Partilhar

Meu gato quer cenoura, é normal?

Por Anne Caroline Gonçalves, Jornalista. Atualizado: 4 outubro 2018
Meu gato quer cenoura, é normal?

Ver fichas de  Gatos

Os felinos são cheios de personalidade e, algumas vezes, podem ter alguns gostos alimentares inusitados. Estamos tão acostumados a lhes oferecer patês com sabor de peixe ou carne que, quando vemos o nosso gatinho interessado em um vegetal, como a cenoura, podemos estranhar.

Não há nada de errado em oferecer algo de diferente para os nossos bichanos comerem. Entretanto, é natural que tenhamos um pouco de medo, já que nem tudo aquilo que comemos faz bem para o organismo dos nossos companheiros. Antes de oferecer algo novo ao seu gato, sempre cheque se ele pode ou não comer aquilo e em que quantidade você deve oferecer, para que o excesso também não o prejudique.

Caso você queira saber o que significa se o gato quer cenoura e como este alimento pode beneficiar o seu amiguinho, este artigo do PeritoAnimal vai te ajudar a responder algumas dessas dúvidas.

Também lhe pode interessar: Como pegar meu porquinho da Índia?

O que significa o gato querer cenoura

Talvez você esteja se perguntando porque o seu gato parece tão animado ao cheirar uma cenoura, como se tivesse encontrado a felicidade plena ao se aproximar deste tubérculo alaranjado. A cor chamativa, assim como o odor e a textura podem parecer muito interessantes ao seu bichano, atiçando a curiosidade.

Não existe um significado claro para o seu companheiro querer cenoura, mas fique tranquilo! É normal que os felinos, assim como os outros animais, se interessem por alimentos diferentes e sintam-se tentados a prova-los. Enquanto o seu gatinho parece nutrir uma paixão pelas cenouras, outros podem simplesmente preferir verduras verdes e fresquinhas, não há nada de errado nisso.

Agora, se você tem medo que este vegetal faça mal ao seu animal, saiba que não tem com o que se preocupar. A cenoura não tem nenhuma toxina ou mesmo substância que faça mal para o organismo do seu bichano, muito pelo contrário. Além de possuir um sabor peculiar devido aos açúcares que se misturam à compostos amargos e aminoácidos livres, ela está recheada de carotenoides, fibras, vitamina C, K, magnésio, potássio, e muitos outros nutrientes que podem beneficiar a saúde do seu gato.

Como a textura pode ser bastante dura para o seu bichinho morder, recomenda-se cozinha-la por alguns minutos, facilitando para mastigar e digerir. Além disso, o calor libera os nutrientes deste tubérculo, fazendo com que o corpo os absorva mais facilmente.

Benefícios da cenoura para o organismo do gato

A vitamina A é um componente muito importante para a manutenção do organismo dos felinos e pode ser encontrada nas cenouras. Ela está ligada a visão, ao crescimento ósseo, a reprodução, ao desenvolvimento dentário e a manutenção do tecido epitelial, protegendo o animal de diversas infecções.

O betacaroteno presente neste vegetal é transformado pelo corpo em vitamina A e armazenado. Como o corpo dos gatinhos não consegue converter muito dessa substância em vitamina, ele direciona o que produz para o crescimento e a reprodução celular, tornando as cenouras um ótimo alimento para filhotes.

Existem muitos outros benefícios que o corpo do seu companheiro pode adquirir com a ingestão deste vegetal. Confira:

  • Alívio da constipação intestinal

A cenoura funciona como um ótimo laxante para os animais e os nossos gatinhos domésticos não ficam de fora deste grupo. Uma colher de chá deste vegetal ralado, ainda cru, pode auxiliar o animal a fazer as suas necessidades, ajudando a reduzir a má digestão. Misture a cenoura ao potinho de comida do seu bichano e espere que ele coma. Essa combinação pode ser utilizada por alguns dias, até que se obtenha alguma melhora.

  • Pelos mais saudáveis

Uma porção de 100 g de cenoura contém, aproximadamente, 4,5 mg de betacaroteno. Essa substância é o carotenoide com maior atividade, transformando-se em vitamina A quando absorvida pelo organismo. No corpo do nosso gatinho, a vitamina A ajuda a manter os pelos saudáveis e sedosos, também deixando as unhas e a pele mais sadias.

  • Prevenção de problemas de visão

Sabemos que os felinos têm a visão bastante aguçada e que são capazes de enxergar bem mesmo que estejam em ambientes escuros. Entretanto, o que a maioria de nós não sabe é que adicionar a cenoura a rotina alimentar dos bichanos pode ajudar a manter está supervisão em dia. Mesmo que o organismo dos gatos tenha a capacidade de transformar o betacaroteno em vitamina A, é em uma quantidade inferior à que o ser humano converte e, por isso, o corpo do animal a direciona para outros propósitos, não sendo útil para tratar doenças nos olhos. Porém, a ausência de alimentos contendo betacaroteno na dieta está ligada ao surgimento de problemas visuais nestes animais, logo, comer cenoura pode ajudar na prevenção.

  • Bolas de pelo

Alimentos fibrosos são ótimos para estimular o funcionamento digestivo dos felinos, ajudando em problemas comuns, como a formação de bolas de pelo. Oferecer um pouco de cenoura cozida ou ralada para o seu gato de vez em quando pode prevenir este problema, eliminando os pelos nas fezes, evitando que se acumulem no intestino.

  • Mais tempo de vida e saúde

Uma dieta rica em carotenoides ajuda a manter o sistema imunológico mais saudável, melhorando a qualidade de vida e a longevidade. Isso vale tanto para nós, seres humanos, como para os animais, como os gatos e os cachorros. O betacaroteno é um componente da cenoura que, como já explicamos, é provitamina A. Essa substância também é um antioxidante lipossolúvel, ajudando a controlar uma molécula capaz de ocasionar danos celulares, mantendo o organismo do nosso gatinho em forma.

  • Dieta saudável

As cenouras também são conhecidas pelo seu cheiro chamativo e pelo sabor doce que conferem ao paladar. Por esse mesmo motivo, devem ser servidas moderadamente aos animais. Entretanto, a glicose contida neste tubérculo costuma ser metabolizada e transformada em energia mais rapidamente, tornando-se uma opção saudável de oferecer nutrientes para gatos que estejam obesos, por exemplo. Ela também são indicadas em casos de sobrepeso e diabetes por ser um vegetal fibroso, o que ajuda a controlar o açúcar no sangue, além de oferecer poucas calorias.

Meu gato quer cenoura, é normal? - Benefícios da cenoura para o organismo do gato

Como introduzir um alimento novo na dieta do gato

Adicionar um novo alimento a rotina de um animal é sempre um desafio. No caso dos vegetais, é normal que tenhamos dúvidas sobre qual é a melhor forma de prepara-los para que mantenham o seu valor nutritivo e, ao mesmo tempo, continuem atrativos, sendo fácil para o animal mastigar e digerir.

Também há o medo de que o animal não se interesse pela nova comida ou acabe não gostando do sabor. Esse é um risco que nem sempre temos como evitar, afinal, cada bichinho tem as suas próprias preferências, mas existem algumas dicas que podem ajudar a despertar o interesse do seu companheiro.

No caso das cenouras, recomenda-se que você lave primeiro e de uma cozida para que fiquem mais macias. Os gatos não tem os dentes tão resistentes quanto os coelhos e o tubérculo cru, em pedaços, pode não ser uma boa ideia.

Você também pode optar por ralá-la e misturá-la na ração do seu bichano. Porém, não se esqueça que vegetais estragam rápido e não podem ficar o dia todo no potinho, a disposição do animal! O ideal é determinar um horário fixo para oferecer este tipo de alimento, assim o gato saberá quando comer e você pode retirar do pote caso tenha passado muito tempo.

Oferecer a cenoura cozida em pequenos pedaços, como petiscos, também é uma forma de estimular o felino com reforços positivos, assimilando o alimento como um agrado. Caso o seu felino não queira comer os vegetais e nem a ração, nosso artigo intitulado de por que o meu gato não quer comer pode lhe ser útil.

Veja também o nosso artigo de frutas e legumes proibidos para gatos.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Meu gato quer cenoura, é normal?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Dietas caseiras.

Bibliografia
  • Borges, Flávia M. de Oliveira. Salgarello, Rosana M. Gurian, Tatiane M. (2011) Recentes avanços na nutrição de cães e gatos. Universidade Federal de Pelotas.
  • Ememe, Mary. Ememe, Chukwuma. (2017) Benefits of super food and functional food for companion animals. Department of Veterinary Medicine Michael Okpara, pp 309-318.
  • Freeman, Lisa M. Linder, Deborah E. Heinze, Cailin R. (2018) Don’t sugar coat it: the best diets for cats with diabetes. Cummings Veterinary Medical Center.
  • Kolb, Helga. Nelson, Ralph. (1983) Rod pathways in the retina of the cat. Vision Research. 23(4), pp. 301-312.
  • Ozaki, Andréia Tiemi. Duarte, Paula da Cunha. (2006) Fitoterápicos utilizados na medicina veterinária em cães e gatos. Infarma, v.18, nº 11/12.
  • Teixeira, Luciano José Quintão. Pola, Cícero Cardoso. Junqueira, Mateus da Silva. Mendes, Fabricia Queiroz. Junior, Salatir Rodriques. (2011) Cenoura (Daucus Carota): Processamento e composição química. Enciclopédia Biosfera. Centro Científico Conhecer, vol. 7.

Escrever comentário sobre Meu gato quer cenoura, é normal?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
IRIS MAIA
Meu gato quer cenoura significado qual é?

Meu gato quer cenoura, é normal?
1 de 2
Meu gato quer cenoura, é normal?

Voltar ao topo da página