Partilhar

Rim policístico em gatos - Sintomas e tratamento

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. 29 setembro 2016
Rim policístico em gatos - Sintomas e tratamento

Ver fichas de  Gatos

Uma das caraterísticas mais assustadoras dos felinos é a sua grande flexibilidade e agilidade, daí o ditado popular que diz que estes pets têm 7 vidas, embora isso não seja verdade, pois o gato é um animal muito suscetível a inúmeras doenças e muitas delas, como a doença renal policística, também pode se observar no ser humano.

Esta doença pode ser assintomática até já ter avançado o suficiente para constituir um importante risco para a vida do animal, por isso é de grande importância que os donos saibam mais sobre esta situação patológica, para poder assim diagnosticá-la e tratá-la o quanto antes.

Neste artigo do PeritoAnimal vamos lhe falar dos sintomas e tratamento do rim policístico em gatos.

O que é o rim policístico?

A doença renal policística ou rim policístico, é uma doença hereditária muito comum em gatos persas e exóticos de pelo curto.

A principal caraterística deste transtorno é que o rim produz cistos cheios de líquidos, estes estão presentes desde o nascimento, mas à medida que o filhote de gato vai crescendo, os cistos também aumentam o seu tamanho, podendo chegar inclusive a prejudicar o rim até causar uma insuficiência renal.

Quando o gato é pequenos e os cistos são de um tamanho muito reduzido, o animal não mostrar qualquer sinal de doença, sendo habitual que as manifestações da condição cheguem quando já originou um importante dano renal, geralmente esta doença diagnostica-se entre os 7 e os 8 anos de idade.

Rim policístico em gatos - Sintomas e tratamento - O que é o rim policístico?

Causas do rim policístico em gatos

Esta doença é hereditária, por isso, tem uma origem genética, trata-se da anomia que um gene autossômico dominante sofre e que qualquer gato que apresente este gene na sua forma anômala, apresentará também doença renal policística.

No entanto, este gene não pode sofrer mutações em todos os gatos, sendo que esta doença afeta especialmente os gatos persas e exóticos e as linhas criadas a partir destas raças, como por exemplo, os British Shorhair. Em outras raças de gatos não é impossível ocorrer rim policístico, mas é muito estranho se ocorrer.

Quando um gato afetado se reproduz, o filhote herda a anomalia do gene e a doença, em contrapartida, se os dois progenitores estiverem afetados por este gene, o filhote morre antes do nascimento devido a uma patologia muito mais grave.

Para diminuir a percentagem de gatos afetados pela doença renal policística é imprescindível controlar a reprodução, no entanto, como referimos inicialmente, esta doença não apresenta sintomas até etapas muito avançadas, e por vezes ao reproduzir um gato não se sabe que este está doente.

Sintomas de doença renal policística em gatos

Por vezes a doença renal policística evolui de uma forma muito rápida e nociva em gatos pequenos, tendo geralmente um desfecho fatal, no entanto, como já referimos, costuma ser uma doenças que causa sintomas já na etapa adulta.

Estes são os sintomas próprios de uma insuficiência renal:

  • Perda de apetite
  • Perda de peso
  • Fraqueza
  • Depressão
  • Elevada ingestão de água
  • Aumenta na frequência da micção

Ao detetar qualquer um destes sintomas é imprescindível consultar o veterinário, para avaliar a função dos rins e, no caso de não estarem a funcionar corretamente, para descobrir a causa subjacente.

Rim policístico em gatos - Sintomas e tratamento - Sintomas de doença renal policística em gatos

Diagnóstico do rim policístico em gatos

Se tem um gato persa ou exótico, apesar deste não apresentar sintomas da doença, é importante que durante o primeiro ano vá ao veterinário para que este estude a estrutura dos rins e defina se estão ou não saudáveis.

Com antecedência ou mesmo quando o gato já manifestou os sintomas de insuficiência renal, o diagnóstico realiza-se por imagem através de uma ecografia. Em um gato doente a ecografia mostra a presença de cistos.

Claro que, quanto mais cedo se realizar o diagnóstico, mais favorável será a evolução da doença.

Tratamento da doença renal policística em gatos

Infelizmente esta doença não conta com um tratamento curativo, pois o tratamento tem como principal objetivo parar o mais possível a evolução da condição.

O tratamento farmacológico está destinado a diminuir o trabalho dos rins afetados por insuficiência e a prevenir todas as complicações orgânicas que podem derivar desta situação.

Este tratamento, junto com uma dieta baixa em fósforo e sódio, apesar de não mudar a presença de cistos nos rins, poderá melhorar a qualidade de vida do gato.

Rim policístico em gatos - Sintomas e tratamento - Tratamento da doença renal policística em gatos

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Rim policístico em gatos - Sintomas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Doenças hereditárias.

Escrever comentário sobre Rim policístico em gatos - Sintomas e tratamento

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
Elisabete Soares
Policisto é o mesmo que cálculo? ganhei um persa que agora está com 5 anos e teve de ser operado pra tirar cálculo da bexiga, mas tem um calculo em cada rim, o duro é que em 4 meses os cálculos da bexiga estão de volta. Ele bebé bastante água e come ração da Royal, mas já não sei mais o que fazer
Marilei Aparecida dos Santos
Olá, tenho uma gata de 5 anos que começou a apresentar vomito com certa regularidade. Levei-a ao veterinário e através de uma ultrassonografia ficou demonstrado que ela é portadora de rins policísticos (3 em um e 1 no outro). Perguntei se seria possível uma intervenção cirúrgica para extrair os cistos mas o profissional que me atendeu ficou na dúvida. Isso seria possível? Obrigada.

Rim policístico em gatos - Sintomas e tratamento
1 de 4
Rim policístico em gatos - Sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página