menu
Partilhar

Animais que não têm ossos

 
Por Ana Diaz Maqueda. 15 dezembro 2021
Animais que não têm ossos

Os animais sem ossos ocupam todos os habitats do planeta Terra, desde a fria Antártida até as florestas tropicais. São grupos imensos de animais invertebrados, muitos deles ainda desconhecidos pelos seres humanos, e outros que inclusive pensaríamos que não são animais por causa da sua aparência física.

Neste artigo da PeritoAnimal apresentamos uma lista com diversos exemplos de animais que não têm ossos, com algumas curiosidades e também as classificações que existem na biologia. Boa leitura.

Também lhe pode interessar: Animais que não se locomovem

Animais que não têm ossos - Características dos invertebrados

A principal característica que define os animais sem que não têm ossos, chamados oficialmente de invertebrados, é a ausência de vértebras e outros ossos. Os invertebrados não têm um esqueleto interno, seja ósseo ou cartilaginoso. Dependendo do tipo de animal, eles podem possuir alguma forma de sustentação, tal como o exoesqueleto dos artrópodes.

Outra característica importante deste grupo de animais é que eles são geralmente pequenos em tamanho, com exceção de alguns raros casos que serão mencionados mais adiante.

Estima-se que 95% dos animais que habitam a Terra sejam invertebrados. Esses animais sem ossos podem ser divididos em dois grupos: animais com proteção externa e animais sem proteção.

Os animais invertebrados com proteção externa são os artrópodes, moluscos e equinodermos, e os animais invertebrados sem proteção externa são os vermes, porifera, cnidários e alguns outros. Portanto:

Animais com proteção externa

Animais invertebrados sem proteção externa

  • Vermes
  • Poríferos
  • Cnidários

Exemplos de animais que não têm ossos

A seguir listamos alguns dos animais sem ossos. Ainda neste artigo falaremos sobre as classificações desses invertebrados com mais detalhes:

  • Abelha
  • Ácaro
  • Aranha
  • Aranha
  • Bicho-pau
  • Borboleta
  • Caracol
  • Caranguejo
  • Carrapato
  • Centopeia
  • Cigarra
  • Coral
  • Escorpião
  • Esponja-do-mar
  • Estrela-do-mar
  • Formiga
  • Grilo
  • Lacraia
  • Lagosta
  • Lesma
  • Libélula
  • Louva-a-deus
  • Lombriga
  • Lula
  • Mariscos
  • Medusa
  • Mexilhão
  • Mosca
  • Mosquito
  • Ostra
  • Ouriço
  • Polvo
  • Sanguessuga
  • Vermes

Filo Porífera

No topo da lista de nomes de animais que não têm ossos estão as poríferas, também conhecidas como esponjas. A maioria delas é marinha (cerca de 6000 espécies), com algumas esponjas de água doce (cerca de 150 espécies). São abundantes em todos os mares e crescem em uma variedade de substratos. Seu tamanho pode variar de alguns milímetros a mais de dois metros. Geralmente têm forma irregular e a cor varia de espécie para espécie.

As poríferas são filtros bentônicos sésseis, ou seja, elas se alimentam retendo partículas de alimentos suspensas, estão presas ao fundo do mar e não podem se mover.

Seus corpos são compostos por um sistema de canais por onde passa a água que transporta alimentos e oxigênio, além de onde são evacuados os resíduos. A reprodução nestes animais pode ser sexual ou assexual, mas geralmente são hermafroditas.

Como não têm esqueleto, as fibras de colágeno formam o esqueleto principal das esponjas. Também têm espículas que podem ser calcárias ou siliciosas e também formam parte de seu esqueleto.

Animais que não têm ossos - Filo Porífera

Filo Placozoa

Só se conhece uma espécie de placozoa, Trichoplax adhaerens, encontrada em águas marinhas do Mediterrâneo, Atlântico e Pacífico

Estes animais sem ossos têm um corpo achatado, de 2 a 3 milímetros de comprimento. São bentônicos marinhos e se movimentam por meio de flagelos. Se alimentam do biofilme que reveste as superfícies inferiores. É o animal de vida livre com o menor número de tipos de células e a menor quantidade de DNA.

A reprodução é assexuada por cisão ou brotamento. Os ovos são formados a partir de um de seus três tipos celulares, mas não se observa a presença de espermatozóides e fertilização.

Animais que não têm ossos - Filo Placozoa
Imagem: infobiologia.net

Filo Cnidários

Esse grupo de animais invertebrados inclui medusas. Existem aproximadamente 10.000 espécies de cnidários, das quais cerca de 20 são de água doce e o restante marinho.

Seu corpo fica organizado em um saco cego, com uma única abertura da cavidade digestiva (boca). A reprodução das medusas é sexual, mas também podem se reproduzir assexualmente.

Animais que não têm ossos - Filo Cnidários

Filo Acelomorfos

Os seguintes animais que não têm ossos são divididos em dois grupos: acoela (380 espécies) e nemertodermatida (9 espécies). O filo acelomorfos ou pequenos vermes que carecem de intestino são em sua maioria marinhos e têm uma anatomia interna muito simples. Eles são hermafroditas, embora não tenham órgãos sexuais como tais. Eles também podem reproduzir-se assexualmente.

Animais que não têm ossos - Filo Acelomorfos

Filo Platelmintos ou vermes achatados

Existem mais de 20.000 espécies de vermes achatados, muitas das quais são espécies parasitárias de vertebrados continentais, como nossos cachorros e gatos ou até mesmo de nós mesmos, por exemplo, as ténias.

Seu sistema digestivo termina em um saco cego, com uma boca ventral quando estão em vida livre ou uma boca frontal quando são parasitas. Os sistemas excretor, nervoso e reprodutivo desses animais sem ossos são bem desenvolvidos. São hermafroditas.

Animais que não têm ossos - Filo Platelmintos ou vermes achatados

Filo Anelídeo

Outro dos animais que não têm ossos são os anelídeos. Esses vermes são caracterizados por seus corpos serem divididos em anéis ou segmentos. Esse grupo inclui lombrigas e sanguessugas. Existem cerca de 15.000 espécies de anelídeos, muitas marinhas, algumas de água doce e algumas terrestres.

Seus corpos são protegidos por uma cutícula feita de colágeno. Sua pele é coberta por cílios e várias glândulas com pelos de quitina chamadas chaetas, que são responsáveis pela respiração.

Animais que não têm ossos - Filo Anelídeo

Filo Mollusca

Esse grupo é composto por cerca de 100.000 espécies de animais invertebrados. A maioria deles são marinhos, mas há também muitos terrestres, especialmente gastrópodes ou caramujos. Eles habitam todos os tipos de ambientes. Existem duas classes, bivalves e gastrópodes, que têm uma concha externa e servem como proteção. E uma classe, os cefalópodes, que são polvos e lulas, que têm uma concha interna.

Animais que não têm ossos - Filo Mollusca

Filo Artrópodes

Os artrópodes têm tido grande sucesso evolutivo e são o grupo animal com o maior número de espécies, especialmente insetos. Eles variam em tamanho desde muito pequenos (por exemplo, Demodex spp. (0,1 mm) a muito grandes (por exemplo, Macrocheira kaempferi até 4 metros (menos comum).

O corpo dos artrópodes é segmentado em tagmas, o que significa que são animais sem ossos, com o corpo dividido em cabeça, tórax e abdômen. Eles têm um exoesqueleto cuticular esclerizado, o que os impede de crescer, portanto devem mudar toda vez que precisam crescer.

Dentro desse grupo de animais sem ossos que são os artrópodes encontramos os míriapodes, crustáceos, aracnídeos e hexapodes.

Animais que não têm ossos - Filo Artrópodes

Filo Equinodermos

Os equinodermos são um grupo muito grande e diversificado. Existem cerca de 7.000 espécies, todas elas marinhas. Eles são animais dióicos, ou seja, têm sexos separados. Dentro deste grupo de animais invertebrados encontramos crinóides, asteróides ou estrelas do mar, os ofiúros, ouriços-do-mar e holotúrias.

Têm um endosqueleto formado por placas, chamadas de oscículos ou esclerites. O animal é coberto com tecido epidérmico, sob o qual está a derme e todos os os oscículos, que podem ou não se articular uns com os outros, dependendo da espécie.

E com os equinodermos encerramos este artigo sobre os animais que não têm ossos. Também recomendamos a leitura deste outro artigo com a classificação dos animais vertebrados.

Animais que não têm ossos - Filo Equinodermos

Se deseja ler mais artigos parecidos a Animais que não têm ossos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Camacho, H. H. (1966). Fascículo III. Invertebrados.
  • Macan, T. T., & Jordana, R. (1975). Guia de animales invertebrados de agua dulce. Eunsa.
  • Ruppert, E. E., & Barnes, R. D. (1996). Zoología de los invertebrados (No. QL 362. B3718 1996).
  • Verdú, J. R., & Galante, E. (Eds.). (2006). Libro rojo de los invertebrados de España.
  • Villee, C. A., & Zarza, R. E. (1996). Biología (Vol. 7). McGraw-Hill.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Animais que não têm ossos
Imagem: infobiologia.net
1 de 10
Animais que não têm ossos

Voltar ao topo da página