menu
Partilhar

Gato pode comer peixe?

 
Por Equipe editorial do PeritoAnimal. Atualizado: 12 abril 2021
Gato pode comer peixe?

Ver fichas de  Gatos

Se falamos de comida natural para gatos, a primeira coisa que nos vem à mente é incluir o peixe, porque este felino doméstico sempre foi representado em nossa cultura como um amante deste alimento. O que todos que convivem com um gato sabem é que o simples cheiro de peixe deixa qualquer gato louco.

Podemos destacar que o óleo de peixe para gatos proporciona inúmeros benefícios, assim como o peixe certamente fornece nutrientes que são importantes para nosso felino. Assim, a principal dúvida é sobre como fazer peixe para gato e a melhor maneira de incluir este alimento na dieta de nosso animal de estimação. Gato pode comer peixe? Explicamos todos os detalhes neste artigo do PeritoAnimal. Boa leitura.

Também lhe pode interessar: Cachorro pode comer peixe?

Gato pode comer peixe?

Sim, gato pode comer peixe, mas o peixe não pode ser a base de sua dieta porque não estaríamos obtendo uma nutrição completa.

Peixes benéficos para os gatos

O peixe fornece ao gato proteína, um nutriente essencial para seu organismo. Além disso, é rico em Ômega 3, o que ajuda a fortalecer os ossos. Os melhores peixes para gatos são os que fazem parte do grupo chamado de peixes oleosos:

  • Sardinha
  • Salmão
  • Atum
  • Arenque
  • Cavalinha
  • Truta

Essas seis espécies são uma excelente maneira de fornecer ácidos graxos saudáveis, que entre outras virtudes, ajudarão o gato a ter uma pelagem brilhante e resistente.

Em contrapartida, deve-se levar em conta que alguns peixes interferem na absorção das vitaminas B. Outra desvantagem em oferecer peixe para gato é que ele não fornece vitaminas importantes como a K, essencial para a coagulação do sangue.

Se você pretende oferecer rotineiramente peixe para seu gato, é importante ressaltar que seu consumo excessivo poderia causar problemas de tireoide, alergias e deficiências vitamínicas, portanto, a moderação é fundamental.

Não perca este outro artigo do PeritoAnimal em que falamos sobre os benefícios do óleo de peixe para gatos.

Gato pode comer peixe? - Gato pode comer peixe?

Peixes prejudiciais para os gatos

Você já viu que gato pode comer peixe e, em teoria, qualquer peixe pode ser bom para um gato, desde que não esteja presente em excesso em sua dieta. No entanto, também existem alimentos que não devem servir como alimento de um felino, por isso recomendamos que leia nosso artigo sobre o que os gatos comem - guia de alimentação.

Entre os peixes que não devemos oferecer aos nossos gatos, estão:

  • Peixe salgado ou cozido com muito sal, como o bacalhau
  • Peixe enlatado, porque contém algumas substâncias tóxicas para os felinos.
  • Peixe defumado, por causa de seu alto teor de sal.
  • Peixe em conserva
  • Peixe marinado, como o ceviche

Vale dizer que o atum ou a sardinha em lata, não devem ser oferecidos para os gatos porque eles possuem uma alta taxa de sódio e de mercúrio, podendo prejudicar a saúde dos felinos.

E já que estamos falando da alimentação felina, não perca o vídeo a seguir em que você conhecerá 7 frutas que gatos podem comer - quantidades e benefícios:

Como fazer peixe para o gato

Nesta seção vamos apresentar algumas maneiras sobre como fazer e como oferecer peixe para gato. Vamos lá:

Pode dar peixe cru para gato?

Se você pretende oferecer peixe ao seu companheiro felino, saiba que este alimento só pode ser dado cru se for fresco e recém pescado. Isso significa que a melhor opção é ir a uma peixaria ou feira que você já conheça para garantir que o peixe escolhido está realmente fresco.

Com essa garantia, você pode oferecer o peixe cru para o gato, mas lembre de não dar a ele diariamente, até porque o gato já obtém uma quantidade generosa de proteína da carne por meio da ração. Além do mais, um consumo excessivo de peixe cru causaria um déficit de vitamina B1 em seu organismo.

Peixe levemente cozido

Se o peixe não estiver fresco, a opção é fervê-lo por poucos minutos, sem acrescentar nada mais. Neste caso, ressaltamos que o objetivo é apenas cozinhar o peixe de leve, pois não seria natural (tanto quanto a ração, segundo os veterinários mais naturistas) dar ao gato um peixe 100% cozido. O consumo esporádico de peixe levemente cozido no contexto de um bom alimento para gatos é apropriado, além disso, seu felino vai adorar.

Peixe para gato como petisco

Uma terceira maneira de oferecer peixe para o felino é dando a ele como um petisco em momentos de adestramento, diversão ou apenas quando você quiser mimar seu amigo de bigode e quatro patas. Também pode ser utilizado como um tipo de prêmio. Lembre-se que a ideia aqui é que o peixe seja um complemento à sua dieta, então nada de exageros.

Ração de peixe para gato

Você também pode oferecer peixe em outro formato para seu amigo felino: como ração. Há diferentes opções de ração de peixe no mercado e que contam com todos os nutrientes necessários de maneira equilibrada para preencher as necessidades dos gatos. Procure uma petshop que você já conheça ou converse com um veterinário para saber quais rações são mais adequadas para o seu gatinho.

Receita caseira com peixe

Uma outra maneira de oferecer peixe para gato é por meio de uma receita caseira que explicamos neste outro artigo. Além do peixe, a receita possui abóbora, arroz e ovos.

Agora que você já viu que gato pode comer peixe e conheceu seus benefícios desde que seja oferecido com moderação aos felinos, não deixe de conferir este outro artigo em que falamos sobre os alimentos humanos que os gatos podem comer.

Gato pode comer peixe? - Como fazer peixe para o gato

Se deseja ler mais artigos parecidos a Gato pode comer peixe?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Dietas caseiras.

Bibliografia
  • DONADÃO, Fabíola; MOTTA, Jacquelyne. Alimentação Natural: Um Guia para Cães e Gatos. Disponível em: <?1585002977=&response-content-disposition=inline%3B+filename%3DApostila_de_alimentacao_natural.pdf&Expires=1617887591&Signature=HWlnjDJIkBMBzJyGynsDG1vci8fdjjChZIubZczlQ98iqJk-AV0gQIESaIgBCsSqxZP55nps~3EkQNJa2y0Oe7EEGhaC~qN~LAQmU8W1jZ8ZfN1mXDG3XuOEQw5TMf-RQlMqkDLhsQDR6Ebc3spMqohLusQhEXUygnA3V--sRKJokvy6u4PKtV9TDMuINQOXMlYa~EaNTQstrtnmVysjCfXm7Uubfkmz3p09S9sHKH0hpiUEHwvJRlnxg7zAMebDioJTAFMctbjOtn6ZB0X1Z2pMzbjrLwtQhg~peSIF4VpgkUogtMixHYxKQ9c6dh~-sk3p3Iiy3DhqbecCtC22uQ__&Key-Pair-Id=APKAJLOHF5GGSLRBV4ZA>. Acesso em 8 de abril de 2021.
  • SAAD, Flávia Maria de Oliveira Borges; FRANÇA, Janine. Alimentação natural para cães e gatos. Revista Brasileira de Zootecnia, 2010, vol. 39, p. 52-59. Disponível em: <https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1516-35982010001300007&script=sci_arttext>. Acesso em 8 de abril de 2021.
  • BEYNEN, Anton. Fish for cats. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/318048347_Fish_for_cats>. Acesso em 8 de abril de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Gato pode comer peixe?
1 de 3
Gato pode comer peixe?

Voltar ao topo da página