Partilhar

Alergia à picada de pulgas em gatos

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 20 novembro 2017
Alergia à picada de pulgas em gatos

Ver fichas de  Gatos

As pulgas são insetos muitos pequenos que apenas chegam a alcançar os 3,3 milímetros de diâmetro, mas que podem ser capazes de causar verdadeiros estragos nos nossos pets, pois para além de serem muito ágeis, contam com uma estrutura anatômica especializada que lhes permite se alimentar do sangue dos seus hóspedes.

Uma infestação por pulgas é em qualquer caso um problema que deve ser tratar o quanto antes, mas quando o organismo sofre uma resposta exagerada à agressão deste inseto (uma reação alérgica), as complicações são muito maiores.

Neste artigo do PeritoAnimal vamos aprofundar o tema da alergia à picada de pulgas em gatos, para poder oferecer os melhores cuidados ao seu felino e reconhecer se efetivamente sofre desta condição.

Também lhe pode interessar: Eliminar as pulgas dos gatos

A alergia felina à picada de pulga

Os felinos são muito independentes, mas tal como qualquer outro animal que decidirmos adotar, precisam de muitos cuidados pois são suscetíveis de sofrer múltiplas doenças, entre elas, a alergia em gatos.

A alergia é uma alteração do sistema imunológico que ocorre perante um alérgeno (substância que o organismo reconhece como alérgica), provocando uma reação exagerada que geralmente se manifesta através da liberação de níveis muito altos de histamina (substância inflamatória).

Um gato alérgico às picadas de pulga possui um sistema imunológico que se altera perante a sucção de sangue provocada por uma pulga (mais concretamente o alérgeno é a saliva da pulga), colocando em execução um complexo mecanismo tanto fisiológico como patológico.

Alergia à picada de pulgas em gatos - A alergia felina à picada de pulga

Como se manifesta a alergia à picada de pulgas em gatos?

Os gatos afetados por este tipo de alergia, conhecida também como dermatite alérgica à picada de pulga, começarão a ter sintomas a partir do momento em que ocorre a picada. Os principais sintomas desta reação alérgica são os seguintes:

  • Lamber excessivamente
  • Alopecia causada por lamber excessivamente
  • Pele com costras
  • Zonas de descamação
  • Coceira intensa

A alopecia costuma aparecer quando a reação alérgica tiver ocorrido várias vezes. Se observar que o seu gato manifesta estes sintomas quando apresenta pulgas no seu corpo, não deve demorar a levá-lo ao veterinário.

Diagnóstico e tratamento da alergia felina à picada de pulga

O diagnóstico da dermatite alérgica à picada de pulgas realiza-se principalmente através do histórico clínico e da exploração física dos sintomas e sinais que se apresentarem. É possível que o veterinário decida fazer uma análise de sangue para confirmar o diagnóstico, uma vez que os gatos afetados apresentarão um número elevado anormal de eosinófilos, um tipo de glóbulos brancos ou células de defesa.

A base do tratamento consiste em eliminar as pulgas dos gatos para reduzir assim as reações alérgicos, no entanto também se fará um tratamento tópico com fármacos corticoides e/ou anti-histamínicos destinados a reduzir os sintomas associados à reação alérgica.

A terapia imunomoduladora carece de eficácia nos gatos, por isso o tratamento centra-se em aliviar a coceira e prevenir o contato com o alérgeno.

Alergia à picada de pulgas em gatos - Diagnóstico e tratamento da alergia felina à picada de pulga

É importante eliminar as pulgas de casa

Se se realizar uma exaustiva desparasitação do gato, mas não se prestar atenção às pulgas que possam ter ficado no ambiente do nosso pet, a infestação e a consequente reação alérgico não demorarão a ocorrer de novo.

Para eliminar qualquer pulga de sua casa recomendamos o seguinte:

  • Realize uma limpeza exaustiva de toda a casa, tendo o cuidado de que os produtos que utilizar não sejam tóxicos para o seu gato nas doses recomendadas.
  • Se tiver aspirador, esta é a melhor forma de limpar a casa, uma vez que conseguirá não só eliminar as pulgas como também eliminar todos os ovos.
  • Limpe todos os acessórios do seu gato, incluindo todos os seus brinquedos.
  • Se o seu gato tiver uma caminha, lave-a utilizando um programa que use água quente.
  • Para prevenir de novo a presença de pulgas na sua casa, nada melhor que ter algumas plantas de lavanda, cujo cheiro atua como repelente.

A limpeza de casa é tão importante como a desparasitação do gato, por isso, deve entender-se como mais uma fase do tratamento da alergia felina à picada de pulgas.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Alergia à picada de pulgas em gatos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Desparasitação e vermífugos .

Escrever comentário sobre Alergia à picada de pulgas em gatos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Alergia à picada de pulgas em gatos
1 de 3
Alergia à picada de pulgas em gatos

Voltar ao topo da página