Curiosidades do mundo animal

Gato castrado tem vontade de cruzar?

 
Carla Moreira
Por Carla Moreira, Médica veterinária. 15 setembro 2023
Gato castrado tem vontade de cruzar?
Gatos

Ver fichas de  Gatos

Os animais de estimação podem cumprir um papel muito importante para os indivíduos, sendo companheiros para crianças, adultos, casais sem filhos e para idosos. Ter um gato por perto pode tornar a vida de pessoas solitárias mais animada, além da demanda de cuidados e carinho que a o tutor terá que dedicar ao pet, ocupando seu tempo com atividades prazerosas. Algumas pessoas já nem sabem dizer se elas que cuidam dos pets ou se eles que cuidam delas, pois os benefícios dessa relação são enormes!

Além dos cuidados com alimentação, saúde e higiene, a esterilização dos animais de companhia também é fundamental para o bem-estar deles. A castração é um procedimento seguro e previne várias doenças, além de inibir comportamentos guiados por hormônios sexuais, considerados indesejados pelos tutores, como a marcação de territórios, as brigas, as disputas por fêmeas, a vocalização excessiva e os passeios pela rua.

A recomendação é a de que cães e gatos sejam castrados a partir do quarto mês de vida, quando já terão recebido as principais vacinas. Não existe uma idade limite para a castração, mas caso o objetivo seja inibir o comportamento reprodutivo, é bom que seja realizada no primeiro ano de vida, antes que o animal esteja adulto. Mas o que acontece com o gato após a castração? Ele para de sair de casa? Ou permanece procurando fêmeas para acasalar? As fêmeas permanecem tendo cio e vocalizando muito? O gato castrado tem vontade de cruzar? Para ajudar o tutor com essas e outras dúvidas, o PeritoAnimal elaborou este artigo, onde serão discutidos tópicos sobre o comportamento do gato após a castração.

Também lhe pode interessar: Cachorro pode cruzar com gato?

Índice

  1. Gato castrado tem vontade de cruzar?
  2. O que muda depois que o gato é castrado?
  3. O que fazer para que o gato pare de querer acasalar?
  4. Gata castrada pode engravidar?
  5. Castrei meu gato e ele continua miando muito. É normal?

Gato castrado tem vontade de cruzar?

Com a castração do gato, a principal fonte de produção de hormônios sexuais é retirada, não havendo mais estímulos para a cópula. No entanto, alguns comportamentos podem continuar, mais por instinto do que por impulso hormonal. Dentre eles incluem a marcação de território com urina, montar nas fêmeas no cio e passear na rua (não mais para procurar gatas, mas para delimitar seu território e por curiosidade mesmo). Já as fêmeas, não apresentam qualquer comportamento reprodutivo após a castração.

Quando se castra o gato, ele ainda entra no cio?

Existe um erro muito comum em se pensar que o gato entra no cio. Apenas a fêmea possui o período de cio, que é quando ela se encontra receptiva ao acasalamento. O macho não possui um momento específico para acasalar, procurando fêmeas o tempo todo. Após a castração, com a diminuição dos níveis de testosterona, o gato tende a não procurar mais as gatas no cio, ficando mais tranquilo e saindo menos para a rua.

Já a gata tem vários ciclos estrais durante a época da reprodução, mas passa por um período de descanso durante os meses de inverno. Cada ciclo dura em média 18 dias, divido em seis fases:

  1. Proestro: dura cerca de 48 horas, sendo difícil de identificar porque pode não ter sinais evidentes. É a fase que antecede o estro (cio).
  2. Estro: a gata começa a vocalizar, esfregar a cabeça e o pescoço em objetos, rolar no chão, lateralização da cauda, lordose, fricção do corpo ou rolamento, corrimento vaginal, vocalização, patinar com as patas posteriores, tremor e rigidez do corpo ou cauda. Nessa fase, ocorre a aceitação do macho.
  3. Interestro: caso não ocorra a ovulação, a gata entrará nesta fase, que é um período de inatividade reprodutiva, podendo voltar para o proestro logo em seguida.
  4. Metaestro: a gata entrará nessa fase caso tenha ovulado durante o estro, podendo ficar gestante ou pseudogestante (caso tenha ovulado, mas não tenha ocorrido fecundação);
  5. Diestro: é o período em que ocorre predominância do hormônio progesterona. Ao término do diestro, a gata irá para o proestro ou anestro, dependendo do fotoperíodo (quantidade de luz recebida durante o dia).
  6. Anestro: as fêmeas não atraem os machos, nem expressam qualquer comportamento sexual.

O que muda depois que o gato é castrado?

A grande mudança ocorrerá no comportamento do gato, que não ficará mais em busca de fêmeas no cio, passeando menos fora de casa. Se os felinos forem castrados antes de começarem a marcar território com urina, esse comportamento será inibido. A maioria dos animais castrados também tendem a engordar, pois ficam menos ativos, caminham menos, porque não precisam peregrinar atrás de gatas no cio.

Animais castrados antes da idade adulta, dos 4 meses a 1 ano de idade, tendem a não apresentar comportamento reprodutivo, pois não terão sofrido ainda influência dos hormônios sexuais. A esterilização não altera o comportamento de filhote, que continuará bem ativo e brincalhão até ficar adulto.

Neste outro artigo damos dicas para um gato parar de marcar território.

O que fazer para que o gato pare de querer acasalar?

A solução definitiva é a esterilização do bichano, tanto do macho quanto da fêmea. Com a castração, haverá uma grande redução dos hormônios sexuais, fazendo com que o gato não apresente mais comportamento reprodutivo, como vocalização, passeios pela rua em busca de fêmeas no cio, brigas, marcação de território com urina e outras atitudes consideradas indesejadas por alguns tutores. Por isso, como já afirmamos, um gato gastrado não tem vontade de cruzar. As fêmeas castradas não terão mais cio e não engravidarão também, pois são retirados o útero, as tubas uterinas e os ovários durante a cirurgia de esterilização.

Gata castrada pode engravidar?

A cirurgia de castração retira os ovários, as tubas uterinas e o útero da gata, não havendo possibilidade de engravidar. Algumas gatas podem ter comportamento de cio caso os ovários não sejam retirados em sua totalidade, o que é indesejável. Nesses casos, nova cirurgia deverá ser realizada para remoção total desse órgão.

Castrei meu gato e ele continua miando muito. É normal?

Alguns gatos costumam vocalizar mais do que outros. Nem sempre os miados são em decorrência do comportamento reprodutivo, podendo ser uma forma de diálogo com o tutor.

Agora que você sabe que gato castrado não tem vontade de cruzar, mas pode seguir com certos comportamentos por instinto, confira 11 sons de gatos miando e seus significados neste outro artigo.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Gato castrado tem vontade de cruzar?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • A castração como técnica para controlar a população de cães e gatos. Conselho Regional de Medicina Veterinária de São Paulo (CRMV-SP). Disponível em https://wp.ufpel.edu.br/felinamente/files/2017/03/A-castra%C3%A7%C3%A3o-como-t%C3%A9cnica-para-controlar-a-popula%C3%A7%C3%A3o-de-c%C3%A3es-e-gatos.pdf. Acesso em 04/09/2023.
  • Silva, L.S.M. Considerações sobra a reprodução da gata. Ciência Animal, v. 30, n. 4, p.57-69, 2020. Disponível em file:///C:/Users/carlamoreira/Downloads/06.+BOVIS+-+Palestra+Magistral++X+CONERA+2020+-+L%C3%BAcia+Daniel+++OK.pdf. Acesso em 04/09/2023.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Gato castrado tem vontade de cruzar?