menu
Partilhar

Cachorro pode comer atum?

 
Por Cristina Pascual, Veterinária. 28 outubro 2021
Cachorro pode comer atum?

Ver fichas de  Cachorros

O atum é um alimento rico em proteínas de alto valor biológico e ácidos graxos insaturados que podem ser incluídos na dieta dos cães, desde que isso seja feito na quantidade certa e da maneira correta. É um peixe que pode ser encontrado tanto fresco quanto em lata, mas você deve saber que nem todas as apresentações são recomendadas para os cachorros.

Se você quer saber se cachorro pode comer atum, fresco, cru ou em lata, e quais são seus benefícios, continue lendo este artigo do PeritoAnimal para descobrir.

Também lhe pode interessar: Cachorro pode comer peixe?

Cachorro pode comer atum fresco?

Sim, cachorro pode comer atum fresco, desde que cozido. Para cozinhá-lo, você pode optar por cozê-lo com os outros alimentos que você vai incluir em sua porção de comida ou grelhá-lo com algumas gotas de azeite de oliva.

Em todo caso, há dois pontos importantes a serem levados em conta se você quiser dar atum fresco ao cachorro:

  • Em primeiro lugar, o atum deve estar em bom estado de conservação. Se o atum estiver em más condições, seu cão pode sofrer de envenenamento por histamina. A histamina é um composto de degradação encontrado em alguns peixes, como o atum. Este componente não é eliminado pelo calor, portanto, mesmo que o peixe seja cozido, o risco de intoxicação alimentar permanece. Portanto, a melhor maneira de evitar este envenenamento é garantir que o peixe esteja fresco e em boas condições.
  • Por outro lado, é importante, ao alimentar o cachorro com atum fresco, remover primeiro as espinhas. Se houver alguma espinha escondida, ela pode ficar presa na boca ou em outro lugar do seu trato digestivo, causando um grande problema ao pet. Para evitar isso, não se esqueça de remover todas as espinhas antes de incluir o atum em sua comida.

Cachorro pode comer atum cru?

Não é recomendado oferecer atum cru para cachorros e nem qualquer outro tipo de carne crua, que se estiverem contaminadas, poderão causar uma série de doenças em nosso amigo de quatro patas.

Cachorro pode comer atum em lata?

Os cachorros também podem comer atum em lata ou em conserva. Entretanto, deve-se observar que nem todo atum enlatado é adequado para a dieta de um cão. Você pode incluir atum em lata ao natural, atum em azeite de oliva ou óleo de girassol, de preferência aqueles com baixo teor de sal. Você pode oferecer diretamente ao cachorro, drenando o óleo ou a água da lata antes. Entretanto, não misture o atum com a ração se você for oferecê-lo ao pet, pois a ração e a comida caseira têm processos digestivos diferentes.

Todos os outros alimentos em conserva (atum em salmoura, atum em conserva com molho de tomate, etc.) não são recomendados para os cães.

Beneficios do atum para os cachorros

O atum é um peixe azul que contém cerca de 12% de gordura, razão pela qual é considerado um peixe gordo. Essa gordura é rica em ácidos graxos ômega 3, que ajudam a reduzir os níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue, reduzindo assim o risco de doenças cardiovasculares. É também um peixe com elevada quantidade de proteína de alto valor biológico (23 gramas de proteína por 100 gramas de atum), o que significa que ele fornece uma grande quantidade de aminoácidos essenciais.

O atum também é uma importante fonte de vitaminas e minerais. Dentre as vitaminas, destacam-se as vitaminas D e as vitaminas do grupo B (principalmente B3, B6 e B12). Quanto aos minerais, destacam-se o selênio, fósforo, ferro, zinco e magnésio.

Como podemos ver, o atum é um peixe muito completo que proporciona muitos benefícios para nossos cães. Mas qual é a maneira correta de dar atum para o cachorro? Vamos dar uma olhada nisso a seguir.

Como dar atum para o cachorro

Existem diferentes maneiras de oferecer atum para cachorro, dependendo do tipo de alimentação que ele tem. Mostramos todos eles para que você possa escolher o mais adequado para seu cão:

O atum como recompensa

Antes de tudo, você deve saber que se você alimentar seu cão exclusivamente com uma ração comercial, e tanto o tipo de ração quanto a quantidade que você lhe dá são apropriados para sua idade, raça, nível de atividade e estado fisiológico, você não precisa dar a ele nenhum alimento extra, pois a ração irá fornecer todos os nutrientes que seu cão precisa.

Nestes casos, você pode dar atum como um prêmio de forma ocasional, mas não o adicione rotineiramente à sua ração, já que, como já mencionamos, não é aconselhável misturar os dois tipos de alimentos ao mesmo tempo. Seria uma excelente opção, entretanto, estabelecer uma dieta mista, na qual alguns dias você alimenta seu cão com comida e outros dias você o alimenta com comida caseira.

Como parte de uma dieta mista ou totalmente caseira

Se ao invés de utilizar exclusivamente uma ração comercial para cães, você decidir alimentar o cachorro com uma ração de comida caseira, seja alguns dias por semana ou estabelecer uma dieta caseira, é importante que você consulte um veterinário especializado em nutrição animal para garantir que você atenda às necessidades nutricionais da ração diária de seu companheiro peludo.

Os cães não são carnívoros rigorosos, portanto, sua dieta não deve incluir apenas alimentos proteicos, mas também alimentos ricos em carboidratos, fibras, etc. Entretanto, o ingrediente principal deve ser a proteína animal. Como já mencionamos, o atum é uma boa fonte de gordura e proteína que pode ser incorporada à dieta dos cães, mas, neste caso, deve ser acompanhado por outros alimentos que garantam uma alimentação saudável e equilibrada.

Além disso, é importante ter em mente algumas considerações se quisermos incluir o atum na dieta do cachorro:

  • O atum é um peixe com alto teor de gordura, o que o torna um alimento muito energético. Portanto, se o cachorro for obeso ou se ele sofre de uma patologia que favorece o excesso de peso, como o hipotireoidismo, você deve optar por carnes ou peixes mais magros (com menos gordura), como frango, peru ou peixe branco.
  • O atum, como os outros grandes peixes predadores, tende a armazenar altos níveis de mercúrio (especificamente metilmercúrio) em seu corpo. O consumo excessivo deste tipo de peixe pode levar ao envenenamento por metilmercúrio, que geralmente causa sintomas neurológicos. Portanto, não é aconselhável incluir o atum na ração diária de seu cão, mas alterná-la com outras fontes de proteína.

Em resumo, cachorro pode comer atum mas, incluir este peixe é uma boa opção desde que você o faça na quantidade certa e da maneira correta. Lembre-se de que não deve ser um alimento diário, mas deve ser alternado com outras fontes de proteína. Além disso, não esqueça a importância de oferecer ao cachorro uma dieta saudável e equilibrada que cubra totalmente suas necessidades nutricionais. Para fazer isso, não perca nosso artigo sobre que alimentos os cachorros podem comer.

Confira ainda o vídeo a seguir em que falamos quantas vezes um cachorro deve comer por dia:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cachorro pode comer atum?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Dietas caseiras.

Bibliografia
  • Federación Europea de Fabricantes de Alimentos para Animales de Compañía. (2017). Guías Nutricionales para alimentos completos y complementarios para perros y gatos. Disponível em: <https://www.colvet.es/sites/default/files/2017-03/Guias-Nutricionales-FEDIAF-es-2017_0.pdf>. Acesso em 28 de outubro de 2021.
  • Ministerio de Agricultura, Pesca y Alimentación. (s.f.) Características nutricionales de los principales alimentos de nuestra dieta. Atún (Thunnus thynnus).

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Cachorro pode comer atum?
Cachorro pode comer atum?

Voltar ao topo da página