menu
Partilhar

Animais que não cuidam dos filhotes

 
Por Nick A. Romero H., Biólogo e educador ambiental. 11 fevereiro 2023
Animais que não cuidam dos filhotes

O cuidado parental é um processo que consiste na proteção que os animais proporcionam aos seus filhotes. É fundamental em muitos casos porque sem ele os filhos não sobreviveriam, já que várias espécies dependem totalmente de seus pais ao nascer. No entanto, isso não é uma regra, pois há animais que abandonam seus filhotes, que devem se defender desde o momento em que nascem.

Continue lendo este artigo do PeritoAnimal para conhecer diversos animais que não cuidam dos filhotes.

Também lhe pode interessar: Animais que cuidam dos filhotes

Tubarões

Entre os animais que não cuidam de seus filhotes e, portanto, que podem ser considerados os "piores" pais e mães do reino animal, temos os tubarões ("piores" do ponto de vista humano, visto que no mundo animal existem muitos tipos de relações desenvolvidas para garantir a sobrevivência da espécie, e todas elas são válidas). Esses vertebrados, dependendo da espécie, podem ser:

  • Ovovivíparos, como o tubarão-elefante (Cetorhinus maximus)
  • Ovíparos, como o tubarão-chifre (Heterodontus francisci)
  • Ou vivíparos, como o grande tubarão-martelo-panã (Sphyrna mokarran).

Em qualquer um dos casos citados, nenhum dos pais oferece proteção ou cuidado aos filhotes após o nascimento. Na verdade, quando os ovos ou filhotes saem do corpo da mãe, os pais já se afastam e não chegam a ter mais contato, abandonando os futuros filhotes.

Não deixe de ler nosso artigo sobre tipos de tubarão - espécies e suas características.

Animais que não cuidam dos filhotes - Tubarões

Borboletas

Outro grupo de animais que não cuidam dos filhotes são as borboletas. Esses insetos alados realizam reprodução sexuada com fecundação interna. Após o acasalamento, a fêmea armazena os espermatozoides até localizar uma planta apropriada para liberar seus óvulos à medida que são fertilizados.

Ainda que nenhum dos pais se importe com nenhuma das fases pelas quais seus descendentes passarão, as fêmeas procuram escolher uma planta que proteja os ovos e que sirva de alimento para as larvas após seu nascimento. Desse modo, podemos afirmar que são animais que abandonam seus filhotes, mas que antes de fazer isso, buscam uma certa forma de sobrevivência para eles.

Animais que não cuidam dos filhotes - Borboletas

Megápodos

As aves caracterizam-se por serem animais que oferecem um cuidado intenso e constante aos seus filhotes, porém há uma exceção: um grupo conhecido como megápodes, aves que lembram as galinhas, porém são maiores devido ao comprimento de suas patas. Também são conhecidos como construtores de montículos porque não incubam seus ovos, colocando-os, na verdade, em aglomerados de vegetação em decomposição para serem chocados pelo calor lá produzido. Da mesma forma, podem aproveitar o calor do sol, que aumenta a temperatura da areia onde são colocados, ainda que também possam ser colocados em poços rasos para obterem aquecimento geotérmico.

Uma vez que há a eclosão dos ovos, os filhotes vêm à superfície totalmente prontos para se alimentar e voar, razão pela qual não recebem cuidados por parte dos pais.

Animais que não cuidam dos filhotes - Megápodos

Camaleões

Os camaleões são um tipo de lagarto e, como geralmente acontece entre eles, também são animais que não cuidam dos filhotes. A maioria desses répteis possui uma reprodução ovípara. Após a fêmea ter copulado com vários machos, e transcorrido aproximadamente um mês, ela desce ao chão e cava um buraco para depositar seus ovos. Feito isso, a fêmea se afasta e a incubação ocorre de forma passiva, sem nenhum dos pais.

Apenas o camaleão-de-jackson (Chamaeleo jacksonii) é uma espécie vivípara, porque a fêmea dá à luz aos filhotes totalmente desenvolvidos e prontos para serem independentes, mas de todo modo não cuida deles sendo, também, um dos animais que abandonam seus filhotes.

Animais que não cuidam dos filhotes - Camaleões

Cobras

No reino dos répteis encontramos as peculiares cobras, que exibem diversas formas de reprodução, mas todas têm fertilização interna. Por exemplo, algumas delas, como as pítons, são ovíparas, enquanto as cascavéis são ovovivíparas e, as jiboias-constritoras, vivíparas. Em geral, as cobras não cuidam dos ovos nem das crias, motivo pelo qual também podem ser consideradas uma das piores mães do reino animal.

Apesar disso, há exceções nas pítons e na cobra-real (Ophiophagus Hannah), que não abandonam os ovos até eclodirem.

Animais que não cuidam dos filhotes - Cobras

Corais

Corais são animais que pertencem ao grupo dos invertebrados, vivendo no mar. Eles podem se reproduzir de forma sexuada ou assexuada. No caso da reprodução sexuada, o ciclo geral envolve a que primeiro ocorra a liberação de gametas na água, seguida pela fertilização e formação de embriões que se transformam em plânulas. Em seguida, as plânulas se fixam em uma superfície e se metamorfoseiam para dar origem aos pólipos, que podem se reproduzir assexuadamente e formar uma colônia quando chegarem à maturidade. Também não encontramos nesse tipo de invertebrado cuidado parental.

Nesse outro artigo abordamos de forma aprofundada o tema tipos de corais: características e exemplos.

Animais que não cuidam dos filhotes - Corais

Carrapatos

Os carrapatos são um tipo de aracnídeo amplamente conhecido por parasitar outros animais como cães ou gatos, entre muitos outros. Em geral, eles se reproduzem com vários parceiros simultaneamente, e o acasalamento ocorre no hospedeiro do qual se alimentam do sangue.

Carrapatos maiores podem colocar mais de 15.000 ovos. Uma vez que os colocam no hospedeiro, não há cuidado algum com os ovos, tampouco nas fases subsequentes do ciclo de vida (larva, ninfa e adulto). Em geral, as fêmeas dos carrapatos morrem após colocar ovos.

Neste artigo falamos sobre os tipos de carrapato de cachorro.

Animais que não cuidam dos filhotes - Carrapatos

Anêmonas

As anêmonas-do-mar são um tipo de cnidário que vive em ambientes aquáticos. Esses animais que também não cuidam dos filhotes podem ter sexos separados ou terem hermafroditismo sequencial, isto é, podem mudar de sexo. A reprodução pode ser sexuada ou assexuada. Na primeira, os machos liberam espermatozoides, estimulando as fêmeas a liberarem os óvulos, ocorrendo então a fertilização. Normalmente, os gametas saem pela boca do animal e, após a fusão, o ovo se desenvolve em uma plânula, que tem vida livre até se fixar em algum lugar. Uma vez lá, acontece a metamorfose que dá origem a uma jovem anêmona.

Uma exceção ao descrito pode ser observado no morango-do-mar (Actinia equina), que mantém os embriões dentro do corpo até que as plânulas se desenvolvam. Após seu desenvolvimento, as libera.

Animais que não cuidam dos filhotes - Anêmonas

Caranguejos

Os caranguejos são crustáceos que, conforme a espécie, podem ser aquáticos ou terrestres. De forma geral, possuem fecundação interna, que ocorre quando a fêmea muda o exoesqueleto e sua pele amolece, de forma que os espermatozoides são introduzidos pelo macho para fecundar os ovos. Após isso, os ovos são protegidos na região abdominal da mãe até se desenvolverem e formarem as larvas, liberadas na água, incluindo nas espécies terrestres, e terão liberdade para completar seu desenvolvimento até a fase adulta.

Em resumo, os caranguejos cuidam dos ovos, mas não dos filhotes ao nascer. Por isso, eles também estão na lista de animais que abandonam seus filhotes.

Animais que não cuidam dos filhotes - Caranguejos

Panda-gigante

Mamíferos são caracterizados por passarem muito tempo cuidando de suas crias, que precisam de leite materno para se desenvolver adequadamente. No entanto, o panda-gigante (Ailuropoda melanoleuca) tem algo peculiar que o inclui nessa lista de animais que não cuidam dos filhotes.

Por um lado, os machos não participam do cuidado da cria, então são considerados um dos piores pais do reino animal. Por outro lado, é muito comum que as fêmeas tenham gêmeos e, quando isso acontece, a mãe seleciona o recém-nascido mais forte para cuidar, abandonando o outro, que acaba morrendo por falta de alimento.

Estima-se que isso acontece porque as fêmeas não conseguem produzir leite suficiente para duas crias e, por isso, cuidar de duas as sobrecarregaria, podendo levar até mesmo a perda de ambos os filhotes por não serem alimentados corretamente. Portanto, ainda que para os seres humanos possa parecer cruel, a natureza é sábia e tem suas razões para tudo.

Conheça mais curiosidades sobre pandas.

Animais que não cuidam dos filhotes - Panda-gigante

Outros animais que não cuidam dos filhotes

Já vimos nos exemplos anteriores que existem muitas razões que levam determinadas espécies de animais a abandonarem seus ovos ou filhotes recém-nascidos, sem que isso represente um perigo para a sobrevivência dos pequenos. Como já mencionamos, cada espécie desenvolveu seus próprios mecanismos de sobrevivência e devemos respeitá-los, cuidando de seu habitat para não perturbá-los.

Além dos anteriormente mencionados, apresentamos a seguir uma lista de outros animais que não cuidam dos filhotes ao nascerem:

  • Poliquetas (vermes marinhos).
  • Enguias-dos-pântanos.
  • Sanguessugas.
  • Platelmintos (vermes planos).
  • Nematoides (vermes minúsculos).
  • Ouriços-do-mar.
  • Plumas-do-mar.
  • Esponjas.
  • Pé-de-crista-cristalino.
  • Percebes.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Animais que não cuidam dos filhotes, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Animal Diversity Web (2020). Disponível em: <https://animaldiversity.org>. Acesso em 8 de fevereiro de 2023.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Animais que não cuidam dos filhotes
1 de 11
Animais que não cuidam dos filhotes

Voltar ao topo da página