Partilhar

Convivência do Border Collie com outros cachorros

Vanessa Lopes
Redatora do PeritoAnimal
Convivência do Border Collie com outros cachorros

Ficha do animal: Border Collie

Se é amante dos cachorros, de certeza que lhe é familiar a classificação da inteligência dos mesmos que realizou Stanley Coren. Nesta, o Border Collie, cachorro pastor por excelência, aparece em primeiro lugar, considerando-se a raça canina com maiores níveis de inteligência, uma vez que é capaz de compreender novas ordens com menos de 5 repetições e obedece bem à primeira em 95% das vezes.

No entanto, além da sua inteligência o Border Collie possui outras caraterísticas que o tornam um cachorro admirado e desejado por muitos, como a sua aparência média e de tons brancos e pretos, e o seu comportamento caraterizado por uma grande curiosidade.

Está pensando em adotar um Border Collie ou já tem um em sua casa? Se gosta de cachorros, saiba que é preferível ter dois ao invés de apenas um, por isso neste artigo do PeritoAnimal vamos-lhe falar da convivência do Border Collie com outros cachorros.

Também lhe pode interessar: Cuidados do Border Collie

O comportamento do Border Collie

O comportamento e caráter de uma raça canina define, em parte, a possibilidade de poder conviver em harmonia com outros pets, neste caso com outros cachorros. No entanto, a educação e, mais concretamente, a socialização será o fator chave que fará com que o nosso cachorro possa coabitar com outros de forma harmoniosa.

Como referimos inicialmente, o Border Collie é um cachorro que possui uma grande curiosidade. A melhor forma de canalizar o instinto de vaguear é proporcionando-lhe diariamente uma boa dose de exercício físico e estimulação mental. Estes devem ser os principais cuidados do Border Collie, uma vez que se trata de uma raça de pastoreio que precisa de atividade física em espaços abertos e um teste completo às suas capacidades.

Trata-se de um cachorro muito tenaz, mas ao mesmo tempo leal com o seu dono, com o qual cria um vínculo emocional muito forte. O Border Collie é dócil, sociável e carinhoso, mas também se mantém desperto e alerta, sendo um grande vigilante.

O comportamento do Border Collie

O Border Collie pode conviver com outros cães?

Claro que sim, embora deva ser uma prioridade para o dono certificar-se que esta convivência é harmoniosa e, não coloca em causa o bem-estar de nenhum dos cachorros que vivem em casa.

O Border Collie costuma ser amável inclusive com cachorros estranhos, mas esta virtude não ocorre em excesso, no entanto é uma boa raça se o que você deseja é adotar mais de um cachorro. Neste caso, é sempre preferível a convivência desde que ambos sejam filhotes, mas também pode ser muito interessante observar como se conhecem e interagem dois cachorros adultos.

Se, pelo contrário, a convivência ocorrer entre um cachorro adulto e um filhote novo, deverá ter em conta várias regras para evitar qualquer tipo de comportamento indesejado, como por exemplo os ciúmes.

O Border Collie pode conviver com outros cães?

Com que cachorros pode conviver um Border Collie?

Se a socialização do Border Collie se tiver levado a cabo de forma adequada, este poderá conviver com qualquer outro cachorro, no entanto deve ter em conta que o Border Collie é um cachorro muito ativo. O que isto significa?

Se escolher outra raça canina cujas necessidades sejam muito diferentes das do Border Collie e cuja energia seja muito baixa, terá dois cachorros com necessidades completamente diferentes e talvez o cuidado adequado de ambos se torne mais difícil.

Em contrapartida, se tem outro cachorro cuja energia é mais idêntica à do Border Collie, o cuidado de ambos os animais será mais simples, uma vez que as suas necessidades serão muito parecidas.

Entre as raças de cachorros mais ativas podemos destacar o Fox Terrier, o Dálmata, o Yorkshire Terrier, o Beagle, o Setter Irlandês, entre outras. No entanto, lembre-se que um vira lata que poderá encontrar em um refúgio também pode ter altas necessidades de energia. Especialmente se tem um cachorro adulto e deseja adotar outro também adulto, não hesite em ir até um centro de acolhimento e encontrar o companheiro perfeito.

Com que cachorros pode conviver um Border Collie?

Se deseja ler mais artigos parecidos a Convivência do Border Collie com outros cachorros, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de O que precisa saber.

Escrever comentário sobre Convivência do Border Collie com outros cachorros

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Lais
Boa tarde! gostaria de tirar uma dúvida, tenho um Pit Bull já adulto de 13 anos, ele é super dócil, porem vive sozinho sem a companhia de outro animal, e eu ganhei um Border collie de 10 meses de idade, porém ainda não está comigo, será que eles podem conviver bem?
ou pelo fato do meu Pit não ter convivido antes com outros cães não é recomendavel eu arriscar de colocar os dois juntos?
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Lais! A introdução deles deve ser muito progressiva e com todos os cuidados para que tudo corra bem. Este artigo tem várias dicas: https://www.peritoanimal.com.br/introduzir-um-novo-cao-em-casa-21342.html

Convivência do Border Collie com outros cachorros
1 de 4
Convivência do Border Collie com outros cachorros
Voltar ao topo da página