menu
Partilhar

Cuvac eslovaco

Atualizado: 13 maio 2021
Cuvac eslovaco

Os cachorros cuvac eslovacos são cães de guarda magníficos, com um grande instinto protetor. "Cuvac" significa ouvir, daí o nome dado a estes cachorros por estarem em constante estado de alerta. Por outro lado, o sobrenome "eslovaco" se refere à Eslováquia, seu país de origem. Além de serem ótimos cachorros pastores e guardiões, são bons companheiros de vida devido à sua personalidade nobre, afetividade e sua grande lealdade, embora também necessitem de espaço e longos passeios ao ar livre para satisfazer seus instintos.

Continue lendo essa ficha do PeritoAnimal para conhecer mais sobre a raça de cachorro cuvac eslovaco, sua origem, características físicas, personalidade, cuidados, educação, saúde e onde adotá-lo.

Origem
  • Europa
  • Eslováquia
Classificação FCI
  • Grupo I
Características físicas
Altura
  • 15-35
  • 35-45
  • 45-55
  • 55-70
  • 70-80
  • Mais de 80
Peso adulto
  • 1-3
  • 3-10
  • 10-25
  • 25-45
  • 45-100
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-12
  • 12-14
  • 15-20
Atividade física recomendada
  • Baixa
  • Média
  • Alta
Ideal para
Clima recomendado
Tipo de pelo

Origem do cuvac eslovaco

O cuvac eslovaco, como seu nome sugere, é uma raça originária da Eslováquia, utilizado como cão de guarda para o gado. A origem da raça remonta ao século XVII, embora possa ser ainda mais antiga. Vem das regiões montanhosas europeias, encontradas nas orlas das geleiras, onde encontraram restos de grupos árticos da era pré-glacial.

Este cachorro faz parte da herança tradicional eslovaca. Os povos montanheses da Eslováquia protegiam suas fronteiras e comercializavam o queijo de suas ovelhas e, assim, escaparam da escravidão da Idade Média.

Quando os lobos começaram a desaparecer, essa raça quase se extinguiu, pois não precisavam mais desses cachorros para proteger o gado. No entanto, isso acabou não acontecendo graças ao esforço de um veterinário chamado Antonin Hruza após a segunda guerra mundial, no ano de 1964. Nesse mesmo ano o padrão da raça foi estabelecido na Escola Veterinária de Brno, onde além de se estabelecer como um magnífico cão de guarda, também apresentava características ideaais como cachorro de companhia doméstico.

Características do cuvac eslovaco

Os cuvac eslovacos são cachorros muito grandes, com uma altura até a cernelha de até 70 cm nos machos e 65 nas fêmeas. O peso é de 36-44 kg nos machos e 31-37 kg nas fêmeas.

É uma raça forte, majestosa e harmoniosa. Suas características físicas principais são as seguintes:

  • A cabeça é harmoniosa e forte, com pelo curto, mas sedoso. O crânio é alongado. A depressão naso-frontal é moderadamente marcada.
  • O focinho é forte, médio e amplo, estreito na ponta.
  • A mandíbula é forte, com mordida em tesoura e lábios pretos.
  • Os olhos são escuros, ovais e horizontais.
  • A orelhas são longas e ficam penduradas perto da cabeça.
  • O pescoço é longo e reto, no macho é muito forte e é coberto por uma juba.
  • Os membros são fortes, longos e equilibrados.
  • O dorso é musculoso, forte e a garupa um pouco inclinada, quadrada e robusta.
  • O peito é largo, com costelas arqueadas e bem separadas, o que lhe dá uma forma quadrangular.
  • A cauda é de baixa inserção e reta.
  • Os pés são arredondados e fortes, cobertos de pelo e com almofadas grossas e pretas.
  • A pelagem é densa, de dupla camada e de cor branca. O pelo é longo, de até 10 cm de comprimento e mais ondulado na juba e nas pernas do que no corpo.

Personalidade do cuvac eslovaco

Os cuvac eslovacos são cachorros corajosos, audazes, gentis, obedientes, afetuosos, dóceis e inteligentes. Não hesitarão em defender seus cuidadores em qualquer perigo possível, mas sem se tornarem um cachorro muito agressivo.

São maravilhosos companheiros de vida, embora sejam muito ativos e adorem o ar livre, por sua personalidade nobre e doce, podem se adaptar a qualquer situação. São muito carinhosos e se dão bem com crianças. O temperamento do cuvac eslovaco com estranhos é um pouco mais reservado, pois são desconfiados, mas assim que percebem que não são uma ameaça para os seus, relaxam e os tratam como mais um.

Cuidados do cuvac eslovaco

Os cuidados dessa raça são moderados. Além do básico para todos os cachorros: uma boa alimentação, equilibrada e completa regulada para que não fiquem com sobrepeso ou obesidade, água limpa e fresca, inspeção da boca e dos dentes em busca de lesões e doença periodontal ou tártaro, e as vacinações e desparasitação rotineiras para evitar as doenças infecciosas e parasitárias, serão necessários os seguintes cuidados específicos:

  • Exercícios e caminhadas longas frequentes ao ar livre: como adoram estar no campo, sair para caminhar ou longas brincadeiras em grandes terrenos. Embora possam, eles têm dificuldades em viver trancados muito tempo em uma casa.
  • Escovação frequente: devido à sua dupla camada de pelo, eles têm tendência a perder muito, portanto a escovação, além de retirar os pelos mortos, favorecerá a circulação sanguínea e o forte crescimento do novo pelo.
  • Banhos: quando estiverem sujos ou a pelagem começar a ficar menos branca, devem tomar banho. Isso também ajuda a retirar os pelos que vão cair em breve.
  • Limpeza das orelhas: devido às orelhas longas, deve-se ter um cuidado especial para que não acumulem sujeira ou desenvolvam alguma infecção ou parasitação com verificações e limpadores de ouvido.

Educação do cuvac eslovaco

São cachorros calmos, dóceis e inteligentes. A educação não costuma dar nenhum tipo de problema nessas raças, são muito predispostos a aprender e a dar tudo de si para isso. São muito fiéis e dispostos a obedecer às ordens do seu cuidador em todos os momentos.

Adoram os prêmios, por isso ensiná-los com o reforço positivo é a melhor técnica de adestramento, pois além de ser muito mais eficaz, rápida e menos traumática, irá fortalecer ainda mais o vínculo entre cuidador e cachorro.

Saúde do cuvac eslovaco

Os cachorros cuvac eslovacos têm uma expectativa de vida de 11 a 13 anos se os cuidados forem ideais e os check-ups veterinários estiverem em dia. Apesar de não ser predisposto a doenças congênitas e hereditárias, por ser um cachorro muito grande pode estar predisposto a desenvolver problemas ósseos como:

  • Displasia de quadril: caracterizada por uma má congruência entre o acetábulo (área articular do quadril) e a cabeça do fêmur (área articular da coxa). Essa má união da articulação do quadril causa laxismo articular, danificando e enfraquecendo-a, o que pode causar claudicação, artrose, atrofia muscular e desconforto ou dor.
  • Displasia de cotovelo: quando esses cachorros atingem os meses de crescimento máximo, podem surgir lesões na articulação do cotovelo entre os três ossos envolvidos: o úmero, o rádio e a ulna. Essas alterações que podem aparecer isoladas ou em conjunto, são o processo coroide fragmentado, a não união do processo ancôneo, a incongruência do cotovelo ou a osteocondrite dissecante.
  • Luxação patelar: ou deslocamento patelar, especialmente a lateral ou bilateral, consiste em uma saída da patela da tróclea da articulação do joelho. Existem quatro graus de acordo com a gravidade. Isso pode causar fraqueza nas articulações, dor, crepitações e aumento da sensibilidade na área.
  • Torção gástrica: consiste em uma rotação do estômago que causa uma forte dilatação dele. Geralmente ocorre quando o cachorro come ou bebe muito desesperadamente e intensamente antes ou depois de um exercício moderado. Os sintomas que o cachorro apresenta são inquietação, hipersalivação, dilatação do abdômen, dispneia (falta de ar ou dificuldade de respirar), fraqueza, depressão, anorexia, ânsia de vômitos, náuseas, dor abdominal, mucosas pálidas, desmaios e choque.

Para prevenir ou tratar rapidamente alguma dessas ou outras doenças que os cachorros podem sofrer, deve-se realizar check-ups de rotina no centro veterinário.

Onde adotar um cuvac eslovaco

Os cuvac eslovacos não são muito fáceis de adotar. Além disso, deve-se levar em consideração que pode não ser o cachorro mais indicado para o público em geral, pois precisam ficar muito tempo ao ar livre ou ter uma casa grande com um jardim ou pátio para que possam desfrutar da luz e do ar fresco, enquanto protege a casa de possíveis agressores ou ameaças.

Se este for o caso, o próximo passo é perguntar nos abrigos ou canis próximos. Se ainda não tiver informações, você pode sempre procurar alguma associação da raça e perguntar sobre a disponibilidade de um cachorro cuvac eslovaco para adoção.

Fotos de Cuvac eslovaco

Artigos relacionados

Suba a sua foto de Cuvac eslovaco

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?

Cuvac eslovaco
1 de 4
Cuvac eslovaco

Voltar ao topo da página