Partilhar

A lenda maia do beija-flor

Por Nelson Ferreira, Redator do Perito Animal. 1 março 2017
A lenda maia do beija-flor

"As penas dos beija-flores são mágicas"... isso era o que asseguravam os Maias, uma civilização mesoamericana que viveu entre os séculos III e XV na Guatemala, México e outros lugares da América Central.

Os maias viam os beija-flores como criaturas sagradas que possuíam poderes curativos através da alegria e do amor que transmitiam às pessoas que os observavam. Isto de certa forma é muito acertado, inclusivamente nos dias de hoje, cada vez que vemos um beija-flor ficamos cheios de emoções muito agradáveis.

A visão do mundo da civilização maia tem uma lenda para tudo (em especial para os animais) e criou uma incrível história sobre esta vibrante criatura. Continue lendo este artigo do PeritoAnimal onde poderá conhecer a curiosa lenda mais do beija-flor.

Os Maias e os Deuses

Os Maias tinham uma cultura mística e, como já foi mencionado, tinham uma lenda para tudo. Segundo os sábios anciãos desta civilização, os deuses criaram tudo o que existe no planeta, formando animais a partir de barro e milho, dotando-os de habilidades físicas e espirituais excepcionais e missões particulares, muitos deles sendo até a personificação dos próprios deuses. As criaturas do mundo animal são sagradas para as civilizações como a Maia porque acreditavam que estes eram mensageiros diretos das suas adoradas divindades.

A lenda maia do beija-flor - Os Maias e os Deuses

O Beija-flor

A lenda do beija-flor maia diz que os deuses criaram todos os animais e a cada um deram uma determinada tarefa para cumprir na Terra. Quando terminaram a repartição de tarefas aperceberam-se que faltava atribuir um trabalho muito importante para eles: precisavam de um mensageiro que transportasse os seus pensamentos e desejos de um lugar para o outro. No entanto, o que aconteceu foi que, além disso, como não contavam com isso, ficaram com pouco material para a criação deste novo portador, uma vez que não tinham mais barro nem milho.

Como eram Deuses, criadores do possível e do impossível, decidiram fazer algo mais especial. Pegaram uma pedra de Jade (um mineral precioso) e esculpiram uma flecha que simbolizava o percurso. Passado uns dias, quando estava pronta sopraram com tanta força sobre ela que a flecha saiu voando pelos céus transformando-se em um bonito beija-flor multicolor.

Criaram o beija-flor frágil e leve para que pudesse voar em volta da natureza, e o homem quase sem se dar conta da sua presença, colhesse os seus pensamento e desejos e os pudesse transportar com ele.

Segundo a lenda os beija-flores ficaram tão populares e importantes que o homem começou a sentir a necessidade de os apanhar para as suas necessidades pessoais. Os Deuses chateados com esta desrespeitosa realidade condenavam à morte cada homem que ousasse enjaular uma destas fantásticas criaturas e, além disso, dotaram a ave de uma impressionante rapide. Esta é uma das explicações místicas que se dá ao fato de ser praticamente impossível apanhar um beija-flor. Os Deuses protegem os beija-flores.

A lenda maia do beija-flor - O Beija-flor

As ordens dos deuses

Acredita-se que estas aves trazem mensagens do além e que podem ser manifestações do espirito de uma pessoa falecida. O beija-flor também é considerado um animal mitológico curador que ajuda as pessoas com necessidade mudando a sua sorte.

Por último, a lenda diz que esta encantadora, diminuta e sigilosa ave tem a importante tarefa de levar transportar os pensamentos e intenções das pessoas. Assim sendo, se vir um beija-flor se aproximando da sua cabeça, não lhe toque e deixe que recolha os seus pensamentos e os leve direto ao seu destino.

A lenda maia do beija-flor - As ordens dos deuses

Se deseja ler mais artigos parecidos a A lenda maia do beija-flor, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre A lenda maia do beija-flor

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Daiane
Nao sei oque faço pois axei um filhote de beija flor caido no chão peguei e dei agua com açúcar para alimenta lo realmente é um animal lindo mas preciso de ajuda do que fazer com ele pois nao tenho intenção de mante lo em gaiola pois axo isso uma crueldade com os animais
Marcos Dellisa
Respondendo a essa pergunta, mesmo que pode não servir mais por ser de janeiro de 2019, fica para uma próxima necessidade de alguém. Eu Também recolhi um filhote de Beija Flor bem novinho, eu fervia água e misturava com mel de verdade, meio a meio e dava para ele em forma de mamadeira (com uma bisnaga de plastico com bico fino), ele colocava sua língua comprida e sugava o liquido. Quando eu notava que o seu papo já estava cheio (grandinho) eu interrompia a alimentação, fazia isso e repetia de 4 em 4 horas todos os dias (marcando na lousa para não esquecer. Depois consultei uma veterinária para ver se eu estava agindo corretamente, pois na época não consegui nos livros nenhuma informação. Segundo ela eu estava fazendo a coisa certa. Ele cresceu e estava bem esperto, dormia no meu quarto dentro de uma caixa, de manhã levava para o quintal para tomar sol e
treinar o vôo. Depois uma prima o levou para a chacará e o soltou (tinha muitos beija-flores por lá.
EM TEMPO: NÃO SE DEVE DAR ÁGUA COM AÇÚCAR PARA ELES POIS PODE CONTAMINA-LOS.

A lenda maia do beija-flor
1 de 4
A lenda maia do beija-flor

Voltar ao topo da página