menu
Partilhar

Clumber spaniel

Atualizado: 8 junho 2022
Clumber spaniel

O clumber spaniel é um cachorro francês criado a partir do cruzamento entre alpine spaniels e bassets franceses para trabalhos de caça. Foi só no final do século XVIII, durante a Revolução Francesa, que esses cachorros chegaram para ficar no Reino Unido, lugar onde, mais tarde, tiveram mais popularidade e deixaram de ser destinados à caça para serem considerados animais de estimação. São cães corpulentos e pesados, com uma grande estrutura óssea e um tamanho mediano, sendo mais compridos que altos. Têm uma personalidade excepcional, e seu adestramento e educação são simples devido à sua inteligência e bom comportamento.

Se quiser saber de todas as características do clumber spaniel, sua origem e possíveis problemas de saúde, continue lendo este artigo do PeritoAnimal.

Origem
  • Europa
  • França
Classificação FCI
  • Grupo VIII
Altura
  • 15-35
  • 35-45
  • 45-55
  • 55-70
  • 70-80
  • Mais de 80
Peso adulto
  • 1-3
  • 3-10
  • 10-25
  • 25-45
  • 45-100
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-12
  • 12-14
  • 15-20
Atividade física recomendada
  • Baixa
  • Média
  • Alta
Recomendações
  • Arnês
Clima recomendado
Tipo de pelo

Origem do clumber spaniel

O clumber spaniel é um cachorro de origem francesa que nasceu do cruzamento entre um basset hound e um alpine spaniel (já extinto), com a finalidade de ser usado como cão de caça. Suspeita-se que a raça tenha mais de 200 anos, embora sua origem exata seja incerta, e por isso há duas teorias sobre o assunto. A primeira narra que o Duque de Noailles viajou ao Reino Unido no final do século XVIII para proteger seus cachorros durante a Revolução Francesa. Ali, deu seus spaniels ao Duque de Newcastle em Cluber Park, de Nottinghamshire, e foi aí onde a raça terminou de se desenvolver. A segunda teoria indica que esses cachorros, na verdade, têm uma origem britânica pelo cruzamento de vários spaniels caçadores com outras raças caninas.

É sabido que o príncipe Alberto, casado com a Rainha Vitória, do Reino Unido, tinha sete clumber spaniels, e que essa raça ficou mais popular quando o rei Eduardo VII começou a criá-los em Norfolk. Tempos depois, esses cachorros deixaram de ser destinados à caça devido à sua personalidade tranquila e carinhosa.

Características do clumber spaniel

O clumber spaniel é um cachorro de porte médio e comprido, com ossos grandes, patas curtas, mas retas e fortes, e patas também grandes e redondas. Trata-se de um cachorro baixo, com uma altura de 47-50 cm e um peso de 30-35 kg, o que o torna maciço, corpulento e pesado. Seu peito é largo e profundo e próximo do chão.

Sua cabeça é quadrada, com uma acentuada depressão naso-frontal, um focinho pesado e lábios desenvolvidos. As orelhas são grandes, largas, baixas e um pouco caídas para a frente. As sobrancelhas são muito juntas, e os olhos são de cor âmbar escuro, dando-lhes um olhar doce e agradável. O pescoço é amplo e poderoso, assim como seu peito. Por sua vez, o rabo é de inserção baixa e com franjas. Lamentavelmente, em sua origem, ele era amputado; porém, essa é uma prática cruel, desnecessária e penalizada, devendo-se deixar o rabo natural.

Cores do clumber spaniel

Embora a característica de maior destaque do clumber spaniel seja seu corpo robusto e suas patas curtas, a pelagem também chama a atenção. O pelo dessa raça é liso, lanoso, longo, suave e abundante, principalmente no peito e no rabo. Geralmente, os exemplares de clumber spaniel são cachorros brancos com manchas alaranjadas ou amareladas na zona das orelhas e do focinho, e alguns também têm sardas nas patas e no nariz.

Personalidade do clumber spaniel

O clumber spaniel é um cachorro que tem uma personalidade excepcional: é um cachorro tranquilo, calmo, carinhoso e silencioso. É também uma raça muito sociável, que se dá muito bem com crianças e adultos, assim como com outros animais, com os quais convive muito bem. Apesar disso, alguns deles podem ficar um pouco tímidos no início, daí a importância de uma boa socialização. Possui um temperamento muito equilibrado, uma grande doçura e adoram brincar e ficar junto de seus tutores.

Por outro lado, sua personalidade tão apegada a seus companheiros pode fazer com que não aceitem muito bem a solidão, e por isso é preciso estar consciente de que não se pode deixá-los muitas horas sozinhos em casa. Nesse sentido, desfrutar da companhia de outro animal pode ser uma ótima ideia.

Educação do clumber spaniel

O clumber spaniel é um cachorro muito inteligente e obediente, e por esse motivo sua educação e adestramento são simples. É sociável por natureza, mas é necessário uma boa socialização durante suas primeiras semanas de vida, o que chama a atenção para a importância desse processo. Não perca nosso artigo sobre Como socializar um cachorro filhote corretamente.

Ao mesmo tempo em que se trabalha na socialização do clumber spaniel, é importante realizar uma educação e adestramento por esforço positivo, ou seja, premiando o bom comportamento e oferecendo alternativas positivas quando o cachorro tiver algum comportamento inadequado, como morder nossas mãos. Por outro lado, levando em consideração que se trata de um cachorro que não suporta a solidão, é fundamental lhe ensinar a lidar com essa situação desde pequeno. Assim, conseguiremos fazer com que aprenda a ficar sozinho sem que isso seja um problema. Recomendamos os seguintes artigos:

Cuidados com o clumber spaniel

O pelo do clumber spaniel deve ser escovado com frequência por ser longo e abundante. Diferentemente dos gatos, os cachorros não correm risco de sofrer problemas relacionados com as bolas de pelo, já que não se limpam, e é por isso que o ato de penteá-los serve para estimular a microcirculação e melhorar o seu brilho e aspecto físico, assim como para prevenir os nós e bolos, que, além de serem um foco de infecção, proporcionam o acúmulo de poeira e sujeira, o que facilita o aparecimento de problemas de pele e no pelo.

A higiene dental, das orelhas e dos olhos é muito importante para prevenir infecções, doenças e inflamações causadas pelo acúmulo de sujeira, como a doença periodontal, o tártaro, as cáries, a otite e a conjuntivite, entre outras. Principalmente nas raças com orelhas caídas, como é o caso do clumber spaniel, é ainda mais importante a sua limpeza para evitar as infecções mencionadas.

O clumber spaniel não é um cachorro que requer muita atividade física, mas também não é bom que fique parado durante muito tempo, já que, além de desenvolver problemas comportamentais, aumenta o risco de sobrepeso e obesidade, piorando sua saúde. Por esse motivo, é importante que o cachorro tenha um mínimo de atividade física diária mediante passeios ou brincadeiras, e alguns momentos de exercícios mais intensos ou passeios mais longos durante a semana. Mesmo assim, como é um cão que adora brincar e que é muito inteligente, é mais que recomendado dedicar tempo para realizar brincadeiras em casa, como os jogos que estimulem o olfato ou jogos de inteligência.

A respeito da alimentação, o clumber spaniel deve ser alimentado com uma ração completa para cachorros, equilibrada e de qualidade, que contenha todos os nutrientes nas proporções corretas e que seja administrado a uma quantidade específica de acordo com condições individuais (idade, saúde, estado fisiológico, clima...). Caso siga uma dieta caseira, é importante estabelecê-la com o assessoramento de um(a) veterinário(a) especializado(a) em nutrição canina para garantir que não haja deficiência de nutrientes.

Saúde do clumber spaniel

O clumber spaniel é uma raça que pode viver até 15 anos perfeitamente, se for bem cuidada e atendida. É um cachorro forte e sadio, mas que pode estar predisposto a algumas doenças, como:

  • Obesidade: como já comentamos, pouca atividade física e uma alimentação com mais calorias do que o necessário para cada caso específico, conferem a ele uma predisposição a desenvolver obesidade, o que, por sua vez, pode abrir caminho para o aparecimento de doenças endócrinas ou orgânicas.
  • Displasia de quadril e displasia de cotovelo: devido ao tamanho da sua robusta e pesada estrutura óssea, esses cachorros podem sofrer de problemas ortopédicos, como a incongruência entre os ossos que compõem os quadris ou a articulação do cotovelo, causando sinais como artrose, dor, coceiras e atrofia muscular.
  • Problemas nas pálpebras: como o entrópio (pálpebra virada para dentro) e o ectrópio (pálpebra dobrada para fora), que causam danos, irritação e infecções no globo ocular.
  • Otite ou infecções óticas: esses cachorros parecem predispostos a desenvolver infecções ou inflamações no canal auditivo, que podem chegar a ser muito incômodas e dolorosas e que são consequência do acúmulo de sujeira e detritos ou do acúmulo de umidade ou fungos.

Para prevenir ou tratar essas doenças e diagnosticar outras cedo, é fundamental levar o clumber spaniel ao veterinário para realizar revisões periódicas, assim sua saúde será preservada nas melhores condições. Além disso, ele deve ser vacinado e desparasitado rotineiramente a fim de prevenir doenças infecciosas e parasitárias frequentes em cachorros.

Onde adotar um clumber spaniel?

O clumber spaniel é um cachorro mais comum na Europa do que em outros continentes devido à sua origem. Por isso, caso não more lá, pode ser difícil encontrar um exemplar, e mais difícil ainda um para adoção. Contudo, todos os cachorros merecem uma adoção responsável, pois todos têm as mesmas necessidades e nos oferecem o mesmo afeto e carinho que essa raça. Sendo assim, se você é uma pessoa comprometida, sabe o que significa adotar um cachorro e está disposta a assumir todos os cuidados e atenções, você pode ir ao abrigo mais próximo e adotar um cãozinho, seja um clumber spaniel, um mestiço dessa raça com outra, ou qualquer cachorro que precise de adoção. Isso mudará a vida dele, e a sua também mudará para melhor.

Fotos de Clumber spaniel

Artigos relacionados

Suba a sua foto de Clumber spaniel

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?
Clumber spaniel
1 de 6
Clumber spaniel

Voltar ao topo da página