Partilhar

Como saber se o gato é castrado

Por Aline Kitamura Prata, Estudante de Medicina Veterinária. 22 dezembro 2017
Como saber se o gato é castrado

Ver fichas de  Gatos

A castração vem sendo amplamente divulgada e recomendada por todos os médicos veterinários, ONGs e abrigos de proteção animal que realizam eventos e feiras de doação de animais, pois como o número de abandonos é muito grande, castrar os animais é extremamente importante visando o controle populacional já que não há lares para todos.

No entanto, muitas vezes, nos deparamos com um gato abandonado, ou vítima de maus-tratos, e ao recolhermos esse gato uma das primeiras coisas a se pensar é se ele já é castrado. Há algumas formas de perceber se este gato ou gata já é castrado (a) ou não, então para saber continue lendo este artigo do PeritoAnimal onde lhe explicamos como saber se o gato é castrado.

Por que castrar o gato?

Castrar o gatinho não é apenas para evitar cruzas e ninhadas indesejadas, pois já é cientificamente comprovado que os benefícios da castração são inúmeros.

A castração ou esterilização, além de evitar a superpopulação de gatos abandonados, pode evitar ou melhorar alguns problemas de comportamento como cios intermináveis no caso das fêmeas, e a marcação de território indesejável no caso dos machos.

Além disso, no que concerne a saúde dos felinos, a castração das fêmeas pode diminuir a chance de câncer de mama e colo de útero, já a castração dos machos diminui a chance de desenvolverem câncer de próstata, em até 90%. Obviamente, a castração não é milagrosa, porém artigos sobre castração precoce em felinos mostram que quanto mais jovem o felino for castrado menor as chances de desenvolver câncer quando for adulto.

Para saber mais sobre os benefícios de castrar um Gato veja esse outro artigo do PeritoAnimal.

Tem como saber se o gato é castrado?

Muitas vezes, ao se deparar com um gato na rua e acolhê-lo, ou quando adotamos um gato do qual não sabemos a procedência não há como saber se ele já foi castrado ou não, pelo simples fato de coletarmos as informações acerca do histórico dele. Inclusive, para aqueles que não estão muito familiarizados com felinos, pode dificultar até mesmo, a identificação entre macho e fêmea.

Se tem dificuldades para diferenciar um gato macho de uma fêmea veja este artigo do PeritoAnimal sobre Como saber se o meu gato é macho ou fêmea.

Sendo assim, você pode aguardar até que o gato demonstre sinais de comportamento reprodutor, o que pode levar um tempo, já que você também não estará familiarizado com a personalidade normal do gato. Ou, você pode seguir as seguintes dicas para saber se o gato é castrado:

  1. Certifique-se de que o gato está numa posição segura para que você possa examinar sua barriga a procura de sinais de cirurgia, para isso, a melhor forma é sentado em uma cadeira com o gato posicionado no seu colo de barriga para cima.
  2. No caso das fêmeas, como a remoção é feita de forma incisiva no abdômen para remoção do útero e ovários, muitas vezes é possível observar a cicatriz de onde foi feito o corte e os pontos cirúrgicos, que se assemelha a uma linha fina.Se tiver certeza de que é fêmea, e identificar marcas de cicatriz na barriga é sinal de que ela já está castrada. Caso identifique a marca da cirurgia, e mesmo assim sua gata ainda demonstra comportamentos de cio, leve-a imediatamente ao veterinário, pois pode ter ficado algum resquício do útero ou ovário, e isso pode resultar em problemas sérios de saúde, custando inclusive, a vida da sua gatinha.
  3. A castração de machos é diferente das fêmeas, pois não é feita a incisão no abdômen. Em machos, é feita a retirada dos testículos do interior da bolsa escrotal.
  4. Posicione o gato a sua frente em uma mesa, e mantenha-o confortável, de forma a acariciar seu dorso para que ele levante o rabo naturalmente. Neste ponto, será necessário palpar a área genital, e muitos gatos podem não gostar, então tenha alguém para auxiliá-lo a segurar o gatinho.
  5. Após identificar o ânus, logo abaixo da cauda, abaixo dele procure pela bolsa escrotal que é onde os testículos ficam armazenados. Dependendo do tempo em que gato estiver sido castrado, a bolsa escrotal pode estar macia indicando que os testículos foram recentemente removidos, ou ainda, se não encontrar a bolsa escrotal e estiver certo que se trata de um macho, é sinal de que o gato já foi castrado há bastante tempo. Caso a bolsa escrotal esteja dura ou firme, com a textura de um caroço em seu interior significa que o gato não é castrado.

Após tentar essas dicas e mesmo assim, você ainda não tem certeza se seu gato é castrado, leve-o a um médico veterinário de sua confiança que ele certamente saberá te dizer, e se não for castrado, você já pode aproveitar a agendar sua cirurgia.

Curiosidades sobre C.E.D.

Há uma modalidade de estudos em Medicina Veterinária referente a medicina veterinária do coletivo.

Em suma, é constantemente aplicada quando se trata de gatos ferais ou colônias grandes de gatos abandonados que não conseguem um lar, porém ONGs e protetores independentes cuidam desses gatos em espaços públicos. Em se tratando de gatos semi-domiciliados e gatos ferais que vivem nessas colônias a castração e esterilização é realmente um fator indispensável, já que visa o controle populacional e a disseminação de doenças que esses felinos podem transmitir a outros gatos e a outros animais.

Tendo isso mente, disseminou-se o conceito de C.E.D., sigla que significa Capturar, Esterilizar e Devolver. Ou seja, é realizada a captura do gato com o auxílio de pessoas experientes em se tratando de gatos ferais, ou apenas pegar um gato e mantê-lo em local fechado para não haver fugas até a data da cirurgia. Feita a esterilização ou castração, é feito um picote na ponta da orelha do gatinho e após ele acordar da cirurgia e plenamente recuperado está pronto para ser solto novamente no local onde foi pego, ou num local mais seguro como um parque, longe de avenidas movimentas.

Este picote serve justamente para identificar de longe se um gato já é castrado ou não, para que ele não tenha que passar por todo o procedimento de anestesia novamente para só então o médico veterinário descobrir que ele já é castrado. O picote na orelha evita todo esse estresse para o gatinho novamente, e as pessoas que realizaram sua captura podem identificar que ele já é castrado e soltá-lo, para que possam pegar outro gatinho que ainda não foi castrado economizando tempo e custos.

Caso aviste ou resgate um gatinho com este picote característico em uma das orelhinhas, como você pode ver na imagem, significa que ele já foi castrado.

Como saber se o gato é castrado - Curiosidades sobre C.E.D.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como saber se o gato é castrado, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre Como saber se o gato é castrado

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
A sua avaliação:
edson
bom dia, existe gata que não foi castrada e nunca fica no cio nem grávida?
porque cuido uns 8 meses uma gata de rua, ele nunca entrou no cio, também não achei cicatriz de possivel castração. Será que é possivel uma gata não castrada nunca ficar grávida?
Giovana
Que horror esse picote na ponta da orelhinha!!! Tadinhos!!! Aqui em Joinville a veterinária que castrou o meu gatinho faz uma tatuagem em forma de risco na parte interna da orelha esquerda.
Aline Kitamura Prata
Olá, Giovana. O picote na orelha é feito quando o gatinho ainda está sob efeito da anestesia geral, portanto ele não sente absolutamente nada, da mesma forma que a tatuagem. A diferença entre as duas técnicas, é que o picote na orelha é feito em gatos ferais ou gatos de rua, pois é possível observar se estão castrados sem precisar que o gato passe pelo estresse da captura novamente, e a tatuagem, como conserva a estética da orelha é mais utilizada para identificação de animais de exposição. Portanto, a tatuagem seria inviável no CED, visto que somente após o gato ser capturado, manipulado e examinado é que se perceberia que já foi castrado. :)

Como saber se o gato é castrado
1 de 2
Como saber se o gato é castrado

Voltar ao topo da página