Partilhar

Gato Manx

Atualizado: 21 março 2019
Gato Manx

O gato Manx, também conhecido como gato manês ou gato sem rabo, é um dos gatos de raça mais peculiares devido à cauda e à aparência física em geral. Dono de um olhar terno, essa raça felina ganhou o coração de muitas pessoas pelo seu caráter equilibrado e carinhoso.

No entanto, para que o animal seja feliz é preciso conhecer todas as características do gato Manx, os cuidados básicos, temperamento e possíveis problemas de saúde. Por isso, aqui no PeritoAnimal, iremos compartilhar tudo o que você deve saber sobre o gato Manx se pretende conviver ou adotar um.

Origem
  • Europa
  • Reino Unido
Classificação FIFE
  • Categoria III
Características físicas
Peso médio
  • 3-5
  • 5-6
  • 6-8
  • 8-10
  • 10-14
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-15
  • 15-18
  • 18-20
Tipo de pelo

Gato Manx: origem

O gato Manx é originário da Ilha de Man, que se situa entre a Irlanda e a Grã Bretanha. O nome do felino é compartilhado com os nativos da ilha já que "Manx" significa "manês" na língua do lugar e é usado para definir a nacionalidade dos locais. Essa raça de gato é uma das mais populares a nível mundial.

Existem várias lendas sobre a principal característica do gato, a ausência de rabo. Uma delas conta que quando Noé fechou as portas da sua famosa arca, acabou cortando a cauda de um gato que tinha se atrasado por estar caçando um rato que queria dar de presente ao herói bíblico. Assim teria surgido o primeiro gato Manx da história. Outras lendas contam que o rabo foi perdido devido a uma moto que passou por cima dele na própria Ilha de Man, onde o número de motocicletas que circulam é alto. A terceira história é a de que essa raça de gato seria um cruzamento de gato com coelho.

Deixando de lado os mitos que rodeiam a origem dos gatos Manxs, acredita-se que sua existência está ligada aos antigos galeões espanhóis, que sempre levavam gatos a bordo para que caçassem ratos. Essas embarcações teriam chegado à Ilha de Man e lá esses felinos sofreram uma mutação natural que foi transferida para as seguintes gerações.

Gatos manx: características

Uma das principais características dos gatos Manxs é a cauda. Tradicionalmente, sempre trataram o gato Manx como um felino cujo rabo está ausente. No entanto, atualmente, já que a presença e a longitude da cauda pode variar dependendo do exemplar, pode-se distinguir cinco tipos de gato Manx de acordo com o rabo que têm.

  • Rumpy: nesses gatos a ausência de rabo é total, apresentando um buraco no fim da coluna vertebral.
  • Rumpy riser: nesse caso, o que se pode considerar como cauda é na realidade apenas um alargamento do osso sacro que se inclina para cima.
  • Stumpy: trata-se dos gatos que contam com a presença de uma cauda ou estrutura vestigial de até 3 centímetros, cuja forma tende a não ser uniforme e que varia de longitude dependendo dos exemplares.
  • Longy: é o gato Manx com um rabo dentro do normal, mas ainda menor que o de outras raças.
  • Tailed: nesse caso, mais raro, o rabo do gato tem uma comprimento normal em relação a outras raças.

Mesmo que existam todos esses tipos de cauda, em concursos só são permitidos a entrada dos três primeiros tipos de gato Manx.

Seguindo com as características da raça de gato Manx, a altura das suas extremidades posteriores é maior que das anteriores, de maneira que as patas traseiras parecem ligeiramente mais compridas que as dianteiras. O pelo dos Manxs é duplo, o que fará com que eles tenham uma aparência bem fofa e é uma fonte de isolamento frente às condições climáticas. Em relação as cores, ele pode ser de qualquer cor e o mesmo pode ser dito sobre os desenhos e padrões. Além disso, por causa da pelagem, o gato Cymric, tipo de gato doméstico, é considerado por muitos como uma variedade de pelo longo do gato Manx, ao invés de uma raça à parte.

O gato Manx trata-se de uma raça de gato mediana com cabeça arredondada, chata e grande, corpo musculoso, forte, robusto e também arredondado. Orelhas pequenas e ligeiramente pontiagudas, nariz comprido e olhos arredondados.

A face do Manx não é afunilada, como pode ser a do gato europeu comum, e se parece mais com a dos felinos ingleses, como o british shorthair, já que os gatos provenientes da Inglaterra tendem a ter a cara mais larga.

Por último, e tal como já se pode comprovar em todas as variedades de Manx, cabe destacar a mutação genética que esse gato possui na coluna vertebral. Essa mutação é totalmente natural e ocorre quando o gene do rabo, em vez de ser totalmente predominante, é recessivo por um alelo, que não desenvolve a cauda em sua totalidade e que resulta em um gato com essas características. Ou seja, gatos Manx são heterozigotos para uma mutação que resulta na ausência de cauda.

Gato Manx: personalidade

Esses felinos costumam ter um caráter bastante marcado, se mostram sempre muito sociáveis, tanto com pessoas como com outros animais, e são muitos inteligentes e carinhosos, principalmente quando foram criados pelas mesmas pessoas desde filhote, buscando sempre seus tutores para brincar e receber mimos.

Quando é criado em zonas mais rurais, tendo uma vida no exterior, o gato Manx apresenta grandes dotes como caçadores de roedores, feito que o converte em uma raça de gato tanto para quem vive no campo como para as famílias que moram em áreas urbanas, já que se adapta perfeitamente à vida em um apartamento.

Gato Manx: cuidados

Os cuidados com a raça de gato Manx são simples, se reduzem a estar atentos durante o desenvolvimento dos filhotes, já que os primeiros dias serão vitais para detectar possíveis problemas de saúde próprios da raça. Tratam-se de gatos fortes e que têm uma boa saúde no geral.

Mesmo assim, durante os primeiros meses de vida, você deve trabalhar na socialização do gatinho para que ele possa se relacionar bem com todo tipo de pessoas, animais e lugares. Devido ao seu pelo curto, só é necessário penteá-lo uma vez por semana para evitar a criação das incômodas bolas de pelo. A tosa não costuma ser necessária nos Manx e o banho deve ser realizado apenas quando estritamente necessário.

Por outro lado, como em qualquer raça de gato, é importante fazer um check-up dos olhos, orelhas e boca do seu gato periodicamente. Além disso, também é recomendado seguir o calendário de vacinas estabelecido pelo veterinário.

Como se trata de um animal inteligente e com um grande instinto caçador, é muito importante prestar atenção no enriquecimento ambiental e dedicar tempo realizando seções de jogos e brincadeiras que simulem a caça. Para isso, é vital não usar as mãos durante esses momentos, já que os felinos rapidamente podem associá-las com as brincadeiras e começar a mordê-las e arranhá-las sem aviso. O mais recomendado é sempre usar os brinquedos adequados. E, no caso que se o gato Manx se exercite em casa e não em um ambiente mais aberto onde tenha espaço para correr, é importante que você tenha raspadores e outros brinquedos de obstáculos de vários níveis.

Gato Manx: saúde

As peculiaridades do gato Manx se devem a sua particular mutação genética, que altera a forma da coluna do felino dessa raça de gato, como já comentamos anteriormente. Por isso, é preciso prestar uma atenção especial dos gatos Manxs durante o desenvolvimento já que eles podem apresentar malformações em na coluna vertebral. Esses tipos de malformações podem afetar diversos órgãos e acarretar transtornos notáveis, como a espinha bífida ou bifurcada, e a hidrocefalia, e em sintomas como convulsões.

Os afetados por essas malformações são classificados com a doença chamada "síndrome da Ilha de Man". Devido a isso, consultas ao veterinário devem ser frequentes durante o crescimento do filhote. Para evitar que a consanguinidade faça com que nasçam exemplares com mais problemas devido à genética, se aconselha cruzar esses gatos com outras raças que tenham o rabo normal.

Fotos de Gato Manx

Artigos relacionados

Suba a sua foto de Gato Manx

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário sobre Gato Manx

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?

Gato Manx
1 de 7
Gato Manx

Voltar ao topo da página