menu
Partilhar

Tipos de estrelas-do-mar

 
Por Nick A. Romero H., Biólogo e educador ambiental. 24 março 2021
Tipos de estrelas-do-mar

Os equinodermos são um filo de animais que tem uma importante diversidade de fauna exclusivamente marinha. No Perito Animal, queremos te apresentar neste artigo um grupo específico deste filo, o qual está representado pela classe Asteroidea, que comumente conhecemos como estrelas-do-mar. Esta classe é composta por cerca de mil espécies distribuídas em todos os oceanos do mundo. Eventualmente, se designam como estrelas-do-mar outra classe de equinodermos denominada Ofiuras, entretanto, esta designação não é correta, já que, ainda que apresentem um aspecto similar, são taxonomicamente diferentes.

As estrelas-do-mar não são o grupo mais primitivo dos equinodermos, mas apresentam todas as características gerais deles. Podem habitar as praias, estar sobre as rochas ou em fundos arenosos. Te convidamos a seguir lendo para conhecer mais sobre os tipos de estrelas-do-mar que existem.

Estrelas-do-mar da ordem Brisingida

A ordem dos brisingidos corresponde a estrelas-do-mar que habitam exclusivamente o fundo dos mares, geralmente entre os 1800 a 2400 metros de profundidade, distribuindo-se especialmente no Oceano Pacífico, nas águas do Caribe e da Nova Zelândia, ainda que também algumas espécies se encontram em outras regiões. Podem apresentar de 6 a 20 grandes braços, os quais utilizam para alimentar-se por filtração e que tem longos espinhos em forma de agulhas. Por outro lado, têm um disco flexível no qual se encontra a boca. É comum observar as espécies desta ordem em falésias marinhas ou zonas onde existam correntes constantes de água, já que isso facilita a alimentação.

A ordem Brisingida está formada por duas famílias Brisingidae e Freyellidae, com um total de 16 gêneros e mais de 100 espécies. Algumas delas são:

  • Brisinga endecacnemos
  • Novodina americana
  • Freyella elegans
  • Hymenodiscus coronata
  • Colpaster edwardsi

Se você quer saber mais detalhes sobre a vida das estrelas-do-mar, acesse também o nosso artigo sobre reprodução da estrela-do-mar, onde verá a explicação de como se dá e exemplos.

Tipos de estrelas-do-mar - Estrelas-do-mar da ordem Brisingida

Estrela-do-mar da ordem Forcipulatida

A característica principal desta ordem é a presença de estruturas em forma de pinça no corpo do animal, que podem se abrir e fechar, denominadas pediceláreas, as quais são geralmente visíveis neste grupo e estão formadas por um talo curto que contém três peças esqueléticas. Por sua vez, os pés ambulacrários, que são as extensões macias dispostas na parte inferior do corpo, possuem ventosas de pontas planas. Os braços costumam ser bastante robustos e apresentam 5 ou mais raios. Elas estão distribuídas amplamente em escala global, tanto em águas tropicais como frias.

Existe divergência quanto a sua classificação, entretanto, uma das que são aceitas considera a existência de 7 famílias, mais de 60 gêneros e cerca de 300 espécies. Dentro desta ordem, encontramos a estrela-do-mar comum (Asterias rubens), uma das mais representativas, mas também podemos encontrar as seguintes espécies:

  • Coscinasterias tenuispina
  • Labidiaster annulatus
  • Ampheraster alaminos
  • Allostichaster capensis
  • Bythiolophus acanthinus
Tipos de estrelas-do-mar - Estrela-do-mar da ordem Forcipulatida

Estrela-do-mar da ordem Paxillosida

Os indivíduos deste grupo têm os pés ambulacrários em forma de tubos, com ventosas rudimentares, quando as apresentam, e se caracterizam por possuir pequenas estruturas em forma de grânulos sobre as placas que cobrem a superfície esquelética superior do corpo. Tem 5 ou mais braços, os quais ajudam a escavar os solos arenosos onde podem encontrar-se. Dependendo da espécie, podem estar em diversas profundidades e, inclusive, habitar níveis bastante superficiais.

Esta ordem se divide em 8 famílias, 46 gêneros e mais de 250 espécies. Algumas são:

  • Astropecten acanthifer
  • Ctenodiscus australis
  • Luidia bellonae
  • Gephyreaster Fisher
  • Abyssaster planus
Tipos de estrelas-do-mar - Estrela-do-mar da ordem Paxillosida

Estrelas-do-mar da ordem Notomyotida

Os pés ambulacrários deste tipo de estrelas-do-mar estão formados por séries de quatro e possuem ventosas em seus extremos, ainda que algumas espécies não as possuam. O corpo tem espinhos consideravelmente finos e afiados, com braços formados por bandas musculares bastante flexíveis. O disco é relativamente pequeno, com a presença de cinco raios e as pedicelárias podem ter diversas formas, como de válvulas ou espinhos. As espécies deste grupo habitam em águas profundas.

A ordem Notomyotida está formada por uma só família, a Benthopectinidae, possui 12 gêneros e cerca de 75 espécies, dentre as quais podemos mencionar:

  • Acontiaster bandanus
  • Benthopecten acanthonotus
  • Cheiraster echinulatus
  • Myonotus intermedius
  • Pectinaster agassizi
Tipos de estrelas-do-mar - Estrelas-do-mar da ordem Notomyotida

Estrelas-do-mar da ordem Spinulosida

Os membros deste grupo possuem corpos relativamente delicados e como distintivo não possuem pedicelárias. A região aboral (oposta à boca) encontra-se coberta de numerosos espinhos, os quais variam de uma espécie para a outra, tanto em tamanho e forma, como em disposição. O disco destes animais costumam ser pequenos, com a presença de cinco raios com forma cilíndrica e os pés ambulacrários possuem ventosas. O habitat varia, podendo estar presentes em zonas entremarés ou em águas profundas, tanto em regiões polares, temperadas e tropicais.

A classificação do grupo é controversa, entretanto, o registro mundial de espécies marinhas reconhece uma só família, a Echinasteridae, com 8 gêneros e mais de 100 espécies, como, por exemplo:

  • Henricia sanguinolenta
  • Echinaster colemani
  • Metrodira subulata
  • Odontohenricia violácea
  • Rhopiella hirsuta
Tipos de estrelas-do-mar - Estrelas-do-mar da ordem Spinulosida

Estrelas-do-mar da ordem Valvatida

Quase todas as espécies de estrelas-do-mar deste grupo possuem cinco braços em forma tubular, nos quais se encontram duas fileiras de pés ambulacrários e ossículos chamativos, que são estruturas calcárias incrustadas na derme que trazem rigidez e proteção ao animal. Também apresentam no corpo pedicelárias e paxilas. Estas últimas são estruturas em forma de guarda-chuva que tem a função protetora, com o objetivo de evitar que as zonas pelas quais se alimentam e respiram se obstruam com areia. Esta ordem é bastante diversa e podem-se encontrar indivíduos que vão desde poucos milímetros até mais de 75 cm.

A ordem Valvatida é altamente controversa no que diz respeito a sua taxonomia. Uma das classificações reconhece 14 famílias e mais de 600 espécies. Alguns exemplos são:

  • Pentaster obtusatus
  • Protoreaster nodosus
  • Diabocilla clarki
  • Heterozonias alternatus
  • Linckia guildingi
Tipos de estrelas-do-mar - Estrelas-do-mar da ordem Valvatida

Estrelas-do-mar da ordem Velatida

Os animais desta ordem apresentam corpos usualmente robustos, com discos grandes. Dependendo da espécie, possuem entre 5 e 15 braços e muitos destes apresentam um esqueleto pouco desenvolvido. Há estrelas-do-mar pequenas, de diâmetros entre 0,5 e 2 cm, e outras de até 30 cm. Quanto ao tamanho, a classe varia entre os 5 e os 15 cm de um braço a outro. Os pés ambulacrários se apresentam em séries pares e costumam ter uma ventosa bastante desenvolvida. Quanto às pedicelárias, usualmente estão ausentes, mas se chegam a tê-las, consistem em grupos de espinhos. As espécies desta ordem habitam em grandes profundidades.

São reconhecidas 5 famílias, 25 gêneros e em torno de 200 espécies, entre as que se encontram:

  • Belyaevostella hispida
  • Caymanostella phorcynis
  • Korethraster hispidus
  • Asthenactis australis
  • Euretaster attenuatus
Tipos de estrelas-do-mar - Estrelas-do-mar da ordem Velatida

Outros exemplos de tipos de estrelas-do-mar

Além dos tipos de estrelas-do-mar descritas ao longo deste artigo, destacam-se muitas mais, como as seguintes:

  • Asterina gibbosa
  • Echinaster sepositus
  • Marthasterias glacialis - Estrela-do-mar de espinhos
  • Astropecten irregularis
  • Luidia ciliaris

As estrelas-do-mar têm um importante rol ecológico dentro dos ecossistemas marinhos, por isso são de grande relevância dentro deles. Entretanto, apresentam grande suscetibilidade diante dos agentes químicos, já que não conseguem filtrar facilmente toxinas que cada vez ingressam em maior medida nos oceanos.

Existem diversas espécies que se encontram de maneira usual em zonas costeiras que têm uso turístico e é frequente observar como os visitantes do lugar tiram as estrelas-do-mar para observá-las e tirar fotos, o que é uma atitude bastante prejudicial para o animal, já que requer estar submerso para poder respirar, por isso, pouco tempo depois de estarem fora d'água, morrem. Neste sentido, nunca devemos tirar esses animais de seu habitat, podemos admirá-los, sempre mantendo-os dentro da água e sem manipulá-los.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Tipos de estrelas-do-mar, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • HICKMAN, C., Roberts, L., Parson A. Principios integrales de zoología. McGraw Hill Interamericana: Espanha
  • EQUIPO editorial. Clasificación de los equinodermos existentes. Instituto de Ciencia y Sostenibilidad de la Biodiversidad. Disponível em: <https://web.archive.org/web/20131204025522/http://research.calacademy.org/redirect?url=http%3A%2F%2Fresearcharchive.calacademy.org%2Fresearch%2Fizg%2Fechinoderm%2Fclassify.htm> Acesso em: 24 de março de 2021.
  • KNOTT, Emily. Asteroidea. Estrellas de mar. Tree of Life Web Project. Disponível em: <http://tolweb.org/Asteroidea/19238/2004.10.07> Acesso em: 24 de março de 2021.
  • EQUIPO editorial. Asteroidea. World Register of Marine Species. Disponível em: <http://www.marinespecies.org/aphia.php?p=taxdetails&id=123080> Acesso em: 24 de março de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Tipos de estrelas-do-mar
1 de 8
Tipos de estrelas-do-mar

Voltar ao topo da página