Partilhar

Insolação em gatos - Sintomas e primeiros socorros

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 14 novembro 2017
Insolação em gatos - Sintomas e primeiros socorros

Ver fichas de  Gatos

Os gatos gostam muito de estar ao ar livre e de sentir o calor dos raios de sol nos seus corpos. É por isso que os seus lugares favoritos são as varandas e os terraços. Tal como os seres humanos, e apesar dos gatos estarem habituados ao sol, um excesso de exposição poderia causar uma insolação.

No verão é quando o sol está mais quente e forte e as temperaturas estão muito altas, por isso é importante estar atento e medir a quantidade de sol que a pele do seu gato está absorvendo.

Neste artigo do PeritoAnimal vamos ver o que é a insolação em gatos, quais os seus sintomas e os primeiros socorros a ter em conta no caso disto ocorrer.

Também lhe pode interessar: Gato atropelado - primeiros socorros

Causas e fatores de risco de uma insolação em gatos

Apesar dos gatos estarem cobertos por uma pelagem espessa, também podem ficar afetados pelas longas exposições ao sol. Este astro é muito forte e os seus raios afetam praticamente todas as criaturas do planeta. A insolação poderia representar uma emergência médica, por isso deve ter cuidado.

Os gatos são suscetíveis a sofrer de uma insolação, especialmente os filhotes de gatos e gatos idosos, que não são capazes de regular a sua temperatura de forma apropriada. Ao não poderem eliminar o calor, os gatos começam a aumentar a sua temperatura corporal de forma alarmante, podendo inclusive ocorrer a morte.

Pode afetar especialmente gatos que:

  • Não têm um refúgio à sombra.
  • Estão fechados em carros.
  • Estão fechados em casas.
  • Vivem em lugares muito quentes.
  • Sofrem de doenças cardíacas.
  • Sofrem de doenças respiratórias.
  • Com histórico prévio de insolação.
  • Gatos de pelo comprido.
  • Gatos de cor escura.

Sintomas de insolação em gatos

Os sintomas que um gato está sofrendo de uma insolação são muito evidentes, por isso, é extremamente importante detetá-los desde o seu primeiro aparecimento, em especial se o gato for filhote ou de idade avançada. Os sintomas de uma insolação em gatos são:

  • Alta temperatura corporal
  • Ansiedade
  • Espuma na boca
  • Gengivas secas
  • Gengivas brancas, muito vermelhas ou azuis
  • Dificuldade em respirar
  • Tosse
  • Taquicardia
  • Vômitos
  • Diarreia
  • Tremores
  • Má coordenação muscular
  • Fraqueza
  • Desmaios
  • Convulsões
  • Ritmo cardíaco anormal
  • Arquejo constante
  • Baba

O gato pode ficar lento e preguiçoso. A sua respiração pode ficar acelerada e pode ter até dificuldade em respirar. Os gatos não podem transpirar da mesma forma que nós humanos, eles dependem de ofegar (que elimina o ar quente do seu corpo e convida o ar para se refrescar e esfriar) e de uma limitada transpiração através das almofadas das suas patas e do nariz. Isto não é suficiente para eles, o que os torna mais sensíveis a absorver mais calor do que o normal, especialmente durante épocas de calor e umidade.

As mucosas das gengivas também se irão tornar azuladas e o seu ritmo cardíaco aumentará. Se o seu gato apresentar sintomas físicos, cambalear ao caminhar ou inclusive vomitar, é claro que está sofrendo de uma insolação. Deve consultar o quanto antes um veterinário.

Insolação em gatos - Sintomas e primeiros socorros - Sintomas de insolação em gatos

Consequências de uma exposição prolongada

Se não se aplicarem os primeiros socorros e o tratamento de imediato, o gato fica suscetível a sofrer de consequências devido à exposição prolongada ao sol e aos sintomas que a insolação causa. A gravidade estará diretamente relacionada com o tempo de atuação e o estado físico do gato.

Entre as consequências mais leves encontramos a perda de sais e a desidratação leve, mas nos mais graves podemos encontrar a desidratação aguda, hemorragias internas (que provocam danos em muitos órgãos), insuficiência renal e hepática, derrame cerebral, um coma e até a morte do gato.

Primeiros socorros e tratamento da insolação

Se vir que o seu gato está sofrendo de uma insolação, a primeira coisa que deverá fazer é deitá-lo à sombra, e depois com muita delicadeza vá pulverizando água à temperatura ambiente com um spray ou aplique compressas de água morna entre 10 e 15 minutos. Nunca aplique água fria de repente ou em uma compressa, pois o gato poderia sofrer de um choque. Fale com ele e tente acalmá-lo. Revise se tem feridas, de que tipo são e, envolva-as com um pano suave e molhado, leve-o de seguida ao veterinário.

Uma vez comprovado o estado de saúde do gato, deve levá-lo ao veterinário o quanto antes. Explique-lhe previamente por telefone como se encontra e deve proceder de alguma forma específica. Para além disso, recomendamos alguns dos primeiros socorros básicos que podem ajudar a melhorar o estado de saúde do seu gato:

  • Mantenha o seu gato em uma zona com sombra e resguardado do sol.
  • Verifique a temperatura retal do seu gato a todo o momento enquanto aplica as compressas e deixe de fazê-lo quando superar os 39ºC.

O calor deve diminuir lentamente e de forma gradual, não se esqueça que uma mudança drástica pode afetar gravemente os seus órgãos internos.

O tratamento veterinário a aplicar dependerá da gravidade da situação e do dano que a insolação causou ao corpo do seu felino. Ao não existir um tratamento específico, o profissional agirá tentando minimizar os sintomas que observar. O prognóstico pode ser ou não favorável, tudo depende dos danos.

Insolação em gatos - Sintomas e primeiros socorros - Primeiros socorros e tratamento da insolação

Prevenção das insolações

No PeritoAnimal apelamos sempre à prevenção, esta ajuda-nos a evitar futuros maus momentos com o nosso pet. Uma insolação pode ser muito desagradável para ele e em alguns casos muito grave, por isso se o seu gato gosta muito de se expor ao sol, deve prepará-lo tanto a ele como ao seu ambiente.

Tenha sempre à sua disposição um bebedouro com água fresca em abundância. Coloque uma almofada ou uma cama em uma zona da casa que esteja sempre fresca, assim, quando se sentir saturado do sol, sabe que tem uma zona onde pode relaxar na sombra e evite que tenha acesso ao sol durante as horas de mais calor, entre as 12:00 e as 17:00.

Insolação em gatos - Sintomas e primeiros socorros - Prevenção das insolações

Queimaduras devido à exposição solar

Alguns gatos têm defeitos genéticos que os podem deixar predispostos a uma maior sensibilidade na pele, pelo que a exposição prolongada pode afetá-los em maior grau. Em alguns casos, expô-los demasiado ao sol poderia piorar condições já existentes como condições crônicas ou doenças autoimunes na pele e infecções parasitárias cutâneas.

Em resumo, os resultados dos danos causados pelo sol causam inflamação aguda na pele do animal, que se forem muito frequentes, podem levar a situações pré-cancerígenas, ou tumores na pele.

Esta condição é determinada por graus de intensidade que vão desde ardor na pele que, se não se proteger e reduzir, poderia passar a queimaduras parciais superficiais que costumam ser de primeiro grau, queimaduras parciais profundas (estas mais raras e graves) e as queimaduras profundas que se estendem por toda a pele e que podem envolver o tecido interno. No segundo e terceiro caso, a visita ao veterinário é fundamental.

Com as queimaduras parciais a pele do gato ficará com um tom avermelhado, para além de irritada e sensível ao tato. Embora seja superficial não quer dizer que o animal não sinta incômodos e até dor. Quando um gato tem sintomas de queimaduras solares, é importante não mexer nele demasiado. As queimaduras parciais profundas fazem com que em alguns casos aparecem bolhas e a sua pele estará realmente vermelha, este tipo de queimadura pode ultrapassar a primeira camada da pele. Fique atento ao estado do couro cabeludo do seu pet.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Insolação em gatos - Sintomas e primeiros socorros, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Primeiros socorros.

Escrever comentário sobre Insolação em gatos - Sintomas e primeiros socorros

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Anna Beatriz Santos Ricarte
Isso é mt serio minha gata faleceu disso tô mt triste
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Anna Beatriz! A equipe do PeritoAnimal lamenta a perda e te muita deseja sorte!

Insolação em gatos - Sintomas e primeiros socorros
1 de 4
Insolação em gatos - Sintomas e primeiros socorros

Voltar ao topo da página