cristado-oriental (Nomascus nasutus).
  • Cervo-do-padre-David ou milu (Elaphurus davidianus).
  • Cervo-de-Thorold (Przewalskium albirostris).
  • Tartaruga-de-cabeça-amarela (Cuora aurocapitata).

Agora que você conheceu diversos animais da China, talvez possa se interessar em conhecer os maiores animais do mundo já encontrados, não perca no vídeo a seguir:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Animais da China, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • BirdLife International. (2016). Grus japonensis. La Lista Roja de Especies Amenazadas de la UICN 2016: e.T22692167A93339099. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2016-3.RLTS.T22692167A93339099.en>. Acesso em 29 de novembro de 2021.
  • Garshelis, D. y Steinmetz, R. (2020). Ursus thibetanus. La Lista Roja de Especies Amenazadas de la UICN 2020: e.T22824A166528664. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2020-3.RLTS.T22824A166528664.en>. Acesso em 29 de novembro de 2021.
  • Ji, X. y Li, P. (2014). Naja atra. La Lista Roja de Especies Amenazadas de la UICN 2014: e.T192109A2040894. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2014-3.RLTS.T192109A2040894.en>. Acesso em 29 de novembro de 2021.
  • Jiang, H. & Wu, X. (2018). Alligator sinensis. The IUCN Red List of Threatened Species 2018: e.T867A3146005. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2018-1.RLTS.T867A3146005.en>. Acesso em 29 de novembro de 2021.
  • Li, W. y Smith, A. T. (2019). Ochotona iliensis. La Lista Roja de Especies Amenazadas de la UICN 2019: e.T15050A45179204. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2019-1.RLTS.T15050A45179204.en>. Acesso em 29 de novembro de 2021.
  • Liang G., Geng B. y Zhao E. (2004). Andrias davidianus. La Lista Roja de Especies Amenazadas de la UICN 2004: e.T1272A3375181. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2004.RLTS.T1272A3375181.en>. Acesso em 29 de novembro de 2021.
  • Long, Y., Bleisch, W. V. & Richardson, M. (2020). Rhinopithecus bieti. The IUCN Red List of Threatened Species 2020: e.T19597A17943738. Disponível em: <https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2020-2.RLTS.T19597A17943738.en>. Acesso em 29 de novembro de 2021.

Fotos de Animais da China

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Animais da China
Imagem: nationalgeographic.com
1 de 18
Animais da China

Voltar ao topo da página