menu
Partilhar

Cachorro pode comer cogumelo?

 
Por Cristina Pascual, Veterinária. 21 dezembro 2021
Cachorro pode comer cogumelo?

Ver fichas de  Cachorros

O champignon ou cogumelo paris são cogumelos comestíveis que estão disponíveis no mercado durante todo o ano. Eles são uma boa fonte de fibras, aminoácidos essenciais e vitaminas do complexo B e não contêm nenhum componente que seja tóxico para os cães, então podemos oferecê-los ao canino, desde que levemos em conta uma série de considerações.

Se você está se perguntando se cachorro pode comer cogumelo, continue lendo o seguinte artigo do PeritoAnimal no qual explicamos como você pode pode dar cogumelos ao seu cão com segurança.

Também lhe pode interessar: Cachorro pode comer maxixe?

Cachorro pode comer cogumelo?

Sim, cachorro pode comer cogumelo. Mas apenas alguns deles! Os cogumelos ou fungos não pertencem ao reino animal ou vegetal, mas constituem um reino separado, o reino Fundi. Dentro deste reino, existem cogumelos comestíveis, alguns dos quais são altamente valorizados em nossa gastronomia. Entretanto, há também espécies de cogumelos tóxicos ou venenosos.

Segundo uma reportagem do portal UOL, há 22 mil espécies de cogumelos no mundo, sendo 2 mil deles comestíveis. No Brasil, já foram registrados cerca de 1.600 espécies, mas não se sabe quantas delas são comestíveis. Em São Paulo, por exemplo, 90 cogumelos comestíveis estão catalogados, enquanto na Amazônia há 34. [1] Já na Espanha, por exemplo, existem cerca de 290-300 espécies de cogumelos tóxicos e, entre eles, 5 são tóxicos e mortais.

Logicamente, nunca devemos oferecer ao cachorro um cogumelo desconhecido ou tóxico. Lembre-se que, se você decidir colher cogumelos, deve ter conhecimento suficiente para diferenciar entre cogumelos comestíveis e não comestíveis. Somente colete cogumelos comestíveis que você conhece com certeza; cogumelos não comestíveis ou desconhecidos devem ser descartados.

Da mesma forma, os cogumelos encontrados perto de estradas ou rodovias (mesmo se comestíveis) devem ser descartados, pois terão um alto teor de contaminantes. Por outro lado, mesmo que você não colha cogumelos, é importante que tenha um cuidado especial ao caminhar em áreas em que eles existem porque cogumelos venenosos podem atrair s atenção do cachorro e fazer com que ele sofra de envenenamento. Para evitar isso, esteja sempre vigilante e impeça o cão de comer qualquer cogumelo desconhecido.

Quais cogumelos cachorro pode comer?

Os cogumelos comestíveis incluem cogumelos silvestres e cogumelos cultivados. Os cogumelos que são comestíveis para as pessoas também são comestíveis para cães, como o shitake e o shimeji. Portanto, você pode incluí-los na ração do cão, desde que o faça corretamente. Nas seções seguintes, explicamos como você pode incluir cogumelos, especificamente os cogumelos Paris ou champignon, na dieta do seu cão.

Cachorro pode comer cogumelo? - Cachorro pode comer cogumelo?

O que acontece se meu cachorro comer cogumelos Paris?

Os cães, ao contrário dos gatos, são onívoros oportunistas, ou seja, são carnívoros, mas não carnívoros rigorosos. Isto significa que eles têm um sistema digestivo capaz de digerir alimentos não animais, incluindo cogumelos. Portanto, não há problema se o cachorro comer cogumelos Paris. Entretanto, é importante enfatizar que a maior porcentagem de sua alimentação deve vir da carne de origem animal.

Embora as rações comerciais normalmente não incluam cogumelos em sua lista de ingredientes, podemos excepcionalmente encontrar algumas delas que contenham cogumelos como matéria-prima, o que confirma que é um alimento que pode fazer parte da dieta de um cão. Se, em vez de alimentar seu cão com ração comercial, você o alimenta com dieta caseira, você pode incluir cogumelos nela, desde que o faça da maneira correta.

Em cães, é importante equilibrar o fornecimento de proteína animal e vegetal, de modo que os ingredientes de proteína animal devem constituir pelo menos 60-80% da ração diária em dietas caseiras. A porcentagem restante deve ser composta de alimentos de origem não animal, como cereais, vegetais e frutas. Você também pode incluir outros alimentos de origem não animal, como cogumelos, desde que o faça na proporção certa (cerca de 3% da ração). Em qualquer caso, lembre-se que se você estiver alimentando o cachorro com comida caseira, é importante que consulte um veterinário especializado em nutrição animal para garantir que a dieta que oferecida seja saudável e equilibrada.

Você quer apresentar seu cão a uma dieta caseira? A primeira coisa a fazer é consultar um veterinário especializado em nutrição, como acabamos de discutir. Então, sinta-se à vontade para conferir nosso artigo sobre comida natural para cachorros para expandir seu conhecimento.

Benefícios dos cogumelos Paris para o cachorro

Os cogumelos são alimentos de baixa energia, com cerca de 30 kcal por 100 gramas. Portanto, é um alimento adequado para cães com problemas de obesidade ou excesso de peso. São também uma boa fonte de fibra, que proporciona uma sensação de saciedade sem aumentar o consumo de energia, melhora o trânsito intestinal, regula a consistência das fezes e favorece a manutenção da microbiota intestinal.

Em comparação com vegetais, os cogumelos são uma boa fonte de aminoácidos essenciais. Na verdade, embora em baixas quantidades, é um alimento que contém todos os aminoácidos essenciais. Em termos de vitaminas, elas são altas em niacina (vitamina B3) e riboflavina (vitamina B2), as quais desempenham um papel importante no metabolismo. Além disso, a niacina contribui para o bom funcionamento do sistema nervoso, do sistema digestivo e da pele, e a riboflavina é necessária para manter a integridade da pele e das membranas mucosas. Em proporções menores, eles contêm tiamina (vitamina B1) e vitamina C. Em termos de minerais, os cogumelos contêm quantidades consideráveis de potássio, fósforo, selênio e ferro.

Deve-se notar também que o consumo de cogumelos tem um efeito retardador no desenvolvimento da diabetes e reduz os sinais clínicos associados a esta patologia (poliúria, polidipsia, polifagia e perda de peso). Saiba mais neste outro artigo sobre diabetes em cães.

Como dar cogumelo Paris para um cachorro

Como já mencionamos, existem rações que incluem cogumelos em seus ingredientes. Entretanto, se você costuma alimentar seu cão com comida caseira, você pode incluir cogumelos da seguinte maneira:

  • Lavar os cogumelos paris ou champignons para remover qualquer sujeira que possa permanecer sobre a a parte superior ou inferior. Em seguida, terminar de limpá-los com papel ou pano seco.
  • Cortar os cogumelos e salteá-los em uma frigideira até estarem cozidos. Se você quiser, pode adicionar algumas gotas de azeite de oliva para cozinhá-las, mas nunca adicionar sal. Você também pode cozinhá-los com o resto dos ingredientes (proteínas, cereais, vegetais, etc.) que você normalmente inclui em sua ração diária.

Neste ponto, é importante não oferecer a seu cão cogumelos preparados com outros ingredientes que possam ser tóxicos para ele, como alho ou cebola. Lembre-se que estes são alimentos tóxicos para cães que podem causar danos oxidativos aos glóbulos vermelhos e levar à anemia hemolítica se oferecidos em grandes quantidades. Portanto, quando você decidir oferecer cogumelos ao seu cão, certifique-se de que eles não estejam acompanhados de nenhum outro ingrediente que possa ser prejudicial a ele. Neste outro artigo, discutimos os alimentos proibidos para cães.

Cogumelos venenosos para cachorros

Os cogumelos que são venenosos para as pessoas também são venenosos para os cães. Como regra geral (embora haja exceções), os cogumelos com chapeus brancos, aneis e volva são geralmente venenosos. Portanto, devemos descartar a falsa crença de que os cogumelos venenosos são marcantes e coloridos, o que não é verdade.

Entre os cogumelos tóxicos que podemos citar, estão Amanita phalloides (tem chapéu branco, uma volva e um anel); Amanita verna (totalmente branco); Amanita virosa (totalmente branco e tem um pequeno mamelão central na tampa); Cortinarius orellanus (castanho-avermelhado) e tem um caule longo mas robusto; Lepiota helveolla (é branco e tem um chapéu escamoso).

O que acontece se um cachorro comer cogumelos venenosos?

Os cogumelos venenosos podem causar envenenamento de dois tipos em cachorros:

  • Longo período de incubação. Aqueles com um longo período de incubação são geralmente mais sérios e, em muitos casos, resultam em morte.
  • Curto período de incubação. Aqueles com um curto período de incubação são geralmente mais brandos, com distúrbios digestivos e alucinações. Portanto, é preciso ter em mente que o envenenamento por cogumelos venenosos nem sempre aparece imediatamente após a ingestão, mas que os primeiros sintomas podem levar várias horas para aparecer.

Se por acaso o cachorro comer um cogumelo encontrado no mato ou floresta, ou se você suspeita isso, vá imediatamente ao um veterinário. Se possível, o ideal é levar uma amostra ou tirar uma foto do cogumelo em questão, pois isso facilitará a identificação da espécie de cogumelo e determinará se ele é ou não venenoso.

Agora que você sabe que cachorro pode comer cogumelo, não perca o vídeo a seguir em que mostramos as frutas que cachorro pode comer:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cachorro pode comer cogumelo?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Dietas caseiras.

Referências
  1. UOL. Ciência ainda não é capaz de distinguir cogumelo comestível de venenoso. Disponível em: <https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2018/01/15/cogumelos.htm>. Acesso em 13 de dezembro de 2021.
Bibliografia
  • Federación Europea de Fabricantes de Alimentos para Animales de Compañía. (2017). Guías nutricionales para alimentos completos y complementarios para perros.
  • Ministerio de Agricultura, Pesca y Alimentación. Champiñón. Disponível em: <https://www.mapa.gob.es/es/ministerio/servicios/informacion/champi%C3%B1on_tcm30-102343.pdf>. Acesso em 13 de dezembro de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Cachorro pode comer cogumelo?
1 de 2
Cachorro pode comer cogumelo?

Voltar ao topo da página