Partilhar

Pode dar mel para gato? Descubra a resposta!

 
Por Liliana Ramos, Jornalista especializada em mundo animal. Atualizado: 5 dezembro 2017
Pode dar mel para gato? Descubra a resposta!

Ver fichas de  Gatos

O paladar de um gato não é fácil de satisfazer,especialmente quando falamos de gatos domésticos que estão acostumados a um menu muito variado que pode ser composto por ração, latas de comida úmida ou até mesmo receitas caseiras.

Sabemos que satisfazer os desejos alimentares de um gato pode ter consequências graves para a saúde dele como, por exemplo, o excesso de peso. Contudo, existem alguns alimentos que, além de satisfazer o paladar do felino, são bons para a saúde dele. Você gostaria de saber se pode dar mel para gato? A verdade é que eles gostam muito deste alimento! Continue lendo este artigo do PeritoAnimal para saber a resposta.

Também lhe pode interessar: Porquinho da índia com diarreia: causas

Mel faz mal para gatos?

O mel é um alimento excepcional com muitas propriedades medicinais, embora deva ficar claro que isto não significa que deva ser um pilar básico da alimentação dos gatos.

Como veremos mais à frente, para aproveitar os benefícios do mel de abelhas para gatos, é necessário saber com que frequência oferecer este ingrediente e para que tipo de problemas ele é mais indicado. Confira como o mel pode melhorar a saúde do seu gato quando é oferecido do jeito certo:

  • É um alimento altamente energético. Na verdade, é o alimento não processado que mais energia providencia.
  • O mel é emoliente, protegendo a mucosa gastrointestinal e ajudando a superar problemas de saúde localizados nesta área, como a gastrite felina.
  • Tem um alto poder bactericida, o que faz com que a sua ingestão oral ajude a combater as infecções naturalmente.
  • Aplicado topicamente, o mel promove a cura e cicatrização de feridas ou lesões dermatológicas.
Pode dar mel para gato? Descubra a resposta! - Mel faz mal para gatos?

Gato pode comer mel?

Sim! Agora que você já sabe que o mel é bom para gatos, é essencial saber como introduzir este ingrediente na alimentação deles. O mel pode ser administrado oralmente a um gato filhote a partir da quinta semana de vida e até à oitava semana, o que pode ser feito para enriquecer o leite. Contudo, na alimentação de um gato adulto, o mel não pode ser um ingrediente habitual. Então, quando devemos dar mel aos gatos? O mel pode ser incorporado na alimentação do gato quando ele está doente, já que é muito energético e ajuda a estimular o sistema imunológico. Também podemos oferecer ocasionalmente quando oferecermos uma comida mais gourmet, cheirosa e apetitosa.

Tenha em conta que, quando o mel não assenta bem ao gato, isso pode estar relacionado com o excesso, por isso tente oferecer apenas em situações como as mencionadas antes e sempre em pouca quantidade (uma colher de sopa é suficiente).

Que tipo de mel usar? A melhor opção é, obviamente, o mel ecológico e de boa qualidade.

Pode dar mel para gato? Descubra a resposta! - Gato pode comer mel?

O mel para curar feridas tópicas no gato

Quando usamos o mel topicamente para tratar feridas em gatos, não podemos usar qualquer tipo de mel. O produto pode estar contaminado com algum agente patógeno como, por exemplo, esporas de Clostridium botulinum. Neste caso, você deve usar mel médico, um tipo de mel esterilizado através de radiação que elimina qualquer agente contaminante enquanto conserva todas as propriedades medicinais do alimento.

O mel deve ser aplicado diariamente sobre a ferida até curar, mas esta aplicação não substitui a higiene correta da área afetada.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Pode dar mel para gato? Descubra a resposta!, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Dietas caseiras.

Escrever comentário sobre Pode dar mel para gato? Descubra a resposta!

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Pode dar mel para gato? Descubra a resposta!
1 de 3
Pode dar mel para gato? Descubra a resposta!

Voltar ao topo da página