menu
Partilhar

Animais que mudam de cor

 
Por Equipe editorial do PeritoAnimal. 19 fevereiro 2021
Animais que mudam de cor

Na natureza, a fauna e a flora utilizam diferentes mecanismos para sobreviver. Entre eles, uma das mais peculiares é a capacidade de mudar de cor. Na maioria dos casos, esta capacidade responde à necessidade de camuflar-se no ambiente, mas também cumpre outras funções.

O animal que muda de cor mais popular talvez seja o camelão, no entanto, existem muitos outros. Você conhece alguns deles? Descubra neste artigo do PeritoAnimal uma lista com diversos animais que mudam de cor. Boa leitura!

Também lhe pode interessar: Como o camaleão muda de cor?

Por que os animais mudam de cor

Há várias espécies capazes de modificar sua aparência. Um animal que muda de cor pode fazer isso com o objetivo de se esconder e, portanto, este é um método de defesa. No entanto, esta não é a única razão. A mudança de cor não ocorre apenas em espécies como os camaleões, que são capazes de mudar o tom de sua pele. Outras espécies transformam ou mudam a cor de suas pelagens por vários motivos. Estas são as principais causas que explicam por que os animais mudam de cor:

  • Sobrevivência: fugir dos predadores e camuflar-se no ambiente é a principal razão para a mudança. Graças a isso, o animal que muda de cor passa despercebido para fugir ou se esconder. Este fenômeno é chamado de proteção variável.
  • Termorregulação: outras espécies mudam sua cor de acordo com a temperatura. Graças a isso, eles absorvem mais calor durante as estações frias ou esfriam no verão.
  • Acasalamento: A modificação da cor do corpo é uma forma de atrair o sexo oposto durante a época do acasalamento. Cores brilhantes e atraentes atraem com sucesso a atenção de um parceiro em potencial.
  • Comunicação: Os camaleões são capazes de mudar de cor de acordo com seu estado de espírito. Graças a isso, funciona como uma forma de comunicação entre eles.

Agora você sabe por que os animais mudam de cor. Mas como eles fazem isso? Explicamos para você a seguir.

Animais que mudam de cor - Por que os animais mudam de cor

Como os animais mudam de cor

Os mecanismos que os animais utilizam para mudar de cor são variados, pois suas estruturas físicas são diferentes. O que isso significa? Um réptil não muda da mesma forma que um inseto e vice-versa.

Por exemplo, camaleões e cefalópodes possuem células chamadas cromatóforos, que contêm vários tipos de pigmentos. Elas estão localizadas nas três camadas externas da pele, e cada camada abriga pigmentos correspondentes a cores diferentes. Dependendo do que eles precisam, os cromatóforos são ativados para mudar a cor da pele.

Outro mecanismo envolvido no processo é a visão, que é necessária para decifrar os níveis de luz. Dependendo da quantidade de luz no ambiente, o animal requer que sua pele veja diferentes tonalidades. O processo é simples: o globo ocular decifra a intensidade da luz e transporta as informações para a glândula pituitária, um hormônio que se segrega nos componentes da corrente sanguínea que alertam a pele para a cor exigida pela espécie.

Alguns animais não mudam a cor de sua pele, mas suas pelagens ou plumagem. Por exemplo, nas aves, a mudança de coloração (a maioria delas apresenta plumagem marrom no início de sua vida) responde à necessidade de diferenciar as fêmeas dos machos. Para isso, a plumagem marrom cai e a cor característica da espécie aparece. O mesmo acontece com os mamíferos que mudam a cor de sua pele, embora a principal razão seja camuflar-se durante a mudança de estação; por exemplo, exibir peles brancas durante o inverno em áreas nevadas.

Quais animais mudam de cor?

Você já sabe que o camaleão é um tipo de animal que muda de cor. Mas nem todas as espécies de camaleão o fazem. E, além dele, há outros animais com essa habilidade. Nós vamos detalhar melhor estes animais a seguir:

  • Camaleão-de-Jackson
  • Aranha-caranguejo-amarela
  • Polvo mímico
  • Choco
  • Linguado comum
  • Choco-flamboyant
  • Solha-das-pedras
  • Besouro-tartaruga
  • Anolis
  • Raposa-do-Ártico

1. Camaleão-de-Jackson

O camaleão-de-Jackson (Trioceros jacksonii) é um dos camaleões capazes de fazer o maior número de mudanças de cor, adotando entre 10 e 15 tonalidades diferentes. A espécie é nativa do Quênia e da Tanzânia, onde vive em áreas entre 1.500 e 3.200 metros acima do nível do mar.

A coloração original destes camaleões é verde, seja apenas essa cor ou com áreas amarelas e azuis. Ele ainda é chamado por um outro nome devido a uma peculiar curiosidade deste animal que muda de cor: ele também é conhecido como camaleão-de-três-chifres.

Animais que mudam de cor - 1. Camaleão-de-Jackson

2. Aranha-caranguejo-amarela

É um aracnídeo que está entre os animais que mudam de cor para se esconder. A aranha-caranguejo-amarela (Misumena vatia) mede entre 4 e 10 mm e vive na América do Norte.

A espécie tem um corpo plano e pernas largas e bem separadas, razão pela qual é chamada de caranguejo. A cor é variável entre marrom, branco e verde claro; no entanto, adapta seu corpo às flores onde caça, por isso veste seu corpo em tons de amarelo vivo e branco manchado.

Se este animal chamou sua atenção, você também pode estar interessado neste outro artigo sobre os tipos de aranhas venenosas.

Animais que mudam de cor - 2. Aranha-caranguejo-amarela

3. Polvo mímico

A capacidade de se esconder do polvo mímico (Thaumoctopus mimicus[1]) é realmente impressionante. É uma espécie que habita as águas ao redor da Austrália e países asiáticos, onde pode ser encontrada a uma profundidade máxima de 37 metros.

A fim de se esconder dos predadores, este polvo é capaz de adotar as cores de quase vinte espécies marinhas diferentes. Estas espécies são heterogêneas e incluem medusas, cobras, peixes e até mesmo caranguejos. Além disso, seu corpo flexível é capaz de imitar a forma de outros animais, como as jamantas.

Animais que mudam de cor - 3. Polvo mímico

4. Choco

O choco (Sepia officinalis) é um molusco que habita o nordeste do Oceano Atlântico e o Mar Mediterrâneo, onde é encontrado a pelo menos 200 metros de profundidade. Este animal que muda de cor mede no máximo 490 mm e pesa até 2 quilos.

Os chocos vivem em áreas arenosas e lamacentas, onde eles se escondem dos predadores durante o dia. Como os camaleões, sua pele tem cromatóforos, que lhes permitem mudar de cor para adotar padrões variados. Em areia e substratos unicolor, mantém um tom uniforme, mas apresenta manchas, pontos, listras e cores em ambientes heterogêneos.

Animais que mudam de cor - 4. Choco

5. Linguado comum

O linguado comum (Solea solea) é outro peixe capaz de modificar a cor de seu corpo. Habita as águas do Atlântico e do Mediterrâneo, onde se encontra a uma profundidade máxima de 200 metros.

Ele tem um corpo achatado que permite que se enterre na areia para se esconder dos predadores. Também muda ligeiramente sua cor de pele, tanto para se proteger como para caçar os vermes, moluscos e crustáceos que compõem sua alimentação.

Animais que mudam de cor - 5. Linguado comum

6. Choco-flamboyant

O impressionante choco-flamboyant (Metasepia pfefferi) é distribuído nos oceanos Pacífico e Índico. Ele vive em áreas arenosas e pantanosas, onde seu corpo fica perfeitamente camuflado. Entretanto, esta variedade é venenosa; por esta razão, muda seu corpo para um tom vermelho vivo quando se sente ameaçado. Com esta transformação, sinaliza a seu predador sobre sua toxicidade.

Além disso, ele é capaz de se camuflar com o meio ambiente. Para isso, o corpo deste choco contém 75 componentes cromáticos que adotam até 11 padrões de cores diferentes.

Animais que mudam de cor - 6. Choco-flamboyant

7. Solha-das-pedras

Outro animal marinho que muda de cor para se esconder é a solha-das-pedras (Platichthys flesus[2]). É um peixe que vive a uma profundidade de 100 metros, desde o Mediterrâneo até o Mar Negro.

Este peixe achatado usa a camuflagem de diferentes maneiras: a principal é se esconder debaixo da areia, uma tarefa fácil por causa do formato de seu corpo. Ela também é capaz de adaptar sua cor ao fundo do mar, embora a mudança de cor não seja tão impressionante quanto em outras espécies.

Animais que mudam de cor - 7. Solha-das-pedras

8. Besouro-tartaruga

Outro animal que muda de cor é o besouro-tartaruga (Charidotella egregia). É um escaravelho cujas asas refletem uma cor dourada metálica marcante. Entretanto, em situações estressantes, seu corpo transporta fluidos para as asas e estes adquirem uma cor vermelha intensa.

Esta espécie se alimenta de folhas, flores e raízes. Além disso, o besouro-tartaruga é um dos besouros mais chamativos existentes.

Não perca este outro artigo com os insetos mais estranhos do mundo.

Animais que mudam de cor - 8. Besouro-tartaruga

9. Anolis

O anolis[3] é um réptil nativo dos Estados Unidos, mas agora pode ser encontrado no México e em várias ilhas da América Central. Habita florestas, pastagens e estepes, onde prefere viver nas árvores e nas rochas.

A cor original deste réptil é o verde brilhante; no entanto, sua pele adquire um tom marrom escuro quando se sente ameaçado. Como os camaleões, seu corpo possui cromatóforos, o que faz dele outro animal que muda de cor.

Animais que mudam de cor - 9. Anolis

10. Raposa-do-ártico

Há também alguns mamíferos que são capazes de mudar de cor. Neste caso, o que muda não é a pele, mas o pelo. A raposa-do-ártico (Vulpes lagopus) é uma destas espécies. Ela vive nas áreas árticas da América, Ásia e Europa.

O pelo desta espécie é marrom ou acinzentado durante as estações quentes. No entanto, ela muda sua pelagem quando o inverno se aproxima, para adotar uma coloração branca brilhante. Este tom lhe permite camuflar-se na neve, habilidade que precisa para se esconder de possíveis ataques e caçar suas presas.

Você também pode estar interessado neste outro artigo sobre tipos de raposas - nomes e fotos.

Animais que mudam de cor - 10. Raposa-do-ártico

Outros animais que mudam de cor

Além dos mencionados acima, há muitos animais que mudam de cor que fazm isso para se esconder ou por outros motivos. Estes são alguns deles:

  • Aranha-caranguejo (Misumenoides formosipes)
  • Grande-polvo-azul (Polvo Cyanea)
  • Camaleão-anão-de-Smith (Bradypodion taeniabronchum)
  • Cavalo-marinho da espécie Hippocampus erectus
  • Camaleão-de-Fischer (Bradypodion fischeri)
  • Cavalo-marinho da espécie Hippocampus reidi
  • Camaleão de Ituri (Bradypodion adolfifriderici)
  • Peixe Gobius paganellus
  • Lula-costeira (Doryteuthis opalescens)
  • Polvo abissal (Graneledone boreopacifica)
  • Choco-australiano-gigante (Sepia apama)
  • Lula-comum-de-anzol (Onychoteuthis banksii)
  • Dragão-barbudo (Pogona vitticeps)

Se deseja ler mais artigos parecidos a Animais que mudam de cor, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Referências
  1. Allcock, A.L. 2019. Thaumoctopus mimicus. The IUCN Red List of Threatened Species 2019.
  2. La platija. (2013, 12 de julio). Oceana. Disponíve em: <https://eu.oceana.org/es/blog/la-platija>. Acesso em 19 de fevereiro de 2021.
  3. Frost, D.R. & Hammerson, G.A. 2007. Anolis carolinensis. The IUCN Red List of Threatened Species. Disponível em: <https://www.iucnredlist.org/>. Acesso em 19 de fevereiro de 2021.
Bibliografia
  • ECOLOGÍA VERDE. Animales que cambian de color. Disponível em: <https://www.ecologiaverde.com/animales-que-cambian-de-color-2586.html>. Acesso em 19 de fevereiro de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Animais que mudam de cor
1 de 12
Animais que mudam de cor

Voltar ao topo da página