Partilhar

Encefalomielite equina: sintomas e tratamento

Encefalomielite equina: sintomas e tratamento

Ver fichas de  Cavalos

A encefalite ou encefalomielite equina é uma doença viral extremamente grave que afeta os cavalos e, também, o ser humano. As aves, mesmo que infetadas, apresentam a doença de forma assintomática e sem sofrer sequelas. Nesse artigo do PeritoAnimal, te contamos tudo o que se conhece sobre esse vírus que, na sua região endêmica - o continente americano - acabou com a vida de muitos cavalos.

Falaremos sobre a sintomatologia da encefalomielite equina em detalhe, o seu tratamento e a prevenção da infeção. Continue lendo para saber tudo sobre a doença:

Também lhe pode interessar: Gripe canina: causas, sintomas e tratamento

O que é encefalomielite equina

A encefalite equina ou encefalomielite equina é uma doença viral que pode afetar cavalos, aves e seres humanos, por isso falamos de uma zoonose.

Esta doença tem três variedades: a encefalomielite equina do leste (EEE), a encefalomielite equina do oeste (WEE) e a encefalomielite equina venezuelana (VEE), todas presentes no continente americano e provocadas por vírus do tipo Alphavirus.

Encefalomielite equina: sintomas e tratamento - O que é encefalomielite equina

Encefalomielite equina: causas

Os vírus causantes da encefalite equina pertencem todos ao mesmo gênero. Esses vírus são muito pouco resistentes no meio externo, pelo que não tardam muito em desnaturalizar-se quando não estão infetando um corpo.

Em princípio, esses vírus vivem no interior de alguns gêneros de mosquitos que apenas parasitam certas aves silvestres e domésticas que são reservatórios da doença, sempre assintomática, nunca picam o ser humano ou outro mamífero. O problema surge quando as temperaturas sobrem na região onde vivem e aparecem outros gêneros de mosquitos que não sobrevivem a temperaturas baixas. Estes novos mosquitos picam tanto aves como mamíferos, transmitindo a doença entre eles.

Sintomas de encefalomielite equina

Os sintomas de encefalomielite equina são como qualquer outra encefalite. A encefalomielite equina do leste (EEE), normalmente, é uma doença mais curta e mortífera. O aparecimento e desenvolvimento dos sintomas são:

  • Febre alta.
  • O cavalo deixa de comer.
  • Aparece uma depressão no animal.
  • A sua cabeça mostra uma posição caída em relação ao corpo.
  • Os lábios e os lábios permanecem flácidos.
  • A visão se vê alterada.
  • O cavalo coloca as suas patas de forma a estarem muito separadas umas das outras.
  • Surgem movimentos involuntários porque o cérebro começa a se inflamar.
  • Aparecem a ataxia, parexia e, finalmente, paralisia.
  • O animal deita-se, sofre uma convulsão e morre.

Encefalomielite equina: diagnóstico

Depois de observar os sintomas que um cavalo afetado por esse vírus demonstra, um veterinário pode considerar algum tipo de infeção que prejudica o sistema nervoso. No entanto, para determinar que é um vírus e, em concreto, o vírus que provoca a encefalite equina, é necessário realizar um isolamento viral em uma variedade de linhas celulares ou em ratos lactantes.

As amostras são recolhidas diretamente do líquido encefalorraquidiano dos animais afetados, embora também possam ser recolhidas amostras de tecido nervoso se o animal já morreu. Os testes ELISA ou a amplificação de ARN através de PCR são métodos rápidos de diagnóstico, usados em muitos laboratórios de forma comum.

Encefalomielite equina: sintomas e tratamento - Encefalomielite equina: diagnóstico

Encefalomielite equina: tratamento

Não existe um tratamento da encefalomielite equina em específico. Os antibióticos não são eficazes e não se conhece nenhum medicamento que atue como antiviral para esta doença. Em casos mais graves, é usado um tratamento paliativo e de apoio, como são a hospitalização do cavalo, assistência respiratória, fluido-terapia e prevenção de infecções secundárias.

Vacina contra encefalomielite equina

Para prevenir a infecção da encefalite equina, existem várias vias:

  • Vacinação sistemática de todos os cavalos com vacinas que levam o vírus atenuado ou outras com o vírus inativo. Em caso de dúvida, consultaremos o veterinário sobre as recomendações de plano de vacinas para equinos. Também se podem encontrar no mercado duas vacinas para uso humano.
  • Controle das pragas de mosquitos fumigando a zona, o que é pouco recomendável pois afeta outros artrópodos e demais animais que não têm qualquer relação com a doença. Será melhor usar repelentes locais mas altamente eficazes.
  • Uso de mosquiteiras, fumigação e higiene nos estábulos. Evitar águas paradas em bidões ou poças onde os mosquitos possam proliferar.

O uso correto de todos esses métodos de prevenção diminui bastante a possibilidade de aparecer uma epidemia de encefalite em cavalos.

Encefalomielite equina: sintomas e tratamento - Vacina contra encefalomielite equina

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Encefalomielite equina: sintomas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Doenças virais.

Bibliografia
  • De la Hoz, F. (2000). Encefalite equina Venezuelana. Revista MVZ Córdoba, 5(1), 18-22.
  • Morales, A. A., & Mendez, A. (2013). Las encefalitis esquinas: Una Revisión. Revista del Instituto Nacional de Higiene Rafael Rangel, 44(2), 51-60.
  • Valero, N., Larreal, Y., Arias, J., Espina, L. M., Maldonado, M., Melean, E., ... & Morell, P. (2004). Seroprevalencia de la Encefalitis Equina Venezolana en una población de équidos del estado Zulia, Venezuela, 1999-2001. Revista Científica, 1(1), 0.

Escrever comentário sobre Encefalomielite equina: sintomas e tratamento

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Vera Lúcia
Encefalomielite equina artigos

Encefalomielite equina: sintomas e tratamento
1 de 4
Encefalomielite equina: sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página