menu
Partilhar

Tipos de lagartos - Exemplos e características

 
Por Nick A. Romero H., Biólogo e educador ambiental. 27 novembro 2020
Tipos de lagartos - Exemplos e características

Existem mais de 5.000 espécies de lagartos no mundo. Alguns possuem poucos centímetros, como as populares lagartixas e, outros, podem ultrapassar 3 metros de comprimento, da cauda à cabeça. Biologicamente, os lagartos pertencem especificamente à ordem Squamata (répteis com escamas) e à subordem Lacertilla e muitos deles têm inclusive a capacidade de hibernar.

Neste artigo do PeritoAnimal, apresentamos diferentes tipos de lagartos, destacando suas principais características com exemplos e fotos de lagartixas, iguanas, camaleões e o curioso dragão de Komodo. Boa leitura!

Também lhe pode interessar: Lagartos venenosos - Tipos e fotos

Lagartos do grupo Dibamidae

Esta família é constituída por espécies nas quais houve redução considerável de suas extremidades. Os machos possuem pequenas extremidades traseiras, as quais utilizam para cortejar a fêmea no momento do acasalamento. Por outro lado, os lagartos do grupo Dibamidae são de tamanho pequeno, possuem corpos cilíndricos alongados, são cegas e não possuem dentes.

Além disso, estão adaptadas para cavar no solo, já que seu habitat é subterrâneo, podendo viver debaixo de rochas ou árvores que tenham caído ao chão. Este grupo é composto por 10 espécies distribuídas em dois gêneros: dibamus (o qual contém quase todas as espécies) e anelytropsis. O primeiro grupo habita florestas asiáticas e da Nova Guiné, enquanto que o segundo somente está presente no México. Um exemplo que temos é a espécie Anelytropsis papillosus, que é conhecida comumente como lagarto-cego-mexicano, um dos tipos de lagartos mais curioso por fugir dos padrões popularmente conhecidos destes animais.

Tipos de lagartos - Exemplos e características - Lagartos do grupo Dibamidae

Lagartos do grupo Iguania

Com este grupo tem havido certa controvérsia em relação à sua classificação dentro dos tipos de lagartos. No entanto, existe um acordo de que eles também representam o grupo Lacertilla e que, geralmente, são arborícolas, embora alguns sejam terrestres, com línguas rudimentares e não preênseis, exceto nos camaleões. Algumas famílias têm como habitats exclusivamente Europa, África, Ásia e Oceania, enquanto outras se encontram também nas Américas.

Dentro da família Iguanidae, podemos mencionar algumas espécies representativas como a iguana verde ou comum (Iguana iguana), que pode alcançar até 2 metros de comprimento e é fundamentalmente arborícola graças às suas fortes garras. Outra espécie que faz parte das iguanas é o lagarto-de-colar (Crotaphytus collaris), que se distribui por parte dos Estados Unidos e México.

Dentro do grupo Iguania também encontramos os popularmente conhecidos como camaleões, com mais de 170 espécies e possuindo como um traço peculiar poder trocar de cor, além de ter boa capacidade de se fixarem nos galhos das árvores. Algumas espécies peculiares, por terem pequenos tamanhos, se agrupam em Brookesia spp. (Camaleões-folha), sendo próprios de Madagascar. Também é interessante conhecer um grupo do gênero Draco, conhecidos como lagartos voadores ou dragões voadores (por exemplo, Draco spilonotus), devido à presença de membranas laterais ao corpo que permitem a eles grande estabilização ao percorrer longas distâncias entre árvores. Estas espécies de lagartos se destacam por suas cores e formas.

Neste outro artigo do PeritoAnimal você descobre quais são as doenças mais comuns entre as iguanas.

Tipos de lagartos - Exemplos e características - Lagartos do grupo Iguania

Lagartos do grupo Gekkota

Este tipo de lagarto é composto pelas famílias Gekkonidae e Pygopodidae, e entre ambas se compreende mais de 1.200 espécies das famosas lagartixas. Podem apresentar extremidades pequenas ou inclusive não ter extremidades.

Por outro lado, estes tipos de lagartixas se concentram comumente em zonas tropicais e são bastante comuns no Brasil, especialmente no habitat urbano, já que devido ao seu pequeno tamanho, formam parte de muitos lares, se alimentado de insetos que frequentam as casas. A espécie de lagartixa Sphaerodactylus ariasae é característica por ser um dos menores répteis do mundo e, ao contrário desta, temos a espécie (Gonatodes daudini), que é atualmente um dos répteis ameaçados de extinção.

Tipos de lagartos - Exemplos e características - Lagartos do grupo Gekkota

Lagartos do grupo Scincomorpha

As espécies de lagartos do grupo Scincomorpha são um dos grupos mais numerosos, com uma importante variedade de espécies, especificamente a famímila Scincidade. Seu corpo é fino e a cabeça não está bem delimidata. Possuem, além disso, extremidades pequenas e uma língua simples. Várias espécies possuem caudas longas e finas, as quais podem se desprender para distrair seus predadores, como é o caso da lagartixa de parede (Podarcis muralis), que geralmente habita os espaços humanos.

Por outro lado, também de forma característica está a família Gymnophtahalmidae, que é comumente chamada de lagartos-de-lentes, já que podem ver com os olhos fechados, devido ao fato do tecido das suas pálpebras inferiores ser transparente, sendo considerados um dos tipos de lagarto mais curiosos.

Tipos de lagartos - Exemplos e características - Lagartos do grupo Scincomorpha

Lagartos do grupo Varanídeos

Neste grupo encontramos uma das espécies mais representativas entre os tipos de lagartos: o Dragão de Komodo (Varanus Komodoensis), o maior lagarto do mundo. A espécie Varanus varius é também um lagarto de grande tamanho que habita a Austrália e tem a capacidade de ser terrestre e arborícola, apesar de seu tamanho.

Por outro lado, um representante venenoso deste grupo é a espécie Heloderma suspectum, o monstro de gila, que é muito temido por seu veneno, mas que não costuma ser um animal agressivo, por isso não representa uma ameaça ao ser humano.

Tipos de lagartos - Exemplos e características - Lagartos do grupo Varanídeos

Os lagartos correm perigo de extinção?

Os répteis em geral, assim como todos os animais, devem ser valorizados e respeitados, não somente porque cumprem funções importantes dentro dos ecossistemas, senão pelo valor intrínseco que possuem todas as formas de vida do planeta. No entanto, diferentes tipos de lagartos sofrem constantemente a pressão dos problemas ambientais atuais, devido à destruição de seu habitat ou pela caça destes répteis por diversos motivos. É assim que muitos se encontram dentro da lista vermelha de espécies ameaçadas de extinção.

Apesar de algumas destas espécies de lagartos poderem ser venenosas e ser necessário manter cuidado para evitar acidentes, a maioria é inofensiva e eles não representam nenhum tipo de perigo para os humanos.

No seguinte vídeo você descobre várias características do dragão de Komodo:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Tipos de lagartos - Exemplos e características, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Flores-Villela, O., García-Vázquez, U. (2014). Biodiversidad de reptiles en México. Revista Mexicana de Biodiversidad, 85(1), 467-475. Disponible en: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1870345314707249
  • Peña Joya, K. E., Téllez López, J., Quijas, S., Cupul-Magaña, F. G. (2018). Análisis cienciométrico de los estudios sobre las comunidades de lagartijas (Reptilia: Squamata) y los atributos del hábitat. Acta Universitaria, 28(6), 58-67. doi: 10.15174/au.2018.1931.
  • UCL. (2003). Vertebrate Diversity. UCL. Disponible en: https://www.ucl.ac.uk/museums-static/obl4he/vertebratediversity/index.html

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Tipos de lagartos - Exemplos e características
1 de 6
Tipos de lagartos - Exemplos e características

Voltar ao topo da página