Partilhar

Tipos de anelídeos - Nomes, exemplos e características

 
Por Cristina Pérez Simón, Bióloga e médica. 15 outubro 2020
Tipos de anelídeos - Nomes, exemplos e características

Você já deve ter ouvido falar dos anelídeos, certo? É só lembrar dos anéis, que é de onde surgiu o nome deste filo do reino animal. Os anelídeos são um grupo muito diversificado, são mais de 1.300 espécies, entre as quais encontramos animais terrestres, marinhos e de água doce.

Os anelídeos mais conhecidos popularmente são as minhocas, espécies essenciais para a reciclagem de matéria orgânica e fundamentais para toda a natureza. Mas esse grupo também inclui espécies tão diversas como as sanguessugas ou os ratos-do-mar. Quer saber mais sobre eles? Neste artigo do PeritoAnimal, contamos tudo o que você precisa saber sobre os tipos de anelídeos, seus nomes, exemplos e características. Boa leitura!

Características dos anelídeos

Quando falamos nos anelídeos rapidamente pensamos nas minhocas, certo? Elas são as representantes mais conhecidas deste filo. Como já mencionamos, o grupo dos anelídeos é muito diverso. E apesar de algumas características básicas e de sua genética, eles possuem pouco em comum. No entanto, podemos citar algumas semelhanças anatômicas.

  • Cabeça: na parte frontal ou cabeça, estão o cérebro e os órgãos dos sentidos. Entre esses órgãos, há detectores de luz, de substâncias químicas e da posição no espaço.
  • Boca: a cabeça é seguida por uma longa região segmentada, isto é, dividida em muitas subunidades repetidas. No primeiro desses segmentos está a boca. O resto são subunidades idênticas ou muito semelhantes.
  • Ânus: por último, eles têm uma parte final conhecida como pigídio, na qual é possível observar o ânus.

Como curiosidade, deixamos outro artigo do PeritoAnimal sobre animais que passam por metamorfose. Você já os conhecia?

Tipos de animais anelídeos

Existem vários tipos de anelídeos muito diferentes. São os poliquetas, oligoquetas e hirudinomorfos. Não se preocupe com os nomes, pois vamos te mostrar quem são cada um desses animais. Também aproveitaremos a oportunidade para falar sobre a alimentação diversificada dos anelídeos.

Exemplos de animais anelídeos

  • Rato-do-mar (família Aphroditidae)
  • Verme espanador (família Sabellidae)
  • minhocas terrestres (ordem Crassiclitellata)
  • minhocas vermelhas (Eisenia spp.)
  • Sanguessuga (Hirudinea)
  • Minhocoçu (Lumbricina)
  • Nereis (Nereis funchalensis)
  • Tubifex (Tubifex tubifex)
  • Peripatus (Udeonychophora)

1. Anélideos poliquetas

Os poliquetas (classe Polychaeta) são os anelídeos mais primitivos. Seu nome significa "muitas quetas" e se refere a uma espécie de pelo móvel que utilizam, principalmente, para nadar e se mover.

Dentro deste grupo podemos encontrar ratos-do-mar (família Aphroditidae). Esses pequenos animais vivem enterrados sob a areia do fundo do mar, embora deixem parte de seu corpo a mostra para respirar e se alimentar. Sua dieta é baseada na captura de minhocas e moluscos.

Outros anelídeos poliquetas se alimentam de partículas de alimentos que flutuam pela água do mar. Para isso, eles geram correntes graças a uma série de tentáculos presentes em suas cabeças. O resto do corpo é alongado e permanece dentro de um tubo que eles próprios fazem com carbonato de cálcio. Estamos falando de vermes espanadores (família Sabellidae).

2. Anelídeos oligoquetas

Os oligoquetas são um grupo de anelídeos comumente conhecidos como "minhocas". Suas quetas são muito reduzidas ou até imperceptíveis.

Este grupo inclui minhocas terrestres (ordem Crassiclitellata) e muitos grupos de vermes aquáticos, tanto de água doce quanto salgada.

As minhocas vermelhas (Eisenia spp.) são um grupo de minhocas amplamente utilizadas na agricultura para a compostagem. Isso se deve a sua grande velocidade em transformar matéria orgânica (restos de plantas, fezes, etc.) em solo fértil.

3. Anelídeos hirudíneos

Os hirudíneos (classe Hirudinea) são um grupo de anelídeos que inclui mais de 500 espécies, a maioria delas de água doce. Entre eles podemos encontrar predadores invertebrados e muitos parasitas.

Neste grupo existem alguns parasitas bem conhecidos: as sanguessugas. Estes anelídeos se alimentam do sangue de outros animais. Para isso, contam com uma ventosa ventral por meio da qual se aderem ao hospedeiro. Um exemplo desses anelídeos são as espécies do gênero Ozobranchus, que se alimentam exclusivamente de sangue de tartarugas.

Reprodução dos anelídeos

A reprodução dos anelídeos é muito complexa e difere em cada grupo, e até mesmo entre cada espécie. Na verdade, nem sempre é sexuada, podendo também ser assexuada. No entanto, para simplificar, vamos explicar apenas a reprodução sexuada de cada grupo.

Anelídeos poliquetas

Os anelídeos poliquetas são animais dióicos, ou seja, os indivíduos podem ser machos ou fêmeas. Os machos produzem espermatozóides e as fêmeas produzem óvulos. Ambos os tipos de gametas saem para o exterior e a união de ambos (fertilização) ocorre na água. Assim se forma o embrião que dará origem ao novo indivíduo.

Essa forma de reprodução é muito semelhante à dos corais. Descubra mais sobre esses seres incríveis em tipos de corais.

Anelídeos oligoquetas

Os vermes (oligoquetas) são hermafroditas, ou seja, o mesmo indivíduo possui sistemas reprodutivos masculino e feminino. Porém, um indivíduo não pode fertilizar a si mesmo, são sempre necessários dois anelídeos. Um atua como macho e doa o esperma. O outro tem o papel de fêmea e fornece o óvulo.

Durante a cópula, os dois oligoquetas se posicionam voltados para direções opostas. Nesse momento, tanto a fêmea quanto o machos expulsam seus gametas. Estes são recolhidos por um casulo que a fêmea construiu anteriormente graças a uma glândula chamada clitelo. É no casulo que ocorre a união do óvulo com o esperma, ou seja, a fertilização. A seguir, o casulo finalmente se separa da fêmea. Um pequeno anelídeo sairá dele.

Anelídeos hirudíneos

Os anelídeos hirudíneos são também animais hermafroditas. A fecundação, entretanto, é interna. O indivíduo que atua como macho insere seu pênis na fêmea e libera o esperma dentro dela.

Tipos de anelídeos - Nomes, exemplos e características - Reprodução dos anelídeos

Se deseja ler mais artigos parecidos a Tipos de anelídeos - Nomes, exemplos e características, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre Tipos de anelídeos - Nomes, exemplos e características

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Tipos de anelídeos - Nomes, exemplos e características
1 de 5
Tipos de anelídeos - Nomes, exemplos e características

Voltar ao topo da página