menu
Partilhar

Cachorro pode comer acelga?

 
Por Cristina Pascual, Veterinária. 23 maio 2022
Cachorro pode comer acelga?

Ver fichas de  Cachorros

A acelga é uma planta herbácea da família Chenopodiaceae que começou a ser cultivada em 800 AC pelos assírios da Alta Mesopotâmia. Ao longo da história, ela foi reconhecida por um grande número de benefícios medicinais. É também uma verdura altamente recomendado para pessoas em dietas de emagrecimento, pois dá a sensação de saciedade, é nutritiva e tem poucas calorias. Mas você sabe se cachorro pode comer acelga?

Se você quer descobrir os benefícios da acelga para os cães, quantidades e como oferecer a planta aos caninos, continue lendo este artigo do PeritoAnimal!

Também lhe pode interessar: Cachorro pode comer espinafre?

Cachorro pode comer acelga?

Embora muita gente não goste dela, a acelga é uma verdura de alto valor nutritivo e baixas calorias que proporciona inúmeros benefícios nutricionais. Além de seu alto teor de fibras, vitaminas e minerais, ela têm um efeito laxante e digestivo, razão pela qual é frequentemente incluída nas dietas de emagrecimento das pessoas, pois são altamente saciantes e com baixo teor de calorias.

E sim, cachorro pode comer acelga, pois ele também pode tirar proveito dos grandes benefícios nutricionais desta verdura. Entretanto, é importante levar em conta algumas considerações que explicamos abaixo, para evitar que sua ingestão tenha um efeito negativo sobre a saúde dos cães:

  • A celga possui ácido oxálico: como outros vegetais de folhas verdes, como espinafre e alface, a acelga contém ácido oxálico que, quando combinado com o cálcio, forma oxalato de cálcio. Este sal pode se agregar na urina e provocar pedras nos rins de oxalato de cálcio.
  • Contém nitratos: os nitratos não são altamente tóxicos por si mesmos, porém, após a ingestão são convertidos pelo organismo em nitritos, o que pode causar um distúrbio sanguíneo conhecido como meta-hemoglobinaemia.

Para evitar estes efeitos negativos na saúde do cachorro, recomendamos que você leia as seções seguintes, nas quais discutiremos como e em que quantidade o cachorro pode comer acelga sem qualquer risco.

Benefícios da acelga para cachorros

O alto valor nutricional da acelga deve-se, entre outras coisas, ao seu alto teor de fibras, vitaminas e minerais. Os principais benefícios nutricionais da acelga incluem os seguintes:

  • A acelga é uma excelente fonte de fibra solúvel: embora o sistema digestivo dos cães não possa digerir a fibra, ela é um nutriente essencial em sua dieta. Em outras palavras, a fibra adiciona volume à ração, cria uma sensação de saciedade, contribui para a manutenção da microbiota intestinal, regula o trânsito intestinal e a consistência das fezes. Não hesite em dar uma olhada neste outro artigo sobre fibras em cães, sua importância, alimentos e suplementos, aqui.
  • Tem um baixo valor energético: isto a torna um ingrediente adequado para animais que requerem uma dieta de baixo consumo de energia, como cães com excesso de peso.
  • Fornece quantidades significativas de vitaminas, em particular vitamina A, vitamina C, vitamina B9 (folatos) e vitamina B3 (niacina).
  • É rica em minerais: fornecem quantidades significativas de iodo, ferro e magnésio. Embora em menor grau, eles também contêm potássio e cálcio.
  • Possui luteína: um caroteno que é benéfico para a preservação da acuidade visual e impede o desenvolvimento de catarata.
Cachorro pode comer acelga? - Benefícios da acelga para cachorros

Como dar acelga para o cachorro

O cachorro pode comer acelga se, antes, você lavá-la bem com muita água para remover quaisquer contaminantes ou pesticidas que possam estar presentes na superfície.

O pet muito provavelmente vai rejeitar a acelga crua, por isso recomendamos que você a cozinhe. Assim, aconselhamos que você a ferva, pois este processo tem uma vantagem importante. Como mencionado nas seções anteriores, a acelga contém ácido oxálico, que pode ter consequências negativas para o sistema urinário de um cão. Entretanto, durante o processo de ebulição, os oxalatos ficam no caldo, reduzindo assim o conteúdo deste antinutriente no vegetal.

Uma vez cozida e drenada, você pode misturar a acelga com a ração do cachorro ou com comida caseira, dependendo de como você o alimenta.

Como diretriz, você pode incluir esta verdura uma vez por semana na ração do cachorro. Se estamos falando de:

  • Um cachorro pequeno: dê a ele 1-2 folhas, pois será suficiente, dependendo do tamanho da folha.
  • Um cachorro grande: não mais que 3-4 folhas.

Em qualquer caso, recomendamos que você consulte um veterinário antes de introduzir qualquer alimento novo na dieta do cachorro, a fim de evitar qualquer risco à saúde.

Cachorro pode comer acelga? - Como dar acelga para o cachorro

Contraindicações da acelga para cachorros

Embora a acelga seja uma verdura adequada para cães, existem certas situações em que seu uso pode ser contra-indicado. Especificamente, o uso deste vegetal deve ser evitado nos seguintes casos:

  • Cães com alergias ou intolerâncias alimentares.
  • Cães com patologias digestivas ou com um sistema digestivo particularmente sensível às mudanças na alimentação.
  • Cães com problemas renais: especialmente se eles têm pedras urinárias ou têm tendência a formá-las.
  • Cães machos de raça pequena: como o schnauzer miniatura, chihuahua ou yorkshire terrier, pois eles têm maior tendência a formar pedras de oxalato de cálcio.
  • Cães com anemia.

Agora que você já sabe como o cachorro pode comer acelga, não perca o vídeo a seguir em que listamos 10 frutas e legumes proibidos para os cachorros:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cachorro pode comer acelga?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Dietas caseiras.

Bibliografia
  • Agencia Española De Seguridad Alimentaria y Nutrición (AESAN). Recomendaciones de consumo para la población infantil por la presencia de nitratos en hortalizas de hoja.
  • Fundación Vasca para la Seguridad Alimentaria (ELIKA). (2013). Sustancias indeseables en alimentación animal: nitritos
  • Ministerio de Agricultura, Pesca y Alimentación. Acelga; Beta vulgaris var. Cycla. Disponível em: <https://formacion.intef.es/pluginfile.php/176598/mod_imscp/content/13/34-acelga.pdf>. Acesso em 9 de maio de 2022.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Cachorro pode comer acelga?
1 de 3
Cachorro pode comer acelga?

Voltar ao topo da página