Partilhar

Alimentar cachorros recém nascidos

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 28 janeiro 2019
Alimentar cachorros recém nascidos

Ver fichas de  Cachorros

Ter que alimentar um cachorro recém nascido é uma tarefa muito complicada que precisa de dedicação e tempo. O cachorro é um ser muito sensível que precisa de cuidados constantes da sua parte. Não se ofereça para o fazer se não conta com todo o tempo disponível ou pelo menos uma pessoa de confiança que o ajude.

Os motivos mais comuns que levam a ter que alimentar um cachorro recém nascido são o abandono ou a rejeição por parte da mãe e, embora seja uma experiência maravilhosa, ressaltamos a importância de ser a cadela a amamentá-lo. Se se encontra nesta situação, leia e siga todas as recomendações que lhe damos no PeritoAnimal, pois o risco de morrerem é elevado, informe-se de como alimentar um cachorro recém nascido no seguinte artigo.

Também lhe pode interessar: Cuidados para cachorros recém-nascidos

Temperatura e ambiente do cachorro recém nascido

Por todo o mundo e, geralmente ligados a centros de acolhimento de animais de companhia ou refúgios, existem os chamados abrigos para cachorros e gatos que acabam de chegar ao mundo. Se acredita que não vai conseguir cuidar dos recém nascidos pelas múltiplas exigências que isto requer, recomendamos que se dirija até a estas pessoas e os deixe ao seu cuidado.

  1. Para começar, deverá criar um ambiente estável para os cachorros. Uma caixa de papelão, uma caixa de transporte confortável ou uma cesta serão suficientes.
  2. Os cachorros precisam de uma temperatura corporal entre 20ºC e 22ºC. É muito importante respeitarmos esta temperatura e nunca a aumentarmos ou baixarmos, mesmo sendo inverno pois os cachorro não conseguem regulá-la eles próprios. Podemos usar uma bolsa de água que teremos que mudar regularmente ou uma almofada de aquecimento (sempre coberta e protegida com toalhas evitando que os cachorros possam roer os cabos). Esteja atento ao controle da temperatura.
  3. Cubra o foco de calor com uma toalha e por cima com uma manta, isolando-os bem do contato direto.
  4. Uma vez criado o ambiente e com os cachorros lá dentro, devemos cobrir a cesta com uma manta deixando uma fresta para que possa passar o ar. Deve parecer uma toca.
  5. Como recomendação extra podemos adicionar um relógio coberto por uma manta que simulará os batimentos do coração da mãe.

Os cachorros que tenham menos de 15 dias são fáceis de identificar, pois ainda não abriram os olhos. É importante ter presente que não devemos tocar neles fora das horas da alimentação.

Alimentar cachorros recém nascidos - Temperatura e ambiente do cachorro recém nascido

Alimentação de um cachorro recém nascido

A principal causa de mortalidade nos cachorros é uma alimentação incorreta.

Se tiver encontrado cachorros recém nascidos na rua, deve ter em conta que é bastante provável que não sobrevivam uma vez que precisam de ser alimentados a cada 3 ou 4 horas. Se falhar com alguma refeição, as chances de sobrevivência diminuem drasticamente.

Como alimento um cachorro recém nascido?

  1. Vá a uma clínica ou centro veterinário rapidamente e depois de lhes explicar a situação, eles irão proporcionar-lhe sem problemas leite materno artificial.
  2. Deve contar com vários biberões, um para cada membro da ninhada. É importante que cada um tenha o seu próprio, pois no caso de pneumonia ou outro tipo de doença, iria transmitir-se muito facilmente um para o outro. Também é importante que contemos com uma ou duas tetinas para cada biberão, para além disso deverá conferir qual se adapta melhor ao focinho do cachorro.
  3. Aqueça um pouco o leite e confirme se está morno.
  4. Pegue no primeiro cachorro (com a tetina cheia de leite sem uma gota de ar) e estimule-o para acordar. Para o alimentar, o cachorro deverá estar na posição normal do cachorro (de quatro patas) e nunca o deverá segurar como um bebê humano e, depois terá de lhe dar o leite (cerca de 10 miligramas).
  5. Se consumir um pouco mais de leite não tem problema, o que é importante é nunca alimentá-lo abaixo dessas quantidades.
  6. Deve estar muito atento no momento de lhe administrar leite e se observarmos que faz um ruído excessivo, estranho ou que expulsa o leite pelo nariz devemos levá-lo de imediato a uma clínica veterinária. Estes são sintomas de que o leite terá ido para os pulmões. É por isso que ressaltamos a importância de não lhe dar leite como um bebê.
  7. Depois de ter ingerido o leite, pegue em uma bola de algodão ou uma toalhinha úmida para bebês recém nascidos e faça-lhe uma massagem nos genitais, verá como nesse instante irá fazer as necessidades. Este procedimento costuma ser feito pela mãe com a língua em condições normais. Por isso, é importante não se esquecer deste passo.
  8. Por fim, e depois de todos os cachorros terem sido alimentados deverá lavar os biberões com água a ferver, sem utilizar nenhum detergente. Para saber qual é a de cada cachorro, pode fazer um marca ou comprá-los de diferentes cores.

Uma vez que o processo de alimentação de cada um dos cachorros da ninhada tenha terminado, deverá voltar a colocá-los na cesta que deve continuar na temperatura indicada no ponto anterior. Nunca deixe de alimentar um cachorro, embora o veja a dormir ou apático.

É muito importante que siga com a ingestão de leite a cada 3 - 4 horas, caso contrário o cachorro recém nascido poderia morrer. Além disso, nunca devemos o leite que tenha sobrado por mais de 12 horas.

Alimentar cachorros recém nascidos - Alimentação de um cachorro recém nascido

Desenvolvimento do cachorro

Desde o primeiro dia deverá pesar cada um dos cachorros e anotar em uma tabela o seu peso. Para se certificar de que ingerem a quantidade correta e se desenvolvem adequadamente, devemos conferir que aumentam de peso todos os dias em 10%.

Até às 2 - 3 semanas de vida devemos cumprir rigorosamente com este ritual de alimentação a cada 3 - 4 horas incluindo como é claro a noite. É conveniente que contemos com alguma pessoa que nos possa ajudar neste processo e que vá a nossa casa para os alimentar e vigiar se não estivermos lá.

Passadas as 3 semanas devemos começar a aumentar o tempo entre cada refeição, esta mudança deverá ser feita de forma gradual. Os primeiros dois dias serão a cada 4 - 5 horas, os seguintes a cada 5 - 6 horas e assim sucessivamente até às 4 semanas de vida. Além disso, nestas três semanas devemos aumentar a dose até aos 15 mililitros ou 20 se aceitar. Nunca o devemos forçar a beber mais.

Às 4 semanas já deverá observar cachorros mais inquietos, ativos e desenvolvidos. É o momento de reduzir cerca de 5% o seu consumo de leite e dar-lhes pela primeira vez uma colher de sopa de comida úmida, ração molhada em água ou patê. Deve ser sempre alimento macio.

A partir do momento em que começar a ingerir comida macia devemos reduzir gradualmente a dose de leite até atingir um mês ou mês e meio, no qual se alimentará apenas de comida úmida e ração macia especial para filhotes de cachorro.

Alimentar cachorros recém nascidos - Desenvolvimento do cachorro

O que precisa saber mais para cuidar de um cachorro recém nascido

Se no momento de os alimentar encontrar algum cachorro apático e que apenas se mexe, pode estar sofrendo de uma queda de tensão. Com uma seringa sem ponta aplique na boca água com açúcar ou coloque-lhe no focinho um pouco de mel, assim irá lambendo pouco a pouco.

É importante saber que os cachorros alimentados por biberão carecem de algumas defesas naturais que o leite materno tem. Por isso, é importante que não os deixe ir à rua e não deixe nenhum cachorro se aproximar deles. Além disso, também não é recomendável dar-lhes banho.

Se vir pulgas, carrapatos ou algum outro parasita é muito importante que vá o quanto antes ao veterinário, ele saberá o que fazer. Não tente tirá-las você mesmo com repelentes sob qualquer circunstância.

A partir das 6 - 8 semanas será o momento ideal para ir ao veterinário administrar-lhe as primeiras vacinas como a da cinomose, hepatite, parvovírus, coronavírus, parainfluenza e leptospirose. A partir daí deverá levá-lo regularmente para lhe serem administrados reforços e outras vacinas que devem ser dadas numa idade maior. Também é o momento ideal para lhe colocar o chip e registrar o animal no nome de alguém, isto é uma coisa muito importante no caso de se perder ou se lhe acontecer alguma coisa.

Alimentar cachorros recém nascidos - O que precisa saber mais para cuidar de um cachorro recém nascido

Problemas da lactância

As probabilidades de sucesso de uma ninhada inteira nem sempre são de 100%, porque às vezes e, sem querer, pode não cumprir com todos os passos ou o cachorro pode ser afetado por algum problema.

De seguida, vamos explicar-lhe os problemas de lactância mais comuns:

  • Ao beber utilizando o biberão, pode acontecer os cachorros se engasgarem. Isto acontece por vezes devido a uma má posição no momento de alimentar os cachorros. Pode chegar a ser muito grave e levar à morte do animal, por este motivo recomendamos que consulte o veterinário o quanto antes, pois ele irá mostrar-lhe como utilizar uma sonsa.
  • Vê o cachorro fraco e sem forças. O cachorro está tomando as quantidades que deveria? Se não tem a certeza que está bebendo as quantidades adequadas deverá se certificar que cumpre as suas dietas colocando a quantidade exata no biberão (e inclusive um pouco mais) e certificando-se de que bebe isso. Mas é muito importante que não force.
  • O cachorro tem febre. Este é um problema muito comum que pode ser consequência de falta de estabilidade na temperatura ou carências na alimentação. Deverá consultar o veterinário com urgência para se certificar que a sua vida não corre perigo.

Perante qualquer sintoma estranho no comportamento dos cachorros deverá consultar o veterinário com urgência pois às vezes, e devido ao sistema imunitário fraco, não terão muitas chances de sobreviver se não lhe administrar o tratamento em um tempo recorde.

Agora que já sabe como alimentar um cachorro recém nascido, não se esqueça de comentar este artigo e compartilhar as suas experiências e dar sugestões!

Alimentar cachorros recém nascidos - Problemas da lactância

Se deseja ler mais artigos parecidos a Alimentar cachorros recém nascidos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Lactância.

Escrever comentário sobre Alimentar cachorros recém nascidos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
34 comentários
jorge lopes pereira
qual é o leite indicado para filhote de um mês de nascido?
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Jorge! Como mencionamos no artigo, você deve buscar em alguma clínica veterinária ou pet shop leite materno artificial.
Às 4 semanas já deverá observar cachorros mais inquietos, ativos e desenvolvidos. É o momento de reduzir cerca de 5% o consumo de leite e dar pela primeira vez uma colher de sopa de comida úmida, ração molhada em água ou patê. Deve ser sempre alimento macio.
A partir do momento em que começar a introduzir comida macia, deve reduzir gradualmente a dose de leite até atingir um mês ou mês e meio, no qual se alimentará apenas de comida úmida e ração macia especial para filhotes de cachorro.
Naiara
Olá gostaria de saber se devemos deixar a ração a noite para um filhote de 2 meses.... e se a agua deve ficar o dia e noite.
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Naiara! Tal como referimos no artigo: às 4 semanas já deverá observar cachorros mais inquietos, ativos e desenvolvidos. É o momento de reduzir cerca de 5% o seu consumo de leite e dar-lhes pela primeira vez uma colher de sopa de comida úmida, ração molhada em água ou patê. Deve ser sempre alimento macio.
A partir do momento em que começar a ingerir comida macia você deve reduzir gradualmente a dose de leite até atingir um mês ou mês e meio, no qual se alimentará apenas de comida úmida e ração macia especial para filhotes de cachorro.
Os cachorros entre 2 e 3 meses devem receber comida pelo menos 4 vezes ao dia. Em algumas raças muito pequenas, como os chihuahuas ou os yorkshire terrier, talvez seja necessário alimentar os cachorros umas 5 vezes por dia para evitar a hipoglicêmia. Com relação à água, deve estar sempre disponível, fresca e limpa.
A equipe do PeritoAnimal deseja boa sorte!
Debo
Olá tenho um filhote de pinche rescenacido muito pequena mesmo e a mãe não quer amamentar nem cuidar . Ela tem 3 dias de vida estou alimentando com leite a cada 2 horas . Quando coloco ela junto da mãe ela fica andando com o filhote na boca pela casa o quê faço?
Rodrigo
E os olhos deles é Normal estar azul esbranquiçado meio embaçado opacos ???? Ou não é normal??
Rodrigo
Preocupado!!!!!! Socorro !!!!!!
Estou muito preocupado de maisss nasceram 10 filhotes da minha Pit Bull eles já estão com 20 dias mais 5 deles estão super magros ao pele e osso raquíticos... Eu estou dando pet milk pois minha Pit Bull não tem leite suficiente pra todos os filhotes eu dei Plasil para a mãe mas mesmo assim ela produz pouco leite estou muito preocupado sou vovô de primeira viagem não sei o que fazer não tenho tempo de dar o pet milk de 4 em 4 horas porque trabalho e sou sozinho .. e sem contar que todos estão com os olhos azul esbranquiçado tipo embaçado.. não sei se isso é normal pois eles já estão com 20 dia 5 estão enormes mas 5 estão pele e osso mirrados não sei se vão sobreviver .. alguém pode me ajudar por favor
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Rodrigo! Tal como referido no artigo: é muito importante que siga com a ingestão de leite a cada 3 - 4 horas, caso contrário o cachorro recém nascido pode morrer. Além disso, nunca devemos o leite que tenha sobrado por mais de 12 horas.
Uma boa dica é buscar ONGs ou Associações que possam te ajudar a cuidar dos filhotes.
A equipe do PeritoAnimal deseja boa sorte!
A sua avaliação:
Carlos
Eu tenho um cachorro recém nascido de um dia.
Pois minha cachorra morreu e eu não tenho nem um dinheiro pra manter ele vivo não sei mais o que fazer.
Pois não tenho condições de marca uma consulta na clínica veterinária.
E também já procurei outra cachorra que teve filhotes para deixa ele lá com a cachorra. Mas não achei nenhuma cachorra.
O que eu faço agora.
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Carlos! Esse artigo pode te ajudar: https://www.peritoanimal.com.br/cuidados-com-filhotes-de-cachorro-7442.html
Você pode também buscar ONGs e Associações próximos da sua região que possam acolher o filhote ou buscar familiares ou amigos que tenham condições e interesse em ter um filhote.
Magda
Bom dia. Hj achei seus filhotes abandonados dentro de uma sacola plástica, peguei pra cuidar, tenho uma cachorra fêmea e esperava que ela a adotacem, mais não acho que ela pode os amamenta, e minha condições não é muito boas pra poder cuidar deles. Mais não pretendo abandona -los, então se ficarei com eles até acha alguém mais apropriado.
A sua avaliação:
Tatiane Pereira
A minha cachorrinha completou uma semana e está super desenvolvida tanto que ja até sai do colchão dela e fica engatinhando mama super bem só que eu percebi que ela ta chorando em pouco espaço de tempo das mamadas, seria bom complementar com o leite materno artificial?
leidiana matias silva
por favor mi ajude estou com um recém-nascido dálmata e está com 20 dias, ela mal se mexe e não conseguir se manter de pé está comendo normal eu dando o leite na boca e fazendo xixi e cocô normal mas não intendo pq ela é tão molinha estou ficando preocupada, vc sabe de algun hospital público pra cachorro que eu possa levá-la pois não tenho condições de levar ao um veterinário!
Vânia
De qual cidade vc é!
geronimo nascimento
Esclareceu muito, estou com um filhote mine com 20 dias sem mãe os cuidados são muitos e manter o horario de sua alimentação é pra poucos!!!

Alimentar cachorros recém nascidos
1 de 6
Alimentar cachorros recém nascidos

Voltar ao topo da página