menu
Partilhar

Zoomies: ataques de euforia nos cães - Causas e soluções

 
Por Marta Sarasúa, Etóloga e auxiliar veterinária. 27 outubro 2021
Zoomies: ataques de euforia nos cães - Causas e soluções

Ver fichas de  Cachorros

Quase todos os tutores já devem ter visto um cachorro começar a correr do nada e de maneira eufórica, pular para cima e para baixo do sofá em casa sem nem mesmo olhar por onde anda ou perder completamente o controle no que parece ser um ataque total de loucura.

Embora possam nos parecer estranhos, estes episódios inesperados de "explosão" de atividade têm um nome e, desde que não ocorram com muita frequência, não são indicativos de nenhum problema significativo. Se seu amigo peludo de vez em quando tem ataques de loucura, este artigo do PeritoAnimal vai te contar quais podem ser as causas que podem explicar os zoomies, os ataques de euforia nos cães e o que deve fazer sobre isso.

Também lhe pode interessar: Yoga para cães - Exercícios e conselhos

O que são os zoomies e por que acontecem?

O ataque de euforia do nada em um cachorro é chamado de "zoomie" ou "FRAP" (Frenetic Random Activity Period ou Período de Atividade Aleatória Frenética, na tradução livre do inglês). Estes episódios de atividade descontrolada são mais comuns em cachorros filhotes e cães jovens do que em adultos e seu propósito é liberar qualquer excesso de energia que eles possam ter acumulado durante o dia.

Identificar os zoomies é muito simples, pois, quando ocorrem, o cachorro começa a correr em alta velocidade e adota uma postura curiosa, flexionando suas patas traseiras, quase completamente escondendo sua cauda entre elas e curvando a traseira, como se estivesse presa. Além disso, ao contrário de uma corrida normal, durante os zoomies, podemos notar que o cachorro segue sempre o mesmo percurso, faz mudanças de direção estranhas e abruptas e se esquiva ou salta por cima de obstáculos praticamente sem reduzir a velocidade.

Por que o cachorro filhote tem ataques de loucura à noite?

Os zoomies também podem ocorrer à noite, especialmente se o cachorro tiver passado grande parte do dia inativo ou descansando, mas também há outras razões pelas quais ficamos diante de um cachorro maluco enquanto dormimos.

O ritmo circadiano é definido como uma série de mudanças físicas, mentais e comportamentais que ocorrem durante um período de 24 horas e inclui o ciclo de vigília e sono. Como no caso dos humanos, o ritmo circadiano dos cães é diferente dependendo de sua idade, razão pela qual os filhotes dormem mais horas, mas o fazem de maneira diferente dos adultos, geralmente através de sonecas curtas espalhadas ao longo do dia e da noite. Isto, juntamente com o fato de que é improvável que eles possam passar muitas horas de cada vez sem fazerem xixi ou cocô, explica porque o sono deles é interrompido várias vezes durante a noite.

Além disso, enquanto os humanos têm um nível de energia decrescente à medida que as horas passam, os cachorros são animais crepusculares, o que significa que seus picos de atividade ocorrem ao amanhecer e ao entardecer.

Isto nos dá uma melhor compreensão da razão pela qual os cachorros têm ataques de euforia em casa e acordam no meio da noite querendo correr e brincar com tudo o que encontram.

Entretanto, é importante diferenciar esta situação daquela que envolve choro, gemidos ou latidos durante o período de adaptação. Neste caso, recomendamos que você consulte nosso artigo sobre o que fazer se meu cachorro chora à noite.

Por que um cachorro adulto tem ataques de euforia?

Embora possa parecer, os zoomies não ocorrem exclusivamente em cachorros filhotes. Embora seja muito mais comum em animais jovens, os cães adultos também podem experimentá-los de vez em quando, e isto é completamente normal.

Isto porque, além da idade, a frequência da ocorrência destes ataques repentinos de loucura depende de outros fatores como a personalidade do cachorro, raça, rotinas e nível médio de atividade. O mais comum é que um cachorro adulto comece a correr livremente na casa se suas necessidades diárias de atividade física e/ou mental não forem adequadamente cobertas, causando picos de estresse e um acúmulo excessivo de energia. Neste outro post explicamos alguns dos exercícios e a quantidade necessária para cachorros hiperativos, o que pode ajudar a verificar se, de fato, esta é a causa que faz seu cão ficar muito nervoso de repente e correr como louco nestes episódios chamados de zoomies.

O que fazer se o cachorro fica louco de repente?

As súbitas explosões de atividade do cachorro - zoomies - por mais intensas que sejam, geralmente duram apenas alguns segundos e depois desaparecem por conta própria. Como não são uma coisa negativa, mas simplesmente uma forma de liberar energia, não devemos tentar parar o cachorro com nosso corpo ou gritar enquanto ele está correndo. O ideal é simplesmente esperar até que o episódio termine e o cão relaxe por conta própria. Na maioria das vezes, quando para de correr, nosso amigo peludo se senta ou se deita e fica ofegante como resultado da fadiga causada pela corrida, que muita gente chama de "cachorro no modo turbo". Neste momento, podemos oferecer-lhe um pouco de água.

É importante saber que, durante os zoomies, o cachorro entra em um estado de corrida descontrolada, como se fosse um cachorro doido. Portanto, tanto sua coordenação motora quanto sua capacidade de atenção são afetadas e é fácil para ele tropeçar ou chocar com algo. Se isto acontecer dentro de casa, devemos tentar remover quaisquer móveis ou objetos no caminho do cão para evitar qualquer tipo de ferimento. Da mesma forma, se o episódio ocorrer em uma área externa, verifique se o ambiente é seguro e se não há perigo para o animal (por exemplo, se não há estradas ou declives nas proximidades).

Embora um "FRAP" não seja em si algo negativo ou preocupante, se você considerar que o cachorro sofre episódios de atividade eufórica com muita frequência (todos os dias ou mesmo várias vezes ao dia), o ideal é consultar um etólogo, profissional especialista em comportamento canino, para ajudá-lo a estabelecer uma rotina adaptada às necessidades de seu cão e um nível adequado de atividades físicas.

Como mencionado acima, uma das causas mais comuns dos zoomies é a falta de atividade, por isso é importante verificar se o cachorro está recebendo todo o exercício de que precisa e fornecer mais atividade a ele, se necessário. Além disso, tenha em mente que um bom enriquecimento ambiental em casa também é um fator relevante, pois devemos não apenas estimular o cachorro ao ar livre, mas também dentro de casa através de jogos de inteligência, jogos de farejar, etc. Para isso, não perca nosso artigo sobre enriquecimento ambiental para cães ou assista ao vídeo a seguir:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Zoomies: ataques de euforia nos cães - Causas e soluções, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Jogos e diversão.

Bibliografia
  • Elite canine club. Dog Zoomies: Why They Happen and What to Do. Disponível em: <https://www.elitecanineclub.co.uk/post/dog-zoomies-why-they-happen-and-what-to-do>. Acesso em 27 de outubro de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Zoomies: ataques de euforia nos cães - Causas e soluções
Zoomies: ataques de euforia nos cães - Causas e soluções

Voltar ao topo da página