Partilhar

Cachorro pode comer mandioca?

Cachorro pode comer mandioca?

Ver fichas de  Cachorros

Mandioca, aipim e macaxeira são alguns dos nomes populares no Brasil para designar a especie vegetal Manihot esculenta. Este alimento é muito popular na tradicional culinária brasileira, representando uma das principais fontes de carboidratos de nossa alimentação, junto ao arroz, ao milho e à batata. Tradicionalmente, a mandioca costumava ser consumida cozinhada em água e sal ou frita, acompanhando fontes de proteínas ou como um petisco. Porém, graças à sua versatilidade, começou a ser utilizada na elaboração de receitas mais complexas e até gourmets, experimentando uma 'revalorização' desse produto.

Felizmente, cada vez mais tutores se animam a oferecer uma alimentação mais natural aos seus cachorros, optando pela elaboração de receitas caseiras para substituir ou complementar a ração industrializada. Como o aipim é um alimento saboroso que está tão presente na nossa cultura alimentar, é comum que muitas pessoas se perguntem se um cachorro pode comer mandioca ou se existem riscos de introduzir este alimento na dieta canina.

Aqui no PeritoAnimal, sempre compartilhamos o que cachorro pode comer além da ração e o que um cachorro não pode comer para te ajudar a oferecer uma nutrição mais variada, equilibrada e saudável para o seu melhor amigo. Confira nesse artigo se a mandioca é um bom alimento para os cães e, caso seja, quais precauções você deve ter em mente antes de incorporá-la na alimentação dos peludos favoritos. Começamos?

Também lhe pode interessar: Porquinho da Índia não come

Composição nutricional da mandioca ou aipim

Para saber se cachorro pode comer mandioca, é muito importante conhecer a composição nutricional deste alimento. Se sabemos os nutrientes que o aipim oferece, fica muito mais fácil entender se ele é ou não um bom alimento para os cães, além de ajudar a ter mais consciência sobre nossa própria nutrição.

De acordo com a base de dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA)[1], 100 gramas de mandioca crua apresentam a seguinte composição nutricional:

  • Energia total/Calorias: 160 kcal;
  • Proteínas: 1.36g;
  • Gorduras totais: 0.28g;
  • Carboidratos: 38.1g;
  • Fibras: 1.8g;
  • Açúcares: 1.70g;
  • Água: 60g;
  • Cálcio: 16mg;
  • Ferro: 0.27mg;
  • Fósforo: 27mg;
  • Magnésio: 21mg;
  • Potássio: 271mg;
  • Sódio: 14mg;
  • Zinco: 0.34mg;
  • Vitamina A: 1mg;
  • Vitamina B6: 0.09mg;
  • Vitamina C: 20.6mg;
  • Vitamina E: 0.19mg;
  • Vitamina K: 1.9µg;
  • Folato: 27µg.

Como podemos ver na sua composição nutricional, a mandioca é um alimento energético/calórico, rico em carboidratos e fibras, que também oferece um aporte moderado de proteínas de origem vegetal. Isso permite que o consumo moderado de mandioca ou seus derivados gere saciedade, ajude a melhorar a digestão e, ao mesmo tempo, é uma boa fonte de energia para o metabolismo.

A mandioca também oferece importantes níveis de minerais, como cálcio, fosforo, magnésio e potássio. E embora não possa ser destacada como um alimento 'super vitamínico', oferece um excelente conteúdo de folato e de vitamina C, que é um dos melhores antioxidantes naturais. Estes nutrientes são grandes aliados da saúde e da estética da pele e dos cabelos, ajudam a fortalecer o sistema imunológico, prevenindo um amplo leque de doenças e problemas de saúde.

Por isso, a mandioca vem perdendo aquele antigo estigma de ser um 'alimento que engorda' e ganha cada dia mais valor como parte de uma dieta equilibrada. Uma importante 'vantagem' da mandioca e seus derivados, como a farinha de mandioca e a tapioca, é que não contem glúten. Por isso, é um alimento apropriado para quem sofre de intolerância ao glúten ou doença celíaca, representando um excelente 'substituto' das tradicionais farinhas e cereais (como o trigo e a aveia).

Mandioca é comida para cachorro?

Se você se pergunta se o seu cachorro pode comer mandioca, a resposta é: sim, mas sempre tomando as devidas precauções para garantir um consumo benéfico à sua saúde. A mandioca não está entre os alimentos proibidos para os cães, mas também não pode ser consumida de qualquer maneira ou em qualquer quantidade.

Em primeiro lugar, você precisa considerar que os cachorros precisam consumir um boa dose de proteínas diariamente. As rações Premium, por exemplo, costumam incluir pelo menos 25% de proteínas em sua composição para suprir as necessidades nutricionais dos cachorros. E embora os cachorros tenham se tornado onívoros e sejam capazes de digerir alguns alimentos que seus ancestrais lobos não são, as carnes continuam sendo as fontes de proteínas mais adequadas.

Por isso, não é uma boa ideia oferecer somente proteínas de origem vegetal ao seu cachorro e a mandioca, embora seja muito nutritiva, nunca deve ser a base da nutrição de um cão.

Além disso, os carboidratos podem ser incorporados na dieta do seu melhor amigo, mas sempre de forma moderada. Um excesso no consumo de hidratos de carbono pode causar problemas digestivos nos cachorros, como a acumulação de gases no trato gastrointestinal, diarreias e vômitos. Tratando-se também de um alimento calórico, a mandioca consumida excessivamente pode favorecer o desenvolvimento de obesidade canina.

Então, antes de decidir incorporar a mandioca na dieta do seu cachorro, consulte um veterinário para saber qual é a quantidade e a frequência de consumo recomendada de acordo com o tamanho, a idade, o peso e o estado de saúde do seu fiel companheiro. Além disso, o veterinário poderá te ajudar a escolher o tipo de alimentação que supra completamente as necessidades nutricionais e melhor se adapte ao organismo do seu cãozinho.

Cachorro pode comer mandioca cozida? E crua?

Outra precaução fundamental é escolher a melhor maneira de oferecer mandioca para o seu cachorro, ele pode comer mandioca cozida em água sem sal, mas jamais deve consumir o aipim cru. Além de ser difícil de digerir, pode provocar sérios problemas digestivos, a mandioca crua contém uma substância química chamada glicosídeo cianogênico que resulta potencialmente tóxica tanto para os seres humanos como para os cães.

Por isso, lembre-se sempre de cozinhar bem a mandioca antes de oferecê-la ao seu cachorro. Se você quiser, pode fazer um purê com a mandioca bem cozida e preparar uma deliciosa receita gourmet para o seu cão, como um 'escondidinho' caseiro com carne moída de vaca ou ou frango, por exemplo. Mas lembre-se de não incluir sal ou temperos que possam fazer mal ao seu cachorro.

Cachorro pode comer farinha de mandioca?

Também é bom saber que o cachorro pode comer farinha de mandioca, sempre que ela seja previamente cozida ou incluída em alguma receita caseira que irá ao forno, como biscoitos, petiscos ou bolos para cães. Inclusive, a farinha de mandioca é um excelente substituto para a farinha de trigo e de aveia, já que não contém glúten e resulta mais fácil de digerir para os cachorros.

Por último (e não menos importante), vale lembrar que os cachorros não podem comer mandioca frita, já que todas as frituras, os doces ou salgadas prejudicam a saúde do cachorro e podem provocar sérios problemas digestivos.

Se você quiser conhecer mais sobre comida natural para cachorros, confira nosso vídeo o canal do YouTube:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cachorro pode comer mandioca?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Dietas caseiras.

Referências
  1. United States Department of Agriculture. National Nutrient Database for Standard Reference Legacy Release. Disponível em: <https://ndb.nal.usda.gov/ndb/foods/show/11134?fgcd=&manu=&format=&count=&max=25&offset=&sort=default&order=asc&qlookup=cassava&ds=&qt=&qp=&qa=&qn=&q=&ing=>. Acessado em: 21 Fev. 2019

Escrever comentário sobre Cachorro pode comer mandioca?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Andressa
Cachorro pode comer chuchu?

Cachorro pode comer mandioca?
Cachorro pode comer mandioca?

Voltar ao topo da página