Partilhar

Vou de férias - onde deixar o meu gato?

Por Mariana Castanheira, Médica Veterinária. Atualizado: 5 janeiro 2018
Vou de férias - onde deixar o meu gato?

Ver fichas de  Gatos

Antes de adotar um gato, ou qualquer outro animal, é muito importante ponderar todas as responsabilidades que isso acarreta. Nomeadamente, onde deixar os gatos durante as suas férias, é uma questão que não pode de maneira nenhuma ficar esquecida!

Sabemos que as saudades felinas são terríveis quando estamos de férias. Se o nosso gatinho pudesse atender chamadas, estaríamos ligando para ele o tempo todo para saber se ele está bem!

Por sabermos que a questão das férias é sempre sensível para todo o tipo de tutores, o PeritoAnimal escreveu este artigo para responder à sua pergunta: Vou de férias - onde deixar o meu gato? Vamos te dizer quais as melhores alternativas para que você possa ir de férias descansado, sabendo que o seu felino ficou bem!

Onde deixar os animais nas férias

Muita gente acha que a personalidade aparentemente mais independente dos gatos, lhes permite ficar sozinhos em casa sem qualquer problema. Atenção, isso não é verdade! Os gatos precisam de cuidados diários, não basta deixar kilos e comida e litros de água disponíveis e sair uma semana e deixar o gato sozinho. Tal como os cachorros, os gatos precisam ter alguém cuidando deles e garantindo que tudo está correndo bem durante a sua ausência. Existem várias opções para que o seu gato fique seguro durante as suas férias.

Deixar o gato em casa

A opção mais comum entre os tutores é deixar o gato em casa e pedir a alguém que visite e cuide do gato todos os dias. O melhor ambiente para o gato é, sem dúvida nenhuma, a casa dele. Os gatos estressam muito quando têm de sair de casa. O mais provável é que quando quando chegue num local desconhecido, o gato tente fugir o mais rápido possível de lá.

Você pode deixar o seu gato sozinho em casa desde que uma pessoa vá todos os dias ver como ele está e realizar as seguintes tarefas:

  • Limpar a caixa de areia;
  • Trocar e limpar comedouro e bebedouro;
  • Brincar com o gato;
  • Dar medicação (se necessário).

Os gatos são muito sensíveis e estressam muito facilmente. Alguns gatos podem ficar mais estressados e inclusive deixar de comer durante a sua ausência. Esse jejum pode conduzir a problemas como a lipidose hepática ou problemas renais. O mesmo pode acontecer se você colocar toda a comida no primeiro dia, fazendo as contas para os dias que o gato vai estar sozinho. A maioria dos gatos vai comer a triplicar nos primeiros dias, o que significa que não vai ter comida para os últimos dias, o que é bastante grave e coloca em risco a saúde do animal.

A água é essencial. Os gatos são muito exigentes com a limpeza do bebedouro deles. A maioria dos gatos, se o pote de água estiver sujo, ele não vai beber!

A caixa de areia também tem de ser limpa diariamente. Os gatos amam a limpeza! Conforme o tipo de areia, você deverá garantir que ela é trocada mais ou menos regularmente.

Por isso, você deve falar com um familiar ou amigo seu que goste de felinos e tenha pelo menos uma hora disponível (no mínimo) para visitar o seu patudo todos os dias. Outra opção é contratar uma petsitter profissional. Hoje em dia existem muitos serviços especializados, inclusive clínicas veterinárias já têm este serviço. Se você tem essa possibilidade financeira, é sempre melhor contratar um profissional que saberá detectar imediatamente se algo errado está acontecendo com o felino pois está treinado e preparado para tal. Esta também é a melhor opção para os gatos que precisam de cuidados especiais, por exemplo os que estão fazendo alguma medicação.

Vou de férias - onde deixar o meu gato? - Onde deixar os animais nas férias

Gato sozinho no fim-de-semana

Vários tutores se questionam: quantos dias posso deixar um gato sozinho em casa? Posso deixar o gato sozinho no fim-de-semana?

A resposta é não! Não aconselhamos que o gato fique sozinho mais do que um dia. Algo pode passar com ele e não está ninguém para ligar para o veterinário. Algo simples como ele comer toda a comida no primeiro dia e ficar em jejum nos dias seguintes também pode acontecer, o que pode levar a problemas graves como já referimos. Mesmo que seja apenas um fim-de-semana, peça a um amigo que visite o gato todos os dias ou, melhor ainda, contrate um serviço de petsitting profissional.

Os gatos aproveitam bem o tempo deles quando você não está presente. Eles fazem várias coisas quando estão sozinhos. Mas precisam sempre da companhia humana, nem que seja para garantir que todos os recursos estão presentes, água, comida, limpeza da caixa. Os gatos que vivem sozinhos (sem a presença de outros felinos) precisam ainda dos humanos para suprirem as necessidades sociais deles. Por isso, é muito importante que diariamente alguém esteja com o gato, para suprir todas as necessidades dele e garantir o bem-estar.

Vou de férias - onde deixar o meu gato? - Gato sozinho no fim-de-semana

Hotéis para gatos

A opção de levar o gato para um desses hotéis para gatos, pode ser interessante para gatos mais extrovertidos. Este tipo de serviço tem a vantagem de ter sempre alguém presente no hotel que garanta que tudo está bem com o seu felino. Inclusive, alguns hotéis têm serviço médico-veterinário permanente, o que confere uma segurança extra para que você possa ir de férias descansado.

Esta é também a melhor opção para os gatos que estão fazendo uma medicação que requer várias administrações por dia.

Porém, se você tem um gato saudável e tímido (como a maioria dos gatos), esta opção é menos vantajosa do que contratar uma petsitter profissional. Os gatos estressam muito facilmente e a casa deles é onde eles se sentem mais confortáveis e calmos.

Claro que não podemos generalizar, porque tudo depende da petsitter e do hotel! Exitem hotéis para gatos 5 estrelas com todas as condições que o gato precisa para passar uma excelente semana.

O melhor, é avaliar as diferentes opções disponíveis aí na sua zona de residência. Questione na sua clínica veterinária habitual e pesquise várias opções na internet e junto dos seus vizinhos que também têm animais. Leia e veja as opiniões dos clientes. Escolha a opção que considerar que melhor se adapta ao seu felino e claro, à sua carteira. O que tem de ficar fora de questão é deixar o patudo sozinho em casa, sem qualquer supervisão, durante toda a sua ausência!

Vou de férias - onde deixar o meu gato? - Hotéis para gatos
Imagem: petful.com

Se deseja ler mais artigos parecidos a Vou de férias - onde deixar o meu gato?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de O que precisa saber.

Escrever comentário sobre Vou de férias - onde deixar o meu gato?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Rosi Deamo
Boa tarde.
Moro na zona sul de São Paulo. Vocês podem indicar um bom hotel para gatos?
Obrigada.

Vou de férias - onde deixar o meu gato?
Imagem: petful.com
1 de 4
Vou de férias - onde deixar o meu gato?

Voltar ao topo da página