Partilhar

Tipos de aves: características, nomes e exemplos

 
Por Equipe editorial do PeritoAnimal. Atualizado: 5 agosto 2020
Tipos de aves: características, nomes e exemplos

As aves são vertebrados de sangue quente e encontram-se dentro do grupo dos tetrápodes. Podem ser encontradas em todo tipo de habitat e em todos os continentes, até em ambientes tão frios como a Antártida. Sua principal característica é a presença de penas e a capacidade de voar, embora nem todas possam, pois existem algumas espécies que perderam essa capacidade. Dentro do mundo das aves, existe uma grande variedade em termos de morfologia (forma do corpo), cores e tamanho das penas, formas de bicos e maneiras de alimentação.

Você conhece os diferentes tipos de aves que existem e suas características? Se você quer conhecer mais sobre esse maravilhoso grupo animal, continue lendo este artigo do PeritoAnimal, onde falaremos sobre os tipos de aves presentes em cada parte do mundo e seus detalhes mais curiosos.

Características das aves

As aves são os descendentes mais próximos dos dinossauros, que habitavam a Terra a cerca de 200 milhões de anos, no Jurássico. Como mencionamos, são animais endotérmicos (de sangue quente) que possuem penas que cobrem todo seu corpo, um bico córneo (com células de queratina) e não possuem dentes. Seus membros anteriores estão adaptados para o voo e, no caso de espécies de aves não voadoras, como avestruzes, kiwis ou pinguins, seus membros posteriores estão adaptados para correr, caminhar ou nadar. Sua anatomia particular possui diversas adaptações, a maioria relacionada ao voo e aos seus modos de vida particulares. Apresentam as seguintes características:

  • Esqueleto leve: esqueleto com ossos muito levianos e ocos que lhes confere leveza durante o voo.
  • Visão desenvolvida: também têm orbitais muito grandes (cavidades onde os olhos estão alojados), portanto, sua visão é altamente desenvolvida.
  • Bico córneo: as aves apresentam um bico córneo com muitas variações, dependendo da espécie e a forma de alimentação.
  • Siringe: também têm a siringe, que faz parte do seu aparato oral e através do qual eles podem emitir sons e o canto.
  • Papo e moela: possuem um papo (dilatação do esôfago) que serve para armazenar os alimentos antes da sua digestão e, por outro lado, uma moela, que faz parte do estômago e é responsável por triturar o alimento, geralmente com a ajuda de pequenas pedras que a ave engole para esse fim.
  • Não urinam: não possuem bexiga urinária, portanto, o ácido úrico (resíduos dos rins das aves) é excretado com o restante dos resíduos na forma de fezes semissólidas.
  • Ossos fundidos: fusão de vértebras, fusão de ossos do quadril e variações no esterno e nas costelas para acomodar os músculos do voo.
  • Quatro dedos: as patas possuem 4 dedos na maioria das espécies, os quais têm diferentes disposição dependendo do modo de vida que levam.
  • Egagrópilas ou pelotas: muitas espécies formam egagrópilas ou pelotas, pequenas concreções vomitadas formadas por restos de animais não digeridos.
  • Botam ovos: como mencionamos anteriormente, sua forma reprodutiva é por fecundação interna e colocam ovos calcários secos que incubam nos ninhos, e muitas espécies perdem as penas do peito durante a época de incubação para poder fornecer mais calor ao ovo.
  • Podem nascer com ou sem penas: os filhotes recém eclodidos (quando saem do ovo) podem ser altriciais, ou seja, não possuem plumas para sua proteção e devem permanecer mais tempo no ninho sob os cuidados dos pais. Por outro lado, podem ser precoces, quando nascem providos de penugens que protegem seu corpo, portanto, passam menos tempo no ninho.
  • Digestão e metabolismo acelerados: possuir um metabolismo e digestão elevados e acelerados, são também adaptações relacionadas ao voo.
  • Respiração especial: aparelho respiratório muito particular, pois possuem pulmões com sacos aéreos que lhes permite um fluxo constante de ar.
  • Sistema nervoso desenvolvido: possuem um sistema nervoso muito desenvolvido, especialmente o cérebro, que está relacionado com as funções do voo.
  • Alimentação variada: relacionado à sua dieta, existe uma ampla variação dependendo da espécie, podendo consumir sementes, frutas e flores, folhas, insetos, carniça (restos de animais) e néctar, o que estará diretamente relacionado com seus modos de vida.
  • Longas migrações: muitas espécies marinhas, como a pardela-escura (Ardenna grisea) possui a capacidade de realizar migrações tão longas como espetaculares, pois alcança mais de 900 km por dia. Descubra aqui quais são as aves migratórias.
Tipos de aves: características, nomes e exemplos - Características das aves

Tipos de aves

Ao redor do mundo existem mais de 10.000 espécies, e a maioria delas se diversificou durante o Cretáceo, à cerca de 145 milhões de anos. Atualmente, estão agrupados em duas grandes linhagens:

  • Paleognathae: com cerca de 50 espécies distribuídas principalmente no hemisfério sul,
  • Neognathae: composto pelo restante das espécies presentes em todos os continentes.

A seguir, incluímos um esquema que mostra os tipos de aves que existem com maior clareza.

Tipos de aves: características, nomes e exemplos - Tipos de aves

Exemplos de aves Paleognathae

Dentro dos tipos de ave Palaeognathae, encontram-se:

  • O avestruz (Struthio camelus): é a maior ave que podemos encontrar atualmente e a corredora mais rápida. Está presente na África subsaariana.
  • As emas: como Rhea americana, similares aos avestruzes, embora mais pequenas. Perderam a capacidade de voar e também são excelentes corredoras e estão presentes na América do Sul.
  • Os inhambu-açu: como Tinamus major também estão presentes na América Central e do Sul. São aves andarilhas e realizam voos curtos quando se sentem ameaçadas.
  • Os casuares: como Casuarius casuarius, presente na Austrália e Nova Guiné, e o emu Dromaius novaehollandiae, presente na Oceania. Ambas também perderam a capacidade de voar e são andarilhas ou corredoras.
  • Os kiwis: endêmicos (presentes apenas em um local) da Nova Zelândia, como Apteryx owenii. São aves de tamanho pequeno e globular e de hábitos terrestres.
Tipos de aves: características, nomes e exemplos - Exemplos de aves Paleognathae

Exemplos de aves Neognathae

As Neognathae compreendem o grupo mais diversificado e numeroso das aves atuais, portanto nomearemos seus representantes mais conhecidos ou chamativos. Aqui podemos encontrar:

  • Galinhas: como Gallus gallus, presentes em todo mundo.
  • Patos: como por exemplo Anas sivilatrix, presente na América do Sul.
  • Pombo-comum: como Columba livia, também amplamente distribuída, pois está presente em grande parte do mundo.
  • Cucos: como o cuco comum Cuculus canorus, tão curioso por praticar o parasitismo reprodutivo, onde as fêmeas colocam seus ovos nos ninhos de outras espécies de aves. Aqui também se encontra o papa-léguas Geococcyx californianus, curioso por seus costumes territoriais para se alimentar.
  • Grou: com exemplos como Grus grus com seu tamanho grande e a capacidade de migrar longas distâncias.
  • Gaivotas: por exemplo Larus occidentalis, aves marinhas de tamanho médio e com uma das maiores envergaduras (distância de ponta a ponta das asas).
  • Aves de rapina: como a águia real, Aquila chrysaetos, espécie de grande tamanho e excelente voadora, e as corujas e mochos, como por exemplo a águia real Aquila chrysaetos, característico por sua plumagem tão branca.
  • Pinguins: com representantes que podem alcançar 1,20 m de altura, como o pinguim imperador (Aptenodytes forsteri).
  • Garças: como Ardea alba, bastante distribuída no mundo e uma das maiores de seu grupo.
  • Beija-flores: com representantes pequenos como Mellisuga helenae, considerada a menor ave do mundo.
  • Martim-pescador: como Alcedo atthis, tão chamativo por suas cores brilhantes e sua excelente capacidade para pescar.
Tipos de aves: características, nomes e exemplos - Exemplos de aves Neognathae

Se deseja ler mais artigos parecidos a Tipos de aves: características, nomes e exemplos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Lovette, I. J. & Fitzpatrick, J. W. (2016). Handbook Of Bird Biology. The Cornell Lab of Ornithology. Third Edition. Cornell University. 733 pp.
  • Bierregaard, R. O. (1994). Yellow-headed Caracara. Josep del Hoyo, Andrew Elliott & Jordi Sargatal (eds.), ed. Handbook of the Birds of the World. Volume 2. New World Vultures to Guineafowl. Barcelona: Lynx Edicions.
  • Senar, J. C. & Guallar, S. (2004). Mucho más que plumas. Barcelona: Institut de Cultura de Barcelona.

Escrever comentário sobre Tipos de aves: características, nomes e exemplos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Tipos de aves: características, nomes e exemplos
1 de 5
Tipos de aves: características, nomes e exemplos

Voltar ao topo da página