menu
Partilhar

Animais com exoesqueleto - Nomes e exemplos

 
Por Equipe editorial do PeritoAnimal. 5 novembro 2021
Animais com exoesqueleto - Nomes e exemplos

O corpo dos animais vertebrados de maior porte não é um mistério para a maioria das pessoas: é conhecido por ter um esqueleto, órgãos vitais internos (coração, cérebro, etc.), uma derme de características variáveis e órgãos através dos quais os cinco sentidos são manifestados, entre outras características.

No entanto, você já se perguntou como é a morfologia dos invertebrados? Então você precisa saber tudo sobre os animais com exoesqueleto. Neste artigo do PeritoAnimal apresentaremos diversos nomes com exemplos e fotos. Boa leitura.

O que é o exoesqueleto

O exoesqueleto é uma estrutura externa que cobre o corpo de vários animais, incluindo artrópodes. É caracterizado por ser resistente, mas flexível. Esta estrutura é composta por diferentes substâncias, dependendo do subfilo ao qual o animal pertence:

  • Quitina para insetos e fungos
  • Cálcio em moluscos e corais
  • Sílica em diatomáceas, entre outros componentes.

Por sua vez, o exoesqueleto é composto por três estruturas:

  • Cutícula: camada não celular secretada pela hipoderme, os artrópodes são capazes de liberar esta camada para crescer.
  • Epiderme: estrutura celular que gera a cutícula e cria as condições necessárias para sua muda.
  • Membrana basal: camada não celular mais interna do exoesqueleto, responsável por sustentar os músculos.

Agora, quais são as funções do exoesqueleto? Ele é responsável por:

  • Proteger e sustentar os músculos e órgãos internos.
  • Isolar o animal de agentes externos, tais como umidade e ressecamento.
  • Armazenar substâncias que dão cores brilhantes a muitas espécies.

Entretanto, algumas espécies, além de possuírem um exoesqueleto, também possuem um endoesqueleto.

Animais com exoesqueleto - Nomes e exemplos - O que é o exoesqueleto

Classificação dos artrópodes

O filo dos artrópodes contém mais espécies do que qualquer outro no mundo. Todos eles têm exoesqueletos, mas o que são esses animais? Para descobrir, você precisa conhecer a classificação dos artrópodes:

Protarthropoda

Esses animais com exoesqueleto têm patas primitivas, uma cabeça e um abdômen. Eles podem ser terrestres ou aquáticos. Estão incluídos nesta superclasse:

  • Aracnídeos: inclui aranhas, carrapatos, ácaros, escorpiões, entre outros. No total, inclui mais de 30.000 espécies diferentes.
  • Pycnogonida: inclui 50 espécies de aranhas marinhas, que geralmente vivem em cima dos corpos de outros animais.

Euarthropoda

Inclui a superclasse Mandibulata, que classifica principalmente os animais terrestres que possuem mandíbulas. Além disso, as espécies têm antenas, pernas e partes da mandíbula bem formadas. Inclui as seguintes classes:

  • Insetos: têm cabeça, tórax e abdômen bem definidos. Eles vivem em ambientes terrestres ou aquáticos e alguns têm asas. As diferentes espécies têm uma multiplicidade de características e peculiaridades.
  • Crustáceos: têm um exoesqueleto rígido devido a substâncias calcárias. Eles vivem em água doce ou salgada e contêm uma grande variedade de espécies com múltiplas aparências, desde caranguejos e siris até cochonilhas.
  • Miriápodes: desenvolvem um tronco alongado que os torna semelhantes aos vermes, mas com uma cabeça distinta.

Por sua vez, a subclasse dos miriápodes está dividida em:

  • Diplópodes: são os milípedes ou centopeias. Eles têm mandíbulas, corpos alongados e várias patas.
  • Quilópodes: incluem centopeias e scolopendras. Semelhante aos diplópodes, eles têm um corpo mais alongado.
  • Sínfilos: espécies alongadas semelhantes aos quilópodes, mas menores e com antenas.
  • Pauropoda: são vermes terrestres que gostam de viver em húmus, têm antenas e têm respiração traqueal.
Animais com exoesqueleto - Nomes e exemplos - Classificação dos artrópodes

Animais com exoesqueleto

Agora que você sabe tudo sobre a estrutura externa, aqui estão alguns animais com exoesqueleto:

1. Ácaro

Da subclasse Acari, trata-se de aracnídeos que são parasitas de outros animais. Existem espécies terrestres e aquáticas, e sua dieta é variada: hematófagas, detritívoras e herbívoras. As diferentes espécies são capazes de transmitir doenças ou de se tornarem pragas de plantas.

Animais com exoesqueleto - Nomes e exemplos - Animais com exoesqueleto

2. Caranguejo

Existem muitos tipos de caranguejos, mas em geral são crustáceos com cinco patas, uma forte concha corporal e pinças que lhes dão a possibilidade de se defender e pegar suas presas. Esses animais com exoesqueleto vivem no fundo do mar, onde caminham para encontrar seu alimento, que é composto principalmente de animais menores.

3. Abelha

As abelhas são insetos que estão amplamente distribuídos no planeta Terra. Estão organizadas em colônias com hierarquias bem definidas e são muito importantes no processo de polinização de milhares de espécies de plantas.

4. Centopeia

O nome centopéia diz respeito a mais de 3.000 espécies de artrópodes que se caracterizam por um corpo alongado dividido em segmentos, múltiplas patas, antenas e maxilares poderosos. Eles são predadores e caçam insetos, vermes e caramujos.

5. Aranha-do-mar

Estes animais com exoesqueleto têm oito patas que usam para se deslocar, razão pela qual são comparadas a aranhas terrestres. Se camuflam com o fundo do mar e têm um corpo longo e esguio de membros.

Imagem: Tim Dwyer/Arcus

Mais animais com exoesqueleto

Entre os milhares de animais com exoesqueleto, também podemos destacar:

  • Barbeiro (Triatoma infestans)
  • Besouro (ordem Coleoptera)
  • Borboleta (ordem Lepidoptera)
  • Mutuca (ordem Tabanidae)
  • Carrapato (ordem Ixodoidea)
  • Cascudo (família Loricariidae)
  • Cigarra (ordem Hemiptera)
  • Cochonilha (Dactylopius coccus)
  • Cupim (subordem Isoptera)
  • Escaravelho (infraordem Scarabaeiformia)
  • Escorpião (ordem Scorpiones)
  • Formiga (família Formicidae)
  • Lacraia (família Scolopendridae)
  • Lagarta (ordem Lepidoptera)
  • Lagosta (família Palinuridae)
  • Opilião (ordem Opiliones)
  • Pernilongo (família Culicidae)
  • Piolho-de-cobra (classe Diplopoda)
  • Pulga (ordem Siphonaptera)
  • Pulgão (superfamília Aphidoidea)
  • Siri (Callinectes sapidus)
  • Vagalume (ordem Coleoptera)

O que é o endoesqueleto

Agora que você já sabe o que é o exoesqueleto e viu os animais que possuem essa estrutura, falaremos sobre o endoesqueleto. É uma estrutura interna que protege os órgãos, permite a união dos músculos, dá forma ao corpo do animal, permite o movimento e protege o sistema nervoso. Todos os vertebrados têm um endoesqueleto, portanto, a maioria dos animais comuns tem estas estruturas.

Uma diferença entre o exoesqueleto e o endoesqueleto é que este último não "muda", mas cresce com o indivíduo ao qual pertence, mas não precisa ser descartado para desempenhar esta função. Além disso, ele se desenvolve a partir do momento em que o organismo é um embrião.

Os endoesqueletos, por outro lado, são caracterizados por uma coluna vertebral ou espinha formada por discos, que protegem o sistema nervoso e se conectam com o crânio e o cérebro na maioria das espécies.

Animais com endoesqueleto

Milhares de espécies possuem esta estrutura, o que lhes permite proteger seus órgãos e reforçar a forma de seus corpos. Estes são alguns dos animais com endoesqueleto:

1. Cefalópodes

Comumente conhecidos como polvos e lulas, os cefalópodes têm habitado os mares desde o Carbonífero. São caracterizados por tentáculos e um corpo flexível com textura gelatinosa. Eles se alimentam de outros animais.

2. Peixes

A maioria dos peixes tem um endoesqueleto que protege seus órgãos internos e fornece aos músculos o apoio ideal para nadar. Por esta razão, o endoesqueleto dos peixes inclui parte das barbatanas e da cauda em muitos espécimes.

3. Urochordata

Os urochordata são um filo de animais marinhos com mais de 3.000 espécies. Eles têm corpos tubulares, alongados ou mesmo microscópicos, mas têm em comum um sistema nervoso e circulatório primitivo. Apesar disso, possuem um simples exoesqueleto contendo células sanguíneas e músculos de apoio.

4. Vertebrados

Todos os vertebrados, sejam marinhos, terrestres, voadores ou de água doce, têm um exoesqueleto que protege seus órgãos, contém o sistema nervoso e proporciona apoio à musculatura. Entre os vertebrados estão os seguintes animais:

  • Anfíbios
  • Répteis
  • Aves
  • Mamíferos
  • Peixes cartilaginosos
  • Peixes com barbatanas

Os seres humanos também estão incluídos nesta classificação e, por isso, são animais com endoesqueleto.

Animais com exoesqueleto - Nomes e exemplos - Animais com endoesqueleto

Animais com endoesqueleto e exoesqueleto

Na fauna diversificada que habita o planeta, existem alguns animais que possuem tanto o endoesqueleto como o exoesqueletos. Você sabe quais são esses animais com dois tipos de esqueletos? Apresentamos algumas espécies:

1. Tatu

Os tatus são mamíferos terrestres e, portanto, têm um endoesqueleto dentro de seus corpos. Entretanto, estes animais também são caracterizados por uma armadura externa feita de placas ósseas, que serve como meio de proteção.

2. Pangolin

Os pangolins são mamíferos distribuídos na Ásia e na África, onde se alimentam de formigas e cupins. São semelhantes em aparência aos tatus, pois, além de serem vertebrados, possuem uma armadura externa composta de placas rígidas.

3. Tartaruga

As tartarugas marinhas e aquáticas têm um exoesqueleto que as torna fáceis de reconhecer: a carapaça. A carapaça protege os órgãos e, ao mesmo tempo, representa uma espécie de "lar" para a tartaruga, onde pode se refugiar para descansar ou evitar os predadores.

Agora que você sabe o que é e quais são os animais com exoesqueleto, endoesqueleto e até mesmo os animais que possuem ambos os tipos de estrutura, recomendamos a leitura deste artigo sobre os animais que não se locomovem.

Animais com exoesqueleto - Nomes e exemplos - Animais com endoesqueleto e exoesqueleto

Se deseja ler mais artigos parecidos a Animais com exoesqueleto - Nomes e exemplos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • De Cruz Lozano, Jaime. (2005). Entomología: morfología y fisiología de los insectos. Palmira, Universidad Nacional de Colombia.
  • Cruz Angón, Andrea. (ed.). (2011). La biodiversidad de Veracruz. Estudio de estado. México, Conabio.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Animais com exoesqueleto - Nomes e exemplos
Imagem: Tim Dwyer/Arcus
1 de 10
Animais com exoesqueleto - Nomes e exemplos

Voltar ao topo da página