Partilhar

7 coisas que seu gato sabe sobre você

 
Por Eduarda Piamore. 7 setembro 2020
7 coisas que seu gato sabe sobre você

Ver fichas de  Gatos

Aqueles de nós que têm a oportunidade de compartilhar o nosso lar com esses maravilhosos e intrigantes seres que são os gatos, certamente nos fazemos inúmeras perguntas sobre seu comportamento e sua forma de se relacionar com o mundo, bem como com nós mesmos.

A verdade é que a natureza felina continua sendo um mistério até para os pesquisadores e cientistas mais especialistas e dedicados ao mundo animal. Sem dúvida, levaremos muito mais séculos para descobrir como pensam e sentem nossos gatinhos (e talvez, ainda tenhamos muitas dúvidas...).

No entanto, observando seus comportamentos e sua linguagem corporal, podemos concluir que os gatos conseguem entender muitas coisas sobre os seres humanos e sua forma de agir no cotidiano doméstico, graças à sua privilegiada inteligência e sensibilidade. Neste artigo de PeritoAnimal, contamos 7 coisas que seu gato sabe sobre você e talvez você não tenha se dado conta. Não perca!

Também lhe pode interessar: 7 coisas que os gatos podem prever

1. Os gatos reconhecem seu tutor como seu

Os amantes e tutores dos gatos em todo o mundo se perguntam: "Como nossos animais de estimação nos veem?". Certamente, devemos compreender que muitas pesquisas ainda serão necessárias para estar perto de saber o que e como os animais pensam. No entanto, podemos interpretar suas expressões faciais, posturas corporais e ações em relação a nós para ter uma ideia de como eles nos veem, seres humanos.

Em relação aos gatos, existem muitos exageros e equívocos ao assegurar que os felinos nos veem como seres "inferiores" ou "tolos". Se pensarmos um pouco, é improvável que um animal tão inteligente e perspicaz como o gato demonstre seu afeto e confie em outro indivíduo que parece mais fraco ou incapaz de se relacionar com ele.

De acordo com alguns especialistas, como o Dr. John Bradshaw, autor do livro "La mente de un gato" e pesquisador da Universidade de Bristol, os gatos se relacionam e se comportam com as pessoas de maneira idêntica (ou muito similar) a com outros gatos.

Isso não significa que os gatos não possam adquirir certos comportamentos em sua criação e em relação aos seus tutores. São animais suficientemente inteligentes e sensíveis para aprender ordens ou truques, ou saber como conseguir ou pedir algo para seus "humanos favoritos", com certas ações ou sons. No entanto, nossas diferenças (entre homens e gatos) não serão suficientes para condicionar seu comportamento em relação a nós ou fazer com que nos tratem de forma totalmente diferente de seus semelhantes.

Se observarmos o comportamento dos cães em relação aos humanos, entendemos que os cachorros têm uma imagem idealizada do seu tutor e estabelecem um vínculo de extrema devoção, sendo capazes de colocar em risco sua própria vida para preservar o bem-estar do mesmo. Obviamente, os gatos não interagem com seus tutores da mesma maneira que os cães.

Mas os felinos são animais completamente diferentes e sua natureza os torna muito mais independentes que os cães. Os gatos também reconhecem nosso papel no lar e, claro, compreendem que cuidamos do seu bem-estar, lhes proporcionamos comida, um ambiente tranquilo e, acima de tudo, carinho, porque os amamos. Tudo isso faz com que se sintam protegidos e seguros, e querem continuar compartilhando sua vida e seu território conosco, embora não o demonstrem da mesma maneira que os cães. No entanto, um gato não o tratará como um ser especial e totalmente diferente dele mesmo, mas como um dos seus que inspira confiança e apreço.

E é por tudo isso que, embora ainda precisemos entender muitas coisas sobre como os gatos pensam, estamos um tanto convencidos de que eles sabem que somos um dos seus, mesmo que não pertençamos à mesma espécie.

7 coisas que seu gato sabe sobre você - 1. Os gatos reconhecem seu tutor como seu

2. Os gatos sabem quando alguém está doente

Entre as coisas que os gatos podem "prever", ou melhor, perceber, estão algumas alterações no organismo dos seres humanos. Provavelmente, você já ouviu muitas histórias sobre algumas pessoas que recorreram ao médico depois de perceber que seus felinos cheiravam constantemente, repousavam suas patas ou mostravam certa insistência em relação à alguma parte do seu corpo. De fato, existem testemunhos muito comoventes de tutores que detectaram tumores malignos em seu corpo com a ajuda de companheiros felinos.

Portanto, parece que a pergunta chave é: os gatos são capazes de prever algumas doenças nas pessoas?". Embora o "sexto sentido" dos gatos ainda permaneça em segundo plano em nossa cultura geral, alguns estudos demonstram que, graças ao seu olfato desenvolvido, os gatinhos são capazes de detectar mudanças químicas e fisiológicas do nosso organismo com certa facilidade.

Ou seja: seu felino é capaz de perceber a segregação anormal de algumas substâncias químicas que seu corpo realiza quando está doente. Por isso, uma das coisas que seu gato sabe sobre você é se seu estado de saúde sofre algum desequilíbrio.

3. Os gatos percebem suas mudanças de humor

Mesmo quando você não consegue explicar com palavras suas emoções, seu corpo adota posturas e realiza movimentos ou ações que "denunciam você". Talvez, para as outras pessoas, esses "detalhes" possam ser imperceptíveis, mas não passarão despercebidos pelos poderosos sentidos do seu gatinho. Embora os gatos possam emitir diversos sons, utilizam principalmente a linguagem corporal para expressar seu humor. Ou seja, sua forma de compreender seu ambiente e se comunicar se baseia na linguagem corporal, e não verbal.

Ao "ler" sua linguagem corporal, seu felino pode perceber com facilidade quando você está irritado, nervoso ou sente medo por alguma razão. É por isso que seus felinos sabem rapidamente se seu humor mudou, mesmo quando você não pronuncia uma única palavra. E não se surpreenda se seu gatinho preferir respeitar uma certa distância quando seu corpo lhes comunica sua irritação, ou se mostre mais carinhoso e companheiro quando percebe que você se sente triste.

7 coisas que seu gato sabe sobre você - 3. Os gatos percebem suas mudanças de humor

4. Os gatos sabem que você faz dieta

Você se pergunta por que os gatos trazem animais mortos para seus tutores? Bom, a verdade é que não existe apenas uma explicação, pois a ciência ainda não conseguiu identificar a razão exata para tal comportamento. De acordo com algumas hipóteses, seria uma maneira de demonstrar apreço e cuidado com o seu tutor.

No entanto, existe outra teoria muito interessante que diz que os felinos fazem isso porque percebem que nós, humanos, não somos bons caçadores. Além disso, afirma que os gatos mantêm um "costume social" de ensinar uns aos outros (geralmente, os adultos aos filhotes) dentro de sua comunidade. Portanto, seu gatinho poderia dar à você sua presa para demonstrar como sobreviver em seu mundo, especialmente se você estiver fazendo dieta.

Em outras palavras, seu gato sabe que você estaria em sérios apuros se tivesse que pegar suas próprias presas para se alimentar.

5. Os gatos podem prever uma gravidez

Outra crença muito popular sobre os "poderes sobrenaturais" dos felinos afirma que eles são capazes de saber quando uma mulher está grávida. Como mencionamos anteriormente, o olfato desenvolvido dos gatos permite que eles identifiquem mudanças químicas em nosso organismo. Como o corpo da mulher passa por diversas mudanças durante a gestação, é possível que o felino fique curioso a respeito desses novos odores em seu ambiente.

Se você vai ser pai ou mãe, nessa oportunidade, parece-nos vital ressaltar a importância de apresentar corretamente seu gato ao novo integrante da família. No PeritoAnimal, oferecemos as melhores dicas para a convivência entre gatos e bebês, não perca!

7 coisas que seu gato sabe sobre você - 5. Os gatos podem prever uma gravidez

6. Os gatos dormem no seu peito porque sabem que é um lugar seguro

Ao deitar sobre seu peito, seu gato pode sentir o calor do seu corpo e as batidas do seu coração, e isso lhe transmite uma sensação de acolhimento e bem-estar. Então, podem deixar de deitar em sua própria cama para se sentirem aquecidos e seguros dormindo sobre você.

Embora ainda não exista uma explicação científica para esse comportamento, estima-se que os gatos o façam apenas para buscar calor, mas também para desfrutar da conexão com seus tutores e sentir-se protegidos quando estão dormindo, que é um dos seus momentos de maior vulnerabilidade. Descubra outros 5 motivos pelos quais seu gato dorme com você nesse artigo.

7. Os gatos são capazes de adestrar e manipular você

Sim, pode parecer feio que seu querido companheiro felino possa manipulá-lo para conseguir uma refinada guloseima ou uma carícia, mas a verdade é que os gatos são extremamente inteligentes e observadores, e geralmente analisam nosso comportamento no dia a dia do lar e percebem como reagimos às suas ações e sons.

Por exemplo, se observam que "você se derrete" de amor quando ronronam e oferece uma guloseima ou faz uma massagem relaxante, podem realizar essa ação quantas vezes quiserem alcançar suas recompensas. Basicamente, utilizarão seu ronronar ou outros comportamentos que consideramos encantadores para conseguir o que querem de nós, seja uma carícia, uma comida ou outro prêmio de seu interesse.

Devido a sua incrível inteligência, são capazes de "nos estudar" até o ponto de "adestrar" nossas reações às suas próprias necessidades ou desejos. Claro, isso não significa que seu gatinho não goste de você de verdade, é apenas um exemplo de suas impressionantes capacidades cognitivas, emocionais e sociais que lhes permitem conviver com os seres humanos de uma forma muito favorável.

Se deseja ler mais artigos parecidos a 7 coisas que seu gato sabe sobre você, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

7 coisas que seu gato sabe sobre você
1 de 4
7 coisas que seu gato sabe sobre você

Voltar ao topo da página