Partilhar

Cane Corso

Atualizado: 24 maio 2019
Cane Corso

O Cane Corso, também conhecido como o Cane Corso italiano ou Mastim Italiano, é sem dúvidas, junto ao Mastim Napolitano, uma das raças de cachorros molossos, ou seja cães de grande porte e físico forte, mais impactantes. O nome do animal se deriva da palavra "cohors", que em latim significa "protetor ou guardião do curral".

Se você estiver pensando em adotar um Cane Corso, é indispensável que procure saber mais sobre a personalidade, o adestramento, as características físicas e os problemas de saúde mais comuns dessa raça de cachorro. Dessa maneira, você terá certeza de que seu cachorro terá uma boa adaptação à nova casa. Para isso, continue lendo essa ficha do PeritoAnimal para saber tudo sobre o Cane Corso.

Origem
  • Europa
  • Itália
Classificação FCI
  • Grupo II
Características físicas
Altura
  • 15-35
  • 35-45
  • 45-55
  • 55-70
  • 70-80
  • Mais de 80
Peso adulto
  • 1-3
  • 3-10
  • 10-25
  • 25-45
  • 45-100
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-12
  • 12-14
  • 15-20
Atividade física recomendada
  • Baixa
  • Média
  • Alta
Recomendações
  • Focinheira
  • Arnês
Clima recomendado
Tipo de pelo

Cane Corso: origem

O Cane Corso é um descendente direto dos antigos molossos de guerra romanos, conhecidos como os canis pugnax. O cachorro era encontrado nos campos de batalha ao lado dos combatentes e era um excelente guardião. Ele também era comum nas arenas, quando lutava contra ursos, leões e outros animais selvagens que eram levados ao continente europeu.

Na Itália, o Cane Corso se tornou uma raça de cachorro popular, comum entre a classe trabalhadora mesmo que, durante uma época, a população do cão tivesse diminuído de forma considerável, restando poucos exemplares apenas na província da Apúlia. Antigamente, o Mastim Italiano era muito valorizado como cão de caça de javalis e cão de guarda em fazendas e currais. No entanto, nos anos 1970 essa raça de cachorro começou a ser criada sistematicamente e nos 1990, foi finalmente reconhecida por organizações internacionais.

Cane Corso: características físicas

O Cane Corso é uma das raças de cachorro grande e, como é um cão da categoria molosso, também tem um físico robusto e forte, mas elegante ao mesmo tempo. O peito do animal é largo e profundo e a cauda é de inserção alta e bem grossa na base. O rabo do animal, aliás, é geralmente amputado, prática cruel, mas que está desaparecendo aos poucos, sendo inclusive ilegal em muitos países. A pelagem do Cane Corso é densa, brilhante, curta e pode ser de cores como, preto, cinza-chumbo, cinza-claro, rajado, ruivo e castanho claro ou escuro. No entanto, os cachorros dessa raça mais comuns são o Cane Corso Preto e o Cane Corso Cinza.

A cabeça do animal é larga e ligeiramente convexa na parte anterior, o sulco semi-frontal é evidente e a depressão naso-frontal (stop) é bem marcada. O nariz do Mastim Italiano é preto e o focinho, mais curto que o crânio. Os olhos são medianos, ovalados, ligeiramente sobressalentes e de cor escura. Já as orelhas são triangulares e de alta inserção, também costumam ser amputadas, tradição que, para o bem dos cachorros, está perdendo força.

Cane Corso: medidas

  • Machos: entre 64 e 68 cm até a cernelha, com um peso entre 45 e 50 kgs.
  • Fêmeas: entre 60 e 64 cm até a cernelha, com um peso entre 40 e 45 kgs.

Cane Corso: personalidade

Os criadores que trabalham com esse cachorro de raça sempre buscaram um temperamento muito concreto e particular. O Cane Corso é um bom guardião, sendo que antigamente se buscavam qualidades relacionadas à caça e à pecuária, mas que hoje em dia essas são mais ligadas com a capacidade do cachorro de proteger uma família ou uma propriedade. Trata-se de um cão independente, geralmente bem territorial e muito protetor.

O animal cria um vínculo muito próximo com a família que o adota e acolhe, especialmente com as crianças, quem cuida e protege. E, ao contrário de outros cachorros com as mesmas características, o Cane Corso é excepcionalmente paciente e cuidadoso, vigiando os movimentos dos pequenos e impedindo com que eles se machuquem.

Essa raça de cachorro também é atlética, gostando muito de se exercitar. Por isso, ele é ideal para famílias ativas e já com um pouco de experiência com cães, como em questões básicas de obediência. No entanto, não é preciso se preocupar com o comportamento do animal dentro de casa, que costuma ser tranquilo.

Com pessoas desconhecidas, o Cane Corso tende a ser mais distante e seguro de si mesmo. Porém, é importante lembrar que o comportamento e a personalidade do seu cachorro podem variar de acordo com a educação que ele receber.

Cane Corso: cuidados

O Cane Corso é um cachorro que precisa de cuidados simples, sendo assim, não é necessário dedicar muitas horas nessa área. No entanto, é importante conhecer alguns detalhes antes de adotar uma cachorro dessa raça. Para começar, o básico é escovar a pelagem do seu Mastim Italiano semanalmente para eliminar o pelo morto. É recomendado utilizar escovas de cerdas curtas e macias, para que a derme do seu cão não se machuque. Em relação aos banhos, o ideal é realizá-los em um período de 3 meses, dependendo do nível de sujeira do cachorro, para evitar machucar a pele do animal.

Por se tratar de um cachorro ativo, o Cane Corso necessita de longos passeios diários para manter a musculatura e liberar o estresse acumulado no corpo. São recomendados três passeios ao dia, cada um de aproximadamente 30 minutos, sempre acompanhados de exercícios físicos. Também é possível combinar as saídas com atividades relacionadas ao olfato, que costumam promover sensações de relaxamento e bem-estar para o animal.

Outra recomendação é de que o Cane Corso também, quando possível, passe tempo em ambientes rurais, nos quais ele possa se exercitar de maneira mais livre e natural. No entanto, esse cachorro não é de uma raça que deva viver no exterior ou fora de casa, pois a pelagem é muito fina e, por isso, a pele é sensível a terrenos que não sejam planos. Sendo assim, você deve oferecer ao seu pet uma cama macia e confortável.

Cane Corso: educação

É muito importante iniciar a educação dessa raça de cachorro entre as 3 e as 12 primeiras semanas de vida, em pleno período de socialização do filhote de Cane Corso. Nessa etapa, deve ser ensinado ao seu cachorro, por exemplo, a não morder, a socializar melhor com pessoas, animais e ambientes diferentes e a realizar truques de obediência, como sentar, deitar, rolar e ir até o tutor. Esses ensinamentos são essenciais tanto para a sua segurança como para o seu bichinho de estimação.

Lembre-se também que um Cane Corso corretamente socializado e educado pode ser um ótimo companheiro e se dará bem com estranhos, tanto com humanos quanto com outros cães. Já os cachorros dessa raça que não receberam uma boa educação podem ser extremamente territoriais, desconfiados e até agressivos com pessoas e animais. Por isso, mesmo bem socializado, o Mastim Italiano não é recomendado para criadores novatos.

Já sobre o adestramento desse cachorro, ele não costuma ser difícil, basta utilizar técnicas de reforço positivo. Quando não são realizados de maneira devida, os métodos tradicionais de adestramento acabam sendo muito contraproducentes para treinar essa raça de cachorro, podendo até criar condutas negativas e não desejadas no animal.

Cane corso: saúde

É importante revisar o estado de saúde do seu Cane Corso de forma regular. Por isso, é recomendado ir ao veterinário a cada 6 ou 12 meses e fazer check-ups completos para descartar qualquer problema de saúde que possa estar se desenvolvendo. Também é essencial seguir o calendário de vacinação e de desparasitação, interna e externa, de acordo com o que o veterinário pede. Além disso, essa raça de cachorro também está propensa a sofrer das seguintes doenças:

  • Displasia do cotovelo;
  • Displasia do quadril;
  • Torção gástrica;
  • Hiperplasia vaginal;
  • Problemas respiratórios;
  • Ataques de calor;
  • Hipertrofia glandular;
  • Entrópio;
  • Ectrópio;
  • Surtos de sarna demodécica (sarna negra) ao nascer.

No entanto, se você seguir corretamente essas indicações, principalmente as que dizem repeito aos cuidados e à saúde do seu Cane Corso, ele poderá viver entre 10 e 14 anos.

Fotos de Cane Corso

Vídeos de Cane Corso

Vídeos de Cane Corso
Artigos relacionados

Suba a sua foto de Cane Corso

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário sobre Cane Corso

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?

Cane Corso
1 de 7
Cane Corso

Voltar ao topo da página