menu
Partilhar

Alusky: malamute do alasca e husky

Atualizado: 3 março 2022
Alusky: malamute do alasca e husky

O alusky é um cruzamento entre o husky siberiano e o malamute do alasca, uma mistura que teve origem no Alasca há vários anos, embora não tenhamos certeza de quando aconteceu. Estes cachorros foram destinados como cães de trabalho para puxar o trenó naquelas áreas frias do planeta porque eles suportam muito bem o frio graças à sua pelagem espessa, grossa e abundante de cores misturadas com o branco. É um cachorro agradável e afetuoso, embora se não for bem socializado e educado, pode tender a ser mais dominante com outros cachorros. Precisa de muita atividade física, uma dieta completa e equilibrada e cuidadores preocupados com sua saúde e higiene para melhorar sua qualidade de vida.

Continue lendo sobre essa raça aqui no PeritoAnimal para saber mais sobre as características do alusky, sua origem, personalidade, educação, cuidados, saúde e onde adotá-lo.

Origem
  • América
  • Estados Unidos
Classificação FCI
  • Grupo V
Características físicas
Altura
  • 15-35
  • 35-45
  • 45-55
  • 55-70
  • 70-80
  • Mais de 80
Peso adulto
  • 1-3
  • 3-10
  • 10-25
  • 25-45
  • 45-100
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-12
  • 12-14
  • 15-20
Atividade física recomendada
  • Baixa
  • Média
  • Alta
Ideal para
Clima recomendado
Tipo de pelo

Origem do cachorro alusky

O cachorro alusky não é uma raça de cachorro em si, é na verdade um cachorro mestiço, resultado de um cruzamento entre duas raças comuns: o husky siberiano e o malamute do alasca. Teve origem há alguns anos no Alasca a fim de obter um cachorro que tivesse amplas qualidades como um cão de trenó.

Dessas duas raças originais, supõe-se que a primeira apareceu mais cedo, considerando que tem vários séculos, quando uma tribo chamada "Chuckchi" uma vez criou um cachorro étnico em áreas despovoadas da Sibéria, pois eles eram bons em resistir a longas distâncias, caçar alimentos e transmitir calor às pessoas. O malamute do Alasca, por outro lado, apareceu pela primeira vez no século XIX no oeste do Alasca, sendo criado pela tribo Inuit por suas habilidades de caça, puxar trenós e natureza obediente.

O alusky não foi aceito pelo American Kennel Club, mas foi aceito pelo American Canine Hybrid Club, o Designer Dogs Kennel Club, o Designer Breed Registry, o International Designer Canine Registry e o Dog Registry of America Inc.

Características do alusky

O alusky é um cachorro muito parecido com o husky siberiano que conhecemos, mas com certos traços de seu outro pai, o malamute do Alasca. Assim, geralmente é mais alto e mais magro que o husky siberiano, embora seja de tamanho médio, pesando de 18 a 40 kg e com 65 a 72 cm de altura, sendo os machos maiores que as fêmeas.

Tem um corpo forte e musculoso que lhe confere muita resistência. Os ombros do alusky são largos, o peito é largo e profundo com costelas fortemente salientes e o lombo é reto, inclinado em direção aos quadris. A cabeça do alusky é grande e larga, com orelhas pequenas e pontiagudas bem afastadas. Os olhos dão uma expressão confiante, protetora e afetuosa, sendo pequenos, em forma de amêndoa e de cor marrom claro ou azul. Como no husky, alguns cachorros podem ter heterocromia (um olho de cada cor). O focinho do alusky é proeminente e de forma cônica, com uma trufa preta e uma linha ao redor da boca.

Cores do alusky

O alusky tem uma pelagem muito abundante, espessa e densa para protegê-lo do frio dos locais de origem, o norte dos Estados Unidos, e onde é muito útil para o trabalho. As cores que ele pode apresentar misturadas com manchas brancas são as seguintes:

  • Avermelhado
  • Prateado
  • Marrom
  • Cinza

Personalidade do alusky

O alusky tem um temperamento muito equilibrado e é um cachorro muito afetuoso que se dá bem com crianças e adultos. Entretanto, ele também é muito sensível a mudanças no tom de voz e pode se tornar muito tímido ou desconfiado se não for conduzido com respeito, punido ou treinado adequadamente. Tendo um instinto de caça e trabalho muito forte, ele tende a ser um pouco teimoso, mas geralmente obedece e responde muito bem ao seu tutor.

O alusky é também um cão muito brincalhão, ativo e enérgico, que estará sempre disposto a brincar e fazer qualquer tipo de atividade física. Ele tende a viver bem com outros animais, embora ele tenha tendência a desenvolver uma atitude bastante dominante quando vive com outros cachorros. Mesmo assim, não é um cachorro que tende a desenvolver problemas de comportamento ou de convivência.

Treinamento do alusky

Para ter um alusky educado e obediente que controla seus instintos dominantes e de caça, é necessário que ele seja treinado e educado desde a fase de filhote. Durante estas primeiras semanas de vida, os cães têm seu período de socialização, ou em outras palavras, é neste momento que eles são mais sensíveis e receptivos a tolerar novos ambientes, situações, pessoas e animais no futuro, para que eles não fiquem assustados, tímidos ou desequilibrados quando adultos. Embora sempre existirá um componente genético, o temperamento poderá ser alcançado de uma forma ou de outra, dependendo de quão bem socializados eles forem.

Além disso, eles devem ser educados e treinados através de reforços positivos, pois estes cachorros são particularmente sensíveis ao castigo e a gritar ou levantar a voz, de modo que o aprendizado que recompensa o comportamento positivo e não pune o comportamento inadequado será muito mais rápido, menos traumático e mais eficaz para estes cachorros.

No caso da adoção de um alusky que viverá com outros cães, é essencial que a introdução seja feita progressivamente devido ao caráter dominante que este cão possa vir a ter.

Cuidados a ter com um alusky

O alusky é um cachorro que precisa de muita atividade e exercício diário, por isso não é um cão muito adequado para os tutores que mal põem os pés em casa e são sedentários ou o levariam para uma caminhada de 5 minutos sem exercitá-lo. Ele também não é um cachorro ideal para ambientes muito quentes, devido à natureza de seu pelo. Com relação a essa pelagem, ela precisa ser escovada várias vezes por semana para evitar a formação de nós e emaranhados e o acúmulo de sujeira e detritos. Além disso, ele tende a soltar muito pelo, portanto, nas estações de muda da primavera e outono, a escovação deve ser ainda mais frequente e o banho deve ser dado somente quando necessário. A higiene dos ouvidos, olhos e dentes também deve ser frequente para evitar infecções e inflamações que afetam essas estruturas.

A alimentação do alusky deve ser específica para cachorros, seja comercial ou caseira, e na quantidade correta para que ele possa obter todos os nutrientes necessários nas proporções corretas para a manutenção de sua saúde em condições ideais. A quantidade diária dependerá das condições individuais de cada animal, que variam de acordo com a idade, tamanho, atividade física, condições climáticas ou do estado fisiológico do alusky.

Por outro lado, é importante proporcionar ao cachorro o enriquecimento ambiental correto em casa, para que ele também possa manter sua mente ativa. Sendo originalmente um cachorro de trabalho, ele precisa ser mantido exercitado em todos os sentidos, portanto, jogos de inteligência, farejar, etc., são ideais para este cão mestiço.

Saúde do alusky

O alusky é um cachorro forte e saudável com uma expectativa de vida de 10 a 15 anos e nenhuma doença específica além daquelas típicas de cães de grande porte e crescimento rápido, tais como displasia de quadril ou incongruência da articulação do quadril entre os ossos que o formam (acetábulo e cabeça femoral), o que causa instabilidade articular, osteoartrite, dor e coxeio de longo prazo. Também tem a tendência de ficar acima do peso, razão pela qual é tão importante fornecer uma dieta de qualidade e controlar a quantidade de alimentos que consome. Ele também pode desenvolver distúrbios oftalmológicos e de coagulação do sangue devido à herança de suas raças progenitoras.

Onde adotar um alusky?

Adotar um alusky pode ser um pouco difícil, pois os huskies siberianos são mais comuns. Se você mora nos Estados Unidos pode ser mais fácil, mas não é um cachorro comum que você pode encontrar em abrigos para adoção, além de precisar de uma série de cuidados específicos em nível de atividade física, não é um cachorro para a maioria das pessoas. Adotar um alusky não é algo que deva ser feito levianamente, pois é preciso pensar que eles são seres vivos que precisam de respeito, carinho, cuidado e atenção que você deve oferecer a eles todos os dias, pois eles dependerão exclusivamente de você.

Além disso, é essencial levar em conta o clima em que se vive antes de decidir adotar um alusky, pois, como já mencionamos, é um cachorro adaptado ao frio e as temperaturas muito altas não são adequadas para ele. Se você satisfaz todos os requisitos para compartilhar sua vida com um alusky, então recomendamos que você vá a abrigos de animais, associações e refúgios de animais.

Fotos de Alusky: malamute do alasca e husky

Artigos relacionados

Suba a sua foto de Alusky: malamute do alasca e husky

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?
Alusky: malamute do alasca e husky
1 de 4
Alusky: malamute do alasca e husky

Voltar ao topo da página