menu
Partilhar

Boykin spaniel

Atualizado: 4 novembro 2021
Boykin spaniel

Gostaríamos de te apresentar um cachorro do grupo spaniel, o boykin spaniel, cuja aparência pode nos lembrar de um cocker spaniel inglês. Esses cães são originários dos Estados Unidos, onde foram fiéis companheiros dos caçadores de pavões da Carolina do Sul. Mas eles não são apenas excelentes recuperadores, são bondosos e muito predispostos ao trabalho, mas, acima de tudo, são familiares e carinhosos.

Estes adoráveis cães de boa natureza passaram, e com razão, de cão de caça para um dos cães mais valorizados para ter em casa, adorando a vida familiar. Nesta ficha do PeritoAniamal apresentamos as características, cuidados e saúde do boykin spaniel.

Origem
  • América
  • Estados Unidos
Características físicas
Altura
  • 15-35
  • 35-45
  • 45-55
  • 55-70
  • 70-80
  • Mais de 80
Peso adulto
  • 1-3
  • 3-10
  • 10-25
  • 25-45
  • 45-100
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-12
  • 12-14
  • 15-20
Atividade física recomendada
  • Baixa
  • Média
  • Alta
Tipo de pelo

Origem do boykin spaniel

A raça de cachorro boykin spaniel originou-se na Carolina do Sul, nos Estados Unidos, na primeira década do século XX. O primeiro boykin spaniel nasceu na cidade de Spartanburg, e foi notado por sua destreza na caça e sua surpreendente semelhança com outros cães do tipo spaniel. Acredita-se que seja um cruzamento entre o chesapeake bay retriever, o cocker spaniel e o cão d'água americano. Este pequeno cãozinho foi dado de presente a um caçador de sobrenome Boykin, a partir do qual a raça se desenvolveu como resultado do cruzamento feito pelo caçador com outros spaniels.

Esta raça foi desenvolvida pelos caçadores da região, pois eles precisavam de um cachorro recuperador (que fosse buscar a caça abatida) cujo tamanho era menor do que os recuperadores já presentes no estado naquela época. A partir desta necessidade, justificada pelo espaço limitado nos barcos, que costumavam caçar perus selvagens e várias aves aquáticas, eles também tinham que carregar seus suprimentos e utensílios necessários para a caça nestes barcos.

Características físicas do boykin spaniel

Os boykin spaniels são cães de porte médio com peso que varia entre 13,5 e 18 quilos, com uma altura ao garrote variando de 39,4 a 43,2 centímetros para os machos. As fêmeas pesam entre 11,4 e 15,9 quilos e têm entre 35 e 42 centímetros de altura. A expectativa de vida desses cães é de aproximadamente 14 a 16 anos.

Estes cães têm uma morfologia corporal robusta e compacta, com membros musculosos e retos, terminando em patas ovais, com teias, e suas costas são igualmente retas e sólidas.

A cabeça de um boykin spaniel é larga, com os lados arredondados e a parte superior achatada. Suas mandíbulas são alongadas e fortes. As orelhas são planas e dispostas acima da linha dos olhos e perto da cabeça. Os olhos, de cor marrom, são de tamanho médio, afastados e de forma oval.

A pelagem destes cães tem uma estrutura de duas camadas, com um subpelo e um revestimento externo. Esta camada externa é de comprimento moderado e tem comprimentos diferentes, dependendo da área do corpo. Assim, é mais longo nas franjas das orelhas, pernas, peito e barriga. Esta camada pode ser ondulada a lisa, de grande densidade e varia em termos de rigidez.

Personalidade do boykin spaniel

Os cães boykin spaniel são conhecidos por sua boa personalidade, além de serem muito dóceis e carinhosos, eles são extremamente ávidos e inteligentes. É por isso que eles têm sido apreciados como recuperadores durante décadas.

Mas isto não deve nos fazer pensar que estes cães são apenas caçadores, porque qualquer um que tenha passado algum tempo com um boykin spaniel relata o quão nobres e familiares eles são, tornando-os ideais como cães domésticos. Eles são mais que adequados para famílias com crianças, bem como para viver com outros cães, pois são adaptáveis, respeitosos e pacientes.

Eles também são muito sociáveis, não mostrando nenhuma resistência quando em contato com novas situações, pessoas ou animais, e é muito raro para um boykin demonstrar atitudes agressivas.

Cuidados com o boykin spaniel

Os boykin spaniels são cães que não requerem cuidados excessivos para uma boa saúde, assim como uma aparência limpa e bem cuidada. Um dos aspectos fundamentais para um boykin é o exercício físico diário, que deve ser de alta intensidade, pois é extremamente enérgico.

Quanto aos cuidados com a pelagem, recomenda-se que os pelos sejam escovados pelo menos uma vez por semana, com banhos ocasionais para manter sua pelagem limpa e brilhante. Para escovar, devemos escolher uma escova adequada para seu pelo, que é de comprimento médio e denso, e pode precisar de um pente ou escova diferente para remover possíveis emaranhados de suas franjas, que são um pouco mais longas.

Devemos também fornecer a eles uma dieta de qualidade, equilibrada e adequada às suas necessidades. Também é fundamental que os boikins spaniels tenham sempre acesso a água fresca e limpa, evitando assim a desidratação.

Adestramento do boykin spaniel

Os boykin spaniels são conhecidos por seu caráter afável e dócil e são considerados como uma das raças de cães mais fáceis de adestrar.

Eles não são cachorros teimosos e não serão relutantes em obedecer, especialmente se tiverem tido uma educação básica precoce, o que é recomendado. Sua socialização também não requer atenção especial, apenas exposição gradual a outras pessoas ou animais, sem ter que tomar medidas especiais, pois são sociáveis e abertos por natureza.

Muitos desses cães são treinados para caçar, especialmente aves aquáticas. Isto porque eles são bons recuperadores, mas também são muito bons nadadores. Eles adoram a água, por isso muitas famílias os levam para praias, lagos ou reservatórios quando vão para um dia em família. Eles irão adorar isso, pois vão desfrutar da companhia familiar enquanto brincam e se exercitam.

Saúde do boykin spaniel

Os boykin spaniels têm uma série de patologias associadas à sua raça e herança genética. Uma delas é a displasia de quadril. Esta condição pode exigir medidas veterinárias drásticas, como a cirurgia de trauma para corrigi-la em casos de displasia avançada. Por esta razão, é vital realizar check-ups veterinários regulares a fim de fazer um diagnóstico precoce, pois isto melhorará o prognóstico. Outras doenças articulares sofridas pela raça são a mielopatia degenerativa, que não tem tratamento curativo, apenas paliativo. Também a luxação da patela, que afeta a saúde da patela, deslocando-a e causando dor e manqueira em vários níveis.

Outras alterações também podem ocorrer, como a otite externa, que é muito comum em raças como o boykin, pois as orelhas estão próximas da cabeça e isto significa que o canal auditivo não é bem ventilado. Eles sofrem frequentemente de diferentes condições oculares, tais como catarata juvenil, que difere da catarata habitual devido ao seu aparecimento precoce, ou a anomalia do olho de collie, que consiste em um subdesenvolvimento do coróide ocular, que desencadeia a cegueira, muito típica da raça border collie.

Outras doenças que podem aparecer na raça são a estenose pulmonar, que é uma anomalia cardíaca, ou colapso devido ao exercício excessivo, causado por muita atividade física extenuante, que é uma doença genética.

Bibliografia
  • AMERICAN KENNEL CLUB. Cuidado. 16/06/2021, de AMERICAN KENNEL CLUB. Disponível em: <https://www.akc.org/dog-breeds/boykin-spaniel/#breed-care>. Acesso em 4 de novembro de 2021.
  • Boykin spaniel. CACHORROS BOYKIN SPANIEL - THE BOYKIN SPANIEL SOCIETY. 16/06/2021, de boykinspaniel. Disponível em: <https://boykinspaniel.org/>. Acesso em 4 de novembro de 2021.
  • The Boykin Spaniel Breed Standard. 16/06/2021, de The Boykin Spaniel Breed Standard. Disponível em: <http://theboykinspanielclub.com/2019_Revised_Boykin_Spaniel_Breed_Standard.pdf>. Acesso em 4 de novembro de 2021.

Fotos de Boykin spaniel

Artigos relacionados

Suba a sua foto de Boykin spaniel

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?

Boykin spaniel
1 de 5
Boykin spaniel

Voltar ao topo da página