Partilhar
Partilhar em:

Convivência entre cães machos e fêmeas

Convivência entre cães machos e fêmeas

Ver fichas de  Cachorros

Os amantes dos cachorros podem afirmar que compartilhar a sua vida com um destes animais é, sem dúvida, uma das melhores decisões que puderam tomar, então podemos afirmar também que compartilhar a sua casa com mais de um cachorro é ainda melhor.

A verdade é que isto depende em grande parte de você e da educação que proporcionar aos seus pets, pois se não se comprometer com a grande responsabilidade que é ter mais de um cachorro, é possível que esta convivência seja desastrosa, em contrapartida, se o fizer de forma adequada, poderá desfrutar junto dos seus cachorros uma experiência maravilhosa.

Talvez esteja pensando em adotar cachorros de sexos diferentes e se esteja questionando sobre como é a convivência entre cachorros machos e fêmea. Continue lendo este artigo do PeritoAnimal e esclareça suas dúvidas.

Também lhe pode interessar: Adotar um cachorro macho ou fêmea?

Os machos e fêmeas costumam brigar?

São várias as diferenças entre cães e cadelas, mas é precisamente devido a estas diferenças que dois cães de sexos opostos se podem complementar na perfeição e ter uma convivência harmoniosa e pacífica.

De fato, as brigas entre machos e fêmeas são incomuns, pois a fêmea aceita de forma natural a territorialidade e dominância do macho, por sua vez o macho nunca atacaria a fêmea. No caso de ocorrer uma luta entre eles, esta seria mais perigosa para o macho, que ao se defender poderia acabar gravemente ferido pelo ataque da fêmea. No entanto, a convivência entre cachorros machos e fêmea vai depender de cada situação em concreto e da educação que ambos receberem.

A socialização é essencial

Um cachorro que não tenha sido socializado de forma adequada terá muitas dificuldades para se relacionar com outros cachorros (sejam eles machos ou fêmeas), com outros animais e com a sua família humana. Na ausência de uma socialização adequada, mais ainda quando esta ausência afeta ambos os cães, a convivência entre o cachorro macho e o cachorro fêmea pode ser muito complexa, afetando-os não só a eles mas também à família humana.

A socialização do cão é imprescindível para prevenir comportamentos indesejados, como por exemplo a agressividade e, a melhor opção é socializar o cão desde as suas primeiras fases de vida. Mas também deve saber que a socialização de um cão adulto também é possível.

Se quer conviver com um cão macho e outro fêmea o ideal é adotá-los ao mesmo tempo, caso contrário deverá introduzir o novo membro da matilha progressivamente e fazendo a apresentação em um ambiente neutro.

Deve castrar o macho se não quiser uma ninhada

Se não quer que os seus cães se reproduzam, é fundamental castrar o seu macho. Esta intervenção consiste na remoção dos testículos, conservando apenas a bolsa escrotal. Trata-se de uma cirurgia mais invasiva mas que oferece melhores resultados, uma vez que apenas através da castração se consegue eliminar o comportamento sexual do cachorro.

Se não castrar cão macho, cada vez que a fêmea entrar no cio tentará montá-lo, como a fêmea normalmente aceita o macho, poderá ocorrer uma reprodução não desejada, o que pode aumentar o abandono animal.

Não é imprescindível castrar ou esterilizar a fêmea para uma boa convivência entre cachorros machos e fêmeas, deve ter apenas em conta que se não o fizer poderá atrair outros cachorros próximos a ele quando entrar no cio.

Quer um casal que se reproduza? Pense bem nesta decisão

Pode ter um cão macho e outro fêmea com o objetivo de os reproduzir, mas antes de tomar esta decisão é importante refletir bastante para decidir de uma forma responsável e de respeito para com um animal:

  • Pode garantir que cada um dos filhotes será acolhido no seio de uma família humana que cubra todas as suas necessidades?
  • É consciente de que as famílias que acolherem um desses filhotes, muito provavelmente já não vão adotar um cachorro que está num canil ou abrigo esperando ser adotado?
  • Sabia que uma parte importante dos cães abandonados são cães considerados de raça pura?
  • Está preparando para cuidar da cadela durante a sua gravidez e parto?
  • Está disposto a proporcionar aos filhotes os cuidados que precisam?

Se ao responder a estas perguntas tem dúvidas, então ter um casal com o objetivo de se reproduzirem pode não ser uma boa opção. Poderá desfrutar igualmente dos seus cães sem a necessidade os cruzar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Convivência entre cães machos e fêmeas, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de O que precisa saber.

Comentários (2)

Escrever comentário sobre Convivência entre cães machos e fêmeas

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
Karine
Olá, meu nome e karine e tenho uma dúvida, minha femea teve cria no dia 25 de agosto e eu não faço ideia de quando posso reaproximar o macho dela e dos filhotes, poderia me dizer com exatidão o tempo por favor? Obrigada.
RENATA APARECIDA DE LIMA BARBOSA DE SOUZA
TENHO 4 CACHORROS MACHOS SENDO ( 1 POODLE, 1 FOX PAULISTINHA, UM MIX DE SRD E PIT BULL, 1 SHANNAUZZER) , AGORA ADOTAMOS 2 SHIT UZU.
COMO DEVEMOS PROCEDER PARA QUE NÃO OCORRA BRIGAS. A CASTRAÇÃO DEVE OCORRER NAS FEMEAS OU MACHOS. NO CASO DAS FEMEAS EM QUAL IDADE.
Mariana Castanheira (Editor de PeritoAnimal)
Oi Renata! Temos dois artigso que podem ajudar. Em relação à convivência entre machos e as fêmeas leia este nosso artigo: https://www.peritoanimal.com.br/convivencia-entre-caes-machos-e-femeas-21388.html Sobre qual a melhor idade para castrar, também temos um artigo só a falar dessa matéria: https://www.peritoanimal.com.br/qual-a-melhor-idade-para-castrar-um-cao-machos-e-femeas-21634.html. Obrigada por seguir o PeritoAnimal!

Convivência entre cães machos e fêmeas
1 de 5
Convivência entre cães machos e fêmeas