Partilhar

Cão de Crista Chinês

Atualizado: 19 julho 2019
Cão de Crista Chinês

Elegante e exótico, o Cão de Crista Chinês, também conhecido como Cristado Chinês ou Chinese Crested Dog, é uma raça de cachorro que conta com duas variedades, a sem pelos e a Powderpuff. Os animais da primeira variedade contam apenas como uma crista de pelos na cabeça e um leve manto de pelagem nas patas e na extremidade da cauda. Já os da segunda variedade apresentam uma pelagem suave, macia, comprida e brilhante por todo o corpo.

Mesmo que o Cão de Crista Chinês precise de cuidados especiais para manter a pele e a pelagem em perfeitas condições, é uma raça de cachorro perfeita para os tutores de primeira viagem, já que a inteligência e o caráter dócil do animal permitem que o adestramento seja uma tarefa fácil. No entanto, é importante ressaltar que para adotar um cachorro desse tipo é fundamental dispor de bastante tempo livre pois o bichinho não pode passar longos períodos sozinho. Assim, continue lendo essa ficha do PeritoAnimal para saber tudo o que precisa sobre o Cão de Crista Chinês.

Origem
  • Ásia
  • Europa
  • China
  • Reino Unido
Classificação FCI
  • Grupo IX
Características físicas
Altura
  • 15-35
  • 35-45
  • 45-55
  • 55-70
  • 70-80
  • Mais de 80
Peso adulto
  • 1-3
  • 3-10
  • 10-25
  • 25-45
  • 45-100
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-12
  • 12-14
  • 15-20
Atividade física recomendada
  • Baixa
  • Média
  • Alta
Clima recomendado
Tipo de pelo

Cão de Crista Chinês: origem

Como em outras raças de cachorro, a história do Cão de Crista Chinês é pouco conhecida e bastante confusa. Sabe-se que esses animais já existiam no século XIII na China e que, tradicionalmente, eram usados como caçadores de ratos em navios mercantes. No entanto, a mutação que produz a variedade do Cão de Crista Chinês pelado é mais comum na América Central e do Sul, mesmo que também se acredite que ela pode ser proveniente da África.

Seja como for, o Cão de Crista Chinês não era conhecido fora da China até o século XIX, quando os primeiros exemplares da raça chegaram na Europa. Foi apenas no final no século XIX que Ida Garrett, criadora apaixonada por cachorros sem pelo, começou a promover a raça pelo continente. E, até atualmente essa raça de cachorro continua pouco conhecida, mesmo que cada vez esteja adquirindo um maior grau de popularidade entre os amantes de animais pelo adestramento fácil com ele e pelos cuidados fáceis com essa raça de cachorro.

Cão de Crista Chinês: características

O Cão de Crista Chinês é uma raça de cachorro pequena e rápida, com um corpo um pouco mais comprido que alto e muito flexível. As costas do animal são horizontais, mas a parte posterior do lombo é arredondada. O peito é profundo e a linha inferior se retrai moderadamente na mesma linha do ventre. Em relação à pelagem, como já explicamos rapidamente, existem duas variedades, o Cão de Crista Chinês pelado e o Powderpuff. Os exemplares da primeira variedade apresentam uma crista comprida, pelos nas patas e na extremidade da cauda, enquanto que os da segunda têm uma pelagem em forma de véu por todo o corpo.

A cabeça do Cão de Crista Chinês tem forma de cunha e a parte superior do crânio é levemente arredondada. Já o nariz é proeminente e pode ser de qualquer cor. Em relação aos dentes, o animal pode contar com eles mal alinhados ou até com alguns faltando principalmente na variedade sem pelos, mesmo que esse traço não esteja necessariamente presente em todos os exemplares da raça. Os olhos são medianos e de cores bem escuras, as orelhas são eretas e de inserção baixa, exceto nos Powderpuffs, nos quais as orelhas podem ser caídas.

A cauda do Cão de Crista Chinês é comprida, de inserção alta, quase reta e não se curva ou se enrosca nas costas do animal. Ela também está sempre levantada reta ou para um lado quando o cachorro está ativo e baixa quando este está repousando. Na variedade Powerpuff, a cauda está completamente coberta por pelo, e na sem pelo, a cauda possui uma pelagem em forma de plumas, mas somente nos terços distais. Em ambas variedades, a cauda se afina de forma gradual, sendo mais grossa na base e mais fina na ponta.

O pelo dos Powderpuffs consiste em um manto duplo que cobre todo o corpo com uma característica pelagem em forma de véu. A variedade sem pelos, no entanto, só tem uma crista de pelo na cabeça, nas patas e na extremidade na cauda, como já dissemos anteriormente. A pele do animal é delicada, granulada e suave. Em ambas variedades do Cão de Crista Chinês, se aceitam todas as cores e combinações entre tons, por isso não é difícil encontrar exemplares dessa raça de cachorro brancos, com manchas pretas e em tonalidades terra e creme.

Para finalizar as características físicas do Cão de Crista Chinês, a Federação Cinológica Internacional (FCI) estabelece como padrão que a raça tenha uma altura da cernelha até o chão que varie entre os 28 cm e 33 cm nos machos e entre os 23 cm e 30 cm nas fêmeas. Já em relação ao peso, ele varia muito e, por isso, não existe um específico, mesmo que se recomende que sejam superados os 5,5 kgs.

Cão de Crista Chinês: personalidade

O Cão de Crista Chinês se caracteriza por ser uma raça de cachorro agradável, sensível e muito alegre. Ele tende a ser muito leal com quem conhece e a permanecer muito apegado a uma pessoa em especial, que considera seu tutor principal e amigo. Mesmo assim, o animal costuma apresentar uma personalidade tímida e sempre alerta.

Se bem socializado, esse tipo de cachorro pode se dar muito bem com pessoas, outros cães e animais de estimação. No entanto, pela natureza que tem, costuma ser tímido em relação à coisas, pessoas e situações novas, característica que, se o cachorro não for bem socializado quando filhote, pode fazer com que ele se torne muito medroso. Por isso, a socialização do Cão de Crista Chinês desde os primeiros meses de vida é fundamental para prevenir problemas de comportamento durante a idade adulta e para conseguir, assim, um bichinho de estimação sociável, que não se assuste com facilidade e que nem se esconda toda vez que encontrar uma nova experiência.

Cão de Crista Chinês: educação

Para a sorte e felicidade dos cuidadores, o Cão de Crista Chinês é muito inteligente e fácil de ser treinado e adestrado. De fato, alguns treinadores dizem que o adestramento canino é apenas um pouco mais que formalidade para essa raça de cachorro, já que estes costumam aprender com muita rapidez. Apesar disso, a raça não se destaca em esportes caninos, talvez por ainda não ser muito popular entre o público em geral. Seja como for, o melhor método para educar um Cão de Crista Chinês é através do reforço positivo, como o proporcionado com o adestramento com clicker. Se você ainda não conhece essa técnica, saiba tudo sobre clicker para cães - o que é e como funciona nesse artigo do Perito Animal.

Quando recebem quantidades suficientes de exercício, companhia e estão bem educados e socializados, os Cães de Crista Chinês não costumam apresentar problemas de comportamento. No entanto, quando esses fatores são insuficientes, essa raça de cachorro tende a desenvolver uma grande ansiedade por separação, além de hábitos destrutivos, como cavar no jardim.

Essa raça de cachorro é excelente como animal de estimação para famílias com crianças mais velhas, casais e pessoas que vivem sozinhas. Porém, esse cachorro não é um bom bichinho de estimação para famílias com crianças pequenas por costumar ser rude com os menores. É importante ressaltar também que o Cão de Crista Chinês só é um bom animal de estimação quando recebe companhia constante e quando é bem cuidado, assim como qualquer outra raça de cachorro. Assim, se você costuma a passar muito tempo fora de casa, o Cristado Chinês não é a melhor escolha para adoção.

Cão de Crista Chinês: cuidados

O pelo da variedade Powderpuff do Cristado Chinês deve ser escovado e penteado ao menos uma vez por dia com escovas de cerdas naturais ou metálicas. Já o Cão de Crista Chinês pelado só precisa ser escovado 2 ou 3 vezes por semana. Já que sua pelagem é tão fina, ela costuma se enredar com facilidade. Quando isso acontece, o mais aconselhado é desfazer os nós com ajuda dos seus próprios dedos, usando, claro, bastante delicadeza para não machucar o animal. Uma vez sem nós, é possível escovar o pelo do seu bichinho com os pentes apresentados acima. Já em relação a banhos, o Powderpuff só deve passar por eles quando estiver realmente sujo. Neles, o necessário é o básico, um shampoo natural com PH neutro.

O Cão de Crista Chinês sem pelo, por não contar com a proteção de uma pelagem por todo o corpo, tem a pele mais exposta às mudanças de temperatura, raios solares e outros fatores que podem feri-la. Para mantê-la sempre suave, limpa e sem imperfeições, é fundamental dar banhos no animal a cada 15 dias com um shampoo hidratante com PH neutro.

Além disso, 1 vez por mês durante o banho é recomendado esfoliar a pele do animal e aplicar outros produtos hidratantes, realizando uma massagem por todo o corpo. Para isso, pode-se recorrer a óleos corporais de bebê ou de origem vegetal, sempre naturais. Para a crista e o resto das áreas com pelo, é bom usar uma escova com cerdas naturais 1 ou 2 vezes por semana. E para ambas variedades do Cão de Crista Chinês também é importante cuidar bem dos dentes do animal e lavá-los com frequência, sempre usando produtos para cachorros e nunca para humanos.

Essa raça de cachorro é bem ativa e por isso precisa de uma boa dose diária de exercício físico. Pelo tamanho pequeno do animal, no entanto, boa parte desse exercício pode ser feito em casa. Jogos como o de trazer a bolinha podem ser úteis para canalizar a energia do animal, mas ele precisa ser levado para dar um passeio ao menos 2 vezes por dia. Já brincadeiras como a de cabo de guerra não são recomendadas pois a raça costuma ter dentes frágeis.

Se você tiver um Cão de Crista Chinês sem pelo, é importante colocar protetor solar nele, em especial se a pele dele for branca ou rosada, antes de expô-lo à luz solar para evitar queimaduras. No entanto, isso não quer dizer que deve ser evitado que o cachorro tome sol, já que essa é uma das principais fontes de vitamina D que o animal tem. Simplesmente, deve-se prestar atenção aos cuidados da pele do Cão de Crista Chinês. E se o clima estiver frio, também é necessário colocar algum tipo de casaco para que a pele se mantenha na temperatura ideal e seu cachorro não adoeça. Além disso, também se deve levar em consideração que, pela pele do animal ser bem frágil, ele pode se machucar com facilidade com galhos e grama mais dura. Por isso, evite deixá-lo solto em lugares com ervas daninhas ou vegetação alta.

Por fim, como já mencionamos antes, ambas variedades do Cão de Crista Chinês precisam de muita companhia. Essa raça de cachorro deve estar acompanhada pela maior parte do tempo ou desenvolve hábitos destrutivos e passa a sofrer de ansiedade por separação.

Cão de Crista Chinês: saúde

O Cão de Crista Chinês tende a ser saudável e não tão suscetível a doenças hereditárias como outras raças de cachorros. No entanto, ele tem uma certa propensão às seguintes patologias e condições:

  • Doença de Legg-Calvé-Perthes;
  • Luxação de patela;
  • Perda precoce dos dentes;
  • Lesões na pele;
  • Queimaduras causadas pelo sol.

E como já comentamos anteriormente, para evitar danos à pele do animal, é fundamental seguir à risca todas as precauções e cuidados, como colocar protetor solar antes de sair na rua, utilizar produtos hidratantes e com PH neutro. Por outro lado, também é indispensável seguir o calendário de vacinação e desparasitação além de não deixar de ir com frequência ao veterinário. E, ante qualquer anomalia, deve buscar ajuda de um especialista para que seja realizado um diagnóstico correto e que ele passe o tratamento mais indicado.

Referências
  1. Imagem 7: Reprodução/Confederação Brasileira de Cinofilia

Fotos de Cão de Crista Chinês

Vídeos de Cão de Crista Chinês

1 de 3
Vídeos de Cão de Crista Chinês
Artigos relacionados

Suba a sua foto de Cão de Crista Chinês

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário sobre Cão de Crista Chinês

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?

Cão de Crista Chinês
1 de 7
Cão de Crista Chinês

Voltar ao topo da página