Partilhar

Animais com penas - espécies e características

Animais com penas - espécies e características

Mamíferos, aves, répteis, insetos, anfíbios, crustáceos, entre muitos outros. Há uma enorme diversidade de animais em todo o mundo. Embora cada espécie tenha características particulares que as ajudam a sobreviver em seu habitat, as características compartilhadas por elas contribui para sua classificação no reino animal.

Entre esses traços estão as penas. Você sabe quais espécies as possuem? E a qual classe elas pertencem? Uma coisa é certa: elas embelezam ainda mais a natureza com uma variedade de cores e formatos. Neste artigo do PeritoAnimal apresentamos para você os animais com penas - espécies de características. Boa leitura!

Também lhe pode interessar: Aves de rapina: espécies e características

Quais são os animais com penas?

Quando você pensa em penas, quais os animais que vêm à mente? Você provavelmente se lembra de espécies como o pato, a galinha, o beija-flor ou o papagaio. Agora, será que apenas as aves têm penas? A resposta a essa pergunta é sim. Hoje em dia somente as aves são animais que têm penas, esta é uma característica que permite que uma espécie seja incluída no grupo de aves.

No entanto, foi demonstrado que, no passado, algumas espécies de dinossauros também desenvolveram penas e as aves que conhecemos são descendentes deles. Atualmente, ainda não há uma conclusão definitiva sobre isso, mas tudo indica que as penas e pelos têm origem nas escamas que recobriam o corpo dos répteis ancestrais das aves e mamíferos.

Diferentes teorias afirmam pode ter havido um processo evolutivo que permitiu que algumas espécies de dinossauros voassem sobre as copas das árvores e ramos saltando, enquanto outras apontam para mecanismos de proteção térmica ou de atração durante a época de acasalamento.

Apesar disso, há evidências que apontam para dinossauros pertencentes ao grupo dos terópodes, como o famoso velociraptor, entre os primeiros ancestrais das aves modernas. Esta conclusão foi reforçada em 1996, quando um fóssil de un Sinosauropteryx foi descoberto com filamentos finos cobrindo seu corpo. As penas deste animal supostamente teriam evoluído das escalas. Da mesma forma, em 2009 foi descoberto um fóssil de Tianyulog, uma espécie cretácea, com amostras de cerdas em suas costas.

Para que servem as penas?

As penas são elementos essenciais para voar, mas esta não é a única função que elas desempenham. A pena é uma estrutura epidérmica feita de queratina, ou seja, é parte da pele. A queratina é a proteína responsável não apenas pela formação das penas, mas também das unhas, dos cabelos e das escamas. Como estas três, a pena está "morta", ou seja, não está presa ao corpo por vasos sanguíneos. Os acidentes mais graves que acontecem devido ao corte de penas ou unhas ocorrem quando uma pessoa inexperiente faz o corte atingindo o nervo.

O conjunto de penas é chamado de plumagem e, embora desempenhem um papel importante no vôo, nem todas as aves voam. Entre as funções das penas, estão:

  • Proporcionar propulsão e velocidade no vôo.
  • Reter o ar durante o vôo para que a ave possa planar
  • Eliminar ou diminuir a turbulência durante o vôo
  • Direcionar o vôo
  • Fornecer dinamismo e apoio
  • Proteger durante as diferentes estações e fases da vida (há uma plumagem de inverno, mais abundante e menos visível, e uma plumagem nupcial, colorida e visível, usada para a época de reprodução).
  • Distinguir entre machos e fêmeas (isto ocorre naquelas espécies onde há dimorfismo sexual, ou seja, as características físicas variam entre machos e fêmeas).
  • Permitir a camuflagem (a plumagem de algumas espécies simula as cores encontradas em seu habitat).
  • Afugentar os predadores (a cor brilhante de algumas plumagens é um método de defesa, indicando que a espécie pode ser perigosa).

Agora que você sabe para que servem as penas, lhe falaremos sobre alguns animais que têm penas e curiosidades sobre eles.

Animais com penas

Você já sabe quais são os animais com penas, ou seja, as aves. Agora vamos conhecer curiosidades sobre alguns deles:

  • Cuco
  • Colibri-abelha-cubano
  • Pato-mandarim
  • Flamingo
  • Bico-de-tamanco
  • Pássaro-lira soberba
  • Tucano
  • Pavão-indiano
  • Cisne
  • Pombo
  • Águia
  • Coruja

1. Cuco

O cuco ou cuco-canoro (Cuculus canorus) é um pássaro que pode ser encontrado na Ásia, Europa e África. As fêmeas desta espécie são parasitas porque têm uma forma curiosa de criar seus filhotes: em vez de construírem seus próprios ninhos, elas se aproveitam de já existentes de outras aves. Para essa escolha, elas levam em consideração o tamanho e a cor dessas outras aves.

Sem ser notada, ela se livra de um dos ovos presentes no ninho para deixar o dela no lugar. Ao nascer, o cuco também apresenta um comportamento traiçoeiro: ele instintivamente joga fora os demais ovos do ninho que ainda não eclodiram para que seja o único a ser alimentado.

Animais com penas - espécies e características - 1. Cuco

2. Colibri-abelha-cubano

Popularmente conhecido como beija-flor abelha (Mellisuga helenae), é uma espécie que vive em Cuba e é a menor ave do mundo. É caracterizada por uma plumagem vermelha e azul nos machos, enquanto as fêmeas exibem tons de verde e azul. Este beija-flor atinge apenas 5 centímetros na idade adulta.

Conheça a lenda maia do beija-flor neste outro artigo do PeritoAnimal.

Animais com penas - espécies e características - 2. Colibri-abelha-cubano

3. Pato-mandarim

Também conhecido por marreco-mandarim, sem dúvida é um dos animais de penas mais exóticas. O pato-mandarim (Aix galericulata) é uma ave nativa da China, Sibéria e Japão, mas também passou a ser encontrado na Europa.

Uma curiosidade sobre essa espécie é o dimorfismo sexual: as fêmeas têm uma plumagem marrom ou marrom com algumas áreas de creme ou branco, enquanto o macho exibe uma combinação de cores sem precedentes e única, uma mistura de creme, verde brilhante, azul, coral, roxo, preto e marrom avermelhado.

Animais com penas - espécies e características - 3. Pato-mandarim

4. Flamingo

Várias espécies do gênero Phoenicopterus são nomeadas sob o nome de Flamingo, caracterizadas por suas pernas longas, pescoço longo e esguio e plumagem rosa. No entanto, você sabia que esta cor de penas é resultado de sua alimentação? Ao nascer, os flamingos são brancos, mas sua dieta é baseada no consumo de plâncton e crustáceos, que contêm grandes quantidades de caroteno, um pigmento orgânico que fornece a cor característica de sua plumagem.

Você pode saber mais sobre isso no artigo porque o flamingo é rosa.

Animais com penas - espécies e características - 4. Flamingo

5. Bico-de-tamanco

Também conhecido por cegonha bico de sapato, o bico-de-tamanco (Balaeniceps rex) é um dos mais curiosos animais de penas existentes, pois é uma espécie de ave da ordem dos pelicanos que atrai a atenção por sua aparência peculiar. Ele tem um bico enorme cuja forma nos lembra um sapato, fato que deu origem a seu nome divertido. Pouco se sabe sobre seus hábitos ou população, pois raramente deixa os pântanos africanos onde vive.

Animais com penas - espécies e características - 5. Bico-de-tamanco

6. Pássaro-lira soberba

O magnífico pássaro-lira soberba (Menura novaehollandiae) é um pássaro nativo da Austrália. É uma espécie cantora que se destaca de outras deste tipo porque é capaz de imitar sons tão incríveis como o clique de um obturador de câmera ou o ruído feito por uma motosserra. É curioso também por sua aparência peculiar, especialmente a dos machos, que têm uma cauda muito marcante devido à variedade de sua plumagem.

Conheça também outros bichos da Oceania no artigo 35 animais da Austrália.

Animais com penas - espécies e características - 6. Pássaro-lira soberba

7. Tucano

O tucano é o nome dado às aves da família Ramphastidae, que habitam um grande território do México à Argentina. Além das belas cores que as caracterizam, elas mostram um comportamento curioso durante o ritual de acasalamento: tanto os machos como as fêmeas geralmente carregam ou jogam alimentos e galhos.

Animais com penas - espécies e características - 7. Tucano

8. Pavão-indiano

É um pássaro também chamado de pavão-azul que pode ser encontrado na Ásia e na Europa. A característica mais única do Pavo cristatus é a maravilhosa e colorida plumagem dos machos, caracterizada por suas cores azul e verde. Entretanto, existe uma versão ainda mais impressionante, o pavão branco. Esta plumagem é o produto de um gene recessivo e só aparece depois de cruzamentos muito bem selecionados.

Animais com penas - espécies e características - 8. Pavão-indiano

9. Cisne

Há muitas dúvidas sobre a habilidade de voar do cisne (Cygnus). Mas a resposta é simples: sim, cisne voa. Com hábitos aquáticos, os cisnes se distribuem em diversas áreas da América, Europa e Ásia. Embora a maioria das espécies existentes apresentem a plumagem branca, também existem algumas que ostentam plumas negras.

Assim como os patos, os cisnes voam e têm hábitos migratórios, pois se dirigem a áreas mais quentes quando chega o inverno.

Animais com penas - espécies e características - 9. Cisne

10. Pombo

É uma das aves mais comuns na maioria das cidades do mundo, chegando a ser considerado uma praga urbana. Originalmente, esta ave vem da Eurásia e África e tem cerca de 70 cm de envergadura de asa e de 29 a 37 cm de comprimento. O peso pode variar entre 238 e 380 g e, vivendo nas cidades, vivem, em média, 4 anos.

Animais com penas - espécies e características - 10. Pombo

11. Águia

As águias são aves de rapina diurnas que fazem parte da família Accipitridae, juntamente com os abutres. Elas são animais muito admirados pelos humanos, embora algumas pessoas possam achá-las aterrorizantes. Isto se deve à sua reputação como predadoras vorazes e, não menos importante, já que as características das águias estão intimamente relacionadas à sua grande capacidade de caçar.

Animais com penas - espécies e características - 11. Águia

12. Coruja

As corujas pertencem à ordem Strigiformes e são aves de rapina carnívoras e noturnas, embora algumas espécies possam ter mais atividade durante o dia. As pernas de muitas espécies são cobertas por penas, quase sempre de coloração parda, cinza e marrom. Elas habitam todos os tipos de habitats, desde lugares muito frios no hemisfério norte a florestas tropicais. Corujas têm uma visão espetacular e, graças ao formato de suas asas, que lhes permite excelentes manobras aéreas, muitas espécies podem caçar suas presas dentro de florestas frondosas.

Animais com penas - espécies e características - 12. Coruja

Animais com penas que não voam

Embora as penas sejam elementos indispensáveis durante o vôo, há alguns animais com penas que não voam, ou seja, são aves não voadoras. Estes são alguns dos mais curiosos e marcantes:

  • Kakapo
  • Pinguim
  • Avestruz
  • Kiwi
  • Casuar
  • Cormorão

1. Kakapo

O kakapo ou também caçapo (Strigops habroptila) é uma espécie de papagaio sem vôo endêmico da Nova Zelândia. É uma ave noturna que mede 60 centímetros e pesa cerca de 4 quilos. Tem uma plumagem verde musgo e preta.

Atualmente existem menos de 200 espécimes vivos, por esse motivo a Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais UICN considera a espécie em perigo crítico. Sua principal ameaça é a introdução de espécies invasivas não-nativas em seu habitat. Devido à sua incapacidade de voar, eles são mais fáceis de pegar do que outros animais.

Animais com penas - espécies e características - 1. Kakapo

2. Pinguim

Várias espécies do gênero Sphenisciforme estão incluídas sob o nome de pinguins. Eles vivem nas Ilhas Galápagos e em grande parte do hemisfério norte. Embora não possam voar, os pinguins são bons nadadores e até mesmo usam suas asas para se impulsionar para fora da água quando fogem de predadores.

Animais com penas - espécies e características - 2. Pinguim

3. Avestruz

O avestruz (Struthio camelus) é a maior e mais pesada ave do mundo, pesando até 180 quilos. Entretanto, isso não representa um problema para a espécie, pois é capaz de atingir 70 km/hora correndo sobre as folhas da África. Desta forma, este animal de penas é detentor de dois grandes recordes, pois além de ser a maior ave, é a ave mais rápida em terra.

Quer saber quais são os 10 animais mais rápidos do mundo? Leia neste artigo do PeritoAnimal.

Animais com penas - espécies e características - 3. Avestruz

4. Kiwi

O kiwi, que pertence ao gênero Apteryx, é uma ave parecida com a galinha encontrada na Nova Zelândia. É um animal onívoro de hábitos noturnos. Embora não voe, tem asas muito pequenas. Como um fato curioso, podemos dizer que a espécie é o animal oficial da Nova Zelândia.

Animais com penas - espécies e características - 4. Kiwi

5. Casuar

É um gênero de aves que inclui três espécies que habitam a Austrália, Nova Zelândia e Indonésia. O casuar tem uma aparência curiosa: pernas longas, um corpo um tanto oval cheio de penas e um pescoço longo. Normalmente tem 2 metros de comprimento e pesa cerca de 40 kg.

Animais com penas - espécies e características - 5. Casuar

6. Cormorão

E terminamos a lista dos animais com penas que não voam com o cormorão (Phalacrocorax harrisi), uma ave endêmica das Ilhas Galápagos. Caracteriza-se por um curioso sistema de reprodução, o acasalamento poliandro, o que significa que uma fêmea se reproduz com vários machos, e por suas pequenas asas.

Você conhece outras espécies curiosas de animais com penas que gostaria de compartilhar? Deixe seu comentário!

Animais com penas - espécies e características - 6. Cormorão

Animais com penas brasileiros

De acordo com o Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos (CBRO), existem no Brasil 1.919 espécies de aves, o que corresponde a 18,4% de todas as aves identificadas em todo o mundo (10.426, segundo dados da BirdLife International).

Esse número coloca o Brasil dentre os três países com maior diversidade de aves do planeta. Apesar da grande maioria das espécies passarem todo o ciclo de vida em território Brasileiro, algumas vêm do Hemisfério Norte, do sul da América do Sul ou de países a oeste do Brasil, passando apenas parte do ciclo de vida em nosso país. Há algumas que são consideradas vagantes por possuírem uma ocorrência irregular.

Separamos aqui alguns desses animais com penas brasileiros, ou seja, que são bastante típicos no país:

  • Arara-azul-de-Lear (Anodorhynchus lear)
  • Periquito-da-Caatinga (Eupsittula cactorum)
  • Pica-pau-amarelo (Celeus flavus subflavus)
  • Pavãozinho-do-pará (Eurypyga helias)
  • Coruja-orelhuda (Pseudoscops clamator)
  • Bem-te-vi (Pitangus sulphuratus)
  • João-de-barro (Furnarius rufus)
  • Sabiá-laranjeira (Turdus rufiventris)
  • Seriema (Cariamidae)

Aproveite e conheça o Alex, o papagaio mais inteligente do mundo:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Animais com penas - espécies e características, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • THE IUCN RED LIST OF THREATNED SPECIES. Disponível em: <www.iucnredlist.org/>. Acesso em 01 de outubro de 2020.
  • National Geographic. La curiosa evolución de las plumas. Disponível em: <https://www.ngenespanol.com/fotografia/larga-curiosa-y-extravagante-evolucion-plumas/>. Acesso em 01 de outubro de 2020.
  • Biblioteca Digital. III. Plumas y plumaje. Disponível em: <http://bibliotecadigital.ilce.edu.mx/sites/ciencia/volumen3/ciencia3/138/htm/sec_8.htm>. Acesso em 01 de outubro e 2020.

Escrever comentário sobre Animais com penas - espécies e características

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Sueli Sena da Silva
Por favor qual a medida do pescoço e a medida somente da cauda do papagaio brasileiro? Estou fazendo um trabalho e preciso dessas medidas exatas... muito obg se puderem me ajudar. Att

Animais com penas - espécies e características
1 de 19
Animais com penas - espécies e características

Voltar ao topo da página