Partilhar

Ratonero Bodeguero Andaluz

Atualizado: 9 março 2020
Ratonero Bodeguero Andaluz

O cachorro Ratonero Andaluz, originário da província de Cádis, costumava ser visto antigamente nas vinícolas, daí seu nome, pois as mantinha livres das pragas de roedores. Precisamente por esta mesma razão, conhecemos esta raça de cachorro como "Bodeguero Andaluz", "Ratonero Andaluz" ou "Ratonero Bodeguero Andaluz". Atualmente, ele é um companheiro habitual das famílias, indicado especialmente para quem tem filhos, pois é muito brincalhão e sociável. Se você quiser saber mais sobre essa raça maravilhosa e alegre, este artigo da PeritoAnimal foi feito para você, porque vamos te explicar tudo sobre o Bodeguero Andaluz.

Origem
  • Europa
  • Espanha
Características físicas
Altura
  • 15-35
  • 35-45
  • 45-55
  • 55-70
  • 70-80
  • Mais de 80
Peso adulto
  • 1-3
  • 3-10
  • 10-25
  • 25-45
  • 45-100
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-12
  • 12-14
  • 15-20
Atividade física recomendada
  • Baixa
  • Média
  • Alta
Clima recomendado
Tipo de pelo

Origem do ratonero bodeguero andaluz

Os Bodegueros Andaluzes têm raízes fortes em todo o sul da península, mas especialmente na área de Jerez e em toda a província de Cádis em geral. Antigamente, eles trabalhavam nas adegas, já que são caçadores especialistas de roedores, e por isso as mantinham livres desses pequenos animais que podiam danificar os barris onde o precioso vinho era armazenado.

Seus ancestrais são os terriers britânicos, que foram levados por comerciantes ingleses para a área de Cádis. Foram principalmente o Fox Terrier de pelo liso e os Jack Russell que cruzaram com os cachorros locais, dando origem a esta raça tão hábil na caça de roedores. Como curiosidade, podemos dizer que os espécimes com pelagem branca foram selecionados para que pudessem ser vistos quando estivessem nas adegas escuras.

No entanto, suas origens já estão distantes da realidade atual, pois os Ratoneros Bodegueros passaram de animais de campo para cachorros domésticos destinados à companhia, já que sua personalidade alegre e sua docilidade, além de seu tamanho, os tornam uma opção ideal para famílias e pessoas que vivem em áreas urbanas.

Atualmente, a raça Bodeguero Andaluz foi reconhecida pela Real Sociedade Canina da Espanha, mas ainda não foi reconhecida pela Federação Internacional.

Características do ratonero bodeguero andaluz

Os Bodegueros são cachorros de pequeno e médio porte, pesando cerca de 7 ou 8 kg, e têm uma altura de aproximadamente 40 cm na cernelha. Seu corpo é realmente esbelto e atlético, com uma cauda fina, e seu pelo é curto e fino, geralmente branco e com manchas pretas ou marrons no pescoço e na cabeça.

Quanto ao comprimento das pernas, encontramos exemplares que as têm mais ou menos longas, podendo ter pernas compridas, proporcionais, curtas ou muito curtas. Por outro lado, e continuando com as características do Bodeguero Andaluz, sua cabeça é triangular, com um focinho longo e olhos pequenos e escuros. As orelhas são eretas e pontiagudas, com as pontas caídas para a frente, e é comum que sejam de outras cores além do branco.

Personalidade do ratonero bodeguero andaluz

A característica mais marcante do cachorro Bodeguero Andaluz é a sua vitalidade, que não é inquieta ou nervosa, e lhe permite ser um excelente companheiro de brincadeira para as crianças da família. Além disso, é um cachorro carinhoso e leal, muito atencioso e alegre. Da mesma forma, ele está sempre alerta para ruídos ou movimentos ao seu redor.

O Ratonero Andaluz também é um cachorro muito inteligente, corajoso e com uma personalidade forte. É um animal com excelente capacidade de adaptação a diferentes lugares e modos de vida. Desta forma, é uma raça sociável com humanos e outros animais, uma vez que está tradicionalmente acostumada a trabalhar em grupos e compartilhar seu habitat.

Cuidados do ratonero bodeguero andaluz

Devido aos seus altos níveis de energia, o cachorro da raça Bodeguero Andaluz precisa de atividades físicas diárias para se manter equilibrado tanto física quanto psicologicamente. Assim, desfrutará de passeios, sem se importar que durem horas e horas, e de brincadeiras com os pequenos da casa.

Você precisa tomar um cuidado especial com a dieta, já que é um cachorro com tendência à gula, por isso é importante controlar sua ingestão e fornecer uma dieta balanceada que impeça seu Bodeguero de ficar com sobrepeso e obesidade, o que pode levar a vários tipos de problemas de saúde.

Você também deve manter o pelo e as unhas, especialmente as do quinto dedo que muitos possuem, pois podem crescer até ficar presas nas patas do pequeno. Preste atenção ao estado da sua boca e ouvidos para mantê-los saudáveis e limpos, uma vez que esta raça tende a acumular mais tártaro do que outras.

Adestramento do ratonero bodeguero andaluz

Para treinar um Bodeguero Andaluz, o ideal é começar o treinamento enquanto ele ainda é um filhote, já que assim será relativamente mais fácil tornar sua socialização e educação tão satisfatórias quanto possível. No entanto, se você adotou um Bodeguero Andaluz adulto, saiba que nunca é tarde para educá-lo, portanto, realize também sessões variadas para mantê-lo adequadamente estimulado. Lembre-se de que é uma raça de cachorros inteligentes e ativos, com um forte instinto de caça, e por isso, realizar atividades como busca por farejamento pode ser muito útil para trabalhar sua estimulação mental.

Para que seu treinamento seja proveitoso e agradável para ambas as partes, recomenda-se o uso de técnicas como o reforço positivo, evitando punições e especialmente violências de qualquer tipo. O principal aspecto em que você deve trabalhar é a obediência, pois devido ao seu caráter forte, pode ser difícil fazer o Bodeguero cumprir suas ordens comportamentais.

Para uma boa socialização é importante que seu Bodeguero Andaluz interaja com tantos cachorros e espécies de animais quanto possível, assim você conseguirá um animal amigável e tolerante com todos.

Saúde do ratonero bodeguero andaluz

Os Bodegueros Andaluzes são animais bastante resistentes, no entanto, isso não significa que não possam sofrer com várias doenças. Como seus pelos são brancos, sua pele rosada fica exposta às queimaduras solares e a várias alergias, observáveis porque deixam, principalmente nas pernas, escamas mais ou menos grandes e notáveis de acordo com sua susceptibilidade ao alérgeno em questão.

Não estão isentos de sofrer com doenças hereditárias como a displasia de cotovelo, o hipotiroidismo ou a displasia de quadril. Nesse caso, se você não conhece as origens do seu cachorro, será essencial fazer exames veterinários regularmente para detectar essas doenças o mais rápido possível e, assim, poder tomar as medidas necessárias para erradicá-las ou tratá-las.

Naturalmente, é desejável seguir as recomendações veterinárias relativas ao calendário de vacinação e outros fatores, como a alimentação, o corte das unhas e a necessidade de fazer uma limpeza oral.

Fotos de Ratonero Bodeguero Andaluz

Artigos relacionados

Suba a sua foto de Ratonero Bodeguero Andaluz

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário sobre Ratonero Bodeguero Andaluz

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?

Ratonero Bodeguero Andaluz
1 de 3
Ratonero Bodeguero Andaluz

Voltar ao topo da página