menu
Partilhar

Diferenças entre cachorro e cadela

 
Por Equipe editorial do PeritoAnimal. 30 dezembro 2020
Diferenças entre cachorro e cadela

Ver fichas de  Cachorros

A natureza feminina e masculina são muito diferentes apesar de se complementarem à perfeição e as diferenças entre ambas se manifestam através da anatomia, fisiologia e comportamento, não somente na espécie humana, já que em nossos amigos cachorros podemos observar perfeitamente estas diferenças se compararmos ambos os sexos.

No momento de adotar um cachorro, o sexo não tem porque ser determinante, entretanto, conhecer as características e principais diferenças entre cachorros e cadelas pode nos ajudar a tomar uma decisão mais adequada e a conviver com um animal de estimação que pode ser adaptado mais facilmente ao nosso estilo de vida.

Neste artigo do PeritoAnimal te mostramos as principais diferenças entre cachorro e cadela. Boa leitura.

Também lhe pode interessar: Convivência entre cães machos e fêmeas

Diferenças anatômicas

As diferenças anatômicas podem ser as mais evidentes entre cachorros machos e fêmeas, basta reparar os dois com atenção.

As fêmeas obviamente possuem um aparato reprodutor distinto, que externamente podemos observar pela presença de vulva e mamas, além disso, pesam e medem menos que os cachorros machos.

Os machos possuem pênis e testículos como parte de seu aparelho reprodutor (a uretra portanto também muda um pouco sua posição anatômica). Uma dúvida habitual é se os cachorros machos possuem mamas, e a resposta é sim, embora as mesmas não tenham nenhuma função reprodutora e não se observem tão desenvolvidas como nas fêmeas. Os machos são providos de uma maior altura e maior peso, sendo mais corpulentos, ainda que a diferença de peso e altura seja mais ou menos evidente de acordo com a raça. Ainda assim, podemos afirmar que o tamanho faz muita diferença entre cachorro e cadela.

Imagem de todoboxer.com

Diferenças entre cachorro e cadela - Diferenças anatômicas

O cio em fêmeas e em machos

Outro aspecto de grande importância a se considerar se falamos das diferenças entre cachorros e cadelas é o cio ou ciclo reprodutivo.

Fêmeas

Sobre o cio nas cadelas, devemos saber que ocorre a cada 6 meses. Neste ciclo, podemos observar um período no qual a fêmea desenvolve uma grande receptividade a ser montada por um macho, e se não quisermos que nossa cadela se reproduza, então devemos redobrar as precauções e a vigilância.

A cada 6 meses também observamos uma fase muito diferente em seu cio, que é a fase de menstruação, o que indica que nossa cachorra terá perda de sangue durante aproximadamente 14 dias. Após a menstruação das fêmeas, o organismo delas se encontra com elevados níveis de progesterona, o que pode induzir a conhecida gravidez psicológica.

Durante a gravidez psicológica a cachorra pode manifestar sintomatologia muito diferente: se apresentar nervosa, adotar e proteger diversos objetos como se fossem filhotes, buscar estar em lugares isolados e inclusive podemos observar que seu abdômem esteja distendido e as mamas inchadas, chegando inclusive a poder secretar leite.

Machos

O cio dos cachorros machos é muito diferente, já que se encontram no cio durante todo o ano, isto faz com que em qualquer momento possam escapar para buscar uma fêmea que se encontre receptiva. Os machos podem apresentar continuamente uma conduta de monta (podem acabar montando uma infinidade de objetos) o que por vezes pode vir acompanhado de certa agressividade.

Ambos os sexos

O PeritoAnimal sempre recomenda revisar as vantagens da castração de um cachorro para evitar mudanças de comportamento, ansiedade ou o surgimento de doenças. Além do mais, essa também é uma prática responsável evitando uma possível gravidez não desejada. Se informe!

Diferenças entre cachorro e cadela - O cio em fêmeas e em machos

Diferenças no comportamento

Pudemos observar que o ciclo reprodutivo ou estro de cadelas e cachorros é muito diferente, mas a liberação de hormônios femininos e masculinos também acaba afetando de forma muito evidente o comportamento.

Geralmente se acredita que a fêmea é mais carinhosa e mais caseira, e que em troca o macho é mais independente e ativo... Mas isto não tem nenhum fundamento científico e estes fatores dependem de cada cachorro em específico.

O que podemos afirmar quando falamos em diferenças entre cachorro e cadela é que os hormônios determinam parte do comportamento dos cachorros, dependendo de se existir uma maior concentração de hormônios femininos e masculinos.

O comportamento causado pelos hormônios sexuais pode ser suavizado após a castração do animal, entretanto, não pode ser eliminado porque existem mudanças no desenvolvimento cerebral que marcam estas diferenças entre gêneros e que não são modificáveis.

As fêmeas se adaptam melhor a lares onde moram crianças pequenas, devido a serem mais protetoras por instinto, também são mais dóceis e respondem melhor ao adestramento canino.

Em troca, os hormônios masculinos que predominam nos machos, fazem com que os cachorros sejam mais relutantes a obedecer ordens, o que dificulta mais o adestramento. Além disso, nos machos podemos observar claramente um comportamento territorial que manifestam através da marcação com urina. Os cachorros machos também podem ser mais agressivos com cachorros do mesmo sexo.

  • Você deve saber que, ainda que os machos possam ter uma tendência dominadora ou agressiva dirigida a outros cachorros do mesmo sexo, isso pode ser evitado mediante uma boa socialização do filhote. É fundamental que todos os cachorros a recebam para que no futuro possam se relacionar corretamente com outros cachorros, pets e pessoas.
Diferenças entre cachorro e cadela - Diferenças no comportamento

Convivência com outros cachorros

Se quisermos acolher um cachorro em nosso lar mas já temos um outro cão em casa, então o sexo tem uma importância especial, especialmente se os cachorros não são castrados.

  • Quando juntamos exemplares de sexos diferentes não castrados, nos encontraremos com um problema que é o macho tentar montar a fêmea o tempo todo. Nesse caso será fundamental a esterilização, pois a fêmea pode se mostrar hostil se não quiser ser montada, ou o contrário, se a fêmea não deixa o macho copular.
  • Lembre a quantidade de cachorros que são abandonados diariamente no mundo, não contribua para que um filhotinho possa acabar em um canil.
  • Juntar dois machos ou duas fêmeas não castradas também pode ser um problema em certas ocasiões pois eles podem competir por uma mesma fêmea ou macho, podem se mostrar territoriais, talvez não se entendam bem etc.
  • Finalmente juntar qualquer cachorro com outro que estejam castrados nos evita o sofrimento de pensar em agressividade entre ambos, uma possível gravidez etc. Entretanto, às vezes (e se os dois são adultos) podem surgir conflitos. Para isso o melhor é ir a um refúgio de animais com nosso cachorro e analisar que atitude tem com o que pretendemos adotar.

Lembre que os cachorros são animais de manada, eles gostam de viver em grupo, por esse motivo se estiver planejando adotar outro cachorro vá a um refúgio onde encontrará amigos que agradecerão toda a vida que lhes tenha resgatado.

Neste outro artigo você verá como adaptar um cachorro a conviver com outro cachorro.

Diferenças entre cachorro e cadela - Convivência com outros cachorros

Escolha o sexo do cachorro de maneira responsável

O cachorro é um animal de estimação excepcional, independentemente de seu gênero, entretanto, devemos ser plenamente responsáveis com nossa escolha sem focar na diferença entre cachorro e cadela.

Isto quer dizer que se acolhemos um cachorro macho devemos aceitar as consequências do comportamento sexual que este pode mostrar e devemos saber que a esterilização do cachorro pode ser um opção muito recomendada em alguns casos.

Em contrapartida, se acolhemos uma fêmea somos responsáveis por sua reprodução. Se decidimos que tenha crias, devemos considerar de forma prioritária o futuro destes filhotes, nos informar o suficiente sobre a gravidez da cadela e estar preparados para fazer o seu parto. Pelo contrário, se não quisermos que se reproduza devemos optar pela esterilização ou redobrar a vigilância para impedir que algum cachorro a monte.

Não importa tanto escolher um cachorro macho ou fêmea, já que se trata de uma escolha completamente subjetiva, se não for consciente em todo momento de qual é a responsabilidade que estamos aceitando.

E agora que você sabe a diferença entre cachorro e cadela, você pode se interessar por este vídeo em que explicamos como fazer dois cachorros se darem bem:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Diferenças entre cachorro e cadela, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de O que precisa saber.

Bibliografia
  • CORREIO BRAZILIENSE. Macho ou fêmea? Para evitar dores de cabeça, escolha bem o sexo do pet. Disponível em: <https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/revista/2017/03/19/interna_revista_correio,581880/macho-ou-femea-para-evitar-dores-de-cabeca-escolha-bem-o-sexo-do-pet.shtml>. Acesso em 30 de dezembro de 2020.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Diferenças entre cachorro e cadela
1 de 5
Diferenças entre cachorro e cadela

Voltar ao topo da página